Reavivados por Sua Palavra


NEEMIAS 8 by jquimelli
4 de setembro de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

O estudo da Palavra de Deus sempre precede reforma e reavivamento. Sempre! É quando as pessoas ouvem a vontade de Deus, através da palavra escrita, que seus corações são trespassados e desejam uma mudança de coração e mente. Se a palavra de Deus fosse lida mais vezes e ensinada com mais frequência para as pessoas, haveria uma reforma e reavivamento tal que o mundo jamais testemunhou. É porque a palavra de Deus é negligenciada que vemos tão pouca reforma e reavivamento.

Quando as pessoas leem a Palavra de Deus, novas descobertas referentes à glória de Deus serão reveladas a elas. Foi assim que estes “Caçadores da Palavra” redescobriram a importância das festas do sétimo mês.

As pessoas choravam. Elas se entristeceram e lamentavam. Quando a palavra de Deus é ouvida, causa naqueles que a ouvem tristeza pelo afastamento de Sua vontade e o Espírito Santo cria um desejo por aquilo que é justo. O resultado é um retorno a Deus – o fazer a Sua vontade. Quando as pessoas começam a viver uma vida de fidelidade a Deus, Ele lhes dá grande alegria de coração.

“Oh, Pai, Deus de Abraão, ajude-nos a ler a sua Palavra de tal modo que possamos experimentar um avivamento.”

Pardon Mwanza
Vice Reitor da Universidade Rusangu, Zambia
Ex Vice-Presidente Geral Da Conferência Geral da IASD

 

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/neh/8/ e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra/
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/neh/8/
Publicação anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/06/10/
Tradução Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Neemias 8
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas:
http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/sop/pp/51-52 e https://credeemseusprofetas.org/



NEEMIAS 8 – Comentários selecionados by jquimelli
4 de setembro de 2016, 0:50
Filed under: Sem categoria

1 sétimo mês. Ou tisri, que começa em nosso mês de setembro; no dia 10 daquele mês havia o Dia da Expiação [Yom Kipur. Em 2016 acontecerá a partir do por de sol do dia 11 de outubro] (Lv 16.1-30), e no dia 15, a Festa dos Tabernáculos (Lv 23.33-43; Dt 16.13-17). A leitura pública das Escrituras feita por Neemias naquela ocasião, trouxe como primeiro fruto a observância da Festa (8.13-18) e o fruto espiritual dessa observância com a leitura diária das Escrituras (18), era o arrependimento, a confissão dos pecados e a aliança em que o povo prometeu cumprir fielmente a Lei de Deus, cap 9 e 10. […] O judaísmo pós-exílico, como se entrevê também nos evangelhos, teve seu início nessas solenidades (Bíblia Shedd).

Esdras e Neemias eram contemporâneos (8:9), apesar de Esdras ser provavelmente muito mais velho. Neemias, como líder político, era o governador. e Esdras, como sacerdote e escriba, era o líder religioso. Um escriba, naqueles dias, era uma combinação de advogado, cartorário, pesquisador acadêmico e consultor. Os escribas estavam entre as pessoas mais educadas, portanto eram professores. Não existe dúvida de que os judeus gostariam de estabelecer o reino novamente como nos dias de Davi, mas isto sinalizaria rebelião contra o rei da Pérsia, a quem estavam sujeitos. A melhor alternativa foi dividir a liderança entre Neemias e Esdras. Life Application Study Bible Kingsway.

1-5 O Livro da lei de Moisés era provavelmente o Pentateuco, os cinco primeiros livros da Bíblia. As pessoas ouviam atentamente enquanto Esdras lia a palavra de Deus, e suas vidas foram transformadas. Porque ouvimos frequentemente a Bíblia, podemos nos tornar embotados a suas palavras e imunes a seus ensinos. Ao invés disso, devemos escutar de ouvidos atentos (v. 3) a cada verso e pedir ao Espírito Santo a nos ajudar a responder à pergunta: “Como isto se aplica à minha vida”? Life Application Study Bible Kingsway.

2 no primeiro dia do sétimo mês. O Dia de Ano Novo [Rosh Hashana], segundo o calendário civil (Bíblia de Estudo NVI Vida).

5 o povo se levantou. Os rabinos deduziram desse versículo que a congregação deve ficar em pé para a leitura da Torá (Bíblia de Estudo NVI Vida).

4 Esdras, o escriba. Esdras é considerado o patriarca dos escribas [e dos rabis/rabinos], os quais liam publicamente as Escrituras, traduziam-nas para o aramaico (a língua vulgar[trazida da pérsia]) e explicavam-nas ao povo (8). Mais tarde essas traduções foram escritas em colunas paralelas com o texto hebraico original, e continham notas e interpretações. Foi assim, também, que surgiram os targuns (Bíblia Shedd).

9, 10 O povo chorava abertamente ao escutar as leis de Deus e ao perceber quão longe estavam de obedecê-las. Mas Esdras disse a eles que deveriam estar cheios de alegria porque o dias era santo. Era dia de celebrar e de presentear àqueles em necessidade. Celebração não deve autocentrada. Esdras conectou celebração com doação. Isto deu a oportunidade de celebrar também àqueles em necessidade. É somente quando celebramos e doamos a outros é que somos fortalecidos espiritualmente e cheios de alegria. Participe de celebrações que honrem a Deus e permita que Ele encha sua vida de alegria. Life Application Study Bible Kingsway.

10 enviai porções. Compartilhar com os necessitados fazia parte integrante de uma festa religiosa (Dt 16.11,14); do contrário não seria verdadeiramente religiosa (Tg 1.27). É esta a base que deu ensejo ao costume de dar presentes no Natal, dádivas aos pobres, para refletir algo do amor de Cristo neste mundo (Bíblia Shedd).

13-18 Após Esdras ter lido as leis de Deus ao povo, eles as estudaram mais a fundo e agiram de acordo. Uma leitura cuidadosa da Escritura nos chama a responder às seguintes questões: O que eu devo fazer com este conhecimento? Como minha vida deve mudar? Devemos fazer algo a respeito do que aprendemos se isto deve ter real significado em nossas vidas. Life Application Study Bible Kingsway.

14 habitassem em cabanas. A Festa dos Tabernáculos [ou cabanas], durante a qual o povo passava uma semana habitando em barracas (Lv 23.439-43), era uma comemoração dos quarenta anos que os israelitas passaram no deserto, cujo significado religioso seria o de relembrar aos israelitas que não passam de peregrinos no mundo, dependentes da proteção divina (Bíblia Shedd).

Isto era para que meditassem sobre a proteção e guia divinas durante seus anos de jornada e o fato de que Deus ainda os protegeria e guiaria se eles O obedecessem. Era um momento de lembrar suas origens, de onde tinham vindo.É útil lembrar nossas origens para que possamos realmente apreciar onde estamos hoje. Lembre de sua vida passada para ver como Deus conduziu você. Então agradeça a Deus pelo Seu contínuo trabalho de proteger você e prover às suas necessidades. Life Application Study Bible Kingsway.

15 oliveiras. Como são necessários 30 anos para alcançar a maturidade, seu cultivo exige condições tranquilas (Bíblia de Estudo NVI Vida).

17 grande alegria. “A obediência à Palavra de Deus é o segredo dessa alegria verdadeira e duradoura” (Bíblia Shedd).



NEEMIAS 8 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
4 de setembro de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

NEEMIAS 8 – A pregação da Palavra de Deus deve ser o centro do culto cristão. “Nós nos congregamos em nome do Senhor. E o fazemos não para ouvir canções alegres, ser alimentados com vento, ou seja, com uma curiosidade vã e inútil, e sim para receber alimento espiritual; porque Deus não terá nada pregado em seu nome, senão aquilo que for proveitoso e edifique” (John Calvino).

O sermão é uma ponte que liga Deus ao ouvinte, o pregador fabrica esta ponte. Caso o pregador quer ser fiel à Palavra de Deus perante as pessoas, precisa expor, não suas ideias e conceitos, mas a Palavra de Deus como ela é; para isso, é preciso estudar muito a Bíblia, interpretá-la corretamente e, então, explicar aos ouvintes.

“A fim de que o Senhor trabalhe em Seu povo e por intermédio dele, é preciso que responda de modo favorável à Sua palavra. Este capítulo descreve três respostas básicas: Compreender a Palavra (8:1-8); regozijar-se na Palavra (vv. 9-12) e obedecer à Palavra (vv. 13-18). A pessoa em sua totalidade – mente (compreensão), coração (regozijo) e vontade (obediência) – deve ser cativada pela palavra”.

Após essa observação, Warren W. Wiersbe aponta estes tópicos:

1. Devemos compreender a Palavra de Deus (vs. 1-8):
• Neemias levou o livro (vs. 1-4)
• Neemias abriu o livro (vs. 5-6)
• Neemias leu e explicou o livro (vs. 7-8)
2. Devemos nos regozijar na Palavra (vs. 9-12)
3. Devemos obedecer a Palavra (vs. 13-18)

“A pregação expositiva está, portanto, inescapavelmente ligada à obra de exegese séria. Se o pregador tem de explicar o texto, ele deve estudá-lo e dedicar horas de estudo e pesquisa necessárias ao entendimento do texto” (Albert Mohler, Jr).

Ellen White destaca:

• “Discursos floreados não são suficientes para alimentar a alma de um esfomeado filho de Deus”.
• “Os pastores devem dedicar tempo à leitura, ao estudo, a meditar e orar”.
• “O Senhor quer que Seus pastores, que Lhe pregam a Palavra, sejam possuídos de energia de Seu Santo Espírito; e o povo que ouve não ficará sentado em sonolenta indiferença, ou olhando vagamente de um lado para outro, sem corresponder ao que é dito”.

Os resultados de uma boa pregação foram visíveis na celebração da festa dos tabernáculos: Entusiasmo e alegria – Reavivamento e reforma! (vs. 13-18) – Heber Toth Armí.



NEEMIAS 8 – #RPSP – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
4 de setembro de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Leram no livro da Lei de Deus, claramente, dando explicações, de maneira que entendessem o que se lia” (v. 8).

A obra de reconstrução de Jerusalém avançava, e, enquanto isso, outra obra ainda mais desafiadora ia sendo feita: um reavivamento entre aqueles que haviam regressado do exílio. Assim como Israel passou 400 anos no Egito e Deus teve que reeducá-los espiritualmente, os judeus passaram setenta anos em cativeiro babilônico e precisavam urgentemente de uma orientação religiosa, ou voltariam ao mesmo estado decaído que levou o povo a ser escravizado. Mas como ajudar aquele restante de Judá? O próprio povo pediu a Esdras que pudesse ser ensinado conforme a Palavra de Deus (v. 1).Meus amados, foram homens, mulheres, e creio que muitos juvenis e adolescentes também, “os que podiam entender” (v. 3), em pé, desde o nascer do sol até ao meio-dia, e TODOS tinham “os ouvidos atentos ao Livro da Lei” (v. 3). Vocês conseguem imaginar um cenário como este? Meio difícil hoje em dia, não é mesmo?

Lembrando que aquele povo estava sendo reeducado, mas procedia como um povo extremamente zeloso pelas coisas de Deus. A liderança da época também teve uma influência inquestionável com respeito a tal procedimento. Tanto Neemias quanto Esdras foram homens de Deus, dois grandes líderes que mediante a guia divina conduziram o povo pelo caminho em que deveria andar. Aquele povo estava sedento por aprender a Palavra de Deus, e foi ensinado de uma forma didática, através de explicações que lhe deixava bem claro qual era “a boa, perfeita e agradável vontade de Deus” (Romanos 12:2).

Eu não sei você, mas tenho sido verdadeiramente reavivada pela Palavra do SENHOR a cada dia. Posso afirmar que a minha vida não é mais a mesma e o que peço a Deus é que Ele não permita, JAMAIS, que eu retorne à letargia espiritual que vivia antes. Porque eu descobri, meus irmãos, que após quinze anos de igreja, Jesus me procurava incansavelmente pelos escombros de minha vidinha mais ou menos. Eu estava perdida em meio a atividades que julgava serem sinônimos de “santidade”, no entanto, a minha falta de comunhão diária ia me atrofiando espiritualmente e destruindo aos poucos qualquer possibilidade de recomeço. Mas assim como Deus não desistiu de Seu povo naquela época, Ele não desistiu de mim, nem tampouco desiste de você. E eu sou tão grata a Deus pelo milagre que Ele realizou e vem realizando em minha vida que eu só tenho um sonho hoje: estar para sempre com o SENHOR e com minha família e que sejamos instrumentos para que muitos outros possam desfrutar da eternidade também. Eu entendo quando leio a respeito da tristeza do povo: “todo o povo chorava, ouvindo as palavras da lei” (v. 9). Também entendo a ordem de Neemias e dos demais líderes de cessarem o pranto e a tristeza, porque a partir do momento que compreendemos que andamos tanto tempo negligenciando a vontade de Deus, do quanto somos teimosos e atrevidos em fazer a nossa própria vontade, a primeira reação é o choro, mas não é um choro qualquer, é um pranto de arrependimento. Foi o que aconteceu com o povo, foi o que aconteceu comigo. Contudo, logo depois, quando percebemos a infinita graça de Deus, o Seu amor imensurável e os aceitamos, experimentamos uma alegria incontida. E é esta alegria que nos move a viver com Deus e por Deus a cada instante, pois ela é a nossa força (v. 10) e resultado da compreensão que passamos a ter das Escrituras (v. 12).

Que estar na presença de Deus, fazendo a vontade de Deus, sempre nos seja motivo de “mui grande alegria” (v. 17). Que tenhamos prazer nos cultos de adoração ao SENHOR, sabendo que Ele ali está e é digno de todo o louvor, de toda a adoração, e de toda a reverência. Permita que Ele lhe encontre. Não importa onde você esteja. Judá estava vivendo em meio às ruínas de Jerusalém. Em meio às ruínas deste mundo, o SENHOR te convida a descobrir que o conhecimento de Sua Palavra resulta em “mui grande alegria”!

Bom dia, estudantes da Palavra do SENHOR!

Desafio do dia: Fale a alguém sobre quão maravilhoso tem sido em sua vida estudar a Palavra de Deus e incentive-o a estudá-la também. Inclua esta pessoa em sua lista de intercessão diária.

*Leiam #Neemias8

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: