Reavivados por Sua Palavra


EZEQUIEL 19, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
9 de outubro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


“E tu levanta uma lamentação sobre os príncipes de Israel” (v. 1).


Do hebraico “qinah”, lamentação significa “cântico fúnebre”. Era realmente lamentável a situação de uma nação que tinha tudo para ser a capital do mundo sendo destruída por seu próprio orgulho. O SENHOR usou de duas parábolas para se referir aos mesmos eventos, assim como Jesus usou várias parábolas para se referir ao Reino dos Céus. A leoa e a videira, ambas, representam Jerusalém ou todo o Israel. “Um dos seus filhotinhos” (v.3) representa o rei Jeoacaz, e “outro dos seus filhotes”, Joaquim (v.5).

Sob a opressão de Faraó-Neco, Joacaz foi levado cativo para o Egito e lá morreu (2Rs 23:34). Joaquim foi preso por Nabucodonosor que, por sua vez, constituiu a Zedequias como novo rei (2Rs 24:17). A sucessão de invasões e capturas redundaria em uma nação completamente diferente do plano original do SENHOR e fracionada em territórios gentílicos.

A árvore que deveria ter dado muito fruto para a eternidade, “foi arrancada” (v.12), furtivamente, do solo fértil e deitou raízes “numa terra seca e sedenta” (v.13) e “secou-lhe o fruto” (v.12). Estavam simplesmente colhendo os resultados da negativa às palavras do SENHOR. Israel havia perdido a sua identidade como povo do Deus verdadeiro.

No Salmo inaugural, o salmista descreve a diferença entre os justos e os ímpios. E novamente a figura da árvore é utilizada como referência: “Ele [justo] é como árvore plantada junto a corrente de águas” (Salmo 1:3). Mas os “ímpios não são assim; são, porém, como a palha” (Idem, v. 4). A Bíblia toda deixa bem claro que sempre houve dois grupos de pessoas: ímpios e justos, trigo e joio, néscios e prudentes. Não à toa que o sábio Salomão dedicou quase treze capítulos de Provérbios para fazer esta distinção.

O desejo de Deus não é o de que fiquemos “servindo de lamentação” (v.14), mas que tenhamos fé firme de que a nossa identidade não é daqui, mas possuímos identidade superior a qual nos habilita a igualmente afirmar que a nossa cidadania não pertence a este mundo. Fomos todos criados para propósitos grandiosos que ultrapassam a nossa finita compreensão. E somos chamados para ser testemunhas de Jesus (At 1:8) e não Seus representantes genéricos. Ao contrário do rei Jeoacaz, que a expressão “as nações ouviram falar dele” (v.4) não seja para vergonha nossa. Temos “um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo” (Ap 14:6).

Qual é a sua identidade neste grande conflito no qual estamos todos inseridos? Não há meio termo, amado. Diante de nós está o caminho da vida e o caminho da morte, a bênção e a maldição. Todas as vezes que Israel caiu em apostasia foi por dar as costas ao SENHOR, às Suas leis e aos Seus profetas. Porém, a fidelidade para com Deus produz fruto tão excelente que promove no justo um deleite nas coisas celestiais. O “seu prazer está na lei do SENHOR” e nela se deleita em meditar “de dia e de noite” (Salmo 1:2).

Continue sendo reavivado pelas Escrituras e por elas sendo motivado a seguir os passos do teu Salvador (1Pe 2:21).

Bom dia, testemunhas de Jesus!

Desafio do dia: Jornada espiritual “O Último Chamado de Deus“, 6° dia: Além de restaurar o altar da família, restaure também o altar da comunhão pessoal. Dedique a primeira hora do seu dia para ter um encontro particular com Deus e você perceberá que este sempre será o melhor momento de cada dia.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Ezequiel19
#RPSP


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Muito boa a explanação do texto do capitulo 19 de Ezequiel, Deus te abençoe.

Comentário por RUY MIRANDA




Deixe uma resposta para RUY MIRANDA Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: