Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 37 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
31 de agosto de 2017, 0:20
Filed under: Sem categoria

Mas nem ele, nem os seus servos, nem o povo da terra deram ouvidos. Parece que Zedequias, pelo menos pessoalmente, cria em jeremias como profeta verdadeiro. Embora isto não esteja declarado, o contexto indica que Jeremias respondeu ao pedido do rei por oração (v. 3). Ao menos, de acordo com este registro (v. 5), parece ter sido logo depois deste pedido que o exército egípcio se retirou de Jerusalém. … parece que as decisões de Zedequias refletem indecisão mais do que pura e simples dúvida ou incredulidade. CBASD, vol.4, p. 527.

Jucal … Sofonias. Estes dois homens, Jucal e Sofonias, eram membros do partido de oposição a Babilônia, e assim, eram hostis ao profeta (Jr 21:1, 2; 29:25; 38:16). CBASD, vol.4, p. 527.

SENHOR, nosso Deus. Estas palavras podem indicar não apenas que eles executavam a ordem do rei, mas que esperavam conquistar Jeremias para o seu lado por meio da ostentação de zelo religioso pelo Senhor (ver Jr 21:1, 2). CBASD, vol.4, p. 527.

O exército de Faraó. Este episódio foi, sem dúvida, o resultado normal do acordo entre o faraó Hofra (chamado Ápries, pelo gregos) e Zedequias, para resistir a Nabucodonosor (ver com. de Ez 17:15). CBASD, vol.4, p. 527.

Voltará. O apelo de Zedequias pelo auxílio egípcio quebrou sua “aliança” com os caldeus (Ez 17:17, 18). A aproximação egípcia, como a de Tiraca durante a invasão assíria (2Rs 19:9; Is 37:9), resultou em nada mais que uma suspensão temporária das hostilidades ao redor de Jerusalém. CBASD, vol.4, p. 527.

Retornarão os caldeus. Depois que Nabucodonosor repeliu a tentativa de faraó Hofra, ele voltou seu ataque a Jerusalém, conquistou-a e a destruiu completamente (2Rs 25:1-10; 2Cr 36:17-19). CBASD, vol.4, p. 527.

10 Ainda que … ficassem deles apenas homens mortalmente feridos. Uma ilustração da certeza da condenação de Jerusalem. Em vista da rapida aproximacao da destruicao do templo, alguns dos justos de Jerusalem se propuseram a colocar a arca sagrada fora do alcance das impiedosas mãos dos exércitos invasores (ver com. de Jr 27:19). O interludio no cerco final, durante o qual os babilonios temporariamente deixaram o cerco para responder à ameaça de um exercito que avançava desde o Egito (ver com. de Jr 32:2), concedeu a esses homens piedosos a oportunidade necessaria para esconder a arca. Com lamento e tristeza, eles levaram a arca para um esconderijo seguro numa caverna, onde ela “ainda está oculta. Jamais foi perturbada desde que foi escondida” (PR, 453). Dentro da arca estavam as tabuas de pedra nas quais Deus escreveu os dez mandamentos com Se proprio dedo (Dt 10:1-5; ver [CBASD]Ellen G. White, Material Suplementar sobre Ex 31:18). CBASD, vol.4, p. 528.

13 Tu foges. Aparentemente, a acusação de Jerias de que Jeremias era culpado de traição, estava baseada na suposição de que o profeta pretendia escapar para o acampamento babilônico e se unir ao inimigo. CBASD, vol.4, p. 528.

16 Celas. Oferecidos para a reclusão de prisioneiros individualmente.Que Jeremias passou tempos difíceis no cárcere é sugerido em seu último apelo para que não retornasse para lá (ver v. 20; Jr 38:26). CBASD, vol.4, p. 528.

Ali ficou muitos dias. O profeta deve ter ficado nesse cárcere particular durante muitas semanas. A duração total de seu aprisionamento final foi de aproximadamente um ano. CBASD, vol.4, p. 528.

19 Onde estão … ? Esses impostores enganaram terrivelmente o rei. Ao invés de Jerusalém ser libertada, como eles anunciavam (ver Jr 28:1-4), a cidade foi cercada; e a retirada temporária dos caldeus, que parecia justificar suas esperanças, apenas enfatizava o engano desses homens. CBASD, vol.4, p. 528.

21 Uma fatia de pão. Literalmente, “uma rodada de pão”. a ordem do rei indica que Jerusalém já estava cercada [ao final de seu cárcere] e que começava a faltar alimento. CBASD, vol.4, p. 528.

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Missão muito sofrida de Jeremias…

Comentário por Elias Rodrigues




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: