Reavivados por Sua Palavra


100 DIAS DE ORAÇÃO by Jeferson Quimelli
31 de março de 2020, 10:55
Filed under: Sem categoria

A Igreja Adventista Mundial está convocando todos os seus membros a participar de uma corrente de oração por 100 dias, nestes dias de crise mundial.

Infelizmente, não temos como traduzir este material diariamente. Mas se você entende um pouco de inglês (copiando o texto e colocando num tradutor já se consegue uma boa aproximação), cremos que irá muito se beneficiar em participar desta campanha.

Você pode acessar a página principal do programa aqui:

https://www.revivalandreformation.org/100days



SALMO 58 – BUSQUE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
31 de março de 2020, 6:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO SALMO 58 – Leia a Bíblia antes

SALMO 58 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Conferência Geral)

COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO PR. HEBER TOTH ARMÍ

COM. MARIA CAROLINA FERREIRA (link externo)

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUAREZ (link externo)

COM. VÍDEO PR WEVERTON E EQUIPE (link externo)

COM. VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA (link externo)

COM. VÍDEO PR MICHELSON BORGES (link externo)

COM. VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)



SALMO 58 by Jeferson Quimelli
31 de março de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/58

Nós esperamos que os juízes não se corrompam e que os governantes mantenham a lei e a ordem e estabeleçam uma sociedade segura. Mas como disse o Barão Acton em 1887, “O poder tende a corromper, e o poder absoluto corrompe completamente”.

A história está repleta de atos terríveis de opressão e injustiça. Quando contemplamos, pela imaginação, os corpos de milhões de vítimas massacradas ao longo dos séculos por governantes e juízes corruptos, somos levados a gritar com Davi “Quebra os dentes deles, ó Deus; arranca, Senhor, as presas desses leões!” (v. 6, NVI). Certamente temos o direito de sentir a máxima indignação para com o desumano abuso de poder exercido por eles, e a ansiar pelo dia em que “os ímpios serão varridos…” (v. 9) Não sabemos hoje porque Deus não intervêm para evitar tragédias como estas, mas o que sabemos é que um dia todos concordarão: “De fato os justos têm a sua recompensa; com certeza há um Deus que faz justiça na terra” (v. 11, NVI).

Mas considere o seguinte: Cada um desses homens, nasceu como um meigo bebê. Como essa aparente inocência transformou-se em algo tão mau? Na verdade, desde o início, o potencial estava lá: “Os ímpios erram o caminho desde o ventre; desviam-se os mentirosos desde que nascem” (v. 3, NVI). A assustadora verdade é que todos nós nascemos com semelhantes tendências para o mal. Como disse um pregador: “Não fosse pela graça de Deus, qualquer um de nós poderia cometer os mesmos pecados”. Se não estamos seguindo os passos dos ímpios, é unicamente graças ao trabalho do Espírito Santo de Deus!

Garth Bainbridge
Sydney, Austrália

PS: A expressão “Quebra os dentes deles”, no verso 6, não tem aqui o sentido de pugilato, briga de rua, mas de alguém que quebra os dentes de uma fera que está a fazer mal a alguém.

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=782
Tradução: Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



SALMO 58 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
31 de março de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

521 palavras

O Salmo 58 condena juízes injustos e, portanto, reprova e adverte de forma veemente a todos que praticam a injustiça e a opressão. Com figuras vívidas e estilo vigoroso, o salmo acusa a injustiça, dita a sentença e se regozija na justiça de Deus, o grande juiz. Neste salmo é notável o contraste entre os juízes injustos da terra e Deus, o justo juiz. CBASD, vol. 3, p. 866.

O Antigo Testamento está cheio de referências à justiça, e é um tema-chave nos salmos. Infelizmente, muitos juizes e governantes em épocas antigas tomaram a justiça dentro em suas próprias mãos. Eles tinham completa autoridade sem responsabilidade e o poder de fazer suas próprias leis. Quando os juízes da terra são corruptos, há pouca esperança de justiça nesta vida. Mas Deus ama a justiça, e aqueles que lhe obedecem experimentarão perfeita justiça na eternidade. Life Application Study Bible Kingsway.

mãos. A iniquidade é concebida no íntimo, isto é, no coração, e é praticada com as mãos. CBASD, vol. 3, p. 866.

a víbora surda. Sua iniquidade obstinada se compara à teimosia de uma víbora ou áspide que se recusa a se submeter ao encantador de serpentes. CBASD, vol. 3, p. 866.

6-10 Este é .. um clamor por justiça tão intenso que parece, à primeira vista, ser um clamor por vingança. Life Application Study Bible Kingsway.

Desapareçam como águas. A oração do salmista é para que seus inimigos pereçam assim como as águas de uma torrente se perdem nas areias do deserto ou desaparecem por completo nas secas do verão (ver 2Sm 14:14; Jó 6:15-17). CBASD, vol. 3, p. 866.

Como espinheiros, antes que vossas panelas sintam delas o calor. Alguns creem que represente os nômades no deserto que acendem fogo ao livre e uma rajada de vento os apaga antes que o fogo tenha aquecido as panelas. A ilustração tem o objetivo de expressar o desejo do salmista de que o ímpio seja logo destruído. CBASD, vol. 3, p. 866.

11 Então, se dirá: Na verdade, há recompensa para o justo. Todo ser humano reconhecerá que Deus intervém nos assuntos humanos, reconhecendo a justiça e punindo o pecado. CBASD, vol. 3, p. 866.

De todas as pessoas, nossos líderes nacionais deveriam ser os mais justos e corretos. Quando são injustos, as pessoas sofrem. Os ricos ficam mais ricos, os pobres ficam mais pobres, os políticos arrancam o poder do povo, a moralidade nacional se deteriora e Deus é ignorado. Quando a justiça triunfar finalmente, o justo se alegrará (v. 10). Esteja certo de que haverá um dia de prestação de contas e que Deus julga justamente. Tenha cuidado para não ficar do lado da injustiça, para não se encontrar um dia em frente de um juiz irritado. Life Application Study Bible Kingsway.

há um Deus, com efeito, que julga na terra. Embora, às vezes, pareça que Deus permite que o mal e a injustiça prossigam livremente, Seus olhos estão sobre a maldade cometida pelos pecadores, das quais mantém um relato fiel, e no tempo devido, Ele intervirá. Sempre houve um limite além do qual não se permite passarem os ímpios. Esta lição está estreitamente ligada à que o rei Nabucodonososr aprendeu durante os sete anos de loucura. CBASD, vol. 3, p. 867.



SALMO 58 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
31 de março de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Então, se dirá: Na verdade, há recompensa para o justo; há um Deus, com efeito, que julga na Terra” (v.11).

Impressionado pelas injustiças e pela impunidade dos perversos, Davi não ocultou a sua ira. A parcialidade das autoridades jurídicas da época e seu julgamento iníquo provocava no grande rei e guerreiro fome e sede de justiça. A prosperidade e tranquilidade dos ímpios despertava-lhe o anseio pela justiça divina e pela vingança dos justos. Seu sentimento, porém, não lhe era peculiar, nem tampouco eram exclusivas de seu tempo as obras que contemplava.

Desde Abel, “a voz do sangue” dos filhos de Deus “clama da terra” (Gn.4:10). O mesmo símbolo é apresentado na visão de João na abertura do quinto selo: “Até quando, ó Soberano Senhor, santo e verdadeiro, não julgas, nem vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a Terra?” (Ap.6:10). Elencados como justos pela dispensação de Cristo, muitos dormem no pó da terra até que se completem “o número dos seus conservos e seus irmãos” (Ap.6:11). No juízo final veremos o cumprimento da profecia dada a Daniel: “Muitos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno” (Dn.12:2).

A Bíblia apresenta uma impiedade adquirida desde a concepção (v.3); de pessoas que já nascem com a índole corrompida. Muitos estudiosos classificam a índole como um conjunto de peculiaridades e de características inerentes à pessoa desde o seu nascimento. Ou seja, são as heranças biológicas, tendências transmitidas dos pais aos filhos. A índole, contudo, difere do caráter, pois este é adquirido através da educação e do ambiente em que o indivíduo é exposto. Há esperança, portanto, para todo aquele que se dispõe a aprender na escola de Cristo. Pois, assim diz o Senhor: “Mas, se o perverso se converter de todos os pecados que cometeu, e guardar todos os Meus estatutos, e fizer o que é reto e justo, certamente viverá; não será morto” (Ez.18:21).

Tão perto como estamos da gloriosa aparição de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que pela graça de Deus não façamos parte do grupo descrito pelo apóstolo Paulo (2Tm.3:1-5). Não há herança de sangue que não possa ser lavada pelo sangue do Cordeiro! Os últimos apelos estão sendo feitos antes que os ímpios “Desapareçam como águas que se escoam” (v.7). Eis o desejo do Eterno: “que ninguém pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento” (2Pe.3:9). “Ouvi isto, vós, todos os povos” (2Cr.18:27), antes que chegue o tempo em que se dirá: “Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se” (Ap.22:11). “Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus” (Mt.3:2). Vigiemos e oremos!

Bom dia, lavados pelo sangue de Cristo!

Desafio da semana: Intensifique os seus momentos de comunhão com Deus e as orações “por todos os santos” (Ef.6:18).

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo58 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 58 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
31 de março de 2020, 0:35
Filed under: Sem categoria

SALMO 58 – Há um Deus no Céu que conhece o coração e as ações de todos; conhece a bondade e a maldade, a justiça e a injustiça, o bem e o mal…

Além disso, os grandes e soberanos na Terra que pensam que não serão pegos, ou por estarem na ponta da liderança nacional ou mundial, ninguém fará nada diante de suas corrupções e perversidades, é bom observar que o Salmo em questão aborda esse assunto.

1. O maioral da política nacional ou mundial precisa saber que existe um Juiz Universal que fará justiça sobre toda injustiça cometida por quem quer que seja.
2. Os presidentes de todo órgão governamental, de sistemas administrativos mundiais ou redes institucionais ou empresariais precisam saber que há um Deus que preza pela moral da humanidade e pedirá contas de todas as tramoias e esquemas fraudulentos praticados.
3. Os multimilionários, os líderes da economia mundial, e também os donos de empresas de tráfico de crianças, adolescentes, mulheres e homens, sem se esquecer dos líderes truculentos do império das drogas… todos precisam saber que terão de prestar contas diante do santo e justo Juiz do Universo.

Oficiais de justiça, Juiz de direito, empresários, bancários, etc. todos os poderosos do mundo terão de responder por seus atos. Ninguém está livre disso. Manipular a justiça, subornar ou aceitar suborno, fazer acepção de pessoas, corromper-se, praticar imoralidades, explorar os mais simples, liderar a igreja indiferente aos princípios bíblicos, etc. será investigado no grande tribunal celestial.

Saul havia colocado bajuladores que satisfaziam seus caprichos corruptos em cargos de autoridade na administração política do povo de Deus. A corrupção corria solta, o desprezo à legislação divina estava em alta e a moralidade em baixa. Nesse contexto que Davi escreve este Salmo, o qual Warren W. Wiersbe o separa em três partes:

• Acusação – o desrespeito às leis (vs. 1-5);
• Condenação – o desrespeito às leis é punido (vs. 6-8);
• Justificação – a retidão é louvada (vs. 9-11).

Aqueles que, agora “suspiram e gemem, por causa de todas as abominações” (Ezequiel 9:4), logo se alegrarão quando Deus fizer justiça (Mateus 5:6). As imprecações que revelam insatisfação e incapacidade de fazer alguma coisa, são orações que serão atendidas trazendo satisfação ao coração!

Logo, Deus trará tudo a limpo! – Heber Toth Armí.



SALMO 57 – BUSQUE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
30 de março de 2020, 1:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO SALMO 57 – Leia a Bíblia antes

SALMO 57 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Conferência Geral)

COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO PR. HEBER TOTH ARMÍ

COM. TEXTO MARIA CAROLINA FERREIRA (link externo)

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUAREZ (link externo)

COM. VÍDEO PR WEVERTON E EQUIPE (link externo)

COM. VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA (link externo)

COM. VÍDEO PR MICHELSON BORGES (link externo)

COM. VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)



SALMO 57 by Jeferson Quimelli
30 de março de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/57

O título do Salmo 57, ”Hino de Davi, quando fugia de Saul, na caverna”, indica que ele segue cronologicamente os acontecimentos do Salmo 56. Em 1 Samuel 22:1 lê-se que: ”Davi fugiu da cidade de Gate e foi para a caverna de Adulão” (NVI). Foi, então, que “também juntaram-se a ele todos os que estavam em dificuldades, os endividados e os descontentes; e ele se tornou o líder deles”(1Sm 22:2 NVI). No entanto, apesar de liderar um grande grupo, em seu coração Davi estava sozinho com seus medos, dúvidas e confusões especialmente sobre como Deus cumpriria o chamado para que ele se tornasse rei. Para todos os efeitos, Saul é quem tinha no momento o comando do seu destino: ele estava no trono e Davi era um mero fugitivo escondido em uma caverna.

Enquanto estava na caverna, Davi escreveu este Salmo e recuperou a coragem com um espírito surpreendentemente positivo de confiança e louvor. Ele declara: ”Eu me refugiarei à sombra das Tuas asas, até que passe o perigo” (v.1b NVI). E enquanto espera que as coisas mudem em seu favor, ele diz: ”Clamo ao Deus Altíssimo, a Deus, que para comigo cumpre o seu propósito” (v. 2 NVI).

”Caso houvesse muito mais louvor ao Senhor, e muito menos repetição de desânimos, muito mais vitórias seriam obtidas”(Evangelismo, p.499). Não deixe que sua caverna seja a sua sepultura; preencha-a com a luz da presença de Deus, por meio do louvor.

Garth Bainbridge
Sydney, Austrália

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=781
Tradução: Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



SALMO 57 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
30 de março de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

497 palavras

O Salmo 57 tem tema, estrutura e estilo semelhantes ao do seu “gêmeo”, o 56 (ver Introdução ao Sl 56), mas tem um tom mais triunfante. O salmo começa com uma oração por misericórdia proferida com plena confiança no poder de Deus para salvar. Em seguida, descreve de forma breve o problema do salmista e termina louvando a bondade de Deus. O salmo tem duas partes, cada uma termina com um refrão. CBASD, vol. 3, p. 863.

à sombra de Tuas asas me abrigo. Ver com. do Sl 17:8; cf. Rt 2:12; Mt 23:37. A terna afeição por Deus, expressa nesta passagem, é totalmente diferente da atitude do pagão para com seu deus. CBASD, vol. 3, p. 863.

Deus Altíssimo. Do heb. ‘Elohim ‘Elyon (ver vol. 1, p. 148-151). Este título para Deus ocorre também no Salmo 78:56. CBASD, vol. 3, p. 863.

executa. Do heb. gammar, “levar a cabo” (ver Sl 138:8). CBASD, vol. 3, p. 863.

Sua misericórdia. Ver Sl 25:10; 26:3. Deus depressa enviaria “todos os anjos da gloria para fazer uma barreira em redor dos fiéis” em vez de “consentir que sejam enganados e desencaminhados pelos prodígios de mentira de Satanás” (PE, 88). CBASD, vol. 3, p. 863.

alma. Ou, simplesmente, “eu” (ver com. do Sl 16:10). CBASD, vol. 3, p. 863.

leões. Os inimigos do salmista são como leões selvagens (ver Sl 7:2; 10:9). CBASD, vol. 3, p. 863.

espada afiada. Símbolo de calúnia (ver Sl 55:21). CBASD, vol. 3, p. 863.

Às vezes, podemos ser cercados por pessoas que fofocam sobre nós ou nos criticam. A crueldade verbal pode nos prejudicar tanto quanto o abuso físico. Ao invés de responder com palavras de ódio, nós, como Davi, podemos conversar com Deus sobre o problema. Life Application Study Bible Kingsway.

Sê exaltado. O v. 5 é o refrão do poema, repetido no v. 11. CBASD, vol. 3, p. 863.

Firme. Do heb. nakon, “firmemente estabelecido”. CBASD, vol. 3, p. 864.

A firme fé de Davi em Deus contrastava fortemente com o alto clamor e jactância de seus inimigos. Quando confrontado com ataques verbais, a melhor defesa é simplesmente ficar quieto e louvar a Deus, percebendo que nossa confiança está em seu amor e fidelidade (57:10). Em tempos de grande sofrimento, não volte para a auto-piedade nem para a vingança, mas para cima, para Deus. Life Application Study Bible Kingsway.

harpa. Do heb. nebel, a “harpa” (ver p. 17, 18). CBASD, vol. 3, p. 864.

lira. Do heb. kinnor, a “lira”. CBASD, vol. 3, p. 864.

Quero acordar a alva. Ou, “Despertarei a alva”. O salmista reconhecia o valor de separar os primeiros momentos do dia para adoração (ver com. do Sl 5:3). CBASD, vol. 3, p. 864.

os povos. O substantibo hebraico é plural. O grande livramento de Davi o motiva a tornar conhecida entre as nações a bondade de Deus. Assim, Davi expressa conhecer o chamado de Israel para ser a luz das nações. CBASD, vol. 3, p. 864.

11 Sê exaltado, ó Deus, acima dos céus; e em toda a terra esplenda a Tua glória. O brilho visível da glória de Deus é apenas um vislumbre da beleza perfeita e infinita do caráter divino. o que é visível sempre deve recordar aos seres criados a bondade infinita de Deus. CBASD, vol. 3, p. 864.



SALMO 57 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
30 de março de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Tem misericórdia de mim, ó Deus, tem misericórdia, pois em Ti a minha alma se refugia; à sombra das Tuas asas me abrigo, até que passem as calamidades” (v.1).

Diante da vista do suntuoso templo de Jerusalém, Jesus desviou o olhar de admiração de Seus discípulos para as cenas finais deste mundo. O capítulo 24 do evangelho segundo Mateus relata o sermão profético de Cristo. Ali, Ele descreveu o que aconteceria antes da destruição de Jerusalém, no ano 70 d.C., e antes da Sua segunda vinda à Terra. Guerras e rumores de guerras, fome, terremotos, epidemias, são alguns dos sinais que Ele nos revelou como sendo “o princípio das dores” (Mt.24:8). Como uma parturiente prestes a dar à luz, as contrações aumentam, e “toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora” (Rm.8:22).

“Clamarei ao Deus Altíssimo, ao Deus que por mim tudo executa” (v.2), declamou Davi em virtude da acirrada perseguição de Saul. Ele não sabia quando se veria livre daquele apuro, mas que enquanto aguardava livramento, estava em lugar mui seguro: “à sombra das Tuas asas me abrigo” (v.1). Os sinais descritos por Cristo aos Seus discípulos estão perante os nossos olhos e rapidamente se avolumam. Ao nosso redor vemos o medo e o desespero, e, por outro lado, o descaso e a indiferença para com a Palavra de Deus.

Grifes famosas fabricando máscaras sanitárias e álcool em gel. Pessoas sendo tolhidas dos direitos mais básicos pela aplicação de multas e violência. Hospitais superlotados e barracões de emergência remontam a um verdadeiro cenário de guerra. Famílias em quarentena. Ruas vazias. Viagens canceladas. Economia em frangalhos. Os maiores líderes da Terra impotentes diante de um microscópico organismo letal. Em poucos dias, o agitado e auto-suficiente planeta se viu obrigado a fazer o que jamais cogitou fazer: parar. Rejeitando o descanso do sábado bíblico como uma impossibilidade, a parada obrigatória tornou-se uma forte aliada do enganador para estabelecer o seu sábado ilegítimo.

Qual tem sido a nossa reação diante de tudo isso? Eis a reação de Davi em meio à forte tormenta: “Firme está o meu coração, ó Deus, o meu coração está firme; cantarei e entoarei louvores” (v.7). Não é errado sentir medo se ele nos leva para mais perto de Deus. Como uma criança que busca a segurança dos pais em noite de tempestade, precisamos nos abrigar nos braços do nosso Pai do Céu, que “dos céus [nos] envia o Seu auxílio e [nos] livra” (v.3). E como um filho que dá ouvidos à instrução de seu pai, precisamos estar atentos ao alerta que inaugurou o sermão profético de Cristo: “Vede que ninguém vos engane” (Mt.24:4).

A Palavra de Deus é muito clara quanto ao verdadeiro dia de guarda. O sábado é o autêntico sinal de Deus entre Ele e Seu povo (Ez.20:12 e 20). É a digital do Criador no tempo. E seremos severamente provados quanto a isso. Mais do que nunca, é hora de reunirmos nossas famílias em torno das Escrituras e firmar nossos corações nas verdades do Céu. De rendermos graças ao Senhor “entre os povos” e cantar-Lhe “louvores entre as nações” (v.9), “até que passem as calamidades” (v.1). Que em meio ao silêncio da Terra, o Senhor Se faça ouvir através do Seus filhinhos, que “serão purificados, embranquecidos e provados” (Dn.12:10), habilitados para o Senhor como “um povo preparado” (Lc.1:17) “para o encontro do Senhor nos ares” (1Ts.4:17). O Senhor do sábado está voltando! Vigiemos e oremos!

Bom dia, filhinhos do Pai do Céu!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo57 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100




%d blogueiros gostam disto: