Reavivados por Sua Palavra


EZEQUIEL 26 by jquimelli
16 de outubro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

Hirão, rei de Tiro, havia sido como um irmão para Salomão e tinha fornecido madeira de cedro do Líbano para a construção do templo. Mas aqueles dias ficaram no passado. A perversa Jezebel veio de Tiro, e os seus habitantes se alegraram com a queda de Jerusalém.

Os cedros deram a Tiro os recursos de que precisava para explorar seu status como uma influente cidade portuária e tornar-se um estado mercantil poderoso. No entanto, esta prosperidade não iria durar. Os babilônios que haviam destruído a Jerusalém também haveriam de destruir a Tiro. Babilônia sitiou e tomou a cidade. Alguns elementos da previsão levaram algum tempo para se concretizar. Mas com o tempo todas as palavras do Senhor contra Tiro se cumpriram. O esplendor da cultura e da civilização de Tiro nunca mais não seriam os mesmos e o império jamais seria revivido.

De Deus não se zomba. Aqueles que ferem o Seu povo ferem a Ele também e receberão o castigo divino. Se hoje ou no futuro, é uma mera questão de tempo.

Ross Cole
Avondale College, Austrália

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/eze/26 e https://www.revivalandreformation.org/?id=1074
Também disponível no blog mundial RPSP/BHP da IASD, em: https://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/eze/26
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/07/23/
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Ezequiel 26 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



EZEQUIEL 26 – PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
16 de outubro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



EZEQUIEL 26 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
16 de outubro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

EZEQUIEL 26 – O olhar divino está atento a tudo. Deus não deixa o mal escarnecer do bem. Ele é intolerante às desgraças causadas pelo pecado; portanto, o Seu juízo é o meio de impedir as ações do diabo por sobre a criação e as criaturas.
Os filisteus do capítulo anterior (vs. 15-17) receberam uma profecia de Ezequiel por causa de seu espírito de vingança para com o povo de Deus. “A hostilidade entres os dois povos remonta à época dos Juízes e durou vários anos” (Siegfried J. Schwantes). “Seu ódio infindável de Judá trairia sobre eles a vingança do Senhor” (William MacDonald).
Tudo o que os seres humanos semearem, isso também colherão. Com Deus não se brinca e ninguém pode driblá-lO, enganá-lO ou suborná-lO.
Com Tiro, não seria diferente. Ezequiel profetiza contra esse povo também. É a quinta nação alvo da revelação divina. E, também aqui, temos muitas lições a aprender.
1. Desejar ou celebrar a ruína das pessoas são formas de autodestruir-se (vs. 1-3).
2. Cobiçar as coisas alheias, movido por ambição e poder, é o caminho da queda (vs. 4-14).
3. A notícia da ruína de uma nação poderosa serve de alerta para outras nações que estão no mesmo caminho da destruição (vs. 15-21).
A profecia declara que Tiro, por seu orgulho e arrogância, desejo de supremacia em detrimento da desgraça dos outros, se tornaria em mero “enxugadouro de redes”. W. M. Thomson comenta sobre Tiro:
“A ilha propriamente dita tem não mais de 1,6 quilômetro de extensão. A parte que se projeta para o sul além do istmo mede cerca de quatrocentos metros de largura e apresenta um terreno rochoso e irregular. Ocupada hoje em dia por apenas alguns pescadores é, de fato, um ‘enxugadouro de redes’”.
Reflita! A Palavra de Deus…
• …não falha, ela se cumpre mesmo quando não parece provável seu comprimento.
• …é clara, devemos dar a atenção a tudo o que está escrito na Bíblia, revelado para nosso bem, nossa salvação e absolvição no dia do juízo.
• …nos alerta graciosamente, mostrando quais serão os resultados de nossos maus atos se os mantivermos.

Tiro foi inicialmente conquistada por Nabucodonosor, mas totalmente destruída por Alexandre Magno. A profecia de Ezequiel se cumpriu perfeitamente; as outras profecias bíblicas logo terão também seu pleno cumprimento. Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



EZEQUIEL 26, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
16 de outubro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Farei cessar o arruído das tuas cantigas, e já não se ouvirá o som das tuas harpas” (v.13).


A profecia contra Tiro segue uma sequência diferente das demais nações. Há um registro de juízo contra Tiro, uma lamentação, um juízo contra o rei de Tiro e outra lamentação. Porém, algo fica bem claro nos relatos sobre esta nação: “já não serás” (v.21). A sua destruição seria completa e definitiva. E a “afamada cidade” (v.17) foi transformada em “cidade assolada” (v.19).

No capítulo dezoito do livro de Apocalipse, encontramos o anúncio da queda de Babilônia e algumas semelhanças com o texto de hoje. Apesar de Apocalipse revelar uma mensagem simbólica, há todo um contexto histórico que se encaixa no texto de Ezequiel e nos traz uma mensagem atual e urgente. Deus tem pressa em que Seus filhos saiam de Babilônia. Seus juízos estão prestes a ser derramados sem mistura de misericórdia e a graça de Jesus cobrirá apenas aos “chamados, eleitos e fiéis que se acham com Ele” (Ap 17:14).

Não haverá medo no coração do remanescente de Jesus quando Ele vier como Juiz, pois Ele foi aceito, a cada dia, como Advogado (1Jo 2:1). Contudo, muitos têm rejeitado a divina e suprema defesa. Uns se entregam ao ócio, outros aos vícios, ainda outros se escondem sob o disfarce de uma religiosidade medíocre ou legalista, mas todos têm algo em comum: estão no mesmo caminho, “o caminho que conduz para a perdição” (Mt 7:13).

Diante deste fato, as palavras de Ellen White soam como o sonido ainda não cessado: “O mundo rapidamente está a amadurecer para a destruição. Logo deverão derramar-se os juízos de Deus, e pecado e pecadores ser consumidos” (Patriarcas e Profetas, p. 111 e 112). Enquanto impera a luxúria, a avareza e a torpe diversão, Deus chama os Seus santos a tomarem a firme decisão de se manterem incontaminados do mundo. É uma questão de vida eterna ou morte eterna.

No coração “em que se fez brecha” (v.10), Satanás avança em seus esforços incansáveis para que este coração seja tomado e de forma sutil, mas agressiva, se torne mais um em sua “coleção” de condenados à morte. Enquanto isso, o SENHOR trabalha pacientemente para que o homem não pereça, mas “que todos cheguem ao arrependimento” (2Pe 3:9). O tempo de final de guerra não é o momento para baixar a guarda, mas para reforçá-la e estar seguro de que se está do lado certo. “Por essa razão, pois, amados, esperando estas coisas, empenhai-vos por serdes achados por Ele em paz, sem mácula e irrepreensíveis” (2Pe 3:14).

Bom dia, santos do Altíssimo!

Desafio do dia: A partir de hoje proponho iniciarmos outra jornada espiritual, de 21 dias, baseada no livro “Chuva Serôdia. Chegou a hora!“, do teólogo adventista Manassés Queiroz. Esta jornada se inicia com um jejum dos cinco sentidos que durará por todos os 21 dias (sugiro que anote estas orientações em lugar visível):
Audição: não escute músicas seculares;
Visão: troque as mídias seculares por mais estudo da Bíblia e do Espírito de profecia;
Paladar: pratique os oito remédios naturais de Deus e não coma carne, leite e seus derivados e nem frituras;
Olfato: respire fundo o ar puro da manhã;
Tato: Caminhe pela manhã, de preferência descalço.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Ezequiel26
#RPSP

Deixe seu comentário:



EZEQUIEL 26 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by jquimelli
16 de outubro de 2017, 0:20
Filed under: Sem categoria

#rpsp




%d blogueiros gostam disto: