Reavivados por Sua Palavra


Ezequiel 1 by Jobson Santos
21 de setembro de 2017, 1:00
Filed under: apostasia, Sem categoria | Tags:

Comentário devocional:

O livro de Ezequiel nos traz novamente ao tempo de Judá (c. 593-571 aC), antes e depois da destruição de Jerusalém pelo exército babilônico sob o Rei Nabucodonosor. Assim como os profetas haviam predito, Deus permitiu que Judá fosse conquistado por causa de sua repetida idolatria.

O profeta Ezequiel encontra-se em território inimigo, na Babilônia. Ele fora levado para lá assim como Daniel e seus três amigos. Na Babilônia, Deus se revela a Ezequiel por meio de uma visão. A descrição da visão nos versículos 4-18 é incrível.

Apesar de Judá ter sido conquistado e estar sendo oprimido, apesar de Ezequiel ser um cativo e residir em terra estrangeira, com outros exilados, Deus sabe exatamente onde ele está. Deus conhece exatamente as circunstâncias que Ezequiel está atravessando e aparece e fala com Ele!

Você já se sentiu como residindo em território estrangeiro, onde a cultura que o envolve é contrária a sua caminhada com Cristo? Alguma vez você já sentiu como se estivesse vivendo em “território inimigo”, perdido, sozinho ou esquecido?

Quer você esteja sentindo-se isolado e sozinho, devido a circunstâncias alheias a sua vontade ou como resultado de suas próprias más escolhas, saiba de uma coisa: Você é filho de Deus e Ele não se esqueceu de você. Ele sabe exatamente onde você está e através de Sua Palavra e do Seu Espírito, Ele virá até você e falará ao seu coração e o manterá aquecido. Esta é uma notícia maravilhosa! Amém.

Eric Bates
Diretor dos Ministérios da Família na Associação da Carolina, EUA.

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=6733
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/06/28/
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico:Ezequiel 1 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/

 



EZEQUIEL 1 – COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
21 de setembro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria


EZEQUIEL 1 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
21 de setembro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

EZEQUIEL 1 – Quando tudo mostra-se ruindo, quando o desespero parece aumentar e quando o povo de Deus pode ter espaço para duvidar de Sua existência e poder, o próprio Deus faz alguma coisa para auxiliar, orientar e confortar aos aflitos.

“Ezequiel datou suas profecias com precisão. A primeira (Ez 1:2) é do quinto ano de Joaquim no exílio (593 a.C.); a última profecia datada é de 571 a.C. (Ez 29:17). Seu ministério durou, portanto, 22 anos. Se, como sacerdote, Ezequiel começou seu ministério aos trinta anos, estava com mais de cinquenta quando terminou de profetizar” (William MacDonald).

O profeta “Ezequiel ministrou aos companheiros de exílio pouco antes e durante os primeiros vinte anos do cativeiro. Os judeus alimentavam a falsa esperança de voltar em breve a Jerusalém, daí Ezequiel lhes mostrar a necessidade de se voltarem, primeiramente, para o Senhor” (MacDonald).

Em meio dos cativos israelitas na Babilônia, sofrendo as consequências dos erros alheios, e experimentando o preço do pecado na pele (vs. 1-3), Ezequiel recebe visões da soberania e glória de Deus (vs. 4-28).

• Deus veio como uma tempestade com ventos assustadores para julgar o impenitente Israel que rejeitara todos os sinais de alerta e misericórdia visando privar-lhe de sofrerem no exílio (vs. 3-4);
• Os querubins, lembrando os registros em Gênesis 3:24, mostram o poder dos seres celestiais para colaborar com Deus e Seus propósitos (vs.5-14);
• Rodas gigantes, seres viventes misteriosos, fogo que se revolvia e olhos nas extremidades das rodas, mostram que Deus é Onisciente e Onipresente no Universo (vs. 15-21);
• O firmamento como cristal brilhante, sons assustadores de asas dos querubins e voz poderosa mostram a Onipotência de Deus no Universo (vs. 22-25).
• O imponente trono revela autoridade e domínio divinos acima da calamidade enfrentada pelos habitantes de Judá, exilados em Babilônia (vs. 26-28).

Diante das incertezas da vida, exausto pela situação aparentemente sem solução, e enfrentando dúvidas sobre a capacidade de Deus, o profeta Ezequiel recebe visões que transmitem segurança e esperança.

O apóstolo João precisou do mesmo conforto. Exilado na ilha de Patmos, com todos os colegas apóstolos martirizados, e, a igreja sendo perseguida e massacrada, as visões apocalípticas mostrou-lhe que Deus é soberano e está no controle na história de Seu povo.

Deus vê nossas aflições! Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



EZEQUIEL 1, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
21 de setembro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Veio expressamente a palavra do SENHOR a Ezequiel, filho de Buzi, o sacerdote, na terra dos caldeus, junto ao rio Quebar, e ali esteve sobre ele a mão do SENHOR” (v. 3).


Levado cativo para Babilônia, Ezequiel recebeu uma missão especial dentro do exílio. Considerando a interpretação de que o “trigésimo ano” (v. 1) relatado por Ezequiel refere-se à sua idade quando recebeu o chamado, a inauguração de seu sacerdócio foi confirmada de uma forma inquestionável e surpreendente. Perante uma visão estonteante e muito difícil de se descrever em palavras, o profeta viu uma das visões mais enigmáticas das Escrituras. As expressões “à semelhança” e “eram como se”, revelam a grandeza das cenas que passavam diante de seus olhos.

Apesar das semelhanças com a visão dada a João (Apocalipse 4:1-8), a visão dada a Ezequiel contém informações adicionais e que ainda não se tem precisão exata quanto aos significados. É claro que, como nas parábolas, o que o profeta contemplou não significa que existem aqueles seres tal qual foi relatado, mas que se tratam de símbolos com o objetivo principal de transmitir ao profeta que, apesar do exílio e dos anos de sofrimento que Seu povo teria de passar, Deus estava no controle de tudo. Assim como Jeremias bem confirmou: “Tu, SENHOR, reinas eternamente, o Teu trono subsiste de geração em geração” (Lm. 5:19), Ezequiel teve um vislumbre deste trono.

Note que toda aquela visão sobrenatural foi descrita pelo profeta com a maior riqueza de detalhes possível. Mas, no final dela, ao perceber que estava diante da “aparência da glória do SENHOR”, caiu com o rosto em terra (v. 28). O vislumbre da glória de Deus lhe provocou o sentimento de profunda reverência. Diante dele estava o SENHOR do universo.

Confuso ou não, entendendo os detalhes da visão ou não, o fato é que Ezequiel teve “visões de Deus” (v. 1) e que, com a mesma velocidade dos seres viventes “à semelhança de relâmpagos” (v. 14), e com a mesma perfeição com que acompanhavam os movimentos das quatro rodas, o SENHOR derramaria os Seus juízos sobre Israel e sobre as demais nações de forma rápida e precisa.

Sentado no trono da eternidade está o mesmo Deus que, após o dilúvio, colocou no céu o símbolo de Sua aliança eterna com o homem e com os animais (Gênesis 9:8-13). Este símbolo foi visto ao redor do trono, e não somente por Ezequiel, mas também por João (Ap. 4:3), confirmando a justiça e a fidelidade do SENHOR. E, por mais que julguemos demorado o cumprimento da última promessa, ela não tarda, mas o SENHOR “é longânimo… não querendo que ninguém pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento” (II Pedro 3:9).

Deus tem um chamado para cada filho Seu nestes últimos dias. Temos a sagrada missão de sermos testemunhas de Jesus e anunciar ao mundo a Sua breve volta. O povo do advento é representado por um anjo que voa “pelo meio do céu” e que prega “um evangelho eterno” “a cada nação, e tribo, e língua, e povo”,  “em grande voz” (Ap. 14:6, 7). Ou seja, a mensagem é URGENTE, é ETERNA, é MUNDIAL e deve ser PROCLAMADA COM CLAREZA! Como Ezequiel, aceite agora o chamado de Deus e “ide” (Mateus 28:19)! Prostre-se, hoje, diante do SENHOR do trono e muito em breve estarás diante da glória do trono do SENHOR!

Bom dia, testemunhas de Jesus!

Desafio do dia: Como Ezequiel foi surpreendido, surpreenda alguém hoje. Seja um instrumento de Deus na vida de alguém. Pequenos gestos podem resultar em grandes mudanças.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Ezequiel1
#RPSP



EZEQUIEL 1 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
21 de setembro de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria



%d blogueiros gostam disto: