Reavivados por Sua Palavra


JÓ 5 – #RPSP – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
24 de setembro de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Quanto a mim, eu buscaria a Deus e a Ele entregaria a minha causa” (v. 8).

Para você, o que é buscar a Deus? É ler a Bíblia e orar todos os dias? É ir à igreja? É jejuar? Ou tudo isto junto? O conceito que temos do que seja buscar a Deus tem sido um conceito limitado, uma ideia restrita que gira em torno de obras aparentes e não da verdadeira obra que Deus deseja operar em nós.

Elifaz continua o seu discurso exortando Jó a buscar a Deus, como se não fosse isto que ele estivesse fazendo até aquele momento. Mais uma vez em partes de sua fala Elifaz traz verdades inquestionáveis, mas que, fora de contexto, não alcançam o seu real sentido. No verso oito, era como se Elifaz tivesse dito assim:

– Olhe, Jó, você deveria buscar a Deus assim como eu faço!

A presunção desfaz qualquer coesão que pudesse haver em sua oração. Não fosse a sua aplicação equivocada direcionada à vida de Jó, seriam palavras sábias e cheias de maravilhosas reflexões. O que nos dá a certeza de uma coisa: não são belas palavras que agradam a Deus, mas palavras ditas a seu tempo e revestidas de amor e de misericórdia. Como está escrito: “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo” (Provérbios 25:11). Certamente as palavras de Elifaz foram ditas no tempo errado, no contexto errado e da maneira errada. Ele estava diante de um “bem-aventurado” (v. 17) que aceitou as provações ainda que não tivessem teor algum de disciplina. A integridade de Jó permanecia intacta e sua fé viva, enquanto seu amigo questionava a sua confiança em Deus e o seu caráter.

O Deus EU SOU não precisa de advogados de defesa, mas de cooperadores (Vide II Coríntios 6:1), que vivam a grande esperança não apenas de palavra, mas de coração. O SENHOR nos diz qual é a verdadeira forma de buscá-Lo: “Buscar-Me-eis e Me achareis quando Me buscardes de todo o vosso coração” (Jeremias 29:13). A verdadeira busca consiste em ofertar a Deus a única coisa que Ele nos pede: “Dá-Me, filho Meu, o teu coração, e os teus olhos se agradem dos Meus caminhos” (Provérbios 23:26). Isto é, se buscamos a Deus de todo o nosso coração é porque já o ofertamos a Ele, e se já o ofertamos, iremos nos agradar em seguir as pegadas que Ele nos deixou. Então, não iremos apenas ler a Bíblia, teremos prazer em examiná-la. Não iremos apenas orar, mas conversar com Deus como a um amigo. Não iremos apenas jejuar, e sim estabelecer uma comunhão ainda mais especial com Deus e com os nossos semelhantes (vide Isaías 58). Daremos mais valor a pessoas do que a coisas ou situações.

As inúmeras curas que Jesus realizou enquanto esteve aqui foram as maiores provas de que o Salvador não estava interessado nos pecados das pessoas, mas na salvação de cada uma delas. Em nenhum momento a Bíblia relata que Cristo deu uma lição de moral em alguém antes de oferecer a cura. Ele simplesmente dizia: “Que quereis que Eu vos faça?” (Mateus 20:32); “Faça-se-vos conforme a vossa fé” (Mateus 9:29); “Queres ser curado?” (João 5:6).

Quando aceitamos a Cristo como SENHOR e Salvador de nossa vida, sentimos a Sua mão a nos conduzir com amor inexplicável. Então, Ele nos diz: – Vai e faze o mesmo com o teu próximo.

Nada na vida de Jó estava acontecendo porque ele ou seus progenitores provocaram tal infortúnio, mas notem o próprio Jesus lançando por terra tal forma de pensar:

Respondeu Jesus: Nem ele pecou, nem seus pais; mas FOI PARA QUE SE MANIFESTEM NELE AS OBRAS DE DEUS” (João 9:3). Percebem, amados? Deus deseja manifestar a Sua glória em nós. Ainda que Satanás tente nos atingir com os seus dardos inflamados, a fé genuína, aquela que procede de um coração que busca a Deus, escudará a nossa vida e converterá os dardos em obras do Eterno. Um coração que se abre para Deus é mais valioso do que mil discursos. Jó rasgou o seu coração a Deus. Ele foi sincero em expressar exatamente o que estava sentindo. Abra agora o teu coração para o Teu Criador! “Chama agora! Haverá alguém que te atenda?” (v. 1). Sim, “o SENHOR, que te sara” (Êxodo 15:26).

Feliz sábado, corações que se abrem para Deus!

Desafio do dia: Entre em contato ou envie uma mensagem para alguém que esteja afastado do aprisco do SENHOR. Ore e peça a Deus que lhe torne um instrumento de resgate.

*Leiam #Jó2

Rosana Garcia Barros


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: