Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 56 – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
15 de julho de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Bem-aventurado o homem que faz isto, e o filho do homem que nisto se firma, que se guarda de profanar o sábado e guarda a sua mão de cometer algum mal” (v. 2).


É muito interessante observar a sequência do livro de Isaías a partir do capítulo 53. O profeta relata o que aconteceria com Jesus em Sua primeira vinda (53); descreve a linda forma com que o SENHOR primeiro procuraria redimir o Seu povo (54); esclarece que a salvação mediante a Sua graça não foi um favor exclusivo para Israel, mas é um presente ofertado para TODOS (55); então, para não restar dúvida alguma, no capítulo de hoje Ele confirma o que Moisés já havia escrito (Deuteronômio 10:17) e que o apóstolo Paulo reescreveria centenas de anos depois: “Porque para com Deus não há acepção de pessoas” (Romanos 2:11).

Dado como um presente ao homem (Marcos 2:27), o sábado foi estabelecido por Deus como um dia de descanso, de bênção e de santificação (Gênesis 2:2-3). O selo da criação revela o cuidado do Criador para com a Sua obra-prima. O Deus de todo o universo separou um santuário no tempo para que você e eu possamos desfrutar das bênçãos deste dia santo e jamais esquecermos (“Lembra-te…” Êxodo 20:8) que Ele é o Criador de todas as coisas. A “gênese dos céus e da terra” (Gênesis 2:4) foi concluída com o selamento do sinete divino e a perfeição ganhou forma de 7.

Longe de ser um mandamento revogado (Mateus 5:17-18), a observância do sétimo dia da semana como um dia separado dos demais não se trata de um mandamento que não tem mais validade, mas que é tão válido quanto o fato de que “Não matarás” e “Não adulterarás” também o são (Tiago 2:10-12). O sábado não está associado aos judeus, mas à raça humana, que geme e clama por descanso e paz. Os eunucos, além de servos, eram uma classe repudiada pelos judeus e sua condição de mutilação os acusava de imundos e condenados ao esquecimento. Contudo, Deus os chama a fazer parte da glória de Seu Reino e receber um nome “que nunca se apagará” (v. 5).

As bênçãos sabáticas iniciaram na perfeição e serão eternizadas quando a perfeição for restabelecida e “de um sábado a outro” (Isaías 66:23) todos os salvos estiverem desfrutando dos novos céus e da nova terra (Apocalipse 21:1). A esperança de em breve estar neste lugar se renova de uma forma especial a cada sábado no coração de todo aquele que decide viver as dádivas deste dia. TODOS são convidados à congregação sabática na “Casa de Oração para todos os povos” (v. 7)! Mas, o SENHOR ainda congregará “outros aos que já se acham reunidos” (v. 8): “Ainda tenho outras ovelhas, não deste aprisco; a Mim Me convém conduzi-las; elas ouvirão a Minha voz; então, haverá um rebanho e um Pastor” (João 10:16).

Jesus nos advertiu que em nossos dias surgiriam muitos falsos cristos e falsos profetas ensinando doutrinas mentirosas e operando grandes sinais, e, se possível fosse, enganariam até mesmo os escolhidos (Mateus 24:24). No entanto, “são pastores que nada compreendem” (v. 11), entorpecendo a mente de todos os que “se tornam para o seu caminho” com o discurso da morte: “Meu Senhor demora-Se” (Mateus 24:18), “vinde, dizem eles… e nos encharcaremos de bebida forte; o dia de amanhã será como este” (v. 12).

Referindo-se aos últimos dias, Jesus também citou o profeta Daniel (Mateus 24:15), que, em uma de suas visões, relatou que “os tempos e a lei” (Daniel 7:25) estabelecidos pelo Altíssimo seriam mudados, e que a Sua verdade seria lançada por terra com êxito (Daniel 8:12). Amados, Deus está convocando as últimas ovelhas de Seu aprisco: as que guardam os Seus sábados, escolhem aquilo que O agrada e abraçam a Sua aliança (v. 4). Em contrapartida, Satanás tem um exército de “pastores que nada compreendem” enganando a muitos “cada um para a sua ganância” (v. 11), “movidos por avareza… com palavras fictícias” (II Pedro 2:3), para desviar a atenção das verdades contidas na Palavra do SENHOR.

A qual aprisco você pertence?

Desfrute do único dia da semana que o Criador deu um nome e, faça parte do aprisco onde cada ovelhinha receberá do SENHOR “um nome eterno” (v. 5)!

Feliz sábado, ovelhas do aprisco do SENHOR!

Desafio do dia: Viva as bênçãos do sábado e siga o exemplo de Jesus: Faça o bem aos seus semelhantes (Mateus 12:12).

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Isaías56
#RPSP


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: