Reavivados por Sua Palavra


O que aconteceu com Jeremias? by jquimelli
13 de setembro de 2017, 20:59
Filed under: Sem categoria

As últimas palavras registradas de Jeremias estão em Jer 44:30. Os capítulos 45 a 51 haviam sido escritos por Jeremias, muitos anos antes da invasão e destruição de Jerusalém. O cap. 52, de acordo com Jer 51:64, teve outro autor, provavelmente Baruque, e é um epílogo histórico com objetivo de mostrar o cumprimento das advertências proféticas de Jeremias.

A Bíblia não registra o que aconteceu depois das últimas palavras de Jeremias no Egito. Temos apenas informações extrabíblicas, entretanto inconclusivas:
“A tradição judaica diz que, devido ao fato de Jeremias condenar seu destino, os judeus no Egito apedrejaram o profeta até a morte, embora de acordo com outras tradições ele tenha sobrevivido até a invasão de Nabucodonosor ao Egito e sido levado para Babilônia ou de volta a Judá, onde teve morte natural.” Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 4, p. 547.

Ao completarmos a leitura de Jeremias, ficamos com um sentimento de profunda admiração pela coragem e determinação do profeta em proclamar uma mensagem impopular com risco da própria vida. E também uma tristeza muito grande porque toda a destruição e sofrimento do povo judeu podiam ser evitados se escutassem aos apelos do Senhor por um reavivamento e reforma.

Que o Senhor continue falando ao nosso coração, reavivando-nos pela Sua Palavra!

Jeferson Quimelli

Anúncios


JEREMIAS 50 by jquimelli
13 de setembro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

Os capítulos 50 e 51 de Jeremias são uma profecia contra o Império Caldeu Babilônico.

Os caldeus eram os descendentes de Quésede, filho de Naor (irmão de Abraão) e Milca (Gênesis 22:22). Curiosamente, tanto os babilônios como os israelitas eram descendentes de Eber (Gênesis 10:25) e eram também chamados de “Ibri”, “hebreus” (Eber, terminando com i).

No tempo de Jó, os caldeus saquearam os bens de Jó (Jó 1:17). Eles viviam inicialmente em Ur dos Caldeus e mais tarde se mudaram para o sul, conquistando a terra da Mesopotâmia e fazendo da cidade de Babilônia sua capital. Eles adotaram a religião da Babilônia e adoraram ao deus “Marduque” (Jeremias 50:2, NVI).

Os caldeus falavam o aramaico que Daniel teve que aprender durante o cativeiro e que Esdras e Neemias falaram quando voltaram para casa na Palestina.

Na Bíblia Jeremias usa o nome “Babilônia” mais do que qualquer outra pessoa. Ele fala em nome do Senhor: “Babilônia foi conquistada” (v. 2 NVI). Isaías também profetizou a respeito: “Caiu! A Babilônia caiu!” (Isaías 21:9 NVI). As razões para a queda da antiga Babilônia foi a sua adoração de ídolos (v. 2) e o orgulho acerca do seu poder. A cidade cairia “porque ela desafiou o Senhor, o Santo de Israel” (v. 29 NVI). A profecia de sua queda é repetida no Novo Testamento: “Caiu! Caiu a grande Babilônia!” (Apocalipse 18:2, NVI). A grande Babilônia também caiu pelos mesmos motivos: falsa adoração e orgulho.

Querido Deus, afasta de mim qualquer resquício de orgulho e apego a falsos deuses. Que a minha confiança e a minha alegria estejam somente em Ti. Amém.

Yoshitaka Kobayashi
Japão

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/jer/50 e https://www.revivalandreformation.org/?id=994
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/06/20/
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Jeremias 50 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



JEREMIAS 50 – COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
13 de setembro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



JEREMIAS 50 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
13 de setembro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

JEREMIAS 50 – A Bíblia cita Babilônia cerca 370 vezes. Aproximadamente, 200 citações estão em Jeremias. No capítulo em questão temos quase 20 citações, beirando 10% de todo o livro.

Deus incluiu Babilônia várias vezes em Suas profecias! Babilônia serviu como Seu propósito para executar juízo sobre nações perversas; todavia, agora Deus avaliará suas ações, sendo ela também julgada.

Medite nestes pontos:

1. A soberania não está com Impérios e potências mundiais, não há nenhum poder que sufoque o poder de Deus (vs. 1-2).
2. De onde ninguém imagina Deus suscita instrumentos para executar Seus propósitos, e ninguém segura; Seu maior objetivo é restaurar Seu povo (vs. 3-5).
3. A disciplina corretiva é divina, e, caso não se aprende a confiar em Deus, deve seguir Suas orientações para salvar-se do caos previsto nas profecias (vs. 6-9).
4. Deus explica as razões de Suas ações; Ele não tolera explorações (vs. 10-15).
5. Deus profetiza detalhes do sofrimento dos julgados, e elucida reiteradamente Suas motivações (vs. 16-18).
6. Israel é a preciosa nação que recebe a principal atenção benfazeja de Deus, pois dela viria o Messias (vs. 16-20).
7. O martelo usado por Deus será julgado por Ele, pois maldito aquele que faz a obra de Deus conforme quer. O remanescente judeu que sobrou do martelo de Deus degustará da misericórdia celestial, mas Babilônia, o martelo indisciplinado, será sentenciado (vs. 21-30).
8. Orgulho, adoração adulterada, injustiças e arrogâncias foram motivações babilônicas que resultaram em ações ilegais (delitos) perante o Juiz do Universo (vs. 31-39);
9. Tudo o que um indivíduo, povo, nação ou império planta, certamente terá sua colheita (vs. 41-43).
10. Deus é soberano e está no controle do Universo, Suas obras surpreendem ao mundo inteiro, pois Ele quer atrair a todos com objetivo de salvar o maior número possível de perdidos no pecado (vs. 44-46).

Sintetizei estes dez pontos, mas o texto bíblico fala de muitas outras formas ao nosso coração. As orientações de Deus são valiosíssimas em cada versículo, se estudado com oração!

Para encerrar este comentário, quero extrair mais uma verdade desta mensagem:

• Mais importante que ser usado por Deus é ser aprovado por Ele. Melhor mesmo é ser USADO e APROVADO por Ele.

Babilônia não aprendeu essa lição, e nós aprendemos? Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



JEREMIAS 50, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
13 de setembro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Naqueles dias, naquele tempo, diz o SENHOR, voltarão os filhos de Israel, eles e os filhos de Judá juntamente; andando e chorando, virão e buscarão ao SENHOR, seu Deus” (v. 4).


Para todo aquele que sonha com o segundo advento de Cristo, este capítulo faz estremecer o coração! Não se trata apenas de um relato histórico, mas de uma descrição futura. E o SENHOR nos revelou em Sua Palavra que este futuro já chegou. Estamos vivendo “naquele tempo” relatado no livro do profeta Daniel, os últimos dias deste mundo de pecado. E assim como foi prenunciada a queda do império babilônico, o mesmo se dá hoje: “Caiu, caiu a grande Babilônia que tem dado a beber a todas as nações do vinho da fúria da sua prostituição” (Apocalipse 14:8).

E o chamado urgente é para que as “ovelhas perdidas” que esqueceram “do seu redil” (v. 6), fujam “do meio da Babilônia” (v. 8) e voltem a unir-se “ao SENHOR, em aliança eterna que jamais será esquecida” (v. 5). Unir-se-á ao povo do advento todos os que, à semelhança daquele, estiver em constante busca pelo SENHOR e pela Sua promessa em derramar o Seu “Espírito sobre toda a carne” (Joel 2:28). Eles não andarão aflitos por causas terrenas, mas “em ordem de batalha” (v. 14) estarão revestidos com a armadura de Deus suplicando em intercessão por todos os seus irmãos (Efésios 6:18). Haverá uma manifestação tal de unanimidade e de oração tal qual foi no Pentecostes.

“Há na Terra estrondo de batalha e de grande destruição” (v. 22), que já conseguimos ouvir. “Porque a terra é de imagens de escultura, e os seus moradores enlouquecem por estas coisas horríveis” (v. 38). O orgulho do império babilônico estava em seus deuses e imagens, e a estátua construída a mando de Nabucodonosor foi o estopim para que logo toda a nação adorasse a tudo, menos a Deus. Não vivemos numa realidade distante. E eu ouso afirmar que vivemos em tempos consideravelmente piores. Pois o que se ergue hoje não é mais uma estátua apenas, mas uma infinidade de “imagens” que destronam por completo o SENHOR do coração humano.

Enquanto isso, multidões passam de largo pela Palavra de Deus e recusam ouvir as Suas advertências. Babilônia contemporânea tem “engolido” todos aqueles que, como Nabucodonosor, se recusam a dar ouvidos às verdades do SENHOR. Oh, amados, está chegando o dia em que Babilônia e todos os que insistiram em nela permanecer receberão a retribuição “segundo a sua obra; conforme tudo o que fez… porque se houve arrogantemente contra o SENHOR, contra o Santo de Israel” (v. 29; Apocalipse 18:6). E toda a opressão com que oprimiram os remanescentes dos últimos dias será castigada. Por isso, avante exército do SENHOR, pois “o seu Redentor é forte, SENHOR dos Exércitos é o Seu nome; certamente, pleiteará” a sua causa! (v. 34).

“Portanto, ouvi os conselhos do SENHOR, que Ele decretou contra Babilônia, e os desígnios que Ele formou” (v. 45). Prepara-te para o grande Dia do teu resgate! É tempo de seguirmos a ordem do SENHOR por intermédio do profeta Joel:
“Ainda assim, AGORA MESMO, diz o SENHOR: Convertei-vos a Mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, com choro e com pranto. Rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR, vosso Deus” (Joel 2:12-13)!

Bom dia, remanescentes do SENHOR!

Desafio do dia: Comece a fazer um jejum semanal. Caso não consiga realizar o jejum completo, inicie fazendo um jejum parcial, abrindo mão de alguma refeição, ou um jejum com sucos ou frutas. Acredite, praticando o jejum um dia em cada semana, sua mente se tornará mais clara e, pela prática da abstinência, seu paladar também tomará gosto pela alimentação saudável (Obs.: O jejum só pode ser feito caso você esteja em boas condições de saúde. Caso contrário, procure antes um profissional da área).

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Jeremias50
#RPSP



JEREMIAS 50 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
13 de setembro de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: