Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 6 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
31 de julho de 2017, 12:00
Filed under: Sem categoria

Diligentemente se rebuscarão. Nesta figura, as uvas são os judeus e os invasores babilônicos são os respigadores. O cativeiro e a destruição ocorreriam várias vezes e seriam rigorosos. CBASD – Comentário Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 408.

Os resíduos de Israel. O reino de Judá era tudo o que restava de Israel nos dias de Jeremias. As dez tribos haviam sido levadas pelos assírios (ver Is 24:13; Jr 49:9; Ob 5). CBASD, vol. 4, p. 408.

Paz. Heb. shalom, palavra frequentemente usada para abranger todas as coisas boas da vida. Shalom foi definida no sentido não apenas de “paz”, mas tamém de “completude”, “prosperidade”, “bem-estar”, “saúde”, “amizade”, etc. … Os falsos profetas dos dias de Jeremias encobriam os pecados da nação, e pintavam quadros agradáveis das perspectivas futuras de Judá (er Jr 8:11; 14:13; 23:17; cf. Mq 3:5). Por meio de seus ensinamentos agradáveis e enganosos, esses líderes infiéis embalavam os pecadores num sono fatal. Eles deveriam ter avisado sobre a calamidade iminente e a necessidade de arrependimento, mas, em vez disso, asseguraram que não havia nada a temer (ver Ez 13:22). Profetas que anunciam paz e segurança, apesar da transgressão, enquanto Deus declara que o pecado está prestes a recolher seu salário, estão repetindo a primeira mentira satânica falada no jardim do Éden: “É certo que não morrereis” (Gn 3:4). CBASD, vol. 4, p. 409.

16 Ponde-vos à margem do caminho. A metáfora é de um viajante que, tendo perdido o caminho, para na encruzilhada de várias estradas diferentes, considerando cuidadosamente e perguntando pelo caminho certo. CBASD, vol. 4, p. 409, 410.

Veredas antigas. O verdadeiro caminho era aquele em que andaram os piedosos antepassados de Judá.A observância dos princípios éticos e morais da aliança trariam as mais altas bênçãos espirituais para a nação e para os indivíduos (ver PR, 411). CBASD, vol. 4, p. 410.

 



JEREMIAS 6 by jquimelli
31 de julho de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

Já aconteceu de você abrir a Bíblia e não sentir vontade de lê-la? Comigo isto já aconteceu. Eu particularmente me sinto assim quando estou lutando com um pecado voluntário na minha vida, mesmo que pequeno. Meu desejo natural é ficar o mais longe possível da Bíblia e seus ensinos. Eu sei que suas páginas estão cheias de conselhos, reprovação e correção. O problema é que eu não quero ser corrigido e repreendido.

Os israelitas devem ter sentido o mesmo desprazer pela Palavra de Deus. Deus perguntou a Jeremias no versículo 10: “Quem me escutará? Os ouvidos deles são obstinados, e eles não podem ouvir. A palavra do Senhor é para eles desprezível, não encontram nela motivo de prazer” (NVI).

Quando eu peco, não encontro prazer na leitura da Bíblia. Deus não quer que permaneçamos em nossos pecados. Ele quer nos tirar dessa situação.

Isto é o que o Senhor diz : “Assim diz o Senhor: … perguntem pelos caminhos antigos, perguntem pelo bom caminho. Sigam-no e acharão descanso.”(v. 16a). Por que nós ecoaríamos os israelitas ao dizer: ” “Não seguiremos!”? (v. 16b) .

Ore comigo:
“Querido Deus, ajuda-me a me agarrar a Ti e não ao pecado que me afasta de Ti. Com Tua ajuda, eu quero ler a Bíblia todos os dias. Amém”.

Andrew McChesney
Editor da revista Adventist Mission

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jer/6, https://www.revivalandreformation.org/?id=1038 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/jer/6/
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/05/07
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Jeremias 6 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



JEREMIAS 6 – COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
31 de julho de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



Jeremias 6 – Comentário Pr Heber Toth Armí by Maria Eduarda
31 de julho de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

JEREMIAS 6 – Só existe final feliz na história de quem coloca Deus em primeiro lugar em sua vida.

Quem não se torna templo do Espírito Santo pode até ir ao templo, mas nunca para adorar ao Deus verdadeiro; pois, só vai ao templo adorar quem permite que seu corpo seja o Templo de Deus durante o tempo quando não há culto no templo.

Quem usa a religião para esconder sua perversão causa sua própria destruição; pois quem intenta usar a religião como máscara de sua perversidade não passa de um excelente hipócrita.

“Hipócritas procuram se relacionar com pessoas que os fazem parecer melhores do que são”, diz Brennan Menning; por isso, os hipócritas odeiam os verdadeiros servos de Deus, pois não os bajulam, mas falam o que precisam e não o que gostam de ouvir.

• Confiar em coisas, rituais, cerimônias, pompas e em si mesmo, em lugar de confiar em Deus, é perversão da religião, ofensa contra Deus e grande ilusão que só parece livrar da destruição (vs. 1-4).

• A única segurança para a vida presente e futura é arrebentar com a casca religiosa, é ser mais do que parecer, é ser mais do que fazer. Autoconfiança gera uma falsa segurança (vs. 5-15). “Jesus e Jeremias se expressavam de maneira semelhante acerca da religião exterior. Jesus usou as palavras do profeta no versículo 11, ao dizer que o templo era como ‘covil de salteadores’ quando purificou a casa de Seu Pai (Mt 28:13; Mc 11:17; Lc 19:46)” (William MacDonald).

• Rituais sem dependência de Deus são vazios de significados, são meras práticas, passadas de geração a geração que em nada contribuirão com a certeza da salvação (vs. 16-26).

• A negligência espiritual e o desvio religioso do povo de Deus para a emboscada do mal, faz o fiel pregador, o fiel líder espiritual e o verdadeiro profeta lamentar as consequências que sobrevirão pela depravação (vs. 27-34).

Usar amuletos, ou fazer da igreja (ou até mesmo da Bíblia) um amuleto, não garante segurança nenhuma frente às medonhas ameaças da vida. Para um destino melhor do que aquele que o pecado pode dar, só existe numa volta e retorno genuíno aos braços do Pai.

Arrependimento e conversão transformam o coração e geram mudanças visíveis nas ações comportamentais! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



JEREMIAS 6, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
31 de julho de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Assim diz o SENHOR: Ponde-vos à margem no caminho e vede, perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho; andai por ele e achareis descanso para a vossa alma; mas eles dizem: Não andaremos” (v. 16).


Uma das piores coisas que pode acontecer a alguém, por incrível que pareça, não é uma doença grave, nem tampouco a perda de bens materiais, mas o afastamento de Deus. Quem, propositadamente, se recusa a ouvir a voz do SENHOR e a seguir os Seus mandamentos, corre o sério risco de entrar em estado de coma espiritual. Assim como um paciente em coma clínico fica incapaz de manifestar algum tipo de reação, uma pessoa que escolhe estar longe de Deus não reage ao tratamento oferecido pelo Médico dos médicos.

Mesmo diante de um povo onde eram “todos corruptores” (v. 28), Deus enviou o Seu mensageiro com um apelo após outro. Cometiam “abominação sem sentir por isso vergonha” (v. 15). Fechavam os olhos para o bem enquanto praticavam o mal como se fosse algo natural. Se não se envergonhavam de seus atos, não havia arrependimento, e se não havia arrependimento, não poderia haver perdão, e, sem perdão, não há salvação.

A terrível obra de Satanás tem amortizado os sentidos da humanidade através da teoria de que não existe nada absoluto, tudo é relativo. Vivemos em uma geração onde tudo é “normal”. Casados que vivem uma vida de solteiros? Ah, é normal! Mídia que incita o sexo livre e a violência ao alcance de crianças? Ah, é normal! Meninas que querem ser meninos e vice e versa? Ah, é normal! Enquanto isso, líderes religiosos passam a mão na cabeça do povo, confundindo inclusão com abominação, e dizendo: “Paz, paz; QUANDO NÃO HÁ PAZ” (v. 14).

Eis que a Palavra do SENHOR é a mesma e não muda! Ele nos chama a atenção para os abusos que muitos têm feito em nome de Deus. É muito bonito e agradável aos ouvidos ouvir de paz, amor e prosperidade. Mas Deus não nos fala o que queremos ouvir, Ele diz o que PRECISAMOS OUVIR! Se tão-somente nos colocarmos nem que seja à margem de ouvir a verdade sobre o “bom caminho” (v. 16) e demonstrarmos algum interesse por ele, o nosso bom Pastor nos fará achar descanso. Ele nos convida a nEle descansar: “Tomai sobre vós o Meu jugo e aprendei de Mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma” (Mateus 11:29).

Os atalaias de Deus continuam falando. Cada vez que abrimos a Bíblia com o objetivo de aprender de Deus, conhecer Jesus, a visão de que o SENHOR é um Deus tirano e pronto a castigar é mudada para um Deus AMOR e pronto a salvar. A impiedade da nação que Ele escolheu como “a menina dos olhos” (Salmo 17:8), não merecia qualquer tipo de piedade, porém o SENHOR estava disposto a absolvê-la caso voltasse para Ele. Ele não queria sacrifícios e holocaustos (v. 20), mas a oferta de corações sinceros e convertidos.

“Dá-Me, filho Meu, o teu coração…”, é um texto que tem sido extremamente distorcido pela “teologia” que diz que Deus só quer o nosso coração. De fato, o SENHOR só pede o nosso coração, mas para que aconteça o que diz na continuação do verso acima: “… e os teus olhos se agradem dos Meus caminhos” (Provérbios 23:26). E não para vivermos uma religião falsa que se envergonha da Palavra do SENHOR e que não gosta dela (v. 10).

“Portanto, ouvi, ó nações… Ouve, tu, ó terra!” Não insista em dizer: “Não andaremos” e “Não escutaremos”. Porque o Dia do SENHOR está chegando, onde “cairão pais e filhos juntamente” e onde “o vizinho e o seu companheiro perecerão” (v. 21). Tempo em que, “ao som da trombeta” (v. 17) de Deus, “ouvida a voz do arcanjo”, Jesus “descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do SENHOR nos ares e, assim, estaremos para sempre com o SENHOR” (I Tessalonicenses 4:16-17). “Informa-te, ó congregação” (v. 18)! Estude a Palavra de Deus, “aceita a disciplina” (v. 8) e, mediante a guia do Espírito Santo, “achareis descanso para a vossa alma”!

Bom dia, mui amados por Deus!

Desafio do dia: “A quem falarei e testemunharei, para que ouçam?” (v. 10). Fale e testemunhe de Jesus para alguém que você considera um caso perdido. Peça ao Espírito Santo que lhe conceda esta oportunidade.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Jeremias6
#RPSP



JEREMIAS 6 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
31 de julho de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria



Coincidência? by jquimelli
30 de julho de 2017, 12:08
Filed under: Sem categoria
Amigos, estou maravilhado porque, novamente, estamos lendo no “Crede em Seus Profetas” sobre a história do profeta cujo livro estamos estudando no “Reavivados em Sua Palavra” (O primeiro foi Isaías). Seria isso uma mera coincidência?
Não deixe de ler o texto de Profetas e Reis, cap. 34, sobre Jeremias.



%d blogueiros gostam disto: