Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 19 by jquimelli
13 de agosto de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

Os anciãos do povo e os sacerdotes respeitavam Jeremias o suficiente a ponto de concordarem em acompanhá-lo ao lugar que o Senhor os havia mandado, o infame Vale dos Filhos de Hinom ou Geena, ao sul de Jerusalém. Olhando para o lugar onde os reis apóstatas tinham oferecido seus próprios filhos como sacrifícios aos deuses demônios Moloque e Baal, Jeremias pronuncia a catástrofe iminente, arrolando os motivos. Era como se Deus quisesse que todos que ouvissem ou lessem esta mensagem entendessem a depravação a que chegara Seu povo.

O profeta conclui quebrando um vaso de cerâmica criado para conter líquidos, como água ou óleo, em tantos pedaços que nunca poderiam ser colados novamente. Então o profeta repete novamente as acusações contra o povo por terem abandonado a Deus e ido atrás da adoração de demônios como se fossem seus deuses.

Jeremias termina a “parábola viva” declarando que toda a Jerusalém se tornaria como o contaminado “Tofete”, um lugar específico no Vale do Hinom, onde o sacerdote de Moloque oficiava a queimava crianças ainda com vida.

Você pode imaginar a procissão de anciãos e sacerdotes retornando à cidade após esta experiência com Jeremias? Então, no Pátio do Santuário, o profeta repete a mensagem de Deus para que todos que por ali passassem tomassem dela conhecimento.

O mais difícil desta porção da Escritura é tentar entender como o povo de Deus caiu tão fundo. Como isso pôde acontecer a reis, sacerdotes, anciãos e pessoas? A resposta é que existe algo no vírus do pecado que é tão destruidor que sem a intervenção do poder do Evangelho em nossas vidas, nos destrói de dentro para fora.

“Obrigado, Pai Celestial, por Jesus e pelo poder do Evangelho para nossa transformação. Amém”.

Dan Houghton
Centro de Pesquisa Hart – http://www.hartresearch.org/
Califórnia, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jer/19, https://www.revivalandreformation.org/?id=1024 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/jer/19/
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/05/20
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Jeremias 19 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



Jeremias 19 – Comentário Pr Adolfo Suárez by jquimelli
13 de agosto de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria


JEREMIAS 19 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
13 de agosto de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

JEREMIAS 19 – Botija de oleiro. Convite aos anciãos. Mensagem ilustrada. Profecia encenada. Botija despedaçada. Tudo isso, e muito mais, revelam-nos preciosas lições espirituais.

1. Deus sempre quer restaurar o que está arruinado, mas quando quem está arruinado não aceita ser restaurado (18:1-6), Ele permite que as piores consequências apareçam a fim de despertar os ignorantes (19:1).

2. Deus revela (7:31-32) e depois reitera a revelação dos pecados que causam a destruição de Seu povo. Se muitas imoralidades e perversidades não bastassem, o povo de Deus sacrificou seus próprios filhos a Moloque (19:2-6).

3. A carnificina proclamada por Jeremias se deu primariamente na destruição causada por Nabucodonosor em Jerusalém em 586 a.C. Mas pode ser aplicada mais adiante, no ano 70 d.C. quando Tito Vespasiano destruiu novamente a Jerusalém. As pessoas comiam os próprios filhos (19:7).

4. A declaração condicional na legislação divina não é sugestiva, é objetiva (Levítico 26:27-29); portanto, ignorar os requisitos da bênção desconfiando de Deus, acarretaria maldições. Deus preza por Sua palavra (Jeremias 19:8-9).

5. Desprezar a Deus, endurecer o coração diante de Suas Palavras, e rebelar-se significa assinar a própria sentença de morte, cavar a própria sepultura e preparar o próprio veneno. A vasilha de barro seria quebrada e não seria mais restaurada (vs. 10-15).

Deus é paciente desejando salvar, mas quanto mais espera a situação pode piorar. Quando a disciplina não surte efeito (Jeremias 2:23), quando intercessão é ineficaz (Jeremias 17:16) a situação de um indivíduo ou povo/nação, de uma igreja e do mundo torna-se irreversível (Jeremias 19:11).

Por mais bela que seja, cerâmica esmiuçada não presta para mais nada. O pecado nos esmaga, mas pior que cometer pecados é rejeitar a solução provida graciosamente por Deus. Recusar arrependimento atrai o julgamento do Deus que abomina a rebeldia e a rebelião.

A palavra de Deus é para grandes e pequenos, reis e povos, assim como o juízo divino. Ninguém terá desculpas no juízo final; portanto, dê ouvidos à Palavra do Senhor. O mensageiro de Deus prega a tempo e fora de tempo, no templo e fora do templo. Todos têm oportunidade de voltar-se para Deus.

A ousadia do profeta suscita a ira dos hipócritas, assim como acontece hoje quando alguém prega verdadeiramente a Palavra de Deus. Apesar disso, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



JEREMIAS 19, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
13 de agosto de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Então, quebrarás a botija à vista dos homens que foram contigo” (v. 10).


A tolerância do SENHOR para com a maldade do Seu povo não duraria por muito tempo. O Seu terno convite de torná-los um vaso novo foi rejeitado e, confiantes em “outros deuses, que nunca conheceram” (v. 4), terminariam da mesma forma como suas imagens: despedaçados.

A descrição dos resultados da desobediência é de uma nação completamente destruída e destituída de amor ou piedade, onde cada um comeria “a carne do seu próximo” (v. 9). A ilustração realizada sob o olhar “dos anciãos do povo e dos anciãos dos sacerdotes” (v. 1) era mais um clamor do SENHOR para que aqueles líderes caíssem em si e dirigissem o povo a um genuíno arrependimento. Só que, ao invés de encontrar nos experientes líderes compreensão e contrição, Jeremias se deparou com uma cerviz endurecida que se negava a ouvir a voz de Deus (v. 15). Diante de um quadro tão desanimador e, consequentemente, irreversível, cumpria ao profeta mostrar a alegoria do resultado de suas ações: uma botija quebrada.

Enquanto Jeremias ia “para onde o SENHOR o enviara a profetizar” (v. 14), o povo insistia em praticar as abominações que Deus nunca lhes ordenou, nem falou, muito menos pensou (v. 5). Tofete era um lugar de sacrifícios humanos e de terríveis cultos pagãos. Era como “o vale da Matança” (v. 6) das famílias. A “herança do SENHOR” (Salmo 127:3) era sacrificada e, à semelhança daquele lugar, “as casas de Jerusalém e as casas de Judá” tornavam-se imundas (v. 13).

O maior inimigo do homem tem sido o próprio homem. E quanto mais o tempo passa, mais comprovado fica que esta triste realidade começa dentro de casa. A maioria esmagadora das famílias têm sido verdadeiras bombas-relógio prestes a explodir. Os filhos são entregues no altar do “deus” internet e abandonados à própria sorte, enquanto os pais “queimam incenso” perante suas ocupações. Neste dia dos pais, o SENHOR estende a Sua mão para cada pai e deseja tornar-lhes verdadeiros sacerdotes do lar.

Pois, “eis que vêm dias” (v. 6), amados, em que o mundo se fechará completamente para ouvir os reclamos de Deus. Estamos caminhando a passos largos para que isso finalmente aconteça e, como “Tofete”, as piores atrocidades têm sido realizadas enchendo a terra “de sangue de inocentes” (v. 4). Mas, por mais que a maldade humana se multiplique, chegará o Grande Dia do SENHOR que quebrará todos os vasos que não foram por Ele moldados.

“Ouvi a palavra do SENHOR” (v. 3) e restaure o altar da família em sua casa! Não permita que a imundície do pecado invada o lugar onde, primariamente, Ele te chama a proclamar as Escrituras. Deus nos molde para esta obra sagrada!

Bom dia, famílias moldadas pelo SENHOR!
E um feliz dia dos pais a cada papai que tem sido reavivado por Sua Palavra!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Jeremias19
#RPSP



JEREMIAS 19 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
13 de agosto de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria



JEREMIAS 19 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
13 de agosto de 2017, 0:24
Filed under: Sem categoria

Anciãos. Isto é, os representantes de alto nível dentre os líderes civis e eclesiásticos. 464.

Vale. O vale de Hinom foi localizado ao sul de Jerusalém (ver mapa, p. 534 [CBASD]; ver com. de Jr 7:31). … O vlae pode ter recebido o nome de seu primeiro proprietário ou de alguém que acampou ali (ver com. de 2Rs 23:10; M7 5:22). CBASD, vol. 4, p. 464. [Ver tb. com. de Jr 7:31.]

Sangue de inocentes. Evidentemente, uma referência aos cruéis sacrifícios de crianças ao deus Moloque (ver com. de Jr 7:31). CBASD, vol. 4, p. 464.

O vale da Matança. Em justa retribuição à adoração idólatra e cruel de Judá, este abominável local se tornaria um lugar de “matança” quando Jerusalém fosse tomada pelos babilônios (ver 2Rs 25:1-9). CBASD, vol. 4, p. 464.

Fá-los-ei comer. Ver Dt 28:49-57; Lm 2:20. Josefo registra um caso … durante o cerco de Tito, em 70 a.D. (Guerra dos Judeus, vi.3.4). CBASD, vol. 4, p. 464.

12 Farei desta cidade um Tofete. O desprezo sugerido pelo nome Tofete seria lançado sobre toda cidade de Jerusalém (ver com. de Jr 7:31). … Alguns consideram que a palavra é derivada  do heb. tuf, … e afirmam que o nome foi dado a esse lugar por causa do costume de usar tambores para abafar os gritos das crianças enquanto eram sacrificadas. CBASD, vol. 4, p. 465, 418.

13 Sobre cujos terraços. Os terraços planos das casas antigas eram lugares oportunos para a adoração dos corpos celestes (ver Jr 32:29; Sf 7:31). CBASD, vol. 4, p. 465.

14 Casa do SENHOR. Do vale de Hinom, onde ele encenou sua mensagem aos líderes do povo (ver v. 1, 2), o profeta prosseguiu para o templo, a fim de anunciar o juízo divino ao povo como um todo. CBASD, vol. 4, p. 465.

15 Assim diz o SENHOR. Evidentemente, Jeremias repetiu o discurso feito aos líderes no vale de Hinom; sendo assim, este versículo contém um breve resumo da mensagem. CBASD, vol. 4, p. 465.




%d blogueiros gostam disto: