Reavivados por Sua Palavra


DEZ DIAS DE ORAÇÃO – DIA 7 – O PEITORAL
17 de janeiro de 2018, 17:00
Filed under: Sem categoria

As 12 pedras que representam as 12 tribos de Israel eram alojadas no peitoral, perto do coração do Sumo Sacerdote. Deste modo, aprendemos quão importante é para nós avançarmos juntos, estarmos unidos no amor de Cristo e revelarmos esse amor às pessoas, dentro e fora da igreja.

Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer. 1 Coríntios 1:10

O segredo de nosso êxito na obra de Deus encontrar-se-á na operação harmoniosa de nosso povo. Tem de haver uma ação concentrada. Todo o membro do corpo de Cristo tem que fazer sua parte na causa de Deus segundo a capacidade que Ele lhe deu. Temos que conjugar esforços contra as dificuldades e obstáculos, ombro a ombro, e unidos pelo coração. {Serviço Cristão, p. 57.2}

Não há obra mais elevada do que a da colportagem evangelística; porque abrange o cumprimento dos mais elevados deveres morais. Os que se empenham nesta obra precisam estar sempre sob o domínio do Espírito de Deus. Não deve haver exaltação do eu. Que é que tem qualquer de nós que não tenha recebido de Cristo? Precisamos amar-nos como irmãos, e revelar nosso amor ajudando-nos mutuamente. Precisamos ser misericordiosos e corteses. Precisamos unir-nos, puxando as cordas. Unicamente os que vivem a oração de Cristo, executando-a na vida prática, suportarão a prova que há de vir sobre todo o mundo. Os que a si se exaltam, colocam-se sob o poder de Satanás, preparando-se para receber seus enganos. A Palavra do Senhor a Seu povo é que levantemos a norma mais e mais alto. Se obedecermos a Sua voz, Ele trabalhará conosco e nossos esforços serão coroados de êxito. Em nossa obra receberemos ricas bênçãos do alto, e ajuntaremos tesouros junto ao trono de Deus. {O Colportor Evangelista, p. 12.1}

Há demasiada condescendência com a independência de espírito entre os mensageiros. Isto tem que ser posto de lado, e cumpre que os servos de Deus se unam mais uns aos outros. Tem havido muito do espírito que indaga: “Sou eu guardador do meu irmão?” Gênesis 4:9. Disse o anjo: “Sim, você é a guardadora de seu irmão. Deve ter por seu irmão vigilante cuidado, estar interessada em seu bem-estar, e nutrir para com ele um bondoso e amorável espírito. Avancem juntos, avancem juntos.” É desígnio de Deus que os homens tenham o coração aberto e sincero, sem presunção, manso e humilde, com simplicidade. Esse é o princípio do Céu; assim o ordenou Deus. {Testemunhos para a Igreja 1, p. 113.4}

Há muita frieza e indiferença — muito do espírito “não me importa” — entre os professos seguidores de Cristo. Todos devem sentir solicitude mútua, guardando cuidadosamente os interesses recíprocos. “Vos ameis uns aos outros.” João 15:17. Então permaneceríamos como um forte muro contra os ardis de Satanás. Em meio à oposição e perseguição não nos uniríamos aos vingativos, não nos associaríamos aos seguidores do grande rebelde, cuja obra especial é acusar os irmãos, difamar e lançar mancha sobre seu caráter.

Seja o restante deste ano aproveitado em destruir todas as fibras da raiz de amargura, enterrando-as na sepultura com o ano velho. Começai o ano novo com mais terna consideração, mais profundo amor, para com cada membro da família do Senhor. Uni-vos. “Unidos, permaneceremos; divididos, cairemos.” Tomai uma atitude mais elevada, mais nobre do que antes. {Nossa Alta Vocação, p. 369.5}

Se Satanás consegue incitar críticas entre alguém do professo povo do Senhor, então elas são comunicadas como fermento de um para o outro. Não deis acolhida ao espírito de crítica, pois é a ciência de Satanás. Aceitai-o, e inveja, ciúme e más suspeitas um do outro se seguirão.

Uni-vos é a ordem que ouço do Capitão de nossa salvação. Uni-vos. Onde há união há força. Todos os que estão ao lado do Senhor se unirão. Há necessidade de perfeita união e amor entre os crentes na verdade, e tudo que conduz à dissensão é do diabo. O Senhor quer que Seu povo seja um com Ele assim como os ramos são um com a videira. Então eles serão um uns com os outros. — Carta 6, 1899. {Mensagens Escolhidas 3, p. 351-352}

Busquem todos, um por um, atender à oração de Cristo: “Para que todos sejam um, como Tu, ó Pai, o és em Mim, e Eu em Ti.” João 17:21. Oh! que união essa! e Cristo diz: “Nisto todos conhecerão que sois Meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.” João 13:35. {Testemunhos para a Igreja 5, p. 488.3}

Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa. Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo. Filipenses 2:2,3

Fonte: http://tendaysofprayer.org/
Foto: http://www.redeemerofisrael.org/

17-breastplace-simple



Zacarias 10
17 de janeiro de 2018, 1:00
Filed under: acontecimentos finais

Comentário devocional:

A chuva temporã representa o início da obra do Espírito Santo quando a semente do evangelho foi semeada, logo após a primeira vinda de Cristo. A chuva serôdia vem no fim da história da Terra, antes da segunda vinda de Cristo, no momento de se fazer a colheita. O Espírito Santo tem duas funções principais: amadurecer o caráter dos crentes para a colheita e permitir a pregação mundial final do evangelho a fim de preparar um povo para a Sua vinda. Zacarias aconselha o povo a pedir ao Senhor a chuva serôdia para que venha a colheita.

A chuva serôdia produzirá o verdadeiro reavivamento e reforma. No entanto, esta será precedida por uma falsa experiência de chuva espiritual, caracterizada por emocionalismo, sons ritmados e barulhentos, e emoções descontroladas. As pessoas envolvidas neste falso reavivamento carecem de uma percepção tranquila da verdade e de decisões racionais em prol do Senhor. Haverá falsas doutrinas, populares, mas incorretas. Para não sermos enganados precisamos compreender profundamente a verdade e praticá-la diariamente.

“Querido Senhor, abre os nossos olhos para contemplar o momento em que todas as pessoas remanescentes se voltarão para Ti pela pregação da última mensagem. Dê-nos o anseio genuíno pelas chuvas do Espírito Santo, a temporã e a serôdia, a fim de que estejamos prontos para a Tua vinda. Amém”.

Sook-Young Kim
Universidade Nacional de Kyungpook
Coréia do Sul

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/zec/10 ou https://www.revivalandreformation.org/?id=1167     
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/10/24     
Equipe de tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Zacarias 10 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/


DEZ DIAS DE ORAÇÃO – DIA 6 – O CINTO
16 de janeiro de 2018, 11:03
Filed under: 10 Dias de Oração, Sem categoria

O fato do Sumo Sacerdote estar cingido com sua faixa significava que ele estava totalmente vestido em suas roupas e pronto para servir. Da mesma forma, sempre devemos estar preparados para servir e testemunhar.

Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós. 1 Pedro 3:15

O povo de Deus deve distinguir-se como um povo que se dedica inteiramente, de todo o coração, ao Seu serviço, não buscando honra para si mesmo, e lembrando-se de que por um concerto soleníssimo, se comprometeram a servir ao Senhor, e a Ele somente. {Serviço Cristão, p. 180.4}

O que é servir a Deus? – É assemelhar-se a Ele em caráter, a fim de imitá-Lo. Servir a Deus é obedecer a Ele, guardar seus mandamentos, fazer uma confissão pública de seguí-Lo, não sob a bandeira negra do grande apóstata, mas sob a bandeira manchada de sangue do príncipe Emmanuel. Aqueles que servem a Deus esforçam-se fervorosamente para obedecer a Sua vontade. Assim, eles mostram de qual exército eles fazem parte. {Signs of the Times, 1 de fevereiro de 1899, par. 3} Qualquer que seja o ramo de trabalho em que estejamos empenhados, a Palavra de Deus nos ensina a não ser “vagarosos no cuidado”, e a ser “fervorosos no espírito, servindo ao Senhor”. Romanos 12:11. “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças” (Eclesiastes 9:10), “sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.” Colossences 3:24. {PJ 185.2}

Deus deseja que cada crente seja um ganhador de almas; e Ele abençoará a todos os que olham para Ele confiantemente em busca de sabedoria e orientação. Ao se moverem de forma vigilante, caminhando no caminho do sabedoria e permanecendo fieis ao Senhor Deus de Israel, a pureza e a simplicidade de Cristo, reveladas nas atividades da vida, testemunharão possuírem a verdadeira piedade. Em tudo o que dizem e fazem, eles glorificarão o nome daquele a quem servem. {8MR 212.4}

O crente que é imbuído de um verdadeiro espírito missionário é uma carta viva, conhecida e lida por todos os homens. A verdade sai de seus lábios sem palavras fingidas. Sua piedade e zelo e juízo consagrado crescem com o passar dos dias, e o mundo incrédulo vê que ele está vivendo em comunhão com Deus e aprendendo com Ele. As palavras faladas por lábios convertidos são acompanhadas por um poder que toca os corações frios dos incrédulos; pois mesmo aqueles que não conhecem a Deus são capazes de distinguir entre o humano e o divino. {8MR 213.1}

Meus irmãos e irmãs, vocês sentem o poder santificador da verdade sagrada em seu coração, vida e caráter? Vocês tem a certeza de que Deus, por amor de Seu querido Filho, perdoou os seus pecados? Vocês estão se esforçando para viver com uma consciência sem ofensa para com Deus e os homens? Você suplica a Deus com frequência a favor de seus amigos e vizinhos? Se você fez as pazes com Deus e colocou tudo sobre o altar, você pode se envolver proveitosamente no serviço de ganhar almas. – Manuscrito 2, 1914, 3, 4. (“Esforços consagrados para alcançar os incrédulos”, 5 de junho, 1914.) {Manuscript Releases, vol. 8, p. 213.2}

Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. Mateus 5:16

16-High_Priest_sash01



Zacarias 9
16 de janeiro de 2018, 1:00
Filed under: acontecimentos finais, Sem categoria

Comentário devocional:

Zacarias 9 pode ser dividido em quatro partes:

1) o julgamento das nações (9:1-8);
2) a primeira vinda do Rei messiânico (v. 9-12);
3) a segunda vinda do Rei messiânico (v. 13-15); e
4) o estado de felicidade das pessoas redimidas (v. 16-17).

Em meio ao veredicto divino sobre as nações, haverá um remanescente destes povos que retornará ao Senhor e será para Ele como Judá e Jerusalém. Quão surpreendente! Aqui temos um vislumbre do coração de Deus, que anseia que todas as nações se cheguem a ele.

Em Zacarias 9, o Messias é retratado humilde, assentado sobre um jumento. Segundo a explicação destes comentaristas judeus, se Israel for digno, o Messias virá sobre as nuvens do céu, mas se Israel for indigno, Ele virá como uma pessoa humilde (ver Talmude Judeu Sanh 98a). No entanto, nós, os crentes em Jesus, compreendemos que estas duas descrições do Messias correspondem a primeira e segunda vinda de Cristo (Mateus 24:30).

A última parte (Zc 9:13-15) descreve a segunda vinda do Messias. O Senhor aparecerá, tocará a trombeta, e virá com um vento turbilhão. Ele acampará ao redor do seu povo e os protegerá. Seu reinado se estenderá por todo o universo, e o mal não mais existirá. Seu povo viverá em Sua presença como um rebanho bem cuidado.

O capítulo termina falando sobre a paz e a felicidade dos redimidos (v. 16-17). Aqueles que farão parte do reino glorioso do Messias serão lindos no caráter e no aspecto físico. Eles brilharão como jóias de uma coroa! Os redimidos terão a certeza de que estão no céu não por qualquer mérito de sua parte, mas porque foram salvos por Jesus. Eu quero estar lá nesse reino! E você?

Sook-Young Kim
Universidade Nacional de Kyungpook
Coréia do Sul

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/zec/9 ou https://www.revivalandreformation.org/?id=1166     
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/10/23    
Equipe de tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Zacarias 9 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/


Zacarias 8
15 de janeiro de 2018, 1:00
Filed under: acontecimentos finais

Comentário devocional:

A frase “o Senhor dos exércitos” aparece 18 vezes nesse capítulo. “Exércitos” representam miríades de anjos, e a frase quer dizer que o Senhor é poderoso para governar sobre todo o universo. Podemos ter confiança nEle e em Sua Palavra!

Este capítulo foi escrito enquanto eles estavam reconstruindo o templo depois do exílio (v. 9). Como resultado do Seu profundo anseio pelo bem estar do seu povo, Deus diz que Jerusalém será chamada a cidade da fidelidade (v. 3).

O profeta sugere algumas condições para isso. O Senhor instrui gentilmente as pessoas a respeito de como elas devem agir para desfrutar de Suas bênçãos na terra restaurada: devem falar a verdade ao próximo, realizar julgamentos justos nas cortes e não maquinarem o mal contra seus companheiros (v. 16 e 17).

Apesar de todas essas promessas animadoras, de alguma forma, o povo que retornou para a terra de Israel não cumpriu as condições estipuladas pelo Senhor, e os olhos do profeta agora se movem do período de construção do segundo templo para o povo remanescente do tempo do fim.

Zacarias vê as pessoas buscando os mensageiros do tempo do fim. Muitas pessoas virão ao Senhor de diferentes cidades e países, buscando a Sua graça e salvação. Aquilo que o antigo Israel não cumpriu, nós seremos capazes de realizar, pelo poder do Seu Espírito. Estas pessoas vêm para ouvir sobre a “verdade presente”, que está sendo pregada pelo remanescente fiel.

Tal visão brilhante está esperando a nossa fidelidade para alcançar o seu cumprimento. Queremos fazer parte da visão que Zacarias teve. Queremos ser fiéis ao nosso Senhor. Amém.

Sook-Young Kim
Universidade Nacional de Kyungpook
Coréia do Sul

 

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/zec/8 ou https://www.revivalandreformation.org/?id=1165    
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/10/22   
Equipe de tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Zacarias 8 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/


DEZ DIAS DE ORAÇÃO – DIA 4 – A TÚNICA
14 de janeiro de 2018, 11:25
Filed under: 10 Dias de Oração, Sem categoria | Tags: ,

A túnica do sacerdote é um símbolo da justiça de Cristo que cobre nossa nudez quando a aceitamos.

Regozijar-me-ei muito no Senhor, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas jóias. Isaías 61:10

Todos os que vestiram as vestes da justiça de Cristo, estarão perante Ele como escolhidos, fiéis e verdadeiros. Satanás não tem poder para arrancá-los da mão de Cristo. Ele não permitirá que passe para o poder do inimigo pessoa alguma que tenha reclamado, com penitência e fé, Sua proteção. Está empenhada Sua palavra: “Que se apodere da Minha força, e faça paz comigo; sim, que faça paz comigo”. Isaías 27:5. A todos é feita a promessa dada a Josué: “Se observares as Minhas ordenanças, […] te darei lugar entre os que estão aqui”. Zacarias 3:7. Anjos de Deus andarão de ambos os lados seus, mesmo neste mundo, e no final estarão entre os anjos que circundam o trono de Deus. {Conselhos para a Igreja, p. 360.3}

É a justiça de Cristo que torna o pecador penitente aceitável a Deus e opera sua justificação. Por mais pecaminosa que tenha sido sua vida, se ele crê em Jesus como seu Salvador pessoal, permanece diante de Deus nas imaculadas vestes da justiça imputada de Cristo.

O pecador tão recentemente morto em delitos e pecados é vivificado pela fé em Cristo. Ele vê pela fé que Jesus é seu Salvador e está vivo para todo o sempre, podendo “salvar totalmente [todos] os que por Ele se chegam a Deus.” Hebreus 7:25. Na expiação realizada para ele, o crente vê tal largura, comprimento, altura e profundidade de eficiência — ele vê tal inteireza de salvação, adquirida a um preço tão infinito, que sua alma se enche de louvor e gratidão. Contempla, como por espelho, a glória do Senhor e é transformado na Sua própria imagem, como pelo Espírito do Senhor. Vê o manto da justiça de Cristo, tecido no tear do Céu, talhado por sua obediência e imputado à pessoa arrependida pela fé em seu nome.

Quando o pecador tem uma visão dos incomparáveis encantos de Jesus, o pecado deixa de ser atraente para ele; pois contempla Aquele que é o mais distinguido entre dez mil e totalmente desejável. Compreende por experiência pessoal o poder do evangelho, cuja vastidão de desígnio só é igualada por sua preciosidade de propósito. {Fé e Obras, p. 96}

Uma fé generalizada não é suficiente. Precisamos usar as vestes da justiça de Cristo, e usá-las aberta, corajosa, e decididamente, ostentando a Cristo e não esperando muito do homem finito, mas manter-nos olhando para Jesus e deixando-nos cativar pela perfeição de Seu caráter. Então tornaremos individualmente manifesto o caráter de Jesus, e deixaremos claro que estamos revigorados pela verdade, pois ela santifica o coração e mantém cativos os pensamentos, em obediência a Cristo. {Refletindo a Cristo, p. 100.5}

Os verdadeiramente justos, que sinceramente amam e temem a Deus, cobrem-se do manto da justiça de Cristo tanto na prosperidade como na adversidade. Renúncia própria, sacrifício pessoal, benevolência, bondade, amor, paciência, magnanimidade e confiança cristã são os frutos diários produzidos por aqueles que estão verdadeiramente ligados com Deus. Seus atos podem não ser publicados ao mundo, mas eles mesmos estão diariamente lutando contra o mundo e ganhando preciosas vitórias sobre a tentação e o mal.

Todos os que se vestiram da justiça de Cristo estarão perante Ele como escolhidos, e fiéis e leais. Satanás não tem poder para arrancá-los da mão do Salvador. Nenhuma alma que em penitência e fé reclame a Sua proteção, permitirá Cristo que passe para o poder do inimigo.

Cada qual terá uma luta intensa para vencer o pecado no próprio coração. Às vezes essa obra é muito penosa e desanimadora; pois ao vermos os nossos defeitos de caráter, pomo-nos a considerá-los, em vez de olhar para Jesus e revestir-nos das vestes da Sua justiça. Todo aquele que entrar na cidade de Deus pelas portas de pérola, fá-lo-á como vencedor, e sua maior conquista terá sido a do próprio eu. — Testemunhos Seletos 3:381. {A Maravilhosa Graça de Deus, p. 25}

E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; Filipenses 3:9

 

14-high-priest-robes



Zacarias 7
14 de janeiro de 2018, 1:00
Filed under: obediência, Sem categoria | Tags:

Comentário devocional:

A palavra de Deus tem poder. Ela tem o poder de revelar a nós o próprio Deus. Ela tem o poder de nos encorajar e confortar quando estamos abatidos. A palavra de Deus tem o poder de nos mostrar como realmente somos e de nos inspirar a sermos diferentes.

No entanto, se endurecemos nossa coração como uma pedra, eventualmente, a palavra de Deus não poderá alcançar-nos. Este foi o problema do antigo Israel. Se nos recusarmos a valorizar a lei de Deus e os Profetas, mensagens que nos foram dadas pelo Espírito do Senhor (Zacarias 7:11-12), as consequências serão de nossa inteira responsabilidade.

Zacarias faz seus conterrâneos retornarem em pensamento 70 trás, e mostra-lhes que foi a condição moral daquele tempo que trouxe a destruição do Templo e fez com que os Israelitas fossem levados cativos. Eles não estavam seguindo as instruções de Deus. Eles eram injustos em seus julgamentos, eles não demonstravam solidariedade e compaixão para com o seu povo, e oprimiam os necessitados.

Quando lemos acerca dessa situação no passado, ficamos indignados com o comportamento deles. No entanto, a descrição é muito semelhante ao que está acontecendo ao nosso redor hoje.

Estamos às portas da segunda vinda de Jesus. Ao refletirmos sobre a mensagem de Zacarias, chegamos a conclusão de que é hora de retornarmos para Deus com um espírito contrito. Busquemos ao Senhor com sinceridade e Ele nos ouvirá.

Sook-Young Kim
Universidade Nacional de Kyungpook
Coréia do Sul

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/zec/7 ou https://www.revivalandreformation.org/?id=1164   
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/10/21  
Equipe de tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Zacarias 7 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/

 




%d blogueiros gostam disto: