Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 6 by jquimelli
26 de maio de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

O rei Uzias tornou-se orgulhoso de suas realizações e confiante de que não precisava prestar contas a ninguém. Um dia ele entrou presunçosamente no Templo e realizou o ministério atribuído exclusivamente aos sacerdotes. Quando repreendido pelos sacerdotes, o rei ficou furioso. Imediatamente foi atingido com lepra (II Cr. 26:16-21).

Em contraste com o rei Uzias, vemos o profeta Isaías em pé, à sombra do pórtico do Templo, sentindo-se indigno de entrar. Como ele poderia ter certeza de que Deus o estava chamando para repreender os líderes orgulhosos, obstinados e presunçosos como o rei? Tal ousadia era perigosa. Enquanto esses pensamentos giravam em sua cabeça, Isaías é levado em visão e lhe parece que as paredes do templo são levantadas. Mas, o que ele vê é mais do que o lugar Santíssimo do templo terrestre. Ele contempla a sala do trono do céu, onde o Rei dos reis está rodeado por coros de seres celestiais que cantam “Santo, Santo, Santo!” (v.3 ARA e NVI).
Condenado por sua própria indignidade e pela iniquidade de seu povo, Isaías grita “Ai de mim! Estou perdido!” Então um anjo traz uma brasa do altar e Isaías recebe a certeza de que seu pecado é perdoado. Ele ouve então a pergunta: “Quem irá?” E a sua resposta é: “Eis-me aqui, envia-me!” (v.8 NVI).

Durante os 60 anos de ministério de Isaías, sempre quando enfrentava oposição, provações e perseguições, tudo que ele precisava se lembrar era desta visão. Ele tinha visto o Rei celestial!

Pr. Lloyd e Sheila Schomburg
Casal pastoral, Associação de Kentucky-Tennessee, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/isa/6, https://www.revivalandreformation.org/?id=931 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/isa/6/
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/03/02
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Isaías 6 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



ISAÍAS 6 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
26 de maio de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

ISAÍAS 6 – Quem era Isaías? O que aprendemos de Sua experiência com Deus?

Nascido em Jerusalém, no seio de uma família abastada da realeza, casado, pai de família, consagrado; contudo, em sua auto avaliação, Isaías achou-se indigno, de lábios impuros, para servir a Deus.

• Somos melhores que esse nobre homem?

O contexto revela situação caótica do povo de Deus – só piorava! As consequências da indiferença espiritual vinham com toda força. A maré do pecado estava solapando ao povo escolhido. As trevas da imoralidade eclipsava a luz da verdade.

• Está melhor nossa realidade?

“Na hora mais escura Deus conduz a Isaías ante Seu trono e oferece uma visão de glória ao profeta. Porém, em vez de lhe dar um conjunto de ordens de marcha que sem dúvida o oprimiriam, Deus lhe ofertou uma abundância de graça que lhe permitiria estar em pé” (Troy Fitzgerald).

Isaías não se achou superior às pessoas imundas, entretanto, recebeu de Deus um vislumbre da graça.

• Deus mudou?

“O mesmo ocorre em nosso caso cada vez que enfrentamos nossa hora mais escura ou um desafio impossível com humildade. Deus derrama Sua assombrosa graça em nós” – aplica Fitzgerald.

O contato com a graça motiva-nos a agir positiva ou negativamente. Isaías não ficou indiferente; ele respondeu à pergunta de Deus: “A quem enviarei, e quem há de ir por nós?” com “Eis-me aqui, envia-me a mim!” (v. 8).

A missão profética é mais do que difícil, é impossível. Com o Deus do impossível, a mensagem é dada com ousadia e poder – todavia, a maioria esmagadora a rejeitará (vs. 9-10).

• Se nem os crentes têm facilidade para aceitar a Palavra de Deus, quanto mais os pagãos, incrédulos e ateus?

Mesmo sabendo da rejeição quase total, Deus envia Seu profeta; não para, primariamente, condenar, mas para, graciosamente, salvar um remanescente. Como até os condenados ouvirão a mensagem de Deus, fica claro que há graça para todos – embora só uma minoria salvará (vs. 11-13).

REFLITA: Na atualidade, muitos diluem a Palavra de Deus tornando-a mais palatável – agradável aos incrédulos. Mensagens que falam da ira de Deus, justiça e juízo diminuem por enfatizar excessivamente Seu amor, misericórdia e bondade.

• Deus precisa de gente que pregue a verdade de verdade!

Você responde para Deus: “Senhor, envia-me a mim”? – Heber Toth Armí.



ISAÍAS 6 – COMENTÁRIO PR. EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
26 de maio de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria



ISAÍAS 6 – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
26 de maio de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim” (v. 8).


Isaías teve uma visão de Deus em Seu trono. A Bíblia menciona alguns que tiveram uma visão do trono divino, por exemplo: Daniel (Daniel 7:9), Estêvão (Atos 7:56), João, o discípulo amado (Apocalipse 4:2) e o próprio Isaías. Mas a experiência de Isaías foi, de todas, a que nos deixou uma grande lição de humildade, e de sublime noção de santidade. Primeiro, O PROFETA VIU “O SENHOR” (v. 1), o trono, os serafins e toda a santidade que envolvia aquele cenário glorioso, de onde se podia ouvir incansavelmente (Ap. 4:8): “Santo, santo, santo é o SENHOR dos Exércitos; toda terra está cheia da Sua glória” (v. 3). Logo depois, ISAÍAS VIU A SI MESMO. “Contemplando Isaías esta revelação da glória e majestade de seu Senhor, sentiu-se oprimido com o senso da pureza e santidade de Deus” (EGW, Profetas e reis, p. 157).

Quando alguém tem um encontro verdadeiro com Deus, o resultado deve ser um coração contrito e uma atitude humilde. Olhar para Deus deve produzir arrependimento e confissão. Isaías viu o Perfeito e então, se deu conta de sua imperfeição. Só quando olhamos para o Santo dos santos é que enxergamos a nossa real situação!

Precisamos volver os nossos olhos para o Alto todos os dias. Se anjos perfeitos e sem pecado proclamam noite e dia a santidade de Deus “uns para os outros” (v. 3), quanto mais nós necessitamos ter sempre um cântico no coração e testemunhar uns aos outros do amor divino. O encontro com Deus produz um intenso desejo de utilidade na obra. O SENHOR olha do Céu e não procura corações orgulhosos, mas aqueles que, como Isaías, confessam: “Ai de mim! Estou perdido!” (v. 5). A obra que o profeta recebeu foi extremamente desafiadora, pois o povo havia endurecido o coração a tal ponto que o juízo de Deus viria sobre ele, mesmo com a pregação de Isaías (v. 10). O mesmo juízo foi proferido por Jesus ao povo da época (Mateus 13:14-15) e também pelo apóstolo Paulo (Atos 28:26-27). Ou seja, é uma atitude que se repete em gerações futuras e que chegou até nós, hoje: “pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma” (Ap. 3:17).

Mas em meio à desesperança, Deus suscita a esperança! “A santa semente é o Seu toco” (v. 13). Sempre haverá, mesmo que em pequena proporção, um povo que se chama pelo Seu nome. O ministério do profeta não seria de todo infrutífero. Hoje, temos uma grande seara e precisamos seguir a ordem de Cristo e rogar ao Pai que envie mais “Isaías” para a Sua obra atual (Mateus 9:38). Não poucas vezes, estes questionarão: “Até quando, Senhor?”. Contudo, como Isaías, não esmorecerão diante das dificuldades, apegando-se cada dia mais à santa convicção de que o SENHOR estará até o fim (Mateus 28:20) com aqueles que O amam:

“Não te mandei Eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, É CONTIGO POR ONDE QUER QUE ANDARES” (Josué 1:9).

Bom dia, “Isaías” atuais!

Desafio do dia: Muitos alegam não saber orar. Mas Jesus nos deixou o passo a passo da oração. Leia Mateus 6:5-8. Se a sua vida de oração estava enferma, a partir de hoje, em nome de Jesus, ela será curada com a brasa viva do altar do SENHOR!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Isaías6
#RPSP



Isaías 5 – O pecado, buscar a Deus, a Bíblia by jquimelli
25 de maio de 2017, 10:05
Filed under: Sem categoria

Amigos,

vejam que pensamentos significativos a respeito de três passagens de Isaías 5:

sobre 5:11-13
Estas pessoas passavam muitas horas bebendo e festejando, mas Isaías previu que muitos deles morreriam de fome e sede. Ironicamente, nossos prazeres – se eles não tem a bênção de Deus – podem nos destruir. Deixar Deus de fora de nossas vidas permite que o pecado entre nelas. Deus quer que desfrutemos a vida (1 Timóteo 6:17), mas que evitemos aquelas atividades que possam nos afastar dEle.

sobre 5:20
Quando procuramos desculpas para nossos atos, logo perderemos a distinção entre o certo e o errado. se não fazemos da palavra de Deus, a Bíblia, nosso padrão de vida, logo nossas escolhas morais se tornarão obscurecidas. Sem Deus, estamos fadados a um colapso e muito sofrimento.

sobre 5:24
O povo sofria porque havia rejeitado a lei de Deus. Tristemente, muitas pessoas hoje buscam um sentido para a vida enquanto rejeitam a Palavra de Deus. Podemos evitar o erro de Israel e Judá ao fazer a leitura da Bília uma alta prioridade em nossas vidas.

Fonte: Life Application Study Bible Kingsway



ISAÍAS 5 by jquimelli
25 de maio de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Sheila: Neste capítulo, a “vinha do Senhor” é um símbolo da “casa” ou nação de Israel (v.7). Os dois tipos de uvas no versículo 2 – “boas” e “azedas” (NVI) – me lembram o evangelista Kenneth Cox nos orientando sobre como nos relacionarmos com os diferentes tipos de pessoas que vêm à esse tipo de reuniões.

Lloyd: Seu conselho era para sermos sábios no relacionamento com as uvas verdes, azedas. Em outras palavras, se uma pessoa era problemática ou hostil, deveríamos apenas ser amigáveis e orar por ela, aguardando que o Espírito Santo as transformasse em uvas maduras.

Sheila: Isaías era um pregador talentoso que sabia como usar ilustrações brilhantes como a da vinha (v. 1-7). No verso 4 ele inclui a pergunta divina: “Que mais se poderia fazer por ela que eu não tenha feito?”.

Lloyd: Sim, Jesus também lamentou a desobediência do povo, que o levou a rejeitá-Lo (Mateus 23:37-38). De igual modo, o nosso Pai celestial se entristece com o procedimento das pessoas nesses últimos dias da história do mundo (II Ped. 3:9). Apocalipse 3:19 nos diz que Deus repreende e castiga aqueles a quem Ele ama. Até os sete “ais” mencionados em Isaías 5 podem ser vistos como apelos amorosos do céu mostrando como não agir!

Pr. Lloyd e Sheila Schomburg
Casal pastoral, Associação de Kentucky-Tennessee, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/isa/5, https://www.revivalandreformation.org/?id=930 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/isa/5/
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/02/29
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Isaías 5 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



ISAÍAS 5 – COMENTÁRIO PR. EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
25 de maio de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: