Reavivados por Sua Palavra


I SAMUEL 19 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
24 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

878 palavras

Neste capítulo, vemos como Deus levantou três intercessores diferentes para se interporem em favor de Davi: Jônatas, Mical e Samuel.
– O primeiro intercessor é Jônatas, suplicando a seu pai pela vida do seu amigo, com o risco de sua própria vida. É este o tipo de intercessor que estamos sendo para o povo escolhido de Deus? “Somos um amigo mais chegado que um irmão?” Prov. 18:24.
– O segundo intercessor é a esposa de Davi, Mical, a filha de Saul. Ela não apenas professa amar seu marido, mas se empenha de todo o seu coração e força física a fim de ajudá-lo a escapar. É este o tipo de intercessor que estamos dispostos a ser, transformando em ações a nossa retórica de amor, mesmo quando isso significa arriscar a nossa reputação? “Sede praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-vos a vós mesmos” Tiago 1:22 NVI.
– O terceiro intercessor em favor de Davi é o profeta Samuel. E talvez a sua intercessão seja a mais importante das três. Neste capítulo, não o vemos argumentando com Saul ou agindo fisicamente a fim de salvar a vida de Davi, como os dois primeiros fizeram. Em vez disso, vemos o resultado que só poderia ter vindo de suas fervorosas orações. Vemos em operação aqui uma atuação tão poderosa do Espírito Santo de modo que ninguém, nem mesmo o rei Saul, conseguiu fazer mal a Davi. Este é um paralelo poderoso da história de Balaão em Números 23:8, onde ele mesmo é forçado a reconhecer: “Como posso amaldiçoar a quem Deus não amaldiçoou? Como posso pronunciar ameaças contra quem o Senhor não quis ameaçar? ” (NVI). Melody Mason, em http://revivedbyhisword.org/en/bible/1sa/19/

matar Davi. Saul agora abandona seus atentados indiretos contra a vida de Davi (ver 18.13, 17, 25) e adota uma abordagem mais direta, levando Davi a deixar o cargo que tinha na corte (cf. v. 12, 18; 20.42). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Saul decidiu fazer de Davi o alvo de um expurgo político e discutiu o assunto com Jônatas e com alguns oficiais do governo. Sem dúvida, garantiu-lhes imunidade de qualquer punição. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 586.

falarei. Jônatas demonstrou sensatez ao se comportar de uma maneira que conservou a influência sobre o pai e, ao mesmo tempo, salvou o amigo da morte certa. CBASD, vol. 2, p. 586.

Saul atendeu. Como são eficazes as palavras certas no momento certo(ver Pv 25:11; Is 50:4)! CBASD, vol. 2, p. 586.

17 ele me disse… eu te mato. Essa mentira deu a Saul um motivo para buscar com ainda mais vigos seu propósito de assassinar Davi, pois ele teria ameaçado sua filha. Se Davi ousava matar a filha do rei, não haveria segurança para nenhum membro da família real até que ele fosse exterminado. A falsidade, porém, era resultado da educação dada por Saul, e ele só podia culpar a sim mesmo. CBASD, vol. 2, p. 588.

18 Davi fugiu. O salmo 59, supõe-se, foi escrito nessa ocasião. Começa o período de fugas, por cerca de 5 anos. Bíblia Shedd.

Há momentos em que a causa do bem avança melhor pela fuga do que pela luta. … Caso houvesse enfrentado Saul com o mesmo espírito ousado usado no embate com Golias, teria conseguido atrair muitas pessoas para seu lado; mas tal ação levaria a uma guerra civil, pois Saul também era popular e muitos lhe obedeciam. Conforme os acontecimentos posteriores demonstram, foram necessários sete anos após a morte de Saul para Davi ser aceito por todo o Israel. Davi, portanto, procedeu como Cristo. Destemido, o Salvador poderia ter convocado os exércitos do Céu para auxiliá-lo. Em vez disso, permitiu que homens maus triunfassem temporariamente. CBASD, vol. 2, p. 587.

Ramá. A cidade natal de Samuel. Davi se sente mais seguro no norte, próximo a Samuel, que o ungiu como rei. Andrews Study Bible.

Naiote. Significa “habitações” ou “moradias”. Esse termo parece designar um complexo de casas numa certa seção de Ramá onde residia um grupo de profetas (cf v. 19, 20, 22, 23). Bíblia de Estudo NVI Vida.

23 profetizaram. Saul profetizava, não para trazer mensagens proféticas do Senhor, mas como sinal do poder de Deus. Andrews Study Bible.

… nessa questão havia uma grande diferença entre Saul e Davi. Saul era um outro homem, dentro das circunstâncias, mas não um novo homem. O Espírito estava sobre ele, mas não nele. Ele tinha dons, mas não a graça. Não havia raiz, e a planta secou. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento, F. B. Meyer.

24 tirou suas roupas… nu. Saul retirou sua veste real externa [manto].Andrews Study Bible.

Ao tirar seu manto real, Saul ficou vestido mais ou menos como qualquer um dos alunos da escola. Talvez ali o Espírito Santo tenha insistido com Saul pessoalmente pela última vez. … Ao retornar, o espírito maligno que o controlara por tanto tempo encontrou seu coração desprovido da graça de Deus e se apossou dele com mais força d que antes. CBASD, vol. 2, p. 589.

despido, ficou deitado todo aquele dia e toda aquela noite. Saul foi tão dominado pelo Espírito de Deus que foi impedido de levar a efeito a sua intenção de tirar a vida de Davi. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Está também Saul entre os profetas? Tanto Saul como seus mensageiros profetizaram na presença dos profetas. Bíblia Shedd.

Essa segunda repetição ressalta como o espírito de Saul era totalmente diferente do espírito desses zelosos servos do Senhor. Bíblia de Estudo NVI Vida.



I SAMUEL 18 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
23 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

594 palavras

Jônatas. O filho mais velho de Saul, o príncipe coroado e, normalmente, o legítimo sucessor. Andrews Study Bible.

a alma de Jônatas. A amizade entre Davi e Jônatas é um exemplo clássico de união de seres humanos que reconhecem mutuamente ideais semelhantes e se alegram nisso. … Jônatas, o herói de Micmás, deve ter passado por horas solitárias de desapontamento e frustração por causa da falta de discernimento espiritual do pai. CBASD, vol. 2, p. 581.

Saul, naquele dia, o tomou. Davi se tornou um cortesão de Saul, permanente ligado à casa do rei. CBASD, vol. 2, p. 581.

se conduzia com prudência. Davi revelou tato ao respeitar e obedecer a Saul e fazer-se estimado a todos, pelo que Saul o promoveu a chefe do exército. Bíblia Shedd.

6 Após um lapso de alguns meses, surgiram os ciúmes de Saul e a consequente perseguição a Davi. Por incrível que pareça, foi por causa de … dançarinas. No texto grego (LXX), que é melhor, se lê: “As dançarinas de todas as cidades de Israel saíram ao encontro de Davi,” (não ao encontro de Saul) “cantando e dançando…”. Bíblia Shedd.

10 um espírito maligno. [Ver tb com. CBASD sobre 1Sm 16:14-16] Embora Deus permita que a tentação ocorra, Ele nunca induz os seres humanos a pecar (Tg 1:13; ver 1Co 10:13). CBASD, vol. 2, p. 582.

12 o SENHOR estava com ele. A maior promessa na Bíblia é quando Deus diz: “Eu estarei com você”. Deus estava com Davi exatamente como estava com José (Gn 39). Andrews Study Bible.

13 Saul rebaixa Davi ao posto de [chefe] de mil (ver v. 5); afasta-o do palácio e envia-o para as guerras, esperando que seja morto. Davi, mais tarde, usaria desta mesma tática contra Urias (2Sm 11.14-25). Bíblia Shedd.

… um dos maiores erros de sua vida [de Saul] foi ter tirado Davi da corte e tê-lo nomeado “chefe de mil”. A melodia da música de Davi não mais acalmaria a aflição do rei. … Obcecado pelo desejo de matar Davi, Ssaul fez justamente aquilo que dificultou ainda mais o processo necessário de humilhação e retorno ao Pai celestial. CBASD, vol. 2, p. 583.

16 Israel e Judá. Refere-se às duas grandes correntes nacionais, uma rivalizando-se com a outra. Bíblia Shedd.

17-19 Saul não cumpriu a promessa dada em 17.25. E como Davi não morresse nas guerras procura indispô-lo com Adriel, dando-lhe Merabe por mulher, que por direito cabia a Davi. Bíblia Shedd.

17 sê-me somente filho valente. Invejoso de cada palavra de louvor ao jovem, Saul recorreu a uma atitude dupla, a arma secreta de todo egoísta: elogios abertos e ardis em segredo. CBASD, vol. 2, p. 583.

18 Quem sou eu …? A hesitação de Davi em se casar com Merabe provém do fato de que ele não tinha condições de providenciar o dote exigido. CBASD, vol. 2, p. 583.

Ao derrotar Golias, Davi conquistou o direito de se casar com a filha de Saul. Estas palavras mostram sua humildade. Andrews Study Bible.

20, 21 Utiliza-se de Mical, a filha mais nova, voluntariosa e independente, para servir de laço a Davi. Bíblia Shedd.

O ardiloso Saul viu em sua filha Mical a oportunidade para executar seu nefasto plano de destruição de Davi. Ele exigiria um dote que cumpriria seu propósito de maneira ainda melhor do que se houvesse dado a mão de Merabe ao jovem. CBASD, vol. 2, p. 584.

25 dote… cem prepúcios. Gosto sádico de Saul. Provocados, os “incircuncisos”  matariam a Davi, na certa, de tanta raiva e despeito. Bíblia Shedd.

… a proposta de Saul estava de acordo com o costume pagão de sua época. CBASD, vol. 2, p. 584.

27 Pela avaliação oficial do próprio pai, Mical valia apenas 100 prepúcios. Davi, entretanto, pagou-lhe o dobro – para evitar futuras excusas de Saul.Bíblia Shedd.



I SAMUEL 17 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
22 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

971 palavras

Esta história retrata o triunfo da fé de um garoto pastor sobre a força física de um gigante. Andrews Study Bible.

4 Golias de Gate. Morador de Gate, mas provavelmente não era filisteu, exceto pelo fato de viver entre esse povo. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 573.

Alguns gigantes ou enaquins ainda permaneciam em Gate, Gaza e Asdode (Js 11.22). É provável que Golias estivesse como mercenário a serviço dos filisteus, pois o seu nome é de origem edomita [descendência de Esaú]. Bíblia Shedd.

Seis côvados e um palmo. Correspondem à altura de 2,92 m. Bíblia Shedd.

5 cinco mil ciclos são setenta quilos. Bíblia Shedd.

10 afronto as tropas. Literalmente, “repreendo” ou “escarneço”, por não aceitarem o desafio. Golias estigmatizou os homens de Israel de serem covardes e indignos. O desfiladeiro que separava os dois exércitos era tão difícil de atravessar que se qualquer um dos lados se aventurasse a realizar um ataque frontal, a derrota seria quase certa. Os filisteus estavam tão confiantes de que ninguém seria páreo para seu campeão, que propuseram decidir a batalha por meio de um único combate. CBASD, vol. 2, p. 574.

11 temeram muito. A esperança de todos era que surgisse uma guerra aberta e comum, quando muitos se lançariam sobre Golias e o matariam. Bíblia Shedd.

O povo e seus líderes tinham se esquecido das promessas da aliança com Deus (Dt 20:1-4). Andrews Study Bible.

Saul era o gigante entre seu povo, e seria esperado que ele aceitasse o desafio. Seus companheiros lhe batiam nos ombros e ele tinha um capacete de bronze e uma couraça (v. 38); mesmo assim, tremeu diante de Golias. Embora houvesse rejeitado a presença e a proteção do Espírito de Deus, ele percebeu que precisava vencer o impasse, ou perderia sua reputação entre o povo. Seu espírito estava despedaçado, sua consciencia o perturbava e ele se dava conta de que o dilema no qual colocara a si mesmo e a seu exército piorava a cada hora. CBASD, vol. 2, p. 575.

16 quarenta dias. Espaço de tempo mais do que suficiente para arrasar o moral do exército. Bíblia
Shedd.

17 efa. 39 litros. Bíblia Shedd.

trigo tostado. Grãos de trigo tostado, que era a comida do soldado, do pastor, do viajante,
enfim, de quem estivesse fora de casa por um tempo mais prolongado. Bíblia Shedd.

28 Eliabe. Pelas palavras de Eliabe, percebe-se por que Deus não o escolheu para ser rei. Era homem medroso, mesquinho e ciumento. Não podia perdoar a Davi, por ter sido ele o escolhido de Deus (16.7, 12). Bíblia Shedd.

A acusaçã ode Eliabe vem do ciúmes. Davi foi enviado por Jessé e está demonstrando responsabilidade. Andrews Study Bible

29 Fiz somente uma pergunta. Davi corresponde aqui à definição dada em 16.18, “sisudo em palavras”. Bíblia Shedd.

Ao ignorar a oportunidade de entrar numa discussão insignificante, Davi mostrou que era mestre do próprio espírito. CBASD, vol. 2, p. 578.

30 Desviou-se dele. Demonstra Davi a extraordinária capacidade de dominar-se, que é, realmente, maior vitória do que aquela sobre Golias. Bíblia Shedd.

31 Saul mandou chamá-lo. O gesto revela o grande desepero de Saul, pois aproveitava a única oportunidade que se oferecia: um moço inexperiente em guerra (33). Bíblia Shedd.

32 Davi tinha coragem proporcional à covardia de Saul. CBASD, vol. 2, p. 577.

34-36 O teu servo matou tanto o leão quanto o urso. O fato mostra que Davi era moço de grande força física, coragem e sangue frio. Bíblia Shedd.

37 ele me livrará. Foi para salvar a própria vida e reputação que Saul mandou Davi para o combate.  … Ficou evidente que, sem Deus, Saul não tinha poder perante seus inimigos (1Sm 14:24; 15:23) e que as vitórias do passado, pelas quais ele assumira o crédito, vinham, na verdade, do Senhor. CBASD, vol. 2, p. 577, 578.

nunca o usei. Davi nunca conseguiria lutar na armadura de Saul; precisaria ser ele mesmo. Deus quer que cada um trabalhe com a própria experiência. Muiotas vezes, a pessoa vê alguém de vida pública que obtém sucesso e procura copiar seus trejeitos, na tentativa de encontrar sucesso por meio deles. No entanto, o Senhor quer pessoas que sejam autênticas, que aprendam das experiências cotidianas aquilo que precisarão saber para resolver os problemas por vir. Cada um deve usar o equipamento que o Senhor lhes oferece. CBASD, vol. 2, p. 578

40 lançando mão da funda. Qualquer coisa na mão, com Deus, vale muito e dá certo. Bíblia Shedd.

49, 50. Davi revelou uma extraordinária perspicácia de guerra: Golias só podia ser vencido de longe. Bíblia Shedd.

50 prevaleceu Davi. Davi foi vitorioso sobre a dúvida ao se apegar ao propósito inspirado pelo Céu de manter sua fé no Senhor, numa atitude de total dependência. CBASD, vol. 2, p. 579

51 correu Davi. Da rapidez e do acerto de Davi dependia a vitória de Israel; uma pequena dúvida e Golias podia levantar-se. Bíblia Shedd.

sua espada. Ironicamente, o orgulhoso filisteu é morto com sua própria espada. Andrews Study Bible.

os filisteus… fugiram. A perfídia dos filisteus se tornou aparente assim que seu campeão foi morto. eles haviam prometido ser servos dos israelitas caso Golias morresse (v. 9). Contudo, ao fugir, deram as costas à cláusula proposta no próprio desafio ao exército de Saul e demonstraram ainda mais que, se Golias houvesse vencido, não teriam misericórdia de Israel. CBASD, vol. 2, p. 579.

54 Jerusalém. Este verso antecipa a sua conquista por Israel, onde Davi mostrará a cabeça de Golias como um troféu de vitória. Andrews Study Bible.

Davi não teria levado a cabeça do gigante para Jerusalém imediatamente, pois a cidade ainda se encontrava em posse dos jebuseus e só foi tomada após a coroação de Davi (ver 1Cr 11:4-8; 2Sm 5:6-9). Neste versículo, o histpriador registra o último lugar onde o troféu da vitória foi colocado, sem pensar no tempo que isso levou.  CBASD, vol. 2, p. 579.

55 não o sei. Abner ainda não conhecia Davi; portanto, este ainda não era tã oconhecido no palácio. Ele fora levado como musico visitante e ainda não se tornara membro da corte (ver PP, 643). CBASD, vol. 2, p. 579.



I SAMUEL 16 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
21 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

680 palavras

2 Saul […] me matará. A estrada entre Ramá (onde Samuel estava, 15.34) e Belém passava por Gibeá de Saul. Saul já sabia que o Senhor escolhera alguém para substituí-lo como rei (15.28). Samuel teme que os ciúmes incitem Saul à violência. Incidentes posteriores (18.10,11; 19.10; 20.33) demonstram que os temores de Samuel eram bem fundamentados (Bíblia de Estudo NVI Vida).

Santificai-vos. Consistia em mudar de roupa, lavar os corpos e preparar as mentes para a meditação e oração (Êx 19.14-15). Bíblia Shedd.

14 O Espírito do Senhor se retirou de Saul. Ver Jz 16.20. Quando o Espírito se retirou de Saul e se apoderou de Davi (v.13), as respectivas carreiras contrastantes dos dois foram determinadas (Bíblia de Estudo NVI Vida).

Saul rejeitou o Espírito de Deus – cometeu o pecado imperdoável – e não havia nada mais que Deus pudesse fazer por ele. O Espírito do Senhor não se retirou de Saul de maneira arbitrária. Em vez disso, Saul se rebelou contra a orientação divina e, por vontade própria, se afastou da influência do Espírito. É preciso compreender isso em harmonia com o Salmo 139:7 e com o princípio fundamental do livre arbítrio. Se Deus, por meio do Espírito Santo, forçasse Sua presença na vida de Saul, a despeito dos desejos do monarca, estaria transformando-o numa mera máquina (CBASD-Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, Vol. 2, p. 569).

um espírito maligno, vindo da parte do Senhor. Enquanto o Espírito de Deus estava com Davi, Saul começava a experimentar sérias desordens mentais. Espíritos malignos estão sujeitos ao controle de Deus (1Rs 22:19-23) (Andrews Study Bible).

Às vezes, as Escrituras representam Deus fazendo algo que, na verdade, Ele não impediu. Ao dar a Satanás oportunidade de demonstrar seus princípios, na verdade, o Senhor estaria restringindo Seu próprio poder. É claro que há limites que o inimigo não pode ultrapassar (ver Jó 1:12) (CBASD, Vol. 2, p. 569).

o atormentava. As crescentes tendências de Saul à depressão, aos ciúmes e à violência eram ocasionadas, por certo, pelo conhecimento que tinha da sua rejeição como rei (13.13,14; 15.22-26; 18.9; 20.30-33; 22.16-18) e por sua consciência da crescente popularidade de Davi, mas um espírito maligno também estava em jogo nessas aberrações psicológicas (ver 18.10-12; 19.9,10) (Bíblia de Estudo NVI Vida).

Josefo descreve o mal da seguinte maneira: “E quanto a Saul, algumas desordens estranhas e demoníacas lhe sobrevieram, provocando-lhe a sensação de sufocamento, como se estivesse pronto a estrangulá-lo” (Antiguidades, vi8.2). Com certeza, uma grave melancolia se desenvolveu à medida que ele se preocupava com o anúncio do profeta de que a coroa fora dada a um homem “melhor” do que ele (1Sm 15:28). A possessão intermitente por um espírito maligno levou Saul a se sentir e agir como uma pessoa demente (CBASD, Vol. 2, p. 569).

16 tu te sentirás melhor. Reconhece-se geralmente o efeito calmante de certos tipos de música sobre o espírito perturbado (ver 2 Rs 3.15). Além desse efeito natural da música, no entanto, parece no presente caso que o Espírito do Senhor estava ativo na música de Davi para suprimir temporariamente o espírito maligno (cf v. 23) (Bíblia de Estudo NVI Vida).

A musicoterapia tinha um efeito calmante sobre Saul. Mais tarde na Bíblia, Davi é descrito como um doce cantor em Israel que compunha salmos (2Sm 23:1) (Andrews Study Bible).

harpa. Ou melhor, “lira”. Saul foi aconselhado a procurar alívio na musicoterapia. O som da lira de Davi e o canto de hinos consagrados proporcionavam a Saul libertação temporária do espírito mau que o atormentava […] Por rejeitar continuamente a orientação divina, ele se tornou como o homem da parábola que Jesus contou sobre a possessão demoníaca (Lc 11:24-26) na qual o “último estado” da alma acabou sendo muito “pior do que o primeiro” (CBASD, Vol. 2, p. 569).

21 Esteve perante ele. Esta declaração não se refere à postura de Davi na presença de Saul, mas que ele entrou no serviço do rei (ver Gn 41:46; Dn 1:19) (CBASD, Vol. 2, p. 570).

23 Saul sentia alívio. Literalmente, “”Saul respirava”. O termo ruach significa “respirar”, “soprar”. O uso do verbo sugere um exalar forte e pronunciado do fôlego, como o que costuma acompanhar o relaxamento após um período de tensão, seguido de respiração normal. Os ataques de possessão demoníaca eram, ao que parece, acompanhados de tensão física e nervosa (CBASD, Vol. 2, p. 570).



I SAMUEL 15
20 de junho de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/1-samuel/1sm-capitulo-15/

Esta não é uma discussão sobre quem eram os amalequitas e do porquê Deus disse a Saul que os devotasse à destruição. O que importa é que Saul realizou essa missão … e “fez do jeito dele”. Tantos animais lindos! Lindas ovelhas! E quem mataria um rei derrotado se pudesse trazê-lo de volta como um troféu? Então Saul prosseguiu em direção a Gilgal após a batalha, parando no Carmelo para montar um monumento para si mesmo.

Entra então em cena Samuel, que havia entregue a Saul a mensagem para destruir Amaleque. Saul cumprimentou-o ansiosamente: “Deus te abençoe! Eu fiz o que você me disse para fazer!”

Uau! Então, o que são todos esses sons de animais? – o balido das ovelhas, o mugido dos bois? Por que você não obedeceu ao Senhor?

“Oh, mas eu obedeci! Nós mantivemos de lado tudo de melhor e destruímos todo o resto. Queríamos ter um bom sacrifício para oferecer ao Senhor em Gilgal.“

Mas Deus realmente se importa com sacrifícios e ofertas, quando você não se importa com o que Ele diz? A rebelião – fazer sua própria vontade – coloca você em aliança com o diabo. Presunçosamente achar que você está certo, faz da sua própria opinião um ídolo, coloca você no trono.

Isto ainda é verdade hoje.

Virginia Davidson
Artista (projeta e constrói vitrais)
Igreja Adventista do Sétimo Dia de Spokane Valley
Washington, EUA.

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=497
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I SAMUEL 15 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
20 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

452 palavras

1 A importância da obediência a Deus domina a história da rejeição por Deus de Saul como rei. Andrews Study Bible.

2 Sem dúvida, os amalequitas vinham atacado a parte sul de Judá, na região de Berseba, e esse pode ter sido um dos motivos para os anciãos da tribo terem pedido um rei (ver 1Sm 8:1-5). … Os amalequitas eram descendentes de Esaú (ver com. de Gn 36:12) e, portanto, parentes de sangue tanto dos queneus quanto dos israelitas. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 558.

queneus. Era um povo bom e pacífico, que descendia de Jetro, o sacerdote de Midiã. Bíblia Shedd.

exterminou o seu povo. Todos os amalequitas que encontraram. Alguns amalequitas sobreviveram (v. 27.8; 30.1, 18; 2Sm 8.12; 1Cr 4.43). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Agague. No livro de Ester, o inimigo dos judeus é Hamã, o agagita (Et 3:1; 7:6). Andrews Study Bible. [Et 3:1: “…descendente de Agague”, NVI].

11 Arrependo-me. É um antropopatismo comum no AT. O verbo hebraico nacham, “arrepender-se”, expressa a atitude da mente de “deixar de fazer o que estava fazendo”. … (i.e., não pode mais acompanhar ao homem). Bíblia Shedd. [Tb no v. 35].

“O arrependimento do homem implica mudança de intuitos. O arrependimento de Deus implica mudança de circunstâncias e relações” (PP, 630). CBASD, vol. 2, p. 559.

22 obedecer é melhor que sacrificar. Fazer o correto é mais importante que o ritual. Andrews Study Bible.

Samuel não quer dizer que o sacrifício não é importante, mas que é aceitável somente quando é trazido numa atitude de obediência e devoção ao Senhor (v. Sl 15; Is 1.11-17; Os 6.6; Am 5.21-27; Mq 6.6-8). Bíblia de Estudo NVI Vida.

23 Ele o rejeitou como rei. O castigo aqui vai além do que foi declarado antes (… 13.14). Agora, o próprio Saul será rejeitado como rei. Embora isso não acontecesse imediatamente, como demonstra, os caps. 16-31, iniciou-se o processo que levou à sua morte [como o caso da morte de Adão ao comer do fruto], incluindo, no seu processo implacável, o afastamento do Espírito de Deus e do favor divino (16.14), o abandono do filho Jônatas e da filha Mical, que passaram para o lado de Davi, e a insubordinação dos próprios oficiais (22.17). Bíblia de Estudo NVI Vida.

33 Samuel despedaçou a Agague. De acordo com o código civil entregue a Israel (Êx 21:23, 24), Agague era culpado de morte, e Samuel o executou “perante o SENHOR”, assim como Elias matou posteriormente os profetas de Baal no Carmelo, acusados de blasfêmia (Lv 24:11, 16). Ao despedaçar Agague, Samuel frustrou o propósito de Saul de exibir o rei cativo como prova de sua liderança astuta. CBASD, vol. 2, p. 565.

como sua espada. O castigo corresponde ao pecado cometido. Andrews Study Bible.

35 Nunca mais viu Samuel a Saul. Uma tradução mais correta seria: “Nunca mais procurou Samuel a Saul”. Saul, porém, procurou a Samuel, passados 8 anos (ver 19.24). Bíblia Shedd.



I SAMUEL 14 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS
19 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

835 palavras

3 trazia a estola sacerdotal. A presença no arraial de Saul da estola sacerdotal [éfode], que era usada para indagar a vontade de Deus … , encoraja a expectativa de que a usará para pedir a orientação divina como fez Davi em data posterior (23.9-12; 30.7-8). Bíblia de Genebra.

desfiladeiros… penha íngreme. Entre essas mesmas penhas, um punhado de homens do general Allenby, na I Guerra Mundial, surpreendeu e derrotou uma guarnição turca. Bíblia Shedd.

13 caíram diante de Jônatas. Deus estava com ele (Lv 26.8). Bíblia Shedd.

meia jeira. Em hebraico, “meio jugo”. Um “jugo” era a extensão de terra que bois atados a um jugo conseguiam arar em um dia. Bíblia de Estudo Andrews.

15 a terra se estremeceu. O sentido é “o povo tremeu”. Bíblia de Estudo Andrews.

18 a arca de Deus. Conforme TM, T e V; LXX ephod. Nota textual Bíblia de Genebra.

A melhor tradução é a do texto grego (LXX) que diz: “estola sacerdotal”. Esta continha as duas pedras de ônix com os nomes gravados das doze tribos e o peitoral de juízo com Urim e Tumim (Êx 28.6-10).  Bíblia Shedd.

A Septuaginta (antiga tradução grega do Antigo testamento) contém o termo “estola sacerdotal”, o que é, provavelmente, correto, pois essa estola sacerdotal estava claramente presente em Gibeá (v. 3, nota) e era usada para inquirir do Senhor (2.28, nota). O texto existente em hebraico, arca, é duvidoso, porque a arca estava em Quiriate-Jearim nessa ocasião (7.1-2). Bíblia de Genebra.

Desiste. Ao mandar o sacerdote deixar de fazer uso do instrumento mediante o qual a vontade do Senhor poderia ter sido determinada, Saul assume sobre si mesmo a responsabilidade pelos acontecimentos (cf. 13.9). Bíblia de Genebra.

A ordem para o sacerdote retirar a mão (v. 19, nota textual NVI) é mais apropriada no caso do colete sacerdotal que no da arca. Bíblia de Estudo NVI Vida.

19 Desiste de trazer a arca (ARA; NVI: “Não precisa trazer a arca”). Hebraico: “Retire a sua mão”Nota textual NVI.  O sentido é: “Pare de consultar o Senhor; estamos sem tempo”. Bíblia de Estudo Andrews.

24 Maldito o homem que comer o pão antes do anoitecer. …um voto estulto de Saul (29);  uma ordem que enfraqueceu ao exército (30-31), o qual não podia vencer por completo ao inimigo (36). Bíblia Shedd.

Os soldados ficaram exaustos de fome porque haviam guerreado o dia inteiro. Bíblia de Estudo Andrews.

25 bosque. A palavra também pode ser traduzida por “colmeias”. Bíblia de Estudo Andrews.

27 tornaram a brilhar os olhos. Ou suas forças se renovaram. Nota textual NVI.

Voltou a energia; recuperou-se física e moralmente. O mesmo teria acontecido a todos, caso tivessem comido naquele dia. Bíblia Shedd.

32 comeram com sangue. Terminado o voto imprudente de Saul [não comer antes de baixar o sol], os homens, vencidos pela fome, em vez de perseguir o inimigo, atiraram-se sobre os animais, devorando-os precipitadamente, até com sangue, o que era condenado pela lei, cometendo, assim, pecado grave (Lv 17.10-14). Bíblia Shedd.

A ordem de não comer carne com sangue foi dada logo depois do dilúvio (Gn 9:4). O sangue deveria ser escoado antes de se cozinhar e comer a carne. Bíblia de Estudo Andrews.

37 Deus não lhe respondeu. A negativa em hebraico é categórica. Isso mostra que Deus não aprova a atitude de Saul, nem seus votos. Bíblia Shedd.

38 O pecado não foi de Jônatas, mas do próprio Saul. Bíblia Shedd.

39 ainda que meu filho… seja morto. Foi outro erro de Saul, que o próprio povo corrigiu (45). Se o voto de Saul tivesse a aprovação de Deus, Jônatas morreria sem apelação. Bíblia Shedd.

Outro exemplo de voto precipitado de Saul (v. tb. v. 24, 44). Bíblia de Estudo Andrews.

Porém nenhum… lhe respondeu. O povo protegia Jônatas. Bíblia de Genebra.

41 Mostra a verdade, por Urim e Tumim (18). Lê-se no texto grego (LXX): “Disse pois Saul ao Senhor: Ó Senhor Deus de Israel, porque não responde ao teu servo hoje? Se a culpa está em mim, ou em meu filho, Jônatas, ó Senhor Deus de Israel, mostre-o Urim; mas se a culpa está em Israel, mostre-o Tumim. E Jônatas e Saul foram apontados, e o povo ficou livre” (Js 7.16-18). Bíblia Shedd.

42 Texto grego (LXX): “Disse, então, Saul: seja lançada a sorte entre mim e o meu filho, Jônatas e a quem o Senhor apontar pela sorte, seja morto. Mas o povo lhe disse: Com isso não concordamos…”. Bíblia Shedd.

Lançai a sorte. As duas pedras, o Urim e o Tumim, só respondiam sim ou não. Bíblia de Estudo Andrews.

45 Tão certo como vive o SENHOR. O juramento em nome do Senhor tem obrigatoriedade especial de ser cumprido (Dt 23:22, 23). Bíblia de Estudo Andrews.

o que ele fez hoje foi com o auxílio de Deus. Os homens do exército de Saul reconhecem que não é apropriado tirar a vida da pessoa por meio de quem Deus libertou o Seu povo. Bíblia de Estudo NVI Vida.

47-52 Contém um resumo do reinado de Saul. Bíblia Shedd.

49 Mical. A filha mais nova de Saul, que mais tarde se casou com Davi. Bíblia de Estudo Andrews.

52 os agregava a si. Cumprindo a advertência divina feita em 8:11. Bíblia de Estudo Andrews.




%d blogueiros gostam disto: