Reavivados por Sua Palavra


OSEIAS 10 – COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
29 de novembro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



OSEIAS 10 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
29 de novembro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria
Mesmo que tenhamos dificuldades de aprender com a história, Deus a usa para tentar ensinar-nos o destino que teremos, dependendo do que decidimos e fazemos no presente.
 
“Israel tornou-se contumaz no erro. Seus ouvidos tornaram-se moucos, seu coração insensível, e sua consciência cauterizada. Eles amaram mais as trevas do que a luz. Eles caminharam deliberadamente rumo ao abismo, fazendo escolhas erradas, semeando a malícia e aprofundando-se mais e mais na corrupção política, moral e espiritual. De degrau em degrau, a nação foi caindo até capitular por completo nas mãos da Assíria e perder a sua soberania nacional. Israel é um exemplo eloquente de que o pecado é o opróbrio das nações” (Hernandes Dias Lopes).
 
• Será que hoje aprendemos com a história de fracasso de Israel?
 
“As referências à história passada de Israel – Baal Peor (Os 9:10) e Gibeá (Os 9:9; 10:9) – mostram que ‘a única coisa que aprendemos com a história é que não aprendemos nada com a história’. Esses dois acontecimentos trouxeram o julgamento de Deus sobre a nação e, no entanto, as gerações posteriores fizeram vista grossa para esse fato. [E assim] os pecados dos pais são repetidos por seus filhos e netos” (Warren W. Wiersbe).
 
Reflita nas seguintes lições:
 
• Ter um passado de vigor e prosperidade não garante sucesso e salvação no futuro; desde que se deixa de viver para Deus e se passa a viver para si mesmo, por mais que o padrão seja alto, o fracasso físico, emocional e espiritual será o destino – como se vê, inclusive, nos fariseus do primeiro século d.C. (v. 1; ver Mateus 23).
• Receber bênçãos materiais para alimentar o orgulho, a vaidade e a vanglória é pior que viver na pobreza mas dependendo de Deus até para um simples bocado de pão (vs. 1-4).
• A religião moldada por corações corrompidos pelo pecado e não pautada pela revelação do Santo Deus é abominação que só agrava a situação das pessoas para o dia do juízo (vs. 5-8).
• Quando os planos de Deus são ignorados pelos pecadores para viverem os seus próprios, a inclinação para o pecado os levará ao fracasso total, à desgraça que tanto detestam. Deus avisa intentando despertar corações rebeldes (vs. 9-15; Apocalipse 6:16).
 
Por isso, reavivemo-nos enquanto há tempo! “Senhor, capacita-nos!” – Heber Toth Armí.


OSEIAS 10, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
29 de novembro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“O seu coração é falso; por isso, serão culpados…” (v.2).


Após a divisão de Israel entre Reino do Norte e Reino do Sul, Jeroboão, temendo que o povo fosse adorar em Jerusalém e se agregasse a Roboão, mandou fazer dois bezerros de ouro “e disse ao povo: Basta de subirdes a Jerusalém; vês aqui teus deuses, ó Israel, que te fizeram subir da terra do Egito!” (1Rs 12:28). E o que o povo fez? Aceitou a oferta e, rapidamente, afastou-se do Senhor para adorar aquelas imagens.

O registro deste capítulo relembra aquele episódio como uma segunda descrição da situação espiritual de Israel. Além de comparar com a trágica época que vimos ontem, o profeta acrescenta a degradação do povo por intermédio da idolatria. Por todo o domínio do reino, havia malícia, falsidade e perversidade. Israel havia perdido toda a noção de santificação e arrojou-se em semear o mal.

Outra forma muito comum para comunicar na Bíblia alguma mensagem é uso de termos agrícolas. Aqui, o profeta apresenta um contraste entre o método de Deus e o método do homem:

  • Método de Deus: semear em justiça, colher com misericórdia e preparar o campo para uma nova semeadura, buscando ao Senhor, aguardando a Sua vinda e confiando em Sua justiça (v.12);
  • Método do homem: arar a malícia, colher a perversidade, comer “o fruto da mentira“, depositando a sua confiança nele mesmo, em coisas e em pessoas (v.13).

Qual dos dois métodos tem sido real em nossa vida? Precisamos ter em mente que todas estas advertências divinas não foram dadas a povos pagãos, mas à nação eleita de Deus. Como Laodiceia, Israel tornou-se soberba e considerava-se rica e abastada (v.1; Ap 3:17). O fato de ter sido uma nação escolhida por Deus com uma mensagem especial, ao invés de despertar-lhe gratidão, causou-lhe um sentimento de orgulho próprio que a levou a envolver-se com as práticas dos povos que julgava perdidos.

Idolatria (v.1), coração falso (v.2), “palavras vãs” (v.4) e pecados ocultos levaram Israel a colher a própria destruição. É ilusão pensar que o fato de pertencer à família cristã é garantia de salvação. Ser cristão não é assumir um título, mas uma cidadania. Todo aquele que entende que o seu lugar não é aqui, que não pertence a este mundo, não vive em conformidade com as práticas desta terra, mas, pela fé, caminha em direção à Pátria Celeste, buscando “ao SENHOR, até que Ele venha” (v.12).

Cristo está prestes a ceifar a terra, “visto que a seara da terra já amadureceu” (Ap 14:15). E de que lado estaremos? Daqueles que “lavaram suas vestiduras e as alvejaram no sangue do Cordeiro” (Ap 7:14)? Ou dos que dirão “aos montes e aos rochedos” (Ap 6:16): “Caí sobre nós!” (v.8)? O nosso lugar não é aqui, meus irmãos! Clamemos ao Senhor para que o orgulho não contamine o nosso coração, pois “nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento” (1Co 3:7). Coloquemo-nos, pois, nas mãos do grande Agricultor e Ele fará descer sobre nós a Sua chuva de justiça (v.12) e nos levará para desfrutar de Sua messe abundante e eterna.

Bom dia, semeadores do Senhor!

Jornada de oração, dia 13/21: Oremos por um coração cujo solo seja fértil.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Oseias10
#RPSP

Deixe seu comentário:



OSEIAS 10 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
29 de novembro de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria



OSEIAS 10 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
29 de novembro de 2017, 0:20
Filed under: Sem categoria

3. Não temos rei. Como resultado da rejeição ao Senhor e dos castigos contra si, Israel seria levado a ver e sentir que os reis nomeados por sua própria vontade (ver com. de Os 8:4) seriam incapazes de protegê-lo ou de ajudá-lo. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 1011.

4. brota o juízo. Literalmente, “o julgamento [ou justiça] brota”, ou “o juízo floresce”. … o contexto parece indicar que “julgamento” aqui se refere à “justiça” oficial na terra como perversão e paródia da verdadeira justiça (ver Am 5:7; 6:12). Este juízo pervertido é como a erva amarga que surge pronta e abundantemente. CBASD, vol. 4, p. 1012.

4-8 Por causa da maldade de Israel o juízo de Deus viria logo como uma planta amarga e venenosa nascendo nos sulcos arados dos campos (10:4). O povo de Samaria e os sacerdotes que se orgulhavam do bezerro de ouro em Betel em breve chorariam porque seriam levados para a Assíria (10:5). O bezerro de ouro também seria levado. Num período de trinta anos, desde que o rei Jeroboão II morreu, em 753 aC, até o fim do reino de Israel (722 aC), seis reis reinaram um após o outro. Ao tempo da invasão assíria contra Israel, o último rei morreria, e a cidade de Betel seria destruída, tornando-se um lugar onde somente os espinhos e ervas daninhas cresceriam. Oséias profetizou que na época da invasão o povo desejaria ser sepultado pelos montes e colinas, o que de fato aconteceu durante o cerco de três anos que sofreram (10:7, 8). Yoshitaka Kobayashi, em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/09/05/.

7. O rei de Samaria será como lasca de madeira.Do heb. qetsef, “um ramo quebrado” (ver Mt 15:13). A LXX diz “um galho”. A figura enfatiza a levez, instabilidade e impotência do rei em quem o povo confiava. CBASD, vol. 4, p. 1013.

9-10 Gibeá … castigarei. Quando a cidade benjamita de Gibeá cometeu seu pecado, outras tribos israelitas a castigaram. Agora, as dez tribos de Israel seriam castigadas por causa de seu pecado por intermédio da invasão da Assíria e outras nações (10:9, 10). Yoshitaka Kobayashi, em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/09/05/.

11 Efraim era uma bezerra domada, que gostava de trilhar. Efraim é aqui comparado a uma novilha treinada para pisar o milho. … eram deixados livre para arrebatar, de vez em quando, um punhado de milho. Assim foi a história de Israel. Os israelitas foram postos na terra prometida, em circunstâncias fáceis e confortáveis, como uma novilha que debulha, e lhe foi permitido comer à vontade. Tragicamente, esses confortos materiais que deveriam tê-los atraído para perto do Criador, tornaram-nos autossuficientes e rebeldes (ver com. de Dt 32:15). CBASD, vol. 4, p. 1014.

12 arai o campo de pousio (ARA). NVI: “campo não arado”.

14 Salmã. … referência a Salum que matou [o rei] Zacarias, filho de Jeroboão II, e reinou sobre Israel apenas um mês. Por sua vez, foi assassinado por seu sucessor (ver 2Rs 15:8-15).  CBASD, vol. 4, p. 1015.

Bete-Arbel. Do heb. beth ‘arebe’l, “a casa de Arebel”. … a  LXX traz: “a casa de Jeroboão”, que seria uma referência ao assassinato de Zacarias por Salum, que pôs fim aos descendentes de Jeroboão II. CBASD, vol. 4, p. 1015.



OSEIAS 9 by jquimelli
28 de novembro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

A religião cananéia era um culto à fertilidade onde se adorava o deus natureza que se supunha trazer bem-estar e boas colheitas. Os israelitas abandonaram o verdadeiro Deus e esperando boas colheitas, seguiram a religião cananéia, que incluia a prostituição no templo durante seus cultos (Oséias 9:1). Uma vez que Deus decidira fazer da terra de Canaã “a terra do Senhor” (9:3), as pessoas descrentes deveriam ser dela retiradas, porque Jerusalém e Israel deveriam ser uma cidade e uma terra de santos.

Então, o Senhor permitiu que os israelitas fossem levados para a Assíria como prisioneiros onde eles teriam que viver em um estado semelhante à sua antiga escravidão no Egito, tendo que comer animais imundos e viver como os que lá viviam (9:3). No cativeiro assírio eles não seriam autorizados a adorar o Deus verdadeiro (9:4), nem celebrar as festas do Senhor (9:5). Suas casas deixadas para trás ficariam vazias e cobertas de ervas daninhas (9:6).

Eles ainda não reconheceriam Deus como seu Criador e Sustentador, mas reconheceram que o dia da recompensa e do julgamento havia chegado. No entanto, eles ainda amaram os ensinamentos enganosos dos falsos profetas (9: 7).

Ajuda-nos, Senhor, para que possamos aprender com a história de Israel e reconhecer que és o nosso Criador e Sustentador o tempo todo.

Yoshitaka Kobayashi
Japão

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/hos/9 e https://www.revivalandreformation.org/?id=1117
Também disponível no blog mundial RPSP/BHP da IASD, em: https://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/hos/
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/09/04/
Equipe de tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Oseias 9 NVI
Ouça online: Bíblia NVI em áudio
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



OSEIAS 9 – COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
28 de novembro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: