Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 15, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
9 de agosto de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Achadas as Tuas palavras, logo as comi; as Tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração, pois pelo Teu nome sou chamado, ó SENHOR, Deus dos Exércitos” (v. 16).


Após negar-lhe a intercessão pela terceira vez, Deus dá conforto e alento ao Seu profeta. Jeremias enfrentou uma grande angústia depois de receber a revelação das “quatro sortes de castigo” (v. 3) com as quais Deus puniria o Seu povo. Ele reconheceu a sua natureza pecaminosa, mas ao mesmo tempo expôs a sua vida íntegra diante de Deus enquanto era duramente perseguido e afrontado por seus inimigos. A longanimidade de Deus era uma prova de amor para com a rebeldia do povo, entretanto, aos olhos do profeta, também era um risco de morte para ele (v. 15). Pois quanto mais falava as palavras do SENHOR, mais era perseguido e mais era ameaçado.

Levantar a bandeira da causa de Deus nunca foi tarefa fácil. Milhares de homens e mulheres já deram a vida em defesa da verdade. E quanto mais a luta entre o bem e o mal avança para o fim, maior se torna a necessidade de clamarmos pelo auxílio divino. Desde que o pecado entrou no mundo, o medo passou a fazer parte de nossa essência. E uma de nossas maiores necessidades passou a ser segurança.

Deus tornou a repetir ao profeta a mesma promessa que havia feito no início de seu ministério: “Eu te porei contra este povo como forte muro de bronze; eles pelejarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti; porque Eu sou contigo para te salvar, para te livrar deles, diz o SENHOR” (v. 20). As ameaças dos inimigos não teriam poder algum sobre Jeremias, pois o SENHOR do universo estava com ele.

O que fez a diferença na vida do profeta, continua sendo a fórmula contra o medo e contra a dúvida: o amor pela Palavra de Deus. Da mesma forma com que Cristo iniciou a vitória no deserto, Jeremias experimentou ao “comer” o maná do Céu. Ele achou nas palavras do SENHOR “gozo e alegria para o coração” (v. 16), mas ainda passava por duras aflições. Como entender tamanha contradição? Jesus nos explica: “No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo” (João 16:33).

Por mais angustiante que seja a nossa situação aqui. Por mais que a nossa dor não encontre alívio. Por mais que a solidão nos maltrate. Há um Deus que já venceu o mundo e que deseja nos blindar como muros de bronze e nos fortalecer “para o bem” (v. 11). Que a Bíblia seja sempre a sua principal “refeição” diária e, então, no lugar do medo haverá amor e no lugar da dúvida, fé.

Bom dia, fortalecidos pelo SENHOR!

Desafio do dia: A oração é a “argamassa” da vida espiritual para que os muros permaneçam firmes. Estabeleça horários e propósitos de oração diários.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Jeremias15
#RPSP


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: