Reavivados por Sua Palavra


TIRO/SOUR by jquimelli
17 de outubro de 2017, 10:57
Filed under: Sem categoria

A antiga cidade de Tiro se transformou na atual cidade libanesa de Sour.

A ilha de Nova Tiro que distava 800 m da antiga Tiro, no continente, foi ligada a ele através de um aterro construído pelas tropas de Alexandre, para tomar a cidade.
Com o tempo, a deposição de areia formou e ampliou praias, que transformaram Tiro em um istmo.

Veja algumas fotos da Tiro atual e desenhos que reconstituem a linha original da costa e o cerco de Alexandre:

Foto de Tiro/Sour em foto aérea de 1934.

Foto aérea atual de Tiro/Sour

Representação artística da construção do aterro para a tomada da cidade

Desenho que mostra o cerco de Tiro

A costa original e atual de Tiro/Sour

Fotos retiradas dos sites:
http://wonderland1981.wordpress.com/2012/10/11/alexander-the-great-made-the-island-of-tyre-into-a-peninsula/

http://www.emersonkent.com/map_archive/tyre.htm

http://wonderland1981.files.wordpress.com/2012/10/tyre-aerial-photo-by-france-military-1934.jpg

http://www.biblearchaeology.org/post/2010/01/26/the-biblical-cities-of-tyre-and-sidon.aspx

http://sophismata.files.wordpress.com/2009/02/tyre_today_satellite.jpg

http://sophismata.wordpress.com/2009/02/20/the-siege-of-tyre/

http://www.telegraph.co.uk/news/uknews/1551557/How-Alexander-the-Great-used-Mother-Nature.html

http://generationword.com/notes/Alexander_Battles.html

 

Publicado originalmente em: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/07/25/



EZEQUIEL 27 by jquimelli
17 de outubro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

Pensamos no mundo de hoje como uma aldeia global. No entanto, nenhum lugar hoje é mais cosmopolita do que a antiga Tiro. Mas isto iria acabar. No dia da ruína de Tiro todos os reis e mercadores que a amavam se manteriam à parte, com medo de serem envolvidos no meio da destruição provocada pela Babilônia.

Eles lamentariam a queda de Tiro, raspando seus cabelos como Jó, vestindo peles de cabra, chorando e lamentando amargamente. Impressionante, de fato. No entanto, não é por Tiro que eles lamentam. É pela riqueza que esta cidade os ajudou a adquirir e pelo sonho de sua própria segurança que eles estão perdendo.

A globalização de hoje pode nos fazer sentir que estamos seguros. Porque se alguém ataca um lugar, todos os outros lugares sofrem. Esperamos que o interesse próprio de todos vá prevalecer e a paz seja restaurada.

No entanto, João, o Revelador, toma emprestado a linguagem de Ezequiel para falar do colapso final de Babilônia, quando os comerciantes e reis voltarão a lamentar, um lamento egoísta e desesperado (Apoc 18:9-24).

A queda de Tiro nos ensina que embora as pessoas do mundo estejam acostumadas com a troca de favores e com o comércio que beneficia aos poderosos, a paz e a segurança não podem ser encontradas na prosperidade material. Há apenas um caminho para a paz verdadeira, apenas um verdadeiro Príncipe da paz. Que o brilho do mundo nunca nos leve a crer o contrário.

Ross Cole
Avondale College, Austrália

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/eze/27 e https://www.revivalandreformation.org/?id=1075
Também disponível no blog mundial RPSP/BHP da IASD, em: https://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/eze/27
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/07/24/
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Ezequiel 27 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



EZEQUIEL 27 – PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
17 de outubro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



EZEQUIEL 27 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
17 de outubro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

EZEQUIEL 27 – As profecias bíblicas são muito interessantes e impressionam a cada crente que dedicar seu tempo a estudá-las.
Observe estas comparações proféticas:
• Do mesmo jeito que o julgamento de Tiro afetou suas músicas (Ezequiel 26:13), Deus extinguirá às músicas da Babilônia espiritual no fim dos tempos (Apocalipse 18:22).
• A grandiosidade de Tiro representada por um grande navio comercial (Ezequiel 26:16-17, 29), é também usada para a Babilônia mística (Apocalipse 18:17, 19, 23).
• Assim como a queda de Tiro suscitou um lamento mundial (Ezequiel 26:17; 27:30-32, 36), o mesmo se dará com a Babilônia espiritual (Apocalipse 18:9-11, 15-19).
• Tiro pereceu, embora fosse uma afamada cidade (Ezequiel 26:17), Babilônia foi devastada, embora tivesse domínio sobre os reis da Terra (Apocalipse 18:10, 18-19).
• Uma grande tempestade afundaria o navio Tiro e ele não mais seria encontrado (Ezequiel 26:19, 21; 27:26-27, 34, 36); Babilônia também será arrojada no profundo mar (Apocalipse 18:21).
• Tiro era forte no comércio internacional (Ezequiel 27:3, 36), Babilônia teve grandes comerciantes no mundo (Apocalipse 18:15, 23).
• A profecia de Ezequiel enfatiza as mercadorias de Tiro (27:27), a profecia de João enfatiza a mercadoria da Babilônia mundial (Apocalipse 18:11).
• Ezequiel declara que “lançarão pó sobre a cabeça” de Tiro (27:30); João usa a mesma expressão para a Babilônia (Apocalipse 18:19).
• Um sentimento de nostalgia é evidente na pergunta “Quem foi Tiro…?” (27:32); o mesmo sentimento se percebe em Apocalipse 18:10, 18-19.
• Tiro favoreceu o enriquecimento dos reis da Terra (Ezequiel 27:33), Babilônia enriqueceu os políticos do mundo (Apocalipse 18:9, 15).
• As riquezas de Tiro promoveram orgulho (Ezequiel 28:5), com Babilônia não foi diferente (Apocalipse 18:14-15, 17, 19).
• Deus puniria Tiro com estrangeiros de diversas nações (Ezequiel 28:7); as nações se ajuntarão num lugar chamado Armagedom, onde Babilônia enfrentará seu julgamento (Apocalipse 16:16; 17:14; 19:11, 15, 19).
• Fogo consumiu e reduziu a cinzas a megalomaníaca cidade de Tiro (Ezequiel 28:18), o mesmo castigo consumirá a megalomaníaca Babilônia apocalíptica (Apocalipse 17:16; 18:8-9).
As profecias do Antigo Testamento são a base para se entender as profecias do Novo Testamento. Quem negligencia o complemento entre o Antigo e o Novo Testamento cai em especulações teológicas sem fundamento.
O passado explica o futuro!
Vamos reavivar no estudo da Bíblia e de suas profecias para preparar-nos para o fim dos tempos? – Heber Toth Armí.



EZEQUIEL 27, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
17 de outubro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“No coração dos mares, estão os teus limites; os que te edificaram aperfeiçoaram a tua formosura” (v.4).


Se interrompêssemos a leitura de hoje no verso vinte e cinco, ficaria difícil chamar este capítulo de lamentação. Tiro era a cidade referência quando se tratava de comércio marítimo. Foi edificada para ser o maior centro comercial da época e, devido a esta característica, também era um famoso e formoso pólo turístico. As mercadorias que entravam e saíam de seu porto marítimo eram das mais variadas e valiosas. As riquezas adquiridas e a beleza de suas construções deixavam Tiro em uma posição privilegiada e criavam uma falsa impressão de segurança que fazia parecer sem sentido dar ouvidos às palavras do SENHOR através de Seus profetas. Afinal de contas, Tiro era rica e abastada!

No entanto, toda aquela formosura e prosperidade foi transformada em “amargura e lamentação” (v.31). A rainha dos mares foi “reduzida ao silêncio no meio do mar” (v.32). Aquela que enriqueceu “os reis da terra” (v.33), afundou “nas profundezas das águas” (v.34) e se tornou “objeto de espanto” (v.36) entre as nações. Nunca mais subsistirá!

Que grande e terrível armadilha é depositar nossa segurança nas coisas deste mundo! Fazendo uma leitura apressada e descuidada deste capítulo, deixaríamos de absorver solene admoestação do SENHOR. Imagine agora uma das maiores capitais comerciais do mundo. Imaginou? Agora imagine que do dia para a noite ela é completamente destruída. Que impacto isto causaria na economia mundial? No mínimo, seria um prejuízo incalculável. Quando Tiro foi destruída, não causou apenas um prejuízo local, mas mundial. “Todos os moradores da terra” ficaram espantados e perturbados (v.35). A comoção foi geral.

A frase “Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma” (Ap 3:17) não lembra a “confortável” condição de outra cidade? Semelhante a Tiro, a cidade de Laodiceia era a cidade mais próspera da Frígia – porém a mais pobre e miserável no aspecto espiritual. A sua mornidão é apontada como o motivo de sua desgraça. Mas, apesar de tudo, ao contrário do destino de Tiro, o SENHOR propõe à Sua última igreja profética uma relação comercial cujos benefícios são gratuitos e eternos: “Aconselho-te que de Mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas” (Ap 3:18).

A comodidade dos cristãos tem prejudicado a obra de Deus e atrasado o retorno do nosso Salvador. Sob o engodo de que basta inovar e sobrecarregar a igreja com programas e projetos, a verdadeira adoração é esquecida e a real necessidade absorvida pelas demasiadas atividades. Eis o que a igreja dos últimos dias necessita de forma urgente: COMUNHÃO PESSOAL. Busca diária do Espírito Santo. Diligente estudo das Escrituras. Vida de oração.

Despertada a mente para a renovação diária, despertadas as faculdades para um reavivamento genuíno, então veremos a igreja do Deus vivo brilhar como nunca antes em uma reforma que irá impactar o mundo com o Alto Clamor.

Desconfie de si mesmo e apegue-se confiantemente no “Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus” (Ap 3:14). “Sê, pois, zeloso e arrepende-te” (Ap 3:19). O tempo está acabando, amados! Busquemos ao SENHOR enquanto O podemos achar!

Bom dia, verdadeiros adoradores!

Desafio do dia: Jornada espiritual “Chuva Serôdia. Chegou a hora!“, 2° dia: Procure um lugar e momento apropriados, onde você possa estar sozinho e reflita sobre a sua atual condição espiritual. Então, ore, reconheça a sua necessidade da pessoa do Espírito Santo e clame pelo Seu poder para vencer.

Para mais informações sobre a jornada, acesse: www.alcanceopoder.com.br

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Ezequiel27
#RPSP

Deixe um comentário:



EZEQUIEL 27 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by jquimelli
17 de outubro de 2017, 0:20
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: