Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 38 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
1 de setembro de 2017, 21:38
Filed under: Sem categoria

1 Gedalias. Ele deve ser diferenciado do homem com nome homônimo, que era filho de Aicão, protetor de Jeremias (ver Jr 26:24; 39:14). CBASD, vol. 4, p. 530.

6 O lançaram na cisterna. Evidentemente, os príncipes temiam a reação do povo caso executassem publicamente a Jeremias… Assim, o profeta foi baixado à cisterna para ficar ali até que morresse de fome (v. 9). CBASD, vol. 4, p. 530.

9 Já não há pão. O cerco de Jerusalém estava chegando às desesperadoras etapas finais. CBASD, vol. 4, p. 530.

10 Tira da cisterna o profeta. A aparente facilidade com que Zedequias tomou a decisão [de colocar o profeta nas mãos dos príncipes], apenas para revogá-la um pouco mais tarde, testifica uma fraqueza de caráter. A hesitação provou ser a ruína do rei. CBASD, vol. 4, p. 531.

11 Roupas usadas. A consideração de Ebede-Meleque resplandece como uma joia nesta narrativa. Roupas já teriam sido suficientes para salvar a Jeremias. Mas Ebede-Meleque usou trapos, para que as roupas não cortassem a pele do idoso profeta. CBASD, vol. 4, p. 531.

19 Que se passaram para os caldeus. Parece que uma leva de judeus se entregou aos caldeus, em resposta às mensagens de Jeremias ou simplesmente por medo. CBASD, vol. 4, p. 531.

24 Ninguém saiba. O rei vacilante e irremediavelmente fraco temia mais aos príncipes do que ao Deus do Céu e a Seu profeta. CBASD, vol. 4, p. 531.



JEREMIAS 38 by jquimelli
1 de setembro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

Jeremias foi lançado no poço sem água existente no pátio da prisão para ali morrer de fome, afundando na lama (v. 6). Foi aqui que nasceu Lamentações 3: “Cercou-me de muros, e não posso escapar; atou-me a pesadas correntes.” (Lam 3:7).

O Senhor, entretanto, moveu o coração de um compassivo oficial etíope (negro), chamado Ebede-Meleque (“Escravo do rei”, em hebraico), que contou ao rei do perigo pelo qual passava o profeta (v. 7, 8. Ver Jer. 37:13). O rei, temeroso de ser responsável pela morte de um profeta de Deus, voltou atrás e ordenou que o oficial etíope levasse consigo três homens (NVI) sob seu comando e libertasse Jeremias do poço (v. 10). O profeta ficou no pátio da casa da guarda, até o dia em que Jerusalém foi capturada (v. 28).

Que triste destino de um rei e de um povo que não deram crédito às solenes advertências de Deus! Estamos nós, hoje, atentos à voz da Palavra de Deus, através do Espírito Santo, corrigindo nosso caminho e cultivando a comunhão com Deus?

“Querido Deus, quando a Sua Palavra causar um impacto em nós, ajuda-nos a agir de acordo com Suas exigências e não tentarmos modificar ou negar o papel contemporâneo da Sua Palavra para nossas vidas. Amém.”

Koot van WykKyungpook National University
Coreia do Sul

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jer/38, https://www.revivalandreformation.org/?id=1006 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/jer/38/
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/06/08/
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Jeremias 38 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



JEREMIAS 38 – COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
1 de setembro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria


JEREMIAS 38 – COMENTARIO PR HEBER TOTH ARMI by Maria Eduarda
1 de setembro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

Jeremias 38 – O sábio não fala tudo o que sabe, mas sabe tudo o que fala. O sábio não é tagarela, nem fofoqueiro. Ele não diz a verdade, doa em quem doer. Ele é ético, sabe quando, como e o que falar. Ele é educado, polido e precavido.

Jeremias era sábio, ele não omitia a verdade mesmo correndo sérios perigos de morte (vs. 1-13). Ele não devolvia com a mesma moeda o mal que lhe faziam; pelo contrário, ele insistia em apresentar a Palavra de Deus a quem precisava mudar de atitude para a própria salvação (vs. 14-23).

Com respeito aos versículos 24-28, William MacDonald fornece-nos as seguintes observações:

“Zedequias pede a Jeremias que não conte a ninguém o teor da conversa, mas diga apenas que rogou para não ser levado de volta à prisão. Os príncipes interrogaram o profeta, e ele respondeu conforme o rei havia pedido. A resposta de Jeremias levanta uma questão ética. O profeta falou a verdade, uma meia verdade ou uma mentira completa? Aquilo que ele disse provavelmente era verdade, mas não se sentiu na obrigação de relatar tudo o que sabia”.

Os últimos versículos do capítulo contém o último apelo de Jeremias ao rei Zedequias. “O sábio conselho do profeta de render-se a Nabucodonosor, dado havia tanto tempo, foi rejeitado mais uma vez, e agora definitivamente” (Merril. F. Unger).

Alguns detalhes:

• Há evidência de que a prisão de Jeremias no capítulo 37 é diferente da prisão do capítulo 38. Jeremias era um profeta da prisão assim como Paulo era apóstolo em cadeias.
• Jeremias tinha cerca de 60 anos quando o estrangeiro negro Ebede-Meleque tomou providências para tirá-lo do atoleiro de lama da cisterna onde fora jogado; por isso, foram necessários cuidados especiais para retirá-lo.
• Edede-Meleque seria poupado na destruição que viria em breve sobre Jerusalém por seu ato de misericórdia (Jeremias 39:15-18).

Amigos, reflitam:

Ser fiel à Palavra de Deus pode não resultar em sucesso, pode te levar ao fundo do poço, te colocar em apuros; contudo, isso não significa ter falhado perante Deus, mas ter agido com sabedoria, apesar da loucura da oposição.

Os verdadeiros mensageiros de Deus não devem esperar aplausos populares, mas esperar livramento no Senhor. Isso é sabedoria!

Onde estão os sábios de hoje? – Heber Toth Armí.



JEREMIAS 38, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
1 de setembro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Disse Jeremias: Não te entregarão; ouve, te peço, a palavra do SENHOR, segundo a qual eu te falo; e bem te irá, e será poupada a tua vida” (v. 20).


A sucessão de mensagens dadas pelo profeta só reforçam a essência do caráter divino: o amor. Até os últimos instantes as palavras do SENHOR ecoavam naquela cidade que, “infalivelmente” (v. 3), seria arrasada. Jeremias colocava em risco a própria vida e teve que passar por situações até vexatórias para anunciar o juízo de Deus.

Lançado em uma cisterna, “Jeremias se atolou na lama” (v. 6). Em uma situação humilhante e insalubre, acusado injustamente, os líderes do povo queriam a sua morte, e dependia da boa vontade de um rei covarde. Porém, o SENHOR usa instrumentos improváveis para executar os Seus desígnios. Não foi um judeu quem falou com o rei em favor de Jeremias, mas um eunuco etíope, ou seja, um estrangeiro.

Liberto daquele lugar, mais uma vez Jeremias é chamado e levado diante do rei. Então, novamente, Zedequias questiona o profeta acerca da revelação do SENHOR. Vamos reler o final do verso 15, que diz: “Se eu te aconselhar, não me atenderás”. Em outras palavras:

– Porque queres saber o que tenho a dizer se não vais me dar ouvidos?

Você já tentou convencer alguém a respeito de algo, mas sem sucesso? Não é frustrante quando sabemos alguma verdade, tentamos contar e ninguém nos dá crédito? Agora, imagine o caso de Jeremias. Vários anos pregando a mesma coisa, repetindo e repetindo, e encontrando apenas portas fechadas.

A nossa geração é a geração mais informada que já houve neste mundo. Os apelos midiáticos e os recursos tecnológicos têm criado uma sociedade virtualmente dependente. A mente humana tem sido “viciada” a absorver mais conteúdo do que é capaz de processar e, mediante o ritmo de um mundo altamente acelerado, como no tempo de Jeremias, o SENHOR tem insistido persistentemente diante das portas que ainda estão fechadas.

A Bíblia diz que Ele está à porta e bate (Ap. 3:20). Isto é, Ele não te amarra com cordas e te força a obedecê-Lo. Mas Ele lança as cordas para nos tirar do lamaçal do pecado. A nossa escolha é o que define o nosso futuro. Como Jeremias agarrou-se àquelas cordas e saiu da cisterna, escolha hoje agarrar-se às palavras do SENHOR e nelas encontrar a verdadeira liberdade. “Ouve, te peço, a palavra do SENHOR… e bem te irá, e será poupada a tua vida”, é o apelo de Deus para mim e para você, hoje. Que a nossa mente esteja sempre aberta e pronta para aceitar e praticar o ASSIM DIZ O SENHOR!

Bom dia, resgatados pelo SENHOR!

Desafio do dia: Vamos aprender outro remédio natural de Deus? Uma alimentação o mais natural possível nos provê saúde, bem-estar e equilíbrio emocional, além de proporcionar benefícios espirituais. Leia e medite nos seguintes textos e descubra como Deus deseja que você tenha qualidade de vida: Gênesis 1:29; Levítico 11:2-12; I Coríntios 6:19-20, I Coríntios 10:31; III João 2.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Jeremias38
#RPSP



JEREMIAS 38 – COMENTARIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
1 de setembro de 2017, 0:20
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: