Reavivados por Sua Palavra


Anjos ao Redor by Jobson Santos
7 de fevereiro de 2020, 17:36
Filed under: Sem categoria

De uma página oficial da Igreja Adventista Mundial, projeto “Unidos em Oração” :

 

“Eu tenho que compartilhar uma experiência incrível que aconteceu algumas semanas atrás.

Meu marido é pastor aqui no estado de Oregon, EUA, e tínhamos acabado de iniciar uma série evangelística, “Apocalipse da Esperança”. Eu tenho incentivado para que haja mais oração em nossa igreja, então, durante esta série, decidi supervisionar a sala de oração. No entanto, minha equipe de oração é composta principalmente por amigos idosos em casa ou pessoas que oram em suas casas. Então, eu não tinha certeza da quantidade de participação que haveria durante as reuniões. Mas eu decidi criar uma sala de oração na esperança de que alguns membros da igreja se tornassem dispostos a entrar e orar periodicamente durante as reuniões.

No entanto, naquela primeira sexta-feira à noite, era apenas eu. Eu me senti sozinha, mas orei de qualquer maneira. Mais uma vez, no sábado à noite, era apenas eu. Eu estava me sentindo um pouco mais desanimada. Eu coloquei para tocar uma bela versão cantada da Oração do Senhor. Enquanto a música prosseguia, eu permanecia orando. “Eu sei que onde dois ou três estão reunidos em seu nome, o Senhor está lá, querido Deus, mas e se sou apenas eu?” orei em silêncio.

Quando a música terminou, abri meus olhos e a sala estava cheia de anjos. Instantaneamente comecei a chorar enquanto olhava ao redor da sala com espanto. Os anjos eram altos, tão altos quanto o teto, com ombros largos, e eles estavam ombro a ombro, de costas para a parede, ao redor das paredes da sala. Eu me senti minúscula comparada a eles. Eles tinham asas e vestiam mantos esvoaçantes como roupas. Seus rostos chamaram a minha atenção. Eles se pareciam com homens, homens muito bonitos. Seus olhos eram tão gentis e eles sorriam de forma confortadora e gentil. Seus traços faciais eram bem definidos e eles exalavam ao redor uma ousadia como a de guerreiros. Seus cabelos eram de uma cor escura e vinham até os ombros e estavam soltos. Eles pareciam iridescentes, isto é, exibiam cores luminosas que pareciam mudar quando vistas de ângulos diferentes. Embora eu não pudesse ver através deles, quase conseguia. Suas formas brilhavam com uma cor amarela clara. Eu só consegui vê-los por 4 ou 5 segundos e então eles desapareceram, mas não consegui parar de chorar pelo resto da noite.

Ali estava eu tão desanimada, imaginando se Deus atenderia a oração se na sala de oração estivesse apenas eu, e Ele me mostrou, que se uma pessoa está orando, é suficiente. Sinto-me tão indigna e humilde que Ele me tenha dado esse grande presente. Eu ainda choro com frequência ao pensar nessa experiência sagrada.

É claro que continuo orando sozinha na sala de oração da igreja, mas não fico mais desanimada, pois eu sei que a sala está cheia de anjos, mesmo que eu não possa vê-los. Então eu tinha que compartilhar essa experiência. 

Nunca devemos subestimar o poder da oração. Mesmo que apenas uma pessoa esteja orando, isso é suficiente. Deus e seus anjos estão trabalhando mesmo quando não podemos vê-los.”

 

Melony Coleman é esposa de pastor e mãe de três filhos. Ela e sua família vivem no sul do Oregon.

Fonte: Blog do projeto mundial oficial da Igreja Adventista “Unidos em Oração” http://revivalandreformation.org/uip/blog



10 DIAS DE ORAÇÃO – 2° DIA – Ilustrando o resgate by Maria Eduarda
7 de fevereiro de 2020, 8:12
Filed under: Sem categoria



SALMO 5 by jefersonquimelli
7 de fevereiro de 2020, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/5

Este Salmo é um clamor por libertação dos maus, aqueles que escolhem a maldade como estilo de vida. Davi suplica livramento de pessoas que lisonjeiam com palavras (v. 11), mas no íntimo planejam o mal contra o próximo. É muito penoso conviver com pessoas assim.

O Salmo confirma o desprazer de Deus para com todos os que praticam a iniquidade (v. 5-6).

Davi escolheu passar tempo de qualidade com Deus no começo de cada dia (v. 3). Ele suplica a direção do Espírito Santo para cada um dos seus atos (v. 8). Vivendo uma vida de obediência fruto de amor a Deus, Davi confia que haverá de se regozijar no Senhor (v. 11).

Entremos hoje na presença de Deus cientes de que precisamos de proteção contra os maus, e dispostos a obedecer a tudo aquilo que o Senhor nos pedir.

Pr. Jobson Santos – UNASP/Br
Prof. Jeferson Quimelli – UEPG/Br

Fonte: https://reavivadosporsuapalavra.org/2016/11/05/
Tradução: Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



SALMO 5 – COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
7 de fevereiro de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria



SALMO 5 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jefersonquimelli
7 de fevereiro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 5 – Orar a Deus na primeira hora do dia fará total diferença em nossa história. Experimente agora!

O Salmo 4 refere-se à oração vespertina, já o Salmo 5 refere-se à oração matutina. “Orar de manhã dá coragem (vs. 1-3), e o senso da bondade e da justiça de Deus (vs. 4-6); garante a orientação divina (vs. 7-8); Sua proteção e castigo dos inimigos (vs. 9-10); e Sua bênção sobre os justos (vs. 11-12)” (Merrill Frederick Unger).

• Orar à noite acalma o espírito agitado pelos desafios enfrentados durante o dia; orar de manhã prepara o espírito para os desafios que surgirão no novo dia.

• Orar à noite prepara a alma para o descanso, acalmando sentimentos perturbadores; orar de manhã fortalece a alma para as inúmeras atividades a serem executadas.

• Orar à noite reorienta a mente, desacelera o coração e põe confiantemente os fardos estressantes aos pés de Cristo; orar de manhã conecta a pessoa à fonte de sabedoria, discernimento e poder, para viver à altura dos planos divinos.

• Orar à noite é uma forma de agradecer pelo dia vivido e entregar todas as experiências a Deus para educar-nos e moldar-nos para Sua glória; orar de manhã significa entregar cada hora desconhecida a Deus para Ele guiar, orientar e abençoar cada momento do dia.

• Orar à noite é um desfazer-se de todas as frustrações para não sermos escravos das preocupações que roubam nosso sono, é um esvaziar-se dos lixos que colocamos ou colocam em nossa alma; orar pela manhã significa encher-se com princípios divinos para viver vitoriosamente cada situação da vida.

• Orar à noite, relaxa-nos; orar de manhã, fortalece-nos!

Ellen G. White declara: “Nós podemos, nós podemos revelar a semelhança de nosso Senhor. Podemos conhecer a ciência da vida espiritual. Podemos glorificar a Deus em nosso corpo e nosso espírito, que são Seus”.

Portanto, antes de sair de casa ao trabalho, que “a sua oração diária seja: ‘Senhor, ajuda-me a fazer o meu melhor. Ensina-me como fazer um trabalho melhor. Ajuda-me a incluir em meu serviço o amorável ministério do Salvador’” (White).

Fazendo assim, Deus te ouvirá (vs. 1-7) e te guiará com maestria entre os incrédulos (vs. 8-10), assim serás instrumento de bênçãos irradiando alegria a teu próximo (vs. 11-12)!

Vamos orar mais? Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



SALMO 5 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
7 de fevereiro de 2020, 0:30
Filed under: Sem categoria

“De manhã, Senhor, ouves a minha voz; de manhã te apresento a minha oração e fico esperando” (v.3).

Como guerreiro, Davi fez muitos inimigos. E como rei, também estava cercado de adversários que, aparentando boas intenções, eram verdadeiras armadilhas humanas (v.9). Diferente dos inimigos de guerra, as armas destes eram mais letais e perigosas, já que a intenção criminosa estava escondida em “seu íntimo” (v.9). Por isso que o clamor de Davi acontecia em meio a gemidos (v.1). Porque os inimigos poderiam estar à sua frente vestidos de ovelhas, mas diante do Senhor tudo se revela exatamente como o é.

Davi pediu a proteção contra os mentirosos (v.6), que “com a língua lisonjeiam”, mas que não têm “sinceridade nos seus lábios”. Para ele, como herói de guerra, era muito fácil reconhecer os inimigos com lanças e espadas nas mãos, contudo, como era difícil enxergar aqueles que o recebiam com ósculo “santo”! A resposta, mais uma vez, está em uma vida de oração. A primeira coisa que Davi fazia ao acordar era buscar a Deus em oração. E depois? Davi ficava esperando (v.3). Mas o quê, exatamente, ele esperava? Que, na Sua benevolência, Deus o cercasse “como escudo” (v.12). A confiança dele estava em Deus. O Senhor que o tinha livrado inúmeras vezes dos inimigos declarados, certamente, o protegeria dos inimigos disfarçados.

Também não precisamos temer a ninguém se temos o Deus de Davi conosco. Como afirmou o apóstolo Paulo: “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm.8:31). Jesus, mesmo conhecendo o traidor, o tratou e amou igualmente como fez com os demais discípulos. Judas entregou o Filho de Deus à morte com um beijo. Ainda assim, Jesus não o condenou. Não devemos nós agir de igual modo?

À vista de Deus tudo está revelado, mas a nós não. Por isso, não cabe a nós julgar, e sim amar e entregar nas mãos de Deus tudo aquilo que está fora de nosso alcance resolver. Se tão somente confiarmos em Deus como fazia o salmista, ainda que por vezes não consigamos enxergar o Seu agir, tenhamos a certeza de “que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus” (Rm.8:28). Ore, neste momento, e entregue a sua vida nas mãos do Senhor, “porque Ele tem cuidado de vós” (1Pe.5:7). Vigiemos e oremos!

Bom dia, “todos os que confiam” (v.11) no Senhor!

10 DIAS DE ORAÇÃO, 2° dia: Oremos hoje para que as 10 horas de jejum e oração de amanhã promovam o início de um reavivamento em nossa vida e na igreja. Para que nossos cinco amigos de oração aceitem estudar a Bíblia. E pelos nossos amigos que estão afastados da igreja.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo5 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 5 – COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
7 de fevereiro de 2020, 0:10
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: