Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 11 – Comentários Selecionados by jquimelli
5 de agosto de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria

Palavra. Este capítulo contém uma porção da mensagem dada no”Discurso do templo” (ver com. de Jr 7:1; cf. PR, 414) e repetida posteriormente em toda a terra de Judá (11:6). CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 435.

Palavras desta aliança. A expressão “esta aliança” assume um significado especial neste versículo por causa da descoberta do “livro da lei” no reinado de Josias (ver 2Rs 22:8-23:8). A porção da Escritura esquecida por muitos anos era, possivelmente, o livro de Deuteronômio ou pelo menos uma parte dele (ver PR, 392, 393). O livro de Deuteronômio continha o livro da aliança. … A aliança era a iniciada no Sinai (Jr 11:4; cf. Êx 19:5;Lv 26:12). O livro de Deuteronômio continha um resumo detalhado das condições dessa aliança. Tal era a obra de Jeremias: dirigir a atenção do povo aos preceitos negligenciados do livro (PR, 414). CBASD, vol. 4, p. 435.

Fornalha de ferro. Ilustração que denota a dura servidão de Israel no Egito. É outra referência extraída do livro da aliança (ver Dt 4:20). CBASD, vol. 4, p. 435.

Manasse leite e mel. Expressão proverbial que indica a abundância da terra da Palestina. CBASD, vol. 4, p. 435.

Apregoa estas palavras nas cidades de Judá. Parece que Jeremias passou de cidade a cidade, ressaltando a importância de dar ouvidos às “palavras deste concerto”. CBASD, vol. 4, p. 435.

Desde cedo cada dia [Ou: “Eu vos falei, começando de madrugada”, Jr 7:13] Expressão idiomática que significa falar com sinceridade e de forma contínua. CBASD, vol. 4, p. 416.

9 Conspiração. Parecia que o povo, num só coração, seguiu um rumo de apostasia espiritual. Os efeitos aparentemente salutares do esforço sincero de Josias para erradicar a idolatria foram de curta duração. CBASD, vol. 4, p. 435.

11 Não os ouvirei. Deus não olvidaria totalmente as orações de Seu povo. No entanto, quando o povo clamasse por livramento da prevista aflição, ele não removeria o castigo. O Senhor sabia o que era melhor para Seu povo. A disciplina foi designada para ser salutar. embora não houvesse escapatória da calamidade nacional, o Senhor estava pronto para ouvir as orações de arrependimento individual, bem como a atender a todo pedido pessoal por perdão, como Ele sempre fez. CBASD, vol. 4, p. 435.

12 Irão aos deuses. Isto pode ser comparado à experiência do rei Saul. Quando, por causa da apostasia, o Senhor recusou responder à indignação do rei a respeito do desfecho da iminente batalha, Saul se voltou para a feiticeira de En-Dor (ver com. de 1Sm 28:6, 7). A prontidão com a qual o povo se voltou aos falsos deuses indica, claramente, que a nação como um todo não tinha se arrependido. CBASD, vol. 4, p. 436.

14 Tu, pois, não ores. Isto sugere que, por amor a seu povo, Jeremias intercedeu fervorosamente (ver com. de Jr 7:16). a contínua iniquidade do povo tornou essa intercessão infrutífera. As pessoas nãos demonstraram um espírito de arrependimento, e seu clamor era nada mais que a expressão do desejo de escapar ao castigo. CBASD, vol. 4, p. 436.

19 Manso cordeiro. A LXX traduza expressão como “um cordeiro inocente”. CBASD, vol. 4, p. 436.

20 Vingança. Jeremias roga a Deus por justiça. Alguns pensam que sua linguagem é um tanto vingativa, no entanto, este não é necessariamente o caso. Jeremias estava consciente do fato de que ele estava fazendo a obra de Deus. Qualquer interferência em sua obra era um ataque contra Deus (ver vol. 3, p. 703).  CBASD, vol. 4, p. 436.

21 Homens de Anatote. Anatote foi atribuída aos sacerdotes (Js 21:18) e era o lar de Jeremias (Jr 1:1). Os “homens de Anatote” eram, portanto, sacerdotes; mais ainda, eram familiares próximos de Jeremias (ver Jr 12:6). Foi difícil para Jeremias perceber a profundidade da apostasia de Judá (11:9-11; ver com. de 10:19). Deus, então, alerta a Jeremias sobre a conspiração secreta contra sua vida (11:18, 19, 21), e quando o profeta soube da conspiração contra ele pessoalmente, começou a entender a atitude deles para com Deus (v. 20; ver 12:1; 17:18).  CBASD, vol. 4, p. 436 e 437.

22 Os jovens. Isto é, os homens em idade militar, como demonstrado pelo fato de que eles morreriam “à espada”. CBASD, vol. 4, p. 437

23 Não haverá deles resto nenhum. A predição evidentemente se aplica aos homens que conspirariam contra Jeremias. CBASD, vol. 4, p. 437. [O CBASD ainda aventa a possibilidade de o profeta estar se referindo a todos os homens de sua cidade natal, Anatote, que, por se localizar perto de Jerusalém, sofreria a força da invasão babilônica]

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: