Reavivados por Sua Palavra


JEREMIAS 24 – COMENTARIOS SELECIONADOS by jquimelli
18 de agosto de 2017, 0:20
Filed under: Sem categoria

1 Fez-me ver. Isto é, em visão (ver Jr. 1:11-13;Zc 1:8). CBASD, vol. 4, p. 480.

Jeconias. O contexto sugere que a visão ocorreu pouco tempo depois de Jeoaquim ter sido levado cativo (597 a.C.), provavelmente antes do final do ano. CBASD, vol. 4, p. 480.

Os artífices, e os ferreiros. Ver 2Rs 24:14. A remoção desses trabalhadores restringia a possibilidade de fabricação de armas ou de defesa (ver com. de 1Sm 13:10). CBASD, vol. 4, p. 480.

Temporãos. O fruto “que amadurece antes do verão” (Is 28:4), era considerado iguaria seleta. CBASD, vol. 4, p. 480.

Favorecerei. Os que fossem levado cativos estavam destinados a se sair melhor dos que os que permanecessem na terra … Eles pareciam estar dispostos a aceitar a liderança do Deus, mesmo que isso significasse um cativeiro pessoal. CBASD, vol. 4, p. 480.

Favoravelmente. A condição material e econômica dos judeus na Babilônia na época do retorno do cativeiro estava muito acima da situação de escravos ou prisioneiros (ver Jr 29:4-7, 28; cf. Ed 2:1, 64-70). Os livros de Esdras e Neemias indicam o favor que os cativos e Judá desfrutavam sob os imperadores persas. A experiência de Daniel e seus companheiros prova quão alto os judeus subiram nos círculos governamentais. Na verdade, foi por causa dessa situação satisfatória que muitos judeus do cativeiro não retornaram à terra natal quando tiveram oportunidade. No entanto, o benefício real que Deus tinha em mente era o restabelecimento deles na Palestina e a completa restauração aos privilégios da aliança. CBASD, vol. 4, p. 480, 481.

Aos que ficaram nesta terra. A história subsequente revelou que os que foram deixados saíram-se muito pior do que aqueles levados cativos. CBASD, vol. 4, p. 481.

10 Consumam de sobre a terra. Muitos dos judeus que permaneceram na Judeia após a terceira deportação para Babilônia, em 586 a.C., voluntariamente fugiram para o Egito após o assassinato de Gedalias poucos meses mais tarde. Agiram assim a despeito da advertência de Jeremias de que tal plano de ação anularia o objetivo que os conduziu para lá: medo de mais sofrimento nas mãos de Nabucodonosor (ver Jr 42). Não admira que Deus represente essas pessoas obstinadas como “figos ruins”. CBASD, vol. 4, p. 481.

Comentário adicional:  A mensagem de Jeremias deve ter sido decepcionante para as pessoas boas. Enquanto aqueles retratados pelos figos ruins ficariam na terra, as pessoas retratadas pelos bons figos teriam que ir para o cativeiro babilônico! E Deus disse que isso era para o próprio bem deles! Como aceitar isto? … Tudo se resume em como vemos as coisas. Nossa perspectiva cobre apenas os poucos dias que temos nesta terra. A perspectiva de Deus é muito mais ampla. …  Essa perspectiva é encontrada em dois lugares. Primeiro, nos versos 8 a 10. Deus limpará a terra. O rei e o restante que ficar na terra e aqueles que fugiram em busca da segurança no Egito experimentarão espada, fome e peste. Em segundo lugar, em 2 Crônicas 36, a Escritura registra que os líderes e o povo transgrediram mais e mais. Deus insistiu com eles através de seus profetas até que não houvesse mais nenhum remédio. Então, o juízo veio em ondas. Aqueles que sobreviveram à destruição (os figos bons) foram levados para a Babilônia como servos. Observe um ponto muito importante aqui. O povo de Deus deveria permanecer na terra do seu cativeiro até que a terra agrícola gozasse seus sábados, para cumprir os 70 anos em que a terra pôde descansar. Deus havia orientado Seu povo a deixar a terra descansar a cada sete anos, mas o povo decidiu que não era economicamente viável fazer isso! Agora, Ele vai deixar a terra descansar para compensar todos esses anos em que sua Palavra tinha sido ignorada. Mas este capítulo também tem uma boa notícia! Todos nós precisamos de uma boa notícia para o dia de hoje! Deus promete a restauração de Seu povo e um novo coração! (v. 5-7). Dan Houghton em https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/05/25/

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: