Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 10 by jquimelli
4 de agosto de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

Tenho dificuldades em localizar-me geograficamente. Toda vez que me mudava para um novo apartamento em Moscou, levava algum tempo até sentir-me confortável para encontrar o meu caminho de casa. Era um desafio para mim caminhar até as lojas de bairro e voltar para casa sem entrar em nenhuma rua errada. Dias atrás, mesmo depois de ter vivido no mesmo apartamento por algum tempo, eu ainda não conseguia identificar e encontrar o edifício em que moro entre os outros edifícios da área, depois de fazer uma caminhada no bairro.

Você pode imaginar o quão difícil é para mim transitar por uma grande cidade como Moscou. Mas o maior problema é que eu gosto de tomar decisões por mim mesmo e não depender de outros quanto a onde ir e o que fazer com a minha vida.

Os israelitas tinham o mesmo problema com o seu espírito independente, o que levou Jeremias a escrever: “Eu sei, Senhor, que não está nas mãos do homem o seu futuro; não compete ao homem dirigir os seus passos” (Jr 10:23, NVI).

Não cabe a nós dirigir os nossos passos, porque a nossa desorientação pecaminosa nos leva para a direção errada. A pena inspirada de Provérbios diz: “Há caminho que parece reto ao homem, mas no final conduz à morte”. E para enfatizar o ponto, essa passagem aparece duas vezes no livro – em Provérbios 14:12 e 16:25 (NVI).

Então, qual é a solução para encontrarmos o caminho correto? Em Moscou, fui salvo por meu GPS. Em minha vida, fui salvo por Jesus. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim”, disse Jesus em João 14:6 (NVI).

Oração: “Querido Deus, muitas vezes procurei dirigir meus próprios passos. Isso foi um erro. Coloco esse dia em Tuas mãos. Por favor, guia-me! Quero Te seguir até chegar ao lar celestial. Amém”.

Andrew McChesney
Editor da revista Adventist Mission

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jer/10, https://www.revivalandreformation.org/?id=1033 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/jer/10/
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/05/11
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Jeremias 10 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



JEREMIAS 10 – COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
4 de agosto de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria


JEREMIAS 10 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
4 de agosto de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

JEREMIAS 10 – Não é verdade que todas as religiões são boas; assim como também não é verdade que importante é servir a algum deus, não importa qual. A idolatria é pecado tanto quanto o politeísmo e o sincretismo religioso, ou o ateísmo.

• O Deus bíblico é único; e, por isso, Ele exige fidelidade exclusiva – obviamente!

No capítulo anterior (9:25-26) Jeremias começou a destacar-se como profeta das nações, conforme Deus lhe prometera em sua insignificância (1:10). Deus cumpre o que promete; por isso, o capítulo em pauta conclui com profecias de juízo às nações idólatras e às que causaram danos ao povo escolhido (vs. 17-25).

A. W. Tozer destaca: “A essência da idolatria é cultivar pensamentos sobre Deus que não são dignos dEle”. Sendo assim, o que Jeremias diria…

• a nossa geração?
• a nossa igreja?
• a nós individualmente?

A mensagem profética é relevante a judeus e não judeus. Pessoas de todas as nações e confissões religiosas devem entender que…

1. Não há ninguém ou nenhum ser como o Deus da Bíblia (vs. 6-7);
2. Só YHWH é Rei sobre todas as nações da Terra (v. 7);
3. Só YHWH é legitimamente Deus (v. 19);
4. Só YHWH é verdadeiramente vivo, dinâmico e atuante (v. 10);
5. Só YHWH é um soberano monarca e eterno (v. 10);
6. Só YHWH é realmente Criador (vs. 11-13, 16).

Diferentemente do Deus verdadeiro, os outros deuses…

1. …são invenções e criações de falhos seres humanos, não passam de meros ídolos imprestáveis (vs. 3-4, 8-9, 14-15);
2. …se movimentam quando são carregados. Se eles só se movem com auxílio humano, como podem favorecer aos que lhes são devotos? (v. 5);
3. …não revelam nada, não ensinam nada, não abençoam ninguém. O que eles são? (v. 8);
4. …existem apenas por causa da fabricação humana. Eles não se criam e nem criam nada, absolutamente (v. 11);
5. …não são vivos, não comunicam vida nem a protegem. Qual, então, o valor deles? (v. 14).

Jeremias, mesmo sendo “reservado e sensível por natureza, ainda assim foi chamado por Deus para condenar com severidade a apostasia de sua época”, analisa William MacDonald.

O único remédio para nossa situação espiritual é um apego radical ao Deus verdadeiro, sem o qual estamos fadados ao fracasso total! – Heber Toth Armí.



JEREMIAS 10, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
4 de agosto de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Ninguém há semelhante a Ti, ó SENHOR; Tu és grande, e grande é o poder do Teu nome” (v. 6).


Se tem um assunto delicado e desafiador é o que envolve o capítulo de hoje. Apesar de vivermos em um país laico, o Brasil tem uma raiz muito forte no quesito imagens de escultura. Respeito muito a fé de quem acredita nestas imagens e admiro o respeito que tem por elas. Mas, a Palavra do SENHOR é muito clara quando diz que “há só UM Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, Homem” (I Timóteo 2:5).

O grande problema das imagens está no fato de que, materialistas como somos, rapidamente trocamos a adoração verdadeira pela contemplação do que nos é palpável; trocamos “o Deus vivo e o Rei eterno” (v. 10), “o Criador de todas as coisas” (v. 16) pela silhueta de criaturas mortais.

Podemos facilmente transformar em ídolos coisas ou pessoas que amamos. O que fez com que Judá se contaminasse com os deuses pagãos e ainda assim continuasse afirmando ser de Deus, foi porque não mais conhecia ao SENHOR. O povo não via problema em apegar-se às suas imagens e servir a Deus ao mesmo tempo. Jesus certa feita afirmou: “Ninguém pode servir a dois senhores” (Mateus 6:24).

Acredito que o problema não começa com uma adoração dividida, mas na falta de conhecimento e no desinteresse em obtê-lo. Como disse o SENHOR por intermédio do profeta Oseias: “O Meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento” (Oseias 4:6). Nascemos em uma cultura, crescemos recebendo aquela cultura e nem tomamos tempo para questionar se o que aprendemos é realmente a verdade. E perdemos o inigualável privilégio que tiveram os grandes homens do passado, como Abraão e Moisés, de termos intimidade com o conhecimento verdadeiro.

Eu ainda tenho muito “chão” pela frente para conseguir a experiência daqueles homens de Deus, mas desde que o Deus único me encontrou, a minha vida passou a ter outro sentido. Desde minha adolescência tinha uma paixão pela Bíblia, eu realmente queria entendê-la. O meu problema foi quando no decorrer do percurso eu me distraí, desviando os meus olhos do Deus da Bíblia.

Então, fui me tornando uma “cristã” medíocre, uma dracma perdida dentro de casa. A quem eu adorava? A mim mesma e aos meus gostos. Hoje, quando olho para trás sinto duas coisas: vergonha e gratidão. Vergonha porque por muitos anos troquei o meu Deus por coisas banais. E gratidão porque Ele não descansou até me encontrar. Não tenho como não me emocionar ao lembrar da paciência do SENHOR para comigo. Cada dia em que abro a Sua Palavra e ouço a Sua voz, posso quase ouvi-Lo dizer de forma audível: Eu estou bem aqui!

O SENHOR é Deus zeloso, que olha para cada uma de Suas criaturas com amor eterno. Ele é o mesmo e não muda (Malaquias 3:6). Se tão-somente você confiar que Ele pode todas as coisas e que só Ele é Deus, ainda que você olhe em todas as direções e não veja saída, Ele promete abrir o mar para você. Experimente Deus todos os dias. “Provai e vede que o SENHOR é bom” (Salmo 34:8). Ore, pedindo em nome do nosso único Mediador, Jesus Cristo, e estude a Sua Palavra. Ele não promete uma vida só de bênçãos, mas promete nos dar ombros fortes para suportar as tempestades da vida.

Não importa se você está dentro ou fora do aprisco de Deus. Lembre que a repreensão de hoje foi para os de dentro!

Bom dia, filhos do Deus único!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Jeremias10
#RPSP



JEREMIAS 10 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
4 de agosto de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria



JEREMIAS 10 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
4 de agosto de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria

Casa de Israel. Esta expressão é utilizada neste versículo para designar o remanescente da nação israelita, o reino de Judá, em vez do reino do norte. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 429.

Caminho dos gentios. A referência primária é à forma de adoração e à religião deles (ver Lv 18:3; 20:23; ver com. de Jr 4:18). CBASD, vol. 4, p. 429, 430.

Sinais dos céus. Fenômenos celestes, como eclipses, cometas e conjunções particulares dos corpos celestes eram frequentemente considerados como indicações de destino nacional ou individual (ver Is 47:13). CBASD, vol. 4, p. 430.

Não tenhais receio deles. O profeta declara que esses deuses [a quem os pagãos adoravam] eram incapazes de ferir seus inimigos ou ajudar seus amigos. eles também não recompensavam nem puniam (ver Is 41:23). CBASD, vol. 4, p. 430.

Ninguém há semelhante. Deus é apresentado como incomparável (ver Êx 15:11; Sl 86:8, 10). CBASD, vol. 4, p. 430.

Estúpidos e loucos. Os adoradores de ídolos são descritos como embrutecidos, não receptivos, brutos e estúpidos (ver com. de Sl 115:8; Jn 2:8). CBASD, vol. 4, p. 431.

10 Deus vivo. Em contraste com a falta de vida dos ídolos, Deus tem vida em Si mesmo (Jo 5:26). A fonte de Sua existência está em Seu ser. Todos os outros seres vivos subsistem “Nele” (ver At 17:28). CBASD, vol. 4, p. 431.

15 Obra ridícula. Os ídolos merecem apenas o ridículo e o escárnio. Contudo, a crença sincera de um idólatra não deve ser ridicularizada por um cristão. CBASD, vol. 4, p. 432.

17 Tira do chão. Após a digressão [desvio momentâneo do assunto sobre o qual se fala ou escreve] nos v. 10:1 a 16, ao lidar com a tolice da idolatria, a profecia retoma o assunto do cap. 9, ou seja, a desolação iminente da terra e do exílio dos habitantes de Judá. De maneira dramática o profeta ilustra a partida dos exilados. Adverte as pessoas para reunir alguns artigos ás pressas e a se preparar para a partida imediata para Babilônia (ver Ez 12:3). CBASD, vol. 4, p. 432.

18 Arrojarei. Ilustração da violência da expulsão (ver Jr 16:13; cf 1Sm 25:29). O próprio Yahweh é o narrador. CBASD, vol. 4, p. 432.

19 Ai de mim, por causa da minha ruína! A nação, personificada neste versículo, é retratada como lamentando sua calamidade, a ruína de sua casa e a perda de seus filhos. CBASD, vol. 4, p. 432.

Tenho de suportá-lo. Reconhecer e aceitar a aflição que alguém trouxe sobre si por meio de seu mau caminho é o primeiro passo para a mudança (Lm 3:39, 40). Os judeus da época de Jeremias rejeitaram categoricamente qualquer sugestão de que repetidas mensagens de Deus, alertando para a iminência de cativeiro, poderiam se tornar realidade (ver Jr 7:3; Ez 11:3; 12:21-28). Mesmo a alma devota de Jeremias se rebelou, a princípio, com o pensamento. Ele se sentia profundamente ferido (Jr 4:19; 8:21; 15:18), chorou (9:1; 13:17; 14:17) e orou para que o cativeiro fosse evitado (7:16; 11:14; 14:11). Ele demorou a perceber que o desastre nacional não poderia ser detido (ver 11:11; 14:19). CBASD, vol. 4, p. 433.

22 Rumor. A comoção representa a marcha de um grande exército indo para a batalha (ver jr 6:23; 8:16). CBASD, vol. 4, p. 433.

23 Eu sei. O profeta é o interlocutor, mas ele fala como representante de Israel. Os v. 23 e 24 constituem uma oração de intercessão, com uma confissão de pecados apropriada e o pedido para um castigo moderado (ver Jr 18:20). CBASD, vol. 4, p. 433.

Dirigir os seus passos. O ser humano precisa da orientação divina em cada passo. Deus dirige os passos de uma boa pessoa (Sl 37:23). CBASD, vol. 4, p. 433.

24 Castiga-me, ó SENHOR. Neste pedido está implícita uma confissão de erro e a admissão da necessidade de correção. É um sinal positivo do pecador admitir francamente o erro de seus caminhos e, por iniciativa própria, se submeter à correção. CBASD, vol. 4, p. 433.

Devoraram a Jacó. Deus permitiu que os pagãos castigassem Seu povo escolhido. Satanás buscava tirar vantagem da ocasião para destruir Israel completamente (ver Is 10:6, 7). As nações excederam a permissão de Deus (Is 47:6). CBASD, vol. 4, p. 433.




%d blogueiros gostam disto: