Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 31 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
21 de setembro de 2020, 5:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO ISAÍAS 31 – Primeiro leia a Bíblia

ISAÍAS 31 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUÁREZ(link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO (link externo)

VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)

VÍDEO PR WEVERTON CASTRO E EQUIPE (link externo)

VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA (link externo)



ISAÍAS 31 by Jobson Santos
21 de setembro de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/Is/31

De acordo com uma lenda folclórica norte-americana, John Henry ganhou o concurso que testava sua força humana com uma marreta contra uma furadeira de impacto à vapor. Infelizmente, ganhar tal concurso lhe custou a vida. Henry morreu de exaustão depois da vitória pois ele era apenas um homem. A furadeira continuou a ser usada na construção de estradas de ferro durante muito tempo após John Henry estar morto, mas isso também não significa que nós devemos colocar nossa confiança em máquinas. Nossa confiança precisa ser colocada na fonte da força verdadeira.

Israel pensou que poderia encontrar ajuda ao se voltar para o poderio militar do Egito, mas Isaías 31:3 diz, “Porque os egípcios são homens, e não Deus; e os seus cavalos, carne, e não espírito.” A conclusão é clara: confie em Deus e no poder do Seu Espírito. A última parte de Zacarias 4:6 nos traz, “Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos.” Isso me diz que não podemos nos livrar dos problemas pela força física e nem pela força das palavras. Precisamos do Espírito de Deus. É necessário permitir que Deus seja a fonte da nossa força.

Karen D. Lifshay
Coralista
Igreja Adventista de Hermiston, Oregon, EUA.

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=956
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



ISAÍAS 31 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
21 de setembro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Convertei-vos, pois, ó filhos de Israel, Àquele de Quem tanto vos afastastes” (v.6).

Um dos testemunhos de fé mais lindos na Bíblia é o de José no Egito. As mais terríveis aflições não fizeram sucumbir a sua confiança em Deus. E mesmo Faraó, que era considerado uma divindade, teve que reconhecer que José servia ao Deus onisciente e Todo-Poderoso. Porém, desde que o Senhor livrou Israel da escravidão do Egito, Ele desejava estabelecer um relacionamento de confiança tal com Seu povo que jamais necessitassem olhar para trás: “Ai dos que descem ao Egito em busca de socorro” (v.1). Sob a acusação de que “não atentam para o Santo de Israel, nem buscam ao Senhor!” (v.1), acabariam recebendo a mesma sentença de seu “auxiliador” (v.3), pois consideraram deuses aqueles que não passavam de meros mortais (v.3).

E, novamente, o Senhor manifestou a Sua longanimidade e bondade, protegendo, salvando, poupando e livrando o Seu povo (v.5). Mas eles precisavam, antes de tudo, se converter (v.6). Conforme o dicionário, a palavra “conversão” significa “quando uma coisa passa a ser outra” ou “transformação”. É um ato de amor, de confiança, mas também de completa mudança. O povo havia se afastado de Deus e somente mediante genuíno arrependimento poderia encontrar segurança na verdadeira Rocha de refúgio. A conversão promove uma nova vida conduzida pelo Espírito Santo e em constante ascendência espiritual, ainda que sob constante provação.

O afastamento de Deus não acontece de repente, mas é algo paulatino. Através de pequenas e “inofensivas” concessões, muitos têm perdido o Senhor de vista sem nem se dar conta. Os “ídolos de prata” e os “ídolos de ouro” (v.7) ganham novas e modernas roupagens, conquistando seguidores que facilmente trocam o “assim diz o Senhor” pelo “o que importa é ser feliz”. Não há limites para a satisfação própria, e, como no Egito, adoram coisas e pessoas, “mas não atentam para o Santo de Israel, nem buscam ao Senhor” (v.1). O mundo tem oferecido uma gama de “deuses” que, com fantasia de alegria, tem contagiado a todos os que têm desertado a Bandeira da salvação (Êx.17:15). Estar neste mundo é um perigo iminente, por isso que Cristo orou por nós desta forma: “Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal” (Jo.17:15). Estar no mundo é inevitável, mas ser do mundo é afastar-se dAquele que declarou não pertencer a este mundo (Jo.17:16).

A boa notícia é que Jesus perdoa todo pecador que se arrepende! A mensagem dada à igreja em Éfeso é a chave de acesso ao perdão divino: “Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras” (Ap.2:5). Israel havia abandonado o seu primeiro amor e precisava reavê-lo. E você? Ainda mantém acesa a chama do primeiro amor ou precisa reacendê-la? O tempo que temos se chama agora, para atendermos ao apelo divino: “eis, agora, o tempo sobremodo oportuno, eis, agora, o dia da salvação” (2Co.6:2). Aceite o convite do Pai e acredite que todos os dias, até aquele grande Dia, Ele vai te amparar, proteger, salvar, poupar e livrar (v.5)! Vigiemos e oremos!

Bom dia, convertidos ao Santo de Israel!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Isaías31 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



ISAÍAS 31 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
21 de setembro de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

ISAÍAS 31 – Querer saber mais que Deus é o cúmulo da loucura. Acreditar e confiar em qualquer pessoa ou coisa em lugar de Deus é o cúmulo do orgulho e da arrogância.

O orgulho impede as pessoas enxergarem sua real condição e necessidade de um salvador divino. O profeta Isaías, neste capítulo…
1. Reitera a tragédia que sofreria aqueles que depositassem sua confiança no Egito e não na Palavra de Deus (vs. 1-3);
2. Demonstra que, apesar do fracasso e descaso de Deus que resultaria em tragédia nacional do povo escolhido, Deus promete resgatar Seu povo (vs. 4-9);
3. Apresenta um Deus apaixonado insistindo com pessoas negligentes, indiferentes e rebeldes a voltarem a comprometer-se com Ele (vs. 6-7);
4. Mostra a esperança de salvação/restauração que toda e qualquer deformação causada pela desgraça do pecado aconteceria mediante a graça e o poder manifestados pelo Messias, o Salvador (vs. 8-9).

No tempo do fim, nenhum poder humano restará. Como todo o poder no Céu quanto na Terra fora dada a Cristo por Ele ter vencido a Satanás, aos demônios, ao pecado e à morte, quando instituir Seu reino não permitirá que outros poderes concorram com Ele (Mateus 28:18).

Adão e Eva perderam seu posto de governantes deste mundo ao cederem espaço ao diabo (Gênesis 1:26-28; Salmo 8:5-8). Satanás lutava para preservar tudo em Suas mãos, mas Cristo veio e reconquistou tudo o que o mal tinha tomado (Lucas 4:6: Atos 2:14-36).

De acordo com o evangelista Lucas, o diabo tem a seu poder muitos governos que intentam impedir que o reino de Deus seja estabelecido; entretanto, todo esforço satânico e toda guerra diabólica serão extintos pelo poder do Messias.

Porém, como Deus quer salvar; Ele, certamente, usará todo recurso para atrair até inimigos do Seu povo. Caso eles rejeitem Sua estratégia, não há nada mais a ser feito. O orgulho é um obstáculo à fé tanto para os crentes como para os incrédulos. Confiar nas próprias opiniões parecem mais atraentes que confiar no Senhor.

O orgulho é o “Eu” em evidência. Todos tem orgulho, exceto aqueles que morreram para o eu para que Cristo viva no lugar desse eu, como demonstra Paulo em Gálatas 2:20.

Reavivemo-nos! Sejamos súditos do reino de Deus! “Senhor, guia-nos sempre. Amém!”– Heber Toth Armí.



ISAÍAS 30 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
20 de setembro de 2020, 5:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO ISAÍAS 30 – Primeiro leia a Bíblia

ISAÍAS 30 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUÁREZ(link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO (link externo)

VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)

VÍDEO PR WEVERTON CASTRO E EQUIPE (link externo)

VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA (link externo)



ISAÍAS 30 by Jobson Santos
20 de setembro de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/Is/30

Conta-se a estória de um homem que ao andar pela neblina, cai na beirada de um penhasco e consegue agarrar-se a um fraco galho de árvore. Ele clama a Deus: “Salva-me antes que este galho arrebente!” Deus responde do Céu, “Confie em Mim. Solte-se do galho.” Após clamar e ouvir a mesma resposta por três vezes, ele muda sua súplica para, “Tem mais alguém aí?”

O que acontece quando você não obtém a resposta que deseja? Você confia em Deus na neblina ou procura outra fonte de ajuda? Isaías 30:9 diz a respeito de Israel, “Porque este é um povo rebelde, filhos mentirosos, filhos que não querem ouvir a lei do Senhor.”

Deus permitiu aos filhos de Israel seguirem seu próprio caminho quando se voltaram para nações inimigas em busca de ajuda. Ele esperou até que percebessem o quão tolos haviam sido, mas não se retirou. Ele aguardou até que estivessem dispostos a voltar para Ele. “Por isso, o Senhor esperará, para ter misericórdia de vós; e por isso se levantará, para se compadecer de vós.” Isaías 30:18

Não deixe o Senhor esperando.

Karen D. Lifshay
Coralista
Igreja Adventista de Hermiston, Oregon, EUA.

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=955
Tradução: Luis Uehara/Pr Jobson Santos



ISAÍAS 30 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
20 de setembro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra, dizendo: Este é o caminho, andai por ele” (v.21).

Tenho um grande carinho pelo verso acima. Ele tem me acompanhado em minha caminhada cristã e se cumprido em minha vida. Mas nem sempre foi assim. Por muitos anos andei sem consultar a Deus, “buscando refúgio” (v.2) onde o auxílio é “vão e inútil” (v.7). “Ai dos filhos rebeldes, diz o Senhor, que executam planos que não procedem de Mim” (v.1). Quando o Senhor fala em execução de planos, Ele está se referindo a tudo em nossa vida. Desde como administramos o nosso tempo, nossos recursos, e até nossas atividades religiosas. O Egito, além das riquezas (v.6), tinha um sistema pagão que consistia em rituais idólatras e um estilo de vida imoral e extravagante. Quando os filhos de Israel passaram 40 anos num percurso que poderia ter durado 40 dias, foi justamente por causa da inversão de valores que adquiriram pelo tempo vivido no Egito. Deus precisava reeducar o Seu povo a confiar tão-somente nEle.

Ninguém gosta de ser repreendido. Porém, há aqueles que aceitam a repreensão e aqueles que a rejeitam. O povo tinha uma escolha a fazer: continuar se abrigando “na sombra do Egito” (v.3), ou se converter e confiar em Deus (v.15). Assim como no Êxodo a dureza de coração do Faraó levou o Egito à ruína, se o povo endurecesse o coração, haveria uma completa ruína “de repente, num momento”, como “um muro alto, que… está prestes a cair” (v.13). Eles não desejavam ouvir as verdades do Senhor, mas enganar-se com palavras “aprazíveis” e profecias ilusórias (v.10), acrescentando “pecado sobre pecado!” (v.1). Ao invés de se converter e sossegar, descansar e confiar em Deus (v.15), escolheram se desviar do caminho e se apartar da vereda (v.11). No entanto, “o Senhor espera” (v.18). O Senhor é longânimo “e Se detém, para Se compadecer de” nós. Louvado seja o nome do Senhor! “Bem-aventurados todos os que nEle esperam” (v.18).

O Senhor dos Exércitos também é nosso Pai e espera pacientemente por Seus filhos que ainda “não querem ouvir” a Sua Lei (v.9). Ele os ama da mesma forma que ama aqueles que Lhe são obedientes. “Embora o Senhor vos dê pão de angústia e água de aflição” (v.20), tudo o que Ele faz é para que mesmo nos desvios de percurso, Seus filhos não deixem de ouvir a Sua voz a lhes reconduzir (v.21). Quando entendemos que Jesus é o caminho (Jo.14:6), “Seus passos” (1Pe.2:21) tornam-se o nosso GPS para a Canaã celeste e tudo aquilo que fomos um dia buscar no “Egito”, lançamos “fora como coisa imunda e a cada uma”, dizemos: “Fora daqui!” (v.22). Passamos a abominar o pecado e tudo o que ele representa. E no lugar de “pão de angústia”, recebemos pão “farto e nutritivo”; no lugar de “água de aflição”, chuvas de bênçãos (v.23).

Está chegando o Dia em que “O Senhor fará ouvir a Sua voz majestosa”, mas também “fará ver o golpe do Seu braço, que desce com indignação de ira” (v.30). Oxalá que o Dia do Senhor seja aquele em que “tu não chorarás mais” (v.19), mas o teu pranto será convertido em cântico, “festa santa” e “alegria de coração” (v.29). Prefira a correção de Deus às “coisas aprazíveis” deste mundo. Levemos a sério o que Ele nos deixou escrito (v.8) e, certamente, continuaremos ouvindo a Sua voz nos conduzindo: “Este é o caminho, andai por ele” (v.21), até que Cristo volte. Vigiemos e oremos!

Feliz semana, povo do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Isaías30 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



ISAÍAS 30 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
20 de setembro de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

ISAÍAS 30 – O orgulho nos submete a nós mesmos e nos torna independentes de Deus. Agostinho disse: “Orgulho não é grandeza, mas inchaço. E o que está inchado parece grande, mas é doença”.

O importante império egípcio se tornaria inútil porque rejeitou arrogantemente a Deus (vs. 1-18). O remanescente dependente de Deus se alegrará, enquanto que o império assírio verá a própria ruína, como o Egito (vs. 19-33). Segurança só existe no poder divino!

Aprenda como a doença do orgulho leva pessoas e cidades ao desastre; depois elimine esse mal antes que ele te elimine. Medite…

• A rebeldia é um dos sintomas do orgulho. Autoconfiança leva indivíduos a decidirem pelo que acham melhor que aquilo que Deus lhes propõe. Estes orgulhosos buscam conselhos e orientações em nações/política (ou pessoas, instituições) que parecem transmitir segurança. Mas, o resultado será humilhação, vergonha e fracassos. A ruína do Egito será a desgraça de quem confiou nessa nação pensando ser invencível como Deus (vs. 1-8).

• O orgulho se mostra também na arrogância; rejeita a verdade e a justiça, preferindo a opressão e a perversidade. Para estes, a verdade pura revelada por Deus é como um espinho num balão bonito, porém sensível, que almeja muito espaço só para si, mas estoura na ponta de qualquer espinho, virando lixo. Ou como um muro alto que cria barriga e cai, tornando-se entulho – assim nos faz o orgulho (vs. 9-14).

• O orgulho ainda é revelado na ousadia de rejeitar o único plano de redimir pecadores das consequências funestas do pecado. Rejeitar tal plano significa confiar que morrer perdido, mergulhado no pecado, é melhor que humilhar-se e arrepender-se aceitando a proposta de Deus (vs. 15-17).

• Deus, que é humilde, oferece gratuitamente a cura para todo orgulhoso. Ele é o Médico dos médicos e espera que nós, orgulhosos, sejamos Seus pacientes. Bons pacientes são aqueles que se entregam aos cuidados do médico e seguem à risca as suas prescrições, abandona hábitos e práticas que prejudicam a saúde e adere à práticas de bons hábitos para que haja cura – neste caso, espirituais (vs. 18-26).

• Como câncer, o orgulho será erradicado da terra, e quem não permitir que Deus o arranque, terá de enfrentar as consequências. Os libertos/curados se alegrarão (vs. 27-33).

Orgulho cega, entorpece! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



ISAÍAS 29 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
19 de setembro de 2020, 1:10
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO ISAÍAS 29 – Primeiro leia a Bíblia

ISAÍAS 29 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO – PR HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUÁREZ(link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO (link externo)

VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)

VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA (link externo)

VÍDEO PR WEVERTON CASTRO E EQUIPE (link externo)

VÍDEO PR MICHELSON BORGES (link externo)



ISAÍAS 29 by Jobson Santos
19 de setembro de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/Is/29

A música dos Rolling Stones, “Eu não consigo me satisfazer” (I can’t get no satisfaction), expressou a angústia daqueles que buscam a realização nas coisas deste mundo. Buscar a realização por meio da fama, da fortuna e da frivolidade é apenas uma fantasia. É um sonho que se transforma em pesadelo porque Deus é deixado de lado.

Isaías 29:8 NVT diz: “O faminto sonha que está comendo, mas ao acordar ainda sente fome. O sedento sonha que está bebendo, mas ao amanhecer ainda sente sede. Assim será com seus muitos inimigos, aqueles que atacam o monte Sião”. Os sonhos mundanos só são satisfatórios quando você está adormecido para a realidade. Quando você acorda de sua fantasia, descobre que a sua alma está vazia e tudo está perdido.

Hoje Deus envia sua mensagem de advertência: “Chegou a hora de vocês despertarem do sono, porque agora a nossa salvação está mais próxima do que quando cremos. A noite está quase acabando; o dia logo vem. Portanto, deixemos de lado as obras das trevas e vistamo-nos com a armadura da luz.”. Romanos 13:11, 12 NVI. Somente Jesus satisfaz.

Karen D. Lifshay
Coralista
Igreja Adventista de Hermiston, Oregon, EUA.

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=954
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli




%d blogueiros gostam disto: