Reavivados por Sua Palavra


10 DIAS DE ORAÇÃO by jquimelli
9 de fevereiro de 2019, 15:37
Filed under: Sem categoria

Junte-se a nós em 10 dias de oração.

Todos os dias, de manhãzinha, a começar nesta quinta-feira, dia 14 de fevereiro.

Mais informações em: adv.st/10diasdeoracao

#PrimeiroDeus #rpsp

Se você for participar, deixe aqui seu comentário ou pedido.



NÚMEROS 3 by jquimelli
9 de fevereiro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/numeros/nm-capitulo-3/

A tenda tabernáculo dominava o acampamento do Senhor. Quando em marcha, o tabernáculo se destacava no meio de tudo. Os levitas guardavam o lugar mais sagrado da terra de outros israelitas e os soldados guardavam os levitas daqueles que não eram de Israel. Este esquema apresentava uma verdade profunda: as pessoas não tinham a posse de Deus. Em vez disso, Deus era o dono do povo. O mundo não tinha visto nada assim antes.

Embora pudessem parecer poderosos e assustadores, os deuses pagãos sempre foram ferramentas úteis de seus adoradores. As pessoas os fazem, cuidam deles e os transportam como qualquer bagagem. Mas isso não acontecia com Israel. Os israelitas foram especificamente advertidos a não tocar no tabernáculo. Tocar as coisas sagradas com mãos profanas significava morte certa. Mesmo os sacerdotes Nadabe e Abiú morreram quando ofereceram “fogo não autorizado perante o SENHOR.”

Deus é realmente santo, mas Ele voluntariamente habitou no meio do povo. Deus estava neles, mas não era o mesmo que eles.Este aspecto do Senhor demonstra Sua condescendência, não o quanto Ele era temível.

Que amor é esse, que um Deus santo habite com a raça humana!

Mark Sheffield
Southern Adventist University

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/num/3
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



NÚMEROS 3 – VÍDEO COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
9 de fevereiro de 2019, 0:56
Filed under: Sem categoria



NÚMEROS 3 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
9 de fevereiro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Um país que ignora a Deus diz adeus ao sucesso total, pois o caos ali reinará. Sem Deus a vida é árdua, difícil, complexa. O coração vazio (sem Deus) é cheio de aflições, angústias e incertezas.

País sem Deus é um país em crise. Povo sem Deus considera o dinheiro como segurança. A instabilidade predomina e a imoralidade multiplica-se centuplicadamente. Líderes espirituais são agentes divinos para combater as forças imorais.

Levitas representam líderes espirituais da igreja neotestamentária; portanto, as orientações de Deus a eles são fundamentais para nós. Na obra de Deus…

• …cada um tem o seu lugar;
• …cada um tem sua função;
• …tudo deve ser feito com total dedicação;
• …líderes espirituais são essenciais para o avanço;
• …nada deve ser feito por conta própria;
• …cada pessoa deve fazer seu melhor;
• …não se deve agir de qualquer jeito, causando desarmonia;
• …líderes não são chefes, são servos; não são executivos, executam serviços;
• …cada função deve ser realizada com reverência e santidade;
• …a liderança visa o crescimento espiritual de toda congregação.

Especificamente, Deus orientou a Moisés com relação aos levitas no monte Sinai; os quais seriam divididos no sagrado ministério da seguinte forma:

1. Os sacerdotes: O serviço diário de culto e adoração dependiam deles (vs. 1-4).
2. Os levitas: Cuidariam do tabernáculo e seu transporte no deserto, deveriam ser consagrados ao Senhor (vs. 5-39). Estas funções seriam divididas com as três famílias levitas: Merari, Gerson e Coate.

Os levitas não foram contados como guerreiros, mas como líderes espirituais que guerreariam contra as forças do mal para preservar a verdadeira adoração.

“Os levitas foram escolhidos por Deus para o servir em lugar de todo primogênito dos filhos de Israel. Havia 22.000 levitas e 22.273 primogênito (v. 39, 43). […] O Senhor ordenou, portanto, que fossem acrescentados duzentos e setenta e três primogênitos por meio do pagamento de um resgate de cinco siclos por primogênito” (William MacDonald).

Assim, Deus quer líderes que se preocupam com a salvação de toda a nação! Exercendo corretamente sua função, os líderes espirituais deveriam ser contados como pessoas que executam uma obra especial: A salvação do pecado, do mal e da morte!

Se os líderes espirituais exercessem corretamente suas funções e o povo os respeitasse, não teríamos nações tão corruptas! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



NÚMEROS 3 – Comentado por Rosana Barros  by Ivan Barros
9 de fevereiro de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Mas a Arão e seus filhos ordenarás que se dediquem só ao seu sacerdócio, e o estranho que se aproximar morrerá” (v.10).


Escolhidos para um ofício sobremodo sagrado, Arão e seus filhos deveriam cumpri-lo com fidelidade e dedicação exclusiva. Assim como o Senhor separara um dia da semana como sendo Seu, a tribo de Levi também fora por Ele consagrada como Sua. Deus a designou como o primogênito de Israel e a dividiu em três grupos: os filhos de Gérson (v.25), os filhos de Coate (v.29) e os filhos de Merari (v.36). A cada um desses grupos foi designado os cuidados para com determinada parte do santuário. Deus estabeleceu uma divisão de cargos onde cada grupo teria uma função específica, mas todos estariam unidos na mesma missão de realizar o transporte do santuário cada vez que o povo tivesse que marchar. 

A primogenitura na Bíblia possui um significado especial. Nem sempre os que abriam a madre eram os que recebiam a bênção privilegiada, mas o Senhor deixou bem claro, através de tantos exemplos, como Jacó, José e Davi, que nascer primeiro não era o único requisito para se obter o favor divino; porque Aquele que sonda os corações conhece aqueles que são as primícias de Sua ceifa. Os levitas, portanto, mesmo não sendo descendentes do primogênito de Israel, receberam tal eleição pelo próprio Senhor. E após a contagem dos primogênitos dos filhos de Levi, Deus ordenou a Moisés que também fosse realizado um censo de “todo primogênito varão dos filhos de Israel” (v.40), o que excedeu o número dos filhos de Levi em “duzentos e setenta e três” (v.46). E um resgate foi exigido por estes que eram “demais entre eles” (v.48). 

A obra de Deus não pode ser realizada de qualquer jeito ou conforme a preferência humana. A preleção do Senhor quanto ao ofício no tabernáculo e os deveres de cada um, deixa isso bem claro. Antes de haver santuário, Ele estabeleceu como este deveria ser feito e quem o faria. Antes que ele pudesse ser inaugurado, chamou a Moisés e o instruiu em todas as coisas. Antes que Israel tivesse que marchar pela primeira vez após a construção do santuário, deu instruções sobre como o desmontariam e quais os responsáveis por isso. Definitivamente, precisamos ter respeitoso temor e reverência para com tudo o que o Senhor separou para ser santo, inclusive, e principalmente, com aqueles que Ele escolheu para ministrar a Sua obra. Foi com profundo zelo que Paulo se retratou ao ter falado de forma exaltada com o sumo sacerdote: “Não sabia, irmãos, que ele é sumo sacerdote; porque está escrito: Não falarás mal de uma autoridade do teu povo” (At.23:5). 

Com que cuidado, amados, devemos lidar com as dificuldades que surgem no meio do povo de Deus! Mesmo após levar uma bofetada na boca a mando de um líder de caráter maculado e inimigo de Cristo, o apóstolo mais considerou a Palavra do Senhor do que a sua própria honra. A mesma eleição privilegiada do antigo Israel hoje nos é oferecida pela graça que há em Cristo Jesus. Simbolicamente, podemos dizer que fazemos parte dos “duzentos e setenta e três” que excederam e fomos resgatados não mais pelo dinheiro desta Terra, mas pelo precioso sangue do Cordeiro de Deus. Esta sublime verdade deveria, por si só, encher o nosso coração de alegria perene e inamovível. Alegria que nada nem ninguém neste mundo pode destruir. Um contentamento que prova alguma é capaz de roubar. 

Uma obra maior e mais urgente está diante de nós, e o Senhor tem um propósito especial e grandioso para a vida de cada um de Seus filhos. Todos nós somos chamados a fazer parte desta derradeira missão. Ninguém que se propõe a crescer no conhecimento de Deus é abandonado ao ócio. O mesmo Deus de Abraão, de Isaque, de Jacó, de Moisés, é O mesmo que olha com atenção para aqueles que O amam e não os deixa sem resposta. Aquele que nos escolheu como as Suas primícias e nos resgatou por alto preço deseja nos levar para a Casa do Pai o quanto antes. Sejamos, pois, “tais como os que vivem em santo procedimento e piedade, esperando e apressando a vinda do Dia de Deus” (2Pe.3:11 e 12). 

Feliz sábado, arautos do advento! 

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Números3 #RPSP 

Comentário em áudio:
https://www.youtube.com/user/nanayuri100
https://www.youtube.com/channel/UCzzqtmGdF4UqBopc6CRiqLA 



NÚMEROS 3 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
9 de fevereiro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

1290 palavras

1-8 A missão dos levitas. Números é o livro dos levitas, assim como Levítico é o livro dos sacerdotes. Dá-se especial importância ao culto divino. A tribo de Levi é separada para o serviço do Senhor, o serviço do santuário. Isto revela o interesse de Deus pelos homens, e a importância que devemos dar ao culto que Lhe prestamos. Bíblia Shedd.

Distinções nítidas são feitas aqui entre a casa sacerdotal (os filhos de Arão) e os levitas. Esses últimos deviam ser ajudantes dos sacerdotes e, ao cumprirem seus deveres, serviam não somente a Arão, mas também à nação inteira. Bíblia de Estudo NVI Vida.

São estas, pois as gerações. Esta é uma fórmula comum que aparece com frequência em Gênesis (10:1; 11:10, 27; 25:12, 19; 36:1, 9). Trata-se de um título usado para introduzir uma nova seção da narrativa. … Introduzo relato ou a história das pessoas mencionadas. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 1, p. 903.

de Arão e de Moisés. Arão é mencionado aqui em primeiro lugar, porquanto a sua família é o assunto do capítulo. Bíblia de Genebra.

O ofício de Moisés, muito embora mais elevado que o de Arão, era pessoal e não ligado à tribo, ao passo que Arão foi o progenitor de uma longa e distinta linhagem de sacerdotes. CBASD, vol. 1, p. 903.

os sacerdotes ungidos. A unção de Arão e seus filhos como sacerdotes do Senhor é descrita em Êx 29. Bíblia de Genebra.

ungidos. O termo hebraico traduzido por “ungido” (mashiah) veio posteriormente a ser o título específico do Mesias (Cristo); v. nota textual NVI em Mt 1.17 [“Cristo. Ou Messias. Tanto Cristo (grego) como Messias(hebraico) significam Ungido; também em todo o livro de Mateus.”]. Bíblia de Estudo NVI Vida.

4 Nadabe e Abiú. Há grande ênfase sobre o pecado de Nadabe e Abiú, que se menciona cinco vezes em Números. Bíblia Shedd.

A proximidade com a santidade de Deus requer santidade e obediência da parte dos seus sacerdotes. Por todos os tempos, a morte dos filhos recém consagrados de Arão serve para advertir os ministros de Deus a respeito das suas tarefas. Bíblia de Estudo NVI Vida.

perante o Senhor. Esta expressão, que aparece duas vezes no versículo, parece colocar ênfase não na morte anormal dos dois sacerdotes, mas na tristeza do Senhor em relação ao incidente. CBASD, vol. 1, p. 904.

fogo estranho. Literalmente, “fogo ilegal” ou “fogo não autorizado”. CBASD, vol. 1, p. 904.

não tiveram filhos. Se Nadabe e Abiú tivessem filhos, estes, e não Eleazar e Itamar, teriam sucedido Arão no sumo sacerdócio. Todas as famílias sacerdotais traçavam sua ascendência até Eleazar e Itamar. CBASD, vol. 1, p. 904.

diante de Arão. Literalmente, “perante o rosto de Arão”, que significa “durante o tempo de vida de Arão”. CBASD, vol. 1, p. 904.

cumpram seus deveres. É a parte prática de uma vida religiosa. … A mensagem geral do livro de Números tem dois lados: o fracasso do homem e a vitória das promessas de Deus. Bíblia Shedd.

10  o estranho (ARA; NVI: “qualquer pessoa”). Qualquer pessoa sem autorização. Os serviços do tabernáculo poderão ser realizados somente mediante a ordem expressa do Senhor. … Se os filhos de Arão foram mortos no início de seus deveres, como uma pessoa desautorizada ousaria mesmo em violar os limites? Cf v. 38; 18.7. Bíblia de Estudo NVI Vida.

A palavra não tem, neste versículo, o mesmo significado que em Números 1:51, onde o termo denota um não levita. Aqui inclui os levitas; na verdade, refere-se em especial a eles. Os levitas comuns não tinham permissão de participar na esfera exclusiva da atividade de Arão e de seus filhos. A violação dessa ordem divina foi um dos pecados de Jeroboão, pois ele permitiu que não levitas desempenhassem funções sacerdotais (ver 1Rs 12:25-33). CBASD, vol. 1, p. 905.

Arão e seus filhos são indicados ao sacerdócio. Existe um tremendo contraste entre o sacerdócio de Arão no Antigo testamento e o de Cristo no Novo Testamento. Arão e seus descendentes eram os únicos que poderiam desempenhar as atribuições dos sacerdotes e se aproximar do lugar de habitação de Deus. Agora, que Cristo é nosso Sumo Sacerdote – bosso intermediário perante Deus – qualquer um que O siga é também chamado de sacerdote (1 Pe 2:5, 9). Agora todos os cristãos podem se aproximar da presença de Deus sem medo porque o próprio filho de Deus encoraja Seus filhos a fazer deste modo. Podemos superar a culpa quando temos um especial relacionamento com Deus baseado no que Cristo fez por nós. Life Application Study Bible.

aproximar. A palavra não quer dizer chegar perto no âmbito físico, em sentido comum, mas realizar qualquer função sagrada do sacerdócio. CBASD, vol. 1, p. 905.

12 em lugar de todo primogênito. Os levitas foram separados para o serviço do Senhor, em lugar dos primogênitos de Israel, poupados do extermínio histórico dos primogênitos do Egito, por ocasião da primeira Páscoa, Êx 11 e 12. O total deles foi de 22.000 machos de um mês para cima, v. 39. Bíblia Shedd.

Todo ser humano pertence, em primeira instância, a Deus, mas aqui o Senhor reivindica aqueles que foram tirados do Egito como Suas primícias. CBASD, vol. 1, p. 905.

A contagem dos levitas corresponde àquela das demais tribos nos caps. 1 e 2, excetuando-se que todos os do sexo masculino a partir de um mês de idade, e não de 20 anos, deviam ser contados. Os levitas não estavam sendo alistados para a guerra, mas para serviços especiais no recinto sagrado do Senhor. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Ver Nm 18:6. Os primogênitos só eram resgatados quando completavam um mês de vida. Portanto, os levitas que assumiam o lugar deles só eram contados a partir dessa idade. CBASD, vol. 1, p. 905.

14-37 São identificados aqui os clãs dos levitas e são prescritos seus vários deveres: os gersonitas deviam cuidar das estruturas maiores do tabernáculo (vs. 21-26), os coatitas cuidariam dos móveis interiores (vs. 27-32) e os meraritas cuidariam das porções menores da estrutura (vs. 33-37). Bíblia de Genebra.

17 filhos de Levi. As três principais divisões dos levitas em Jerusalém, após o exílio, foram traçadas até chegar aos três homens mencionados neste versículo (Gn 46:11; Êx 6:16; ver Nm 26:57). CBASD, vol. 1, p. 905.

23 atrás do tabernáculo, ao ocidente. A expressão “ao ocidente” quer dizer, literalmente, “para o mar”, numa referência ao Mediterrâneo. CBASD, vol. 1, p. 906.

25, 26 Os filhos [descendentes] de Gérson ficam incumbidos de cuidar do exterior do templo do tabernáculo, sendo os vigias desse templo portátil. Bíblia Shedd.

38 Os que se acamparão diante do tabernáculo, ao oriente, … serão Moisés e Arão. Moisés e Arão deviam acampar defronte ao tabernáculo da congregação, tendo o direito exclusivo de se aproximarem do santuário. Bíblia de Genebra.

Moisés. O líder tinha posição de honra no arraial, um lugar central que lhe dava fácil acesso a todas as partes. CBASD, vol. 1, p. 907.

com seus filhos. Os sacerdotes ficavam acampados a leste do tabernáculo, o lugar de honra. CBASD, vol. 1, p. 907.

teria de ser executada. O serviço no tabernáculo era um ato de misericórdia, um meio para o povo comparecer diante de Deus. Mesmo assim, era marcado por rigorosa disciplina – tinha de ser feito da maneira que Deus ordenava. A soberania de Deus ficava evidente nas limitações que Ele impunha sobre os meios de aproximar-se dEle. Bíblia de Estudo NVI Vida.

39-49 Os varões primogênitos dentre os israelitas deviam ser remidos através da dedicação dos levitas ao serviço de Deus. Foi pago dinheiro pelo número de varãos primogênitos que excediam ao número dos levitas (vs. 46-49). Bíblia de Genebra.

40-51 O recenseamento da tribo de Levi foi feito depois da contagem oficial dos primogênitos de Israel, para processar a troca oficial dos mesmos pelos filhos de Levi que substituiriam os primogênitos no culto que prestariam ao Senhor no tabernáculo, como propriedade exclusiva de Deus. Como os primogênitos de Israel excederam em número aos levitas em 273 almas, foi exigido para seu resgate um pagamento em dinheiro, num total de 1.365 ciclos do santuário, quantia essa entregue aos filhos de Arão que representavam o sacerdócio do Senhor. Bíblia Shedd.



NÚMEROS 3 – VÍDEO COMENTÁRIO PR RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
9 de fevereiro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: