Reavivados por Sua Palavra


Jeremias 25, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
19 de agosto de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


v.32: “Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Eis que o mal passa de nação para nação, e grande tormenta se levanta dos confins da terra”.


Mediante a rebelião obstinada do povo, bem como dos seus líderes, a invasão babilônica estava prestes a ser consumada e as palavras do profeta cumpridas. “Durante 23 anos”, Jeremias anunciava a palavra do Senhor, “começando de madrugada” (v.3).

E não foi uma obra exclusiva de Jeremias, mas o Senhor enviou “todos os seus servos, os profetas” (v.4) com uma mesma mensagem: “convertei-vos agora, cada um do seu mau caminho e da maldade das suas ações” (v.5).

Todavia, não deram ouvidos ao chamado de Deus, andando cada um segundo a maldade do seu coração. Nabucodonosor, rei da Babilônia é chamado por Deus como “Meu servo” (v. 9), como aquele pelo qual cumpriria o Seu juízo. “Setenta anos” (v.11) foram determinados pelo Senhor como período em que o Seu povo seria mantido em cativeiro babilônico. Porém, após este período, outro juízo se manifestaria, desta vez, não somente “a Jerusalém e as cidades de Judá” (v.18), mas também “a todos os reinos do mundo sobre a face da terra” (v. 26).

O cálice da ira de Deus representa todo o seu furor contra tudo aquilo que o mal tem causado. E quando vamos aos capítulos 16 a 19 do livro de Apocalipse, encontramos vários textos que contém o mesmo contexto do capítulo de hoje. Se aplicarmos portanto o texto para os nossos dias, podemos extrair o seguinte:
O Senhor fará cessar a falsa alegria deste mundo, de forma que as músicas cessarão e haverá densas trevas (v.10; Ap.18:22-23).

E assim como castigou a iniquidade do rei de Babilônia (v.12), se lembrará da Babilônia dos últimos dias e fará descer sobre ela a retribuição “segundo os seus feitos” (v. 14, Ap.16:19; 17:1; 18:7,8; 18:6).

Derramará sobre a terra “O cálice do vinho do furor da sua ira” (Ap.16:19; v.15) e castigará “os moradores da terra” (v.19; Ap.19:21; 19:15). Do Seu santuário celeste, o Senhor ergue a Sua voz (v.6; Ap.16:17) e declara a Sua “contenda com as nações” (v.31; Ap.16:16; 19:11).

Os dias do mal que “passa da nação para nação” (v.32) pela manifestação de “espíritos de demônios, operadores de sinais, e se dirigem ao resto mundo inteiro” (Ap.16:14), estão para se cumprir: “porque já se cumpriram os vossos dias de matardes e dispersardes” (v.34). E “os que o Senhor entregar à morte” (v.33), morrerão “com a espada… dAquele que estava montado num cavalo” (Ap.19:21).

Estamos, pois, diante de uma mensagem do tempo que se aproxima, em que Deus manifestará a sua justiça e destruirá “os que destroem a terra” (Ap 11:18); e de uma mensagem atual de nos convertermos “cada um do seu mau caminho” (v.5) e de buscarmos ao Senhor enquanto ainda podemos achá-Lo (Is.55:6). “Começando de madrugada” (v.4), Deus tem falado com todos e a todos, estendido a oportunidade de salvação em Cristo. Ele não deseja nos fazer “mal algum” (v.6), mas nos salva por meio dAquele que tomou o cálice da ira de Deus no meu e no seu lugar (Mateus 26:39). Portanto, acredite, aceite e prepare-se para receber as recompensas eternas pelos méritos de Jesus!

Feliz sábado, salvos pela graça de Cristo!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Jeremias25
#RPSP


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Santo e eterno é o Senhor nosso Deus. Que possas visitar nossos pastores de forma a torná-los santos e irrepreensíveis, cumprindo suas tarefas com responsabilidade e amor. Oro por eles.

Comentário por Maria Solange




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: