Reavivados por Sua Palavra


JOEL 1
7 de março de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/jl/1

Cada geração enfrenta seus problemas. E vivemos em uma época em que os problemas se acumulam. Simultaneamente podemos ter uma pandemia mortal, nações fragmentadas e padrões climáticos assustadores.

O profeta Joel falou a uma geração como a nossa. A devastação causada pela praga de gafanhotos foi diferente de tudo já visto pelos pais ou avós.

Curiosamente, Deus disse que a praga deveria ser um tópico de conversação com as futuras gerações. “Contem o que aconteceu aos seus filhos, e eles aos seus netos, e os seus netos, à geração seguinte.” Joel 1:3, NVI.

Por qual motivo? Temos o hábito de conversarmos com nossos filhos acerca das coisas sérias? Ou sua vida é despreocupada, orientada pelo prazer e alheia ao sofrimento ao seu redor? Deus, por meio de Joel, diz, “fale com os filhos acerca das coisas mais importantes.”

Abraão foi escolhido porque incluiu seus filhos em conversas sobre coisas importantes (Gênesis 18:17-19). Moisés e Asafe descreveram tal compartilhamento com crianças como um dever com resultados abençoados, “que [as crianças] possam colocar sua esperança em Deus” (Deuteronômio 6:5-8; Salmo 78:1-8).

Então, enquanto esperamos por libertação e ajuda, não privemos nossos filhos de conversas significativas. Eles podem entender que precisamos de Deus. Eles podem entender que as coisas estão difíceis. Eles podem orar. E Deus pode ouvi-los. Talvez orar em meio às dificuldades seja o meio deles aprenderem a colocar sua esperança em Deus, onde ela deve estar.

Eugene Prewitt
Diretor do Instituto de Treinamento do Leste Asiático, Malásia

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1123
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



OSÉIAS 14
6 de março de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/os/14

O que torna um sacrifício aceitável? Caim ofereceu frutas e seu sacrifício foi rejeitado, enquanto Abel ofereceu um cordeiro que foi aceito. (ver Gênesis 4:3-7). Aparentemente, a resposta está no fato de que oferecer frutas não é um verdadeiro sacrifício: nenhuma delas precisa morrer, nenhuma delas pode doar sangue vital a fim de fazer expiação pelo pecado. Colher frutas realmente não faz mal à árvore ou planta de forma alguma. É um sacrifício que não custa nada.

É por isso que a escolha de palavras de Oséias 14:2 é tão interessante, “Tomai convosco palavras, e convertei-vos ao SENHOR; dizei-lhe: Tira toda a iniqüidade, e aceita o que é bom; e ofereceremos como novilhos os sacrifícios dos nossos lábios.” (ACF)

Aqui, a alusão é que há um sacrifício de palavras que o Senhor considera aceitável. Não quer dizer que as palavras tenham o poder de expiar pecados. Em vez disso, está dizendo que quando nos voltamos para o Senhor, devemos fazer uma confissão que nos custe algo. Precisamos pronunciar as palavras de arrependimento que mudarão tudo. Um “sinto muito” dito de coração, é um bom lugar para começar, junto com um “seja feita a Tua vontade”. Esta é uma oração que o Senhor considera aceitável.

Karen D. Lifshay
Secretária de Comunicação da Igreja Adventista de Hermiston, Oregon, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1122
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



OSÉIAS 13
5 de março de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/os/13

Efraim era poderoso entre as tribos do norte. Por causa da perseguição contínua contra aqueles que não dobraram seus joelhos a Baal, Israel morreu espiritualmente (13:1). E na época do profeta Oséias, eles se afundaram ainda mais no pecado ao fazer imagens adicionais e adorá-las. Portanto, Deus não permitiria que esses israelitas ficassem na terra.

Deus havia tirado Israel da escravidão no Egito, e eles fizeram do Deus vivo o seu Deus. Nenhum outro deus poderia tê-los salvado (13:4). O Deus do céu mostrou Seu amor e intimidade com eles no deserto por 40 anos (13:5).

No entanto, quando Deus lhes deu prosperidade e comida suficiente para comer, eles se afastaram Dele. A única solução para melhorar a situação era permitir a deportação de Israel de Canaã para a terra de sua escravidão na Assíria (13:11). Foi necessário que Israel experimentasse a dor em um país estrangeiro (13:13). Esse tipo de punição foi a única maneira de fazer o Norte de Israel perceber sua trágica situação. Sua rebelião espiritual contra Deus foi a razão de perderem seu país em Canaã e sua capital Samaria (13:16).

Reconheçamos que todas as boas dádivas vem de Deus e o obedeçamos como fruto de nosso amor e gratidão!

Yoshitaka Kobayashi
Japão

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1121
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



OSÉIAS 12
4 de março de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/os/12

Sou a filha do meio. Não tive os privilégios de ser a mais velha e não fui mimada como a mais jovem. Sinto que tive que lutar por tudo. Isso pode ter parecido funcionar em alguns aspectos enquanto filha, mas também teve seu preço – aprendi a ver os outros como adversários. Quando me tornei cristã, percebi que existe outra maneira de viver: em companheirismo e em cooperação com Deus.

Oséias 12:3, NVI, referindo-se a Jacó, nos diz, “No ventre da mãe segurou o calcanhar de seu irmão; como homem lutou com Deus.”

Conhecemos a história. Só depois que Jacó soube que não tinha como vencer é que ele deixou de lutar contra o Senhor e se apegou ao Senhor. Minha pergunta é: Por que temos que chegar a esse ponto? Por que nossa primeira reação a Deus é de antagonismo em vez de cooperação? Essa atitude ruim faz parte da natureza humana pecaminosa. Deus deixa claro que deseja nos salvar e nos abençoar. Jesus diz: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.” Mateus 11:28.

Karen D. Lifshay
Secretária de Comunicação da Igreja Adventista de Hermiston, Oregon, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1120
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



OSÉIAS 11
3 de março de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/os/11

Deus amou aos Israelitas e os tirou de sua escravidão no Egito (11:1). No entanto, eles não gostaram das mensagens que Deus lhes deu por meio dos profetas. Então eles se afastaram de Deus e serviram a outros deuses. Deus amava Israel, mas eles logo se esqueceram de como Ele os tirou do Egito e do que Ele havia feito por eles (11:3,4).

O norte de Israel passaria por uma escravidão na Assíria semelhante à que haviam experimentado no Egito, porque se recusaram a voltar para Deus (11:5). Eles não poderiam evitar a guerra e a invasão da Assíria por causa de seus próprios conselhos equivocados (11:6). Ninguém poderia libertá-los dessa escravidão, porque eles estavam consistentemente se afastando de Deus (11:7).

O coração de Deus se contrai de dor por causa de Seu amor por Israel. Ele diz: “Como posso desistir de você, Efraim? Como posso entregá-lo nas mãos de outros, Israel?” (11:8, NVI) Se apenas Israel se arrependesse, Deus não o destruiria porque Ele é o “Santo” no meio deles (11:9). Ellen White diz: “Santidade é integridade, devoção total”. Nossa santidade é devoção total a Deus, e a santidade de Deus é Sua devoção perfeita a nós.

Até mesmo no tempo de Oséias, Deus ainda amava a pecadora nação de Israel, mas com profunda dor, ansioso para que voltasse a andar com Ele (11:10).

Yoshitaka Kobayashi
Japão

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1119
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



OSÉIAS 10
2 de março de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/os/10

Israel é uma videira que produz frutos, mas apenas para si mesma. À medida que sua prosperidade aumentava, os altares de Baal aumentavam, assim como suas colunas de fertilidade ricamente adornadas (10:1). Sem se arrependerem de seus pecados, os israelitas continuaram aumentando os altares e embelezando as colunas. Seus corações estavam divididos e não totalmente dedicados a Deus. Eles eram culpados aos olhos de Deus, e esses altares e colunas seriam destruídos pelos assírios (10:2).

Israel foi amado por Deus e colocado na Terra Prometida, como uma novilha colocada em uma boa pastagem. No entanto, por causa de seus pecados, Israel experimentaria as agruras da invasão. Soldados assírios pisariam no pescoço de Israel, e carros assírios passariam por cima do seu corpo (10:11). Se Israel voltasse para Deus, praticando a justiça, eles veriam o amor fiel de Deus. Esta era a última chance para eles buscarem a Deus. Se mudassem seu pensamento e se voltassem a Deus com arrependimento, Ele ofereceria salvação tão abundantemente quanto a chuva preciosa (10:12).

Em vez de depender de Deus, Israel confiou na multidão de guerreiros. Mas Israel seria derrotado assim como Beth Arbel foi destruída (10:13-15). Estamos respondendo ao convite misericordioso de Deus ou dependendo de nós mesmos?

Yoshitaka Kobayashi
Japão

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1118
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



OSÉIAS 7
27 de fevereiro de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/os/7

Talvez você já tenha visto isso acontecer – insatisfação súbita com o cônjuge, esforços para provar a virilidade sendo infiel, começar a frequentar a festas desacompanhado e comportamento irresponsável. Esse estilo de vida é seguido pela destruição da família, da pessoa, dos relacionamentos saudáveis com os pares e por problemas na sociedade em geral. O que estou descrevendo é uma crise de meia-idade.

Não é uma invenção da “geração focada no eu” ou mesmo da sociedade moderna. O povo de Deus teve uma crise de meia-idade e Oséias registrou isso para nós. Ele escreve: “São todos adúlteros… No dia da festa de nosso rei, os líderes são inflamados pelo vinho, e o rei dá as mãos aos zombadores” Oséias 7:4,5.

Nos dias de Oséias, a letargia espiritual veio acompanhada do declínio da sociedade: “Estrangeiros sugam sua força, mas ele não o percebe. Seu cabelo vai ficando grisalho, mas ele nem repara nisso.” Oséias 7:9. Pobre Israel e Efraim; estão grisalhos, mas não percebem! Estão todos vestidos com um terno elegante para uma noite de orgia na cidade, sem nunca perceber o quão pecaminoso isso é, o quanto isso não tem nada de “legal”, até Oséias apresentar a sua mensagem, “Nunca ocorre a eles que eu me lembro de todos os seus pecados. Agora, suas ações os alcançaram.” Oséias 7:2

É hora de escutar atentamente o que Deus tem a nos dizer! É hora de reconhecer os nossos pecados e correr para Deus em busca de libertação!

Karen D. Lifshay
Secretária de Comunicação da Igreja Adventista de Hermiston, Oregon, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1115
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



OSÉIAS 5
25 de fevereiro de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/os/5

A mensagem profética contra os pecados dos sacerdotes do norte de Israel começa em Oséias 4:4. Por eles terem oferecido sacrifícios a Deus sem arrependimento e total entrega à Ele, Deus não aceitaria suas ofertas (5:6). O povo não serviu a Deus ou teve um relacionamento de amor fiel à Ele. Eles serviram o deus Baal de Sidom e propagaram a adoração de ídolos por todo Israel.

O final do versículo 7 [“Agora suas festas de lua nova os devorarão”, NVI] pode ser vertido assim: “Um mês os devorará e à sua herança.” Um mês judaico tinha 30 dias e estes 30 dias poderiam ser interpretados profeticamente como 30 anos, cada dia por um ano. De fato, do final do reinado de Jeroboão II (753 a.C.) até a destruição de Samaria (722 a.C.) e cidades circunvizinhas se passaram cerca de 30 anos. Oséias 5:8-9 ressalta a certeza da vinda da Assíria para destruir o reino do norte de Israel (5:13).

Enquanto eles não reconhecessem seus pecados e buscassem o perdão de Deus, Ele não poderia abençoá-los, nem poderia restaurar um bom relacionamento com eles como seu Criador e Redentor (5:15). Deus está sempre disposto a relacionar-se conosco. Precisamos reconhecer que santidade como um povo significa nossa dedicação total a Ele.

Yoshitaka Kobayashi
Japão

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1113
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



OSÉIAS 4
24 de fevereiro de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/os/4

Desde o início da história da salvação, encontramos a imagem de Deus como Aquele que é incansável em Sua busca pela humanidade. Quando Adão e Eva pecaram, Deus não os ignorou; Ele veio em busca deles. Ele também foi em busca de Caim, apesar de seus pecados hediondos. Os filhos de Israel também testemunhariam essa graça de Deus em Sua busca incansável por eles.

Neste capítulo, entretanto, algumas das palavras mais tristes nas escrituras são registradas. “Efraim aliou-se a ídolos; deixem-no só!” (4:17, NVI).

A prática rebelde da adoração de ídolos eventualmente entorpece os sentidos. A pessoa fica surda à voz suplicante do Espírito Santo; ela se torna cega ao trilhar o caminho da autodestruição e ignora os avisos razoáveis de Deus. Isso é o que mais tarde levou Jesus a dizer para os fariseus que eles também deveriam ser deixados em paz, pois haviam ido longe demais (Mateus 15:14).

Como podemos evitar que isso aconteça conosco? Permitindo que Jesus examine nossos corações e nos resgate da ilusão do pecado. Ele chamará à nossa atenção modos pelas quais podemos estar nos unindo a ídolos que amortecem a nossa sensibilidade ao Espírito Santo. Deste modo podemos cooperar com Deus a fim de nos livrarmos destes ídolos.

Você, consciente ou inconscientemente, tem se aliado a algum ídolo?

Moses Njuguna
Pastor, Associação do leste de Allegheny, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1112
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara



OSÉIAS 3
23 de fevereiro de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/os/3

Mais uma vez, o profeta Oséias é instruído a fazer um “sermão de ação” em que se casa com uma prostituta profissional. Tendo pago o preço da noiva, ele a traz para casa e lhe dá condições que, sendo seguidas, garantirão a longevidade e a felicidade do casamento. Da mesma forma, em Seus esforços para trazer Israel de volta para Ele, Deus impõe condições restritivas, privando-os de seus reis e sacerdotes malignos que se tornaram pedra de tropeço para a adoração verdadeira.

Os neurocientistas falam de um conceito conhecido como “neuroplasticidade”, a capacidade do cérebro de estabelecer novas vias neurais e, assim, se reorientar. Pessoas que estão lutando contra comportamentos de dependência são encorajadas a evitar, e às vezes se afastarem completamente, de pessoas, lugares e coisas que alimentam o seu vício. Nesse caminho de recuperação, o cérebro é, portanto, capaz de se reorientar e permitir a formação de novos padrões de comportamento.

Assim como Deus fez com Israel, Ele identifica e nos priva daquelas coisas que são um obstáculo para nosso crescimento contínuo Nele. Embora o processo seja inicialmente doloroso, quando as coisas confortáveis, mas espiritualmente perigosas são retiradas, o resultado final é bom. No final do processo de privação, Israel retornou e buscou a Deus (3:5).

De que maneiras Deus está retirando pedras de tropeço em sua vida e como você pode agradecê-Lo por isso?

Moses Njuguna
Pastor, Associação do leste de Allegheny, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1110
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara




%d blogueiros gostam disto: