Reavivados por Sua Palavra


GÊNESIS 27 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
8 de novembro de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

GÊNESIS 27 – A mentira tem pernas curtas. Sua aparente satisfação inicial resulta em terrível confusão antes de chegar ao final. A falta de sinceridade é uma negligência à verdade, o que não passa de franca hipocrisia.
As consequências de fazer a mentira parecer verdade é a pior das falsidades. Ainda que pareça que o sucesso será certo, o que é certo é que mentiras têm pernas curtas: Logo se descobre o que intenta encobrir. Daí, a desgraça está feita! Observe atentamente esse esboço elaborado por Victor P. Hamilton:
Jacó recebe a bênção mediante um engano:
1. Isaque prepara a bênção para Esaú (vs. 1-5a);
2. Rebeca incita a Jacó a enganar a Isaque (vs. 5b-17);
3. Jacó engana a Isaque (vs. 18-29);
4. Esaú busca a reconciliação com seu pai (vs. 30-40);
5. Rebeca urge a Jacó a fugir (vs. 41-45).
Ainda que seja para conquistar bênçãos, se o caminho for pela mentira, a desgraça vem junto. Basear-se na mentira é pior que cair em areia movediça. Quem se mete com a mentira, até quando o objetivo é alcançar bênção, sofrerá decepção.
Mentir pode aparentar bênçãos, alegria e sucesso, mas a mentira oferece angústia, desgraça e frustração. Seu resultado é a decepção!
Mentiras podem parecer inofensivas para muitos bem intencionados, porém é como a ponta de um iceberg. Por baixo da mentira tem uma imensidão de outros erros:
• Não investir no relacionamento parece relaxamento, mas é negligência que leva à deficiência no casamento: A falta de comunicação saudável pode ser a morte de um casamento que começou muito bem. O romance “felizesparasempre” pode chegar à melhor idade sem comunhão, sem diálogo e sem intimidade (vs. 1-5);
• Não lidar com os filhos corretamente resultará numa situação deprimente: Apreciar um filho mais que outro – ter preferências – é a melhor forma de desenvolver ciúme, competição, disputa, inveja e tensão no coração dos filhos que desembocará em ódio mortal (vs. 5-8, 41-43);
• Por mais criativa que seja a mentira, ela nunca será a verdade, por isso seu resultado nunca será diferente de uma terrível calamidade na família (vs. 9-40, 44-46).
Além disso, creio que a mais forte lição é que, a mentira é uma forma de desprezo a Deus.
Cuidado! Abandone a mentira para não abandonar a Deus! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: