Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 6 – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
26 de maio de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim” (v. 8).


Isaías teve uma visão de Deus em Seu trono. A Bíblia menciona alguns que tiveram uma visão do trono divino, por exemplo: Daniel (Daniel 7:9), Estêvão (Atos 7:56), João, o discípulo amado (Apocalipse 4:2) e o próprio Isaías. Mas a experiência de Isaías foi, de todas, a que nos deixou uma grande lição de humildade, e de sublime noção de santidade. Primeiro, O PROFETA VIU “O SENHOR” (v. 1), o trono, os serafins e toda a santidade que envolvia aquele cenário glorioso, de onde se podia ouvir incansavelmente (Ap. 4:8): “Santo, santo, santo é o SENHOR dos Exércitos; toda terra está cheia da Sua glória” (v. 3). Logo depois, ISAÍAS VIU A SI MESMO. “Contemplando Isaías esta revelação da glória e majestade de seu Senhor, sentiu-se oprimido com o senso da pureza e santidade de Deus” (EGW, Profetas e reis, p. 157).

Quando alguém tem um encontro verdadeiro com Deus, o resultado deve ser um coração contrito e uma atitude humilde. Olhar para Deus deve produzir arrependimento e confissão. Isaías viu o Perfeito e então, se deu conta de sua imperfeição. Só quando olhamos para o Santo dos santos é que enxergamos a nossa real situação!

Precisamos volver os nossos olhos para o Alto todos os dias. Se anjos perfeitos e sem pecado proclamam noite e dia a santidade de Deus “uns para os outros” (v. 3), quanto mais nós necessitamos ter sempre um cântico no coração e testemunhar uns aos outros do amor divino. O encontro com Deus produz um intenso desejo de utilidade na obra. O SENHOR olha do Céu e não procura corações orgulhosos, mas aqueles que, como Isaías, confessam: “Ai de mim! Estou perdido!” (v. 5). A obra que o profeta recebeu foi extremamente desafiadora, pois o povo havia endurecido o coração a tal ponto que o juízo de Deus viria sobre ele, mesmo com a pregação de Isaías (v. 10). O mesmo juízo foi proferido por Jesus ao povo da época (Mateus 13:14-15) e também pelo apóstolo Paulo (Atos 28:26-27). Ou seja, é uma atitude que se repete em gerações futuras e que chegou até nós, hoje: “pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma” (Ap. 3:17).

Mas em meio à desesperança, Deus suscita a esperança! “A santa semente é o Seu toco” (v. 13). Sempre haverá, mesmo que em pequena proporção, um povo que se chama pelo Seu nome. O ministério do profeta não seria de todo infrutífero. Hoje, temos uma grande seara e precisamos seguir a ordem de Cristo e rogar ao Pai que envie mais “Isaías” para a Sua obra atual (Mateus 9:38). Não poucas vezes, estes questionarão: “Até quando, Senhor?”. Contudo, como Isaías, não esmorecerão diante das dificuldades, apegando-se cada dia mais à santa convicção de que o SENHOR estará até o fim (Mateus 28:20) com aqueles que O amam:

“Não te mandei Eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, É CONTIGO POR ONDE QUER QUE ANDARES” (Josué 1:9).

Bom dia, “Isaías” atuais!

Desafio do dia: Muitos alegam não saber orar. Mas Jesus nos deixou o passo a passo da oração. Leia Mateus 6:5-8. Se a sua vida de oração estava enferma, a partir de hoje, em nome de Jesus, ela será curada com a brasa viva do altar do SENHOR!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Isaías6
#RPSP


3 Comentários so far
Deixe um comentário

Como tem me ajudado a entender as Sagradas Escrituras, agradeço muito a Deus por este estudo da Palavra, voces estao sendo verdadeiros instrumentos do Senhor em minha vida. Obrigada.

Comentário por Aleia de Oliveira

Graça e paz, bom estudo

Comentário por Crismacleiton

Fui alimentado por esse comentário de IS 6. Palavra viva que me converte todos os dias.

Comentário por Eudes




Deixe uma resposta para Crismacleiton Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: