Reavivados por Sua Palavra


Anjos ao Redor
7 de fevereiro de 2020, 17:36
Filed under: Sem categoria

De uma página oficial da Igreja Adventista Mundial, projeto “Unidos em Oração” :

 

“Eu tenho que compartilhar uma experiência incrível que aconteceu algumas semanas atrás.

Meu marido é pastor aqui no estado de Oregon, EUA, e tínhamos acabado de iniciar uma série evangelística, “Apocalipse da Esperança”. Eu tenho incentivado para que haja mais oração em nossa igreja, então, durante esta série, decidi supervisionar a sala de oração. No entanto, minha equipe de oração é composta principalmente por amigos idosos em casa ou pessoas que oram em suas casas. Então, eu não tinha certeza da quantidade de participação que haveria durante as reuniões. Mas eu decidi criar uma sala de oração na esperança de que alguns membros da igreja se tornassem dispostos a entrar e orar periodicamente durante as reuniões.

No entanto, naquela primeira sexta-feira à noite, era apenas eu. Eu me senti sozinha, mas orei de qualquer maneira. Mais uma vez, no sábado à noite, era apenas eu. Eu estava me sentindo um pouco mais desanimada. Eu coloquei para tocar uma bela versão cantada da Oração do Senhor. Enquanto a música prosseguia, eu permanecia orando. “Eu sei que onde dois ou três estão reunidos em seu nome, o Senhor está lá, querido Deus, mas e se sou apenas eu?” orei em silêncio.

Quando a música terminou, abri meus olhos e a sala estava cheia de anjos. Instantaneamente comecei a chorar enquanto olhava ao redor da sala com espanto. Os anjos eram altos, tão altos quanto o teto, com ombros largos, e eles estavam ombro a ombro, de costas para a parede, ao redor das paredes da sala. Eu me senti minúscula comparada a eles. Eles tinham asas e vestiam mantos esvoaçantes como roupas. Seus rostos chamaram a minha atenção. Eles se pareciam com homens, homens muito bonitos. Seus olhos eram tão gentis e eles sorriam de forma confortadora e gentil. Seus traços faciais eram bem definidos e eles exalavam ao redor uma ousadia como a de guerreiros. Seus cabelos eram de uma cor escura e vinham até os ombros e estavam soltos. Eles pareciam iridescentes, isto é, exibiam cores luminosas que pareciam mudar quando vistas de ângulos diferentes. Embora eu não pudesse ver através deles, quase conseguia. Suas formas brilhavam com uma cor amarela clara. Eu só consegui vê-los por 4 ou 5 segundos e então eles desapareceram, mas não consegui parar de chorar pelo resto da noite.

Ali estava eu tão desanimada, imaginando se Deus atenderia a oração se na sala de oração estivesse apenas eu, e Ele me mostrou, que se uma pessoa está orando, é suficiente. Sinto-me tão indigna e humilde que Ele me tenha dado esse grande presente. Eu ainda choro com frequência ao pensar nessa experiência sagrada.

É claro que continuo orando sozinha na sala de oração da igreja, mas não fico mais desanimada, pois eu sei que a sala está cheia de anjos, mesmo que eu não possa vê-los. Então eu tinha que compartilhar essa experiência. 

Nunca devemos subestimar o poder da oração. Mesmo que apenas uma pessoa esteja orando, isso é suficiente. Deus e seus anjos estão trabalhando mesmo quando não podemos vê-los.”

 

Melony Coleman é esposa de pastor e mãe de três filhos. Ela e sua família vivem no sul do Oregon.

Fonte: Blog do projeto mundial oficial da Igreja Adventista “Unidos em Oração” http://revivalandreformation.org/uip/blog



10 DIAS DE ORAÇÃO – postagens 31/12 e 01/01
31 de dezembro de 2019, 0:57
Filed under: 10 dias

Em atenção às intensas atividades inerentes aos dias da passagem de ano, não postaremos hoje, 31, e amanhã, 01, os textos do programa dos 10 Dias de Oração – edição mundial. Retomaremos as postagens no dia 02.

Acreditamos que assim todos nos beneficiaremos mais com esse excelente material.
Que o Senhor abençoe e proteja a todos, todos os dias deste novo ano.



ESDRAS 3
22 de novembro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/ed/3

Quando acordo todas as manhãs, tenho uma rotina. Vou ao banheiro, tomo banho, visto o roupão e vou para a sala onde abro as persianas e dou corda nos relógios. Em seguida, vou para a cozinha a fim de preparar o desjejum. Sento-me na mesma cadeira à mesma mesa com meu desjejum e minha Bíblia onde oficialmente começo o dia – com oração e estudo da Bíblia.

Após sete meses, o povo se uniu “como um homem” para reconstruir o altar no mesmo lugar e sobre a mesma fundação. Você pode criticá-los por terem demorado sete meses. Por que eles não colocaram Deus em primeiro lugar? Talvez pela mesma razão, considero o começo oficial do meu dia depois de descansada, com banho tomado e alimentada. Pessoas cansadas, com fome, com sede, sem teto onde morar, podem se distrair, tornarem-se irritadiças e irracionais. Deus não espera que essas pessoas se aprofundem em Sua Palavra ou no Seu serviço.

Quando todos se estabeleceram, eles colocaram as primeiras coisas primeiro – Deus e Sua adoração. Antes de construírem o templo, antes de construírem os muros da cidade, antes de estabelecerem um governo. Deus em primeiro lugar. Afinal, essa é sempre a nossa melhor defesa!

Merle Poirier
Gerente de Operações
Revistas Adventist Review / Adventist World

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=652
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I CRÔNICAS 29
14 de outubro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/1cr/29

O momento de passar o comando chegara. Davi conclama uma reunião pública e pede aos mais altos líderes da nação que apoiem a Salomão, o novo rei escolhido por Deus (1 Crônicas 29:1).

Nessa reunião Davi ofertou generosamente para a construção do templo. Motivados pelo exemplo do rei, os líderes também doaram liberalmente. Toneladas de ouro e prata e outros metais valiosos foram ofertados para a construção do templo, não por constrangimento ou obrigação, mas espontaneamente e de boa vontade. A liberalidade nas ofertas foi uma evidência da consagração dos líderes e contribuiu para que eles se sentissem ainda mais fervorosos.

No encontro, Davi proferiu uma inspirada oração de louvor, exaltando a grandeza de Deus. Canções de gratidão e louvor se seguiram, entoadas com entusiasmo por toda a assembleia. Neste clima de intensa espiritualidade e gratidão a Deus, Salomão é coroado rei pela segunda vez. O resultado não poderia ser diferente. O relato bíblico diz que o reina do de Salomão prosperou e todo o Israel lhe obedeceu.

Os louvores e a liberalidade através de ofertas significativas de tempo e dinheiro fazem aumentar o nosso amor a Deus e blindam o nosso coração contra o pecado. Quando criamos momentos memoráveis em que o Senhor é exaltado na beleza de Sua santidade, asseguramos um futuro brilhante para nós e nossos filhos.

Pastor Jobson Santos
UNASP – Hortolândia

Fonte: https://reavivadosporsuapalavra.org/2016/07/12/
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



2 REIS 19
9 de setembro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/2rs/19

Ezequias havia perdido a fé no poder de Deus para obter a vitória e se voltou para o dinheiro, mesmo tirando ouro do próprio templo do Senhor. Ele havia permitido que os guerreiros da Assíria plantassem dúvidas no coração de toda a nação de Judá, não apenas em seus líderes. A provação com o reino da Assíria quebrou este rei. Ele percebeu seu erro em não entregar essa situação a Deus e finalmente chamou o profeta Isaías.

O que essa história tem a ver conosco? Não temos um exército acampado fora de nossas casas e pode até haver momentos em nossas vidas em que nos sentimos mais Assírios do que Israelitas. Às vezes não parece que Deus está do nosso lado. Mas e se reformularmos isso? Talvez devêssemos estar do lado de Deus. Se o escolhemos, escolhemos a vida, a prosperidade e a vitória sobre os inimigos em nossas vidas. Atualmente, nossos inimigos se parecem menos com exércitos de assírios e mais com legiões de demônios e dores escondidas em nossos armários.

Em vez de tentar tirar do seu templo ouro suficiente para pagar seus inimigos, confie em Deus para derrotar seus inimigos internos. Deixe que Ele faça o que Ele faz de melhor e escolha estar do lado de Deus sempre.

Solana Campbell
Aluna
Academia Adventista dos Grandes Lagos
Cedar Lake, Michigan, EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=578
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



2 REIS 18
8 de setembro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/2rs/18

Ezequias é uma ilustração clara de uma vida centrada em Deus. Embora seu pai adorasse ídolos, Ezequias decidiu afastar as pessoas de seus maus caminhos, removendo os altos. Por que a má influência de Acaz não afetou Ezequias? Provavelmente porque havia outras pessoas que tiveram uma influência mais forte sobre ele, incluindo talvez sua mãe, “Abias, filha de Zacarias” (verso 2).

Nossos antecedentes e experiências podem ter um enorme impacto em nossas vidas. Mas isso nunca deve se tornar uma desculpa para pecarmos. Podemos viver uma vida santificada, apesar do ambiente pecaminoso em que vivemos, e podemos seguir a Deus no meio de adoradores de ídolos.

Por outro lado, nunca devemos receber crédito por qualquer coisa boa que tenhamos feito. Embora Ezequias confiasse no Senhor, e “não houve ninguém como ele entre todos os reis de Judá, antes ou depois dele” (versículo 5), ele cometeu os mesmos erros que seus predecessores. Quando o rei da Assíria atacou o seu país no décimo quarto ano do seu reinado, Ezequias pagou ao rei da Assíria prata e ouro para resolver o problema, e falhou completamente.

Quando desviamos o olhar de Deus, acabamos falhando vergonhosamente.

Daniel Jiao
União Missão Chinesa
Hong Kong

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=577
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I REIS 7
6 de agosto de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/1rs/7

Salomão levou sete anos para construir a Casa do Senhor. Ele agora está pronto para um novo empreendimento, um projeto pessoal: um conjunto de edifícios que incluem seu próprio palácio e outro para a filha do Faraó. Os historiadores reconhecem o fato de que ele levou 20 anos construindo, o que o manteve muito ocupado!

É o sonho de qualquer pessoa construir uma nova casa, ter um lugar próprio, um lugar que se torna parte da sua vida. É tão bom voltar no tempo e relembrar. Não faz nenhuma diferença se é um palácio, apenas uma casa ou um barraco. As memórias das casas que já possuímos permanecem indelevelmente marcadas em nossas mentes.

É louvável que Salomão tenha desejado construir algo para o Senhor em primeiro lugar! Sua casa própria veio mais tarde! Deus era prioridade para Salomão! Essa deve ser a nossa experiência.

Leo Ranzolin
Vice-presidente aposentado da Associação Geral

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=544
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli




%d blogueiros gostam disto: