Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 6 – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
26 de maio de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim” (v. 8).


Isaías teve uma visão de Deus em Seu trono. A Bíblia menciona alguns que tiveram uma visão do trono divino, por exemplo: Daniel (Daniel 7:9), Estêvão (Atos 7:56), João, o discípulo amado (Apocalipse 4:2) e o próprio Isaías. Mas a experiência de Isaías foi, de todas, a que nos deixou uma grande lição de humildade, e de sublime noção de santidade. Primeiro, O PROFETA VIU “O SENHOR” (v. 1), o trono, os serafins e toda a santidade que envolvia aquele cenário glorioso, de onde se podia ouvir incansavelmente (Ap. 4:8): “Santo, santo, santo é o SENHOR dos Exércitos; toda terra está cheia da Sua glória” (v. 3). Logo depois, ISAÍAS VIU A SI MESMO. “Contemplando Isaías esta revelação da glória e majestade de seu Senhor, sentiu-se oprimido com o senso da pureza e santidade de Deus” (EGW, Profetas e reis, p. 157).

Quando alguém tem um encontro verdadeiro com Deus, o resultado deve ser um coração contrito e uma atitude humilde. Olhar para Deus deve produzir arrependimento e confissão. Isaías viu o Perfeito e então, se deu conta de sua imperfeição. Só quando olhamos para o Santo dos santos é que enxergamos a nossa real situação!

Precisamos volver os nossos olhos para o Alto todos os dias. Se anjos perfeitos e sem pecado proclamam noite e dia a santidade de Deus “uns para os outros” (v. 3), quanto mais nós necessitamos ter sempre um cântico no coração e testemunhar uns aos outros do amor divino. O encontro com Deus produz um intenso desejo de utilidade na obra. O SENHOR olha do Céu e não procura corações orgulhosos, mas aqueles que, como Isaías, confessam: “Ai de mim! Estou perdido!” (v. 5). A obra que o profeta recebeu foi extremamente desafiadora, pois o povo havia endurecido o coração a tal ponto que o juízo de Deus viria sobre ele, mesmo com a pregação de Isaías (v. 10). O mesmo juízo foi proferido por Jesus ao povo da época (Mateus 13:14-15) e também pelo apóstolo Paulo (Atos 28:26-27). Ou seja, é uma atitude que se repete em gerações futuras e que chegou até nós, hoje: “pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma” (Ap. 3:17).

Mas em meio à desesperança, Deus suscita a esperança! “A santa semente é o Seu toco” (v. 13). Sempre haverá, mesmo que em pequena proporção, um povo que se chama pelo Seu nome. O ministério do profeta não seria de todo infrutífero. Hoje, temos uma grande seara e precisamos seguir a ordem de Cristo e rogar ao Pai que envie mais “Isaías” para a Sua obra atual (Mateus 9:38). Não poucas vezes, estes questionarão: “Até quando, Senhor?”. Contudo, como Isaías, não esmorecerão diante das dificuldades, apegando-se cada dia mais à santa convicção de que o SENHOR estará até o fim (Mateus 28:20) com aqueles que O amam:

“Não te mandei Eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, É CONTIGO POR ONDE QUER QUE ANDARES” (Josué 1:9).

Bom dia, “Isaías” atuais!

Desafio do dia: Muitos alegam não saber orar. Mas Jesus nos deixou o passo a passo da oração. Leia Mateus 6:5-8. Se a sua vida de oração estava enferma, a partir de hoje, em nome de Jesus, ela será curada com a brasa viva do altar do SENHOR!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Isaías6
#RPSP

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Como tem me ajudado a entender as Sagradas Escrituras, agradeço muito a Deus por este estudo da Palavra, voces estao sendo verdadeiros instrumentos do Senhor em minha vida. Obrigada.

Comentário por Aleia de Oliveira




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: