Reavivados por Sua Palavra


10 Dias de Oração by Maria Eduarda
14 de fevereiro de 2020, 8:56
Filed under: Sem categoria

Para baixar: adv.st/revista-adulto
Apenas para ler: adv.st/revista-primeirodeus

💒 Encontre uma Igreja: http://adv.st/encontreumaigreja

A imagem pode conter: 5 pessoas


DIA 9 -10 DIAS DE ORAÇÃO – RESGATE PARA UMA NOVA VIDA by Maria Eduarda
14 de fevereiro de 2020, 8:31
Filed under: Sem categoria



SALMO 12 by Jeferson Quimelli
14 de fevereiro de 2020, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/12

Eu gosto quando boas coisas são ditas sobre mim. Gosto de receber elogios por uma aula bem dada, um evento em que ajudei ou algumas roupas novas que estou usando. Contudo, este Salmo me lembra que a bajulação é sedutora, e pode ser falsa e corruptora.

Devemos, sim, falar palavras encorajadoras àqueles que estão ao nosso redor – o mundo está cheio demais de pessoas que desencorajam aos demais. Mas, às vezes, mesmo nossas lisonjas mútuas nos impedem de fazer no mundo o bem que Deus nos chamou para fazer.

O Salmo 12 contrasta a bajulação com o trabalho de ajudar os pobres e necessitados. Tenho descoberto que quando minha consciência me diz que tenho pensado muito em meus planos materialistas e devo fazer mais para Deus, algumas vezes meus irmãos cristãos me dizem que está tudo bem. Quando nos contentamos em ficarmos dando tapinhas nas costas uns dos outros ao invés de nos indignarmos com a exploração dos pobres à nossa volta, algo está errado.

Que Deus nos ajude a abrir mão de alguns confortos e a sacrificar do nosso tempo a fim de trabalhar em prol da justiça, em benefício dos menos favorecidos!

Lisa Clark Diller
Diretora Depto História e Ciências Políticas
Southern Adventist University – EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=736
Tradução: Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



SALMO 12 – COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
14 de fevereiro de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria



SALMO 12 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
14 de fevereiro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 12 – Muitas vezes somos encurralados por pessoas cruéis. Os servos do bem são alvos dos servos do mal. Constantemente perversos atacam os sinceros e honestos que se consagram a Deus.

Às vezes, crentes sentem-se sozinhos e ficam amedrontados num mundo cheio de orgulho e pecados, desfalecidos e incapazes de reagir frente às investidas dos que vivem regidos pela perversidade.

Davi, inocente servo de Deus, que enfrentou perseguição e toda sorte de injustiças da parte de Saul, rei de Israel, nos dá diretrizes inspiradas para lidarmos com situações indesejadas:

1. Precisamos reconhecer que só Deus pode nos ajudar neste mundo impregnado pelos agentes do mal (vs. 1-2);
2. É necessário que tenhamos a crença correta sobre o fim dos que usam a língua para destruir (vs. 3-4);
3. Devemos conhecer e confiar nas promessas de Deus quanto a Seus planos de erradicar o pecado e salvar pecadores que buscam auxílio nEle (vs. 5-8).

As palavras das pessoas alheias a Deus são falsas, a mentira é normal, o engano é comum, as agressões verbais são constantes, suas palavras são destituídas de nobreza, vazias de pureza, mas cheias de venenos.

• Trabalhar, estudar ou morar num ambiente assim é um desafio titânico.

Ainda bem que dá para correr para Deus que atende a oração daqueles que não querem se contaminar com as influências malignas e nem ser destruídos pelos ataques ferinos destas pessoas usadas pelo pai da mentira (João 8:44).

Diferentemente dos aliados ao pai da mentira, Deus tem palavras puras, refinadas sete vezes, sem vestígio algum de qualquer contaminação. Aqueles que se aproximam de Deus serão livres dos mentirosos e livres das características daqueles que submetem-se ao pai da mentira. Os servos de Deus são sinceros e verdadeiros como é o Pai da verdade.

• Quem se demora nas palavras humanas, está fadado a ser enganado e ser enganador; quem se demora nas palavras de Deus, certamente será autêntico e falará a verdade.

• Quem se dedica a conhecer e aprofundar-se nas palavras de pessoas desprovidas de sabedoria divina, certamente viverá conceitos falhos, fraudulentos e errados; mas quem dedica-se a estudar e meditar na Palavra de Deus saberá discernir o certo do errado e viverá na prática da verdade.

Mentirosos não entrarão no Céu (Apocalipse 21:6-8). Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



SALMO 12 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
14 de fevereiro de 2020, 0:30
Filed under: Sem categoria

“As palavras do Senhor são palavras puras, prata refinada em cadinho de barro, depurada sete vezes” (v.6).

Conforme apontam as Escrituras, estamos vivendo nos últimos dias deste mundo. Tudo o que está acontecendo ao nosso redor comprova a veracidade das profecias bíblicas. Assim como nos tempos de Noé (Mt.24:37) e assim como nos dias de Ló (Lc.17:28), vivemos em meio a uma geração corrupta e que carrega as seguintes características: “Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. Foge também destes” (2Tm.3:1-5).

Listinha grande, não é mesmo? Percebam que Paulo fez um alerta para os últimos dias. Ou seja, este recado é para nós. Mas quando lemos o Salmo de hoje, percebemos igualmente que Davi pediu para que Deus o guardasse daquela geração, que, pela descrição, também tinham muitas das características citadas pelo apóstolo. Só que há um diferencial, amados: a intensidade. A maldade tem crescido sem precedentes. E o homem? Cada vez mais perverso e “entre os filhos dos homens a vileza é exaltada” (v.8). Não é um quadro aprazível a realidade de um mundo onde se predomina a falsidade. Já as palavras que saem da boca de Deus “são palavras puras” (v.6).

Puro é algo que é livre de contaminação, que não se mistura, que conserva a sua essência. Assim é a Bíblia, a Palavra do Senhor. É pura. É cristalina. É a essência do Eterno. É perfeita: “depurada sete vezes” (v.6). Ninguém que tenha contato com ela, mediante espírito sincero e humilde, permanece do mesmo jeito. Só há falsidade onde a Palavra de Deus é negligenciada ou usada de forma distorcida. Davi amava as Escrituras e apegava-se a cada promessa nelas contidas. Como rei, estava cercado de pessoas que o tratavam bem, mas cujas intenções lhe eram ocultas. Davi fez a única coisa que lhe cabia fazer: “Socorro, Senhor!” (v.1). Ele pediu socorro.

Não devemos nós, muito mais hoje, recorrer ao mesmo Contato de emergência de Davi? Precisamos nos apegar, cada dia mais, à pura e perfeita Palavra do Senhor e pedir por socorro ao Único capaz de nos livrar desta geração perversa. O falso é desmascarado quando o verdadeiro se descortina. Apegue-se a Deus e à Sua pura Palavra, então, certamente, a verdade te libertará (Jo.8:32) “desta geração” (v.7). Vigiemos e oremos!

Bom dia, “povo de propriedade exclusiva de Deus” (1Pe.2:9)!

10 DIAS DE ORAÇÃO, 9° dia: Ore pelos jovens da igreja, principalmente os que estão afastados, e por seus amigos de oração.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo12 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 12 – COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
14 de fevereiro de 2020, 0:10
Filed under: Sem categoria



SALMO 12 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
14 de fevereiro de 2020, 0:05
Filed under: Sem categoria

663 palavras

Uma oração breve e direta de Davi, que considera sua época (como todas as épocas) como um tempo do alastramento da hipocrisia, da infidelidade e da traição; lábios que lisonjeiam apenas escondem corações falsos. Bíblia Shedd.

Oração que pede socorro quando parece que todos os homens são desleais e todas as línguas, falsas (v. Mq 7.1-7). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Este salmo de comunidade contrasta a fala orgulhosa e bajuladora dos “filhos dos homens” (vv. 1, 8)  com as palavras puras e inalteráveis do Senhor. Andrews Study Bible.

já não há. Como Elias, o salmista pensa que ninguém mais na Terra, além dele, é fiel a Deus. … Naquele momento, a degeneração nacional parecia quase universal, e o salmista se esqueceu do “remanescente”, o “pequeno rebanho”, ao qual se refere nos v. 5 e 7. Deve-se ter cuidado com a ideia de que os fiéis são sempre uma minoria. Jesus declarou: “Ainda tenho outras ovelhas, não deste aprisco” (Jo 10:16). Ele tem muitos fiéis dos quais nada se sabe (ver a declaração de Deus a Elias, em 1Rs 19:18). CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 741.

não se confia em ninguém. Não há quem mantenha a integridade moral. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Viver por Deus num mundo cheio de enganos pode ser uma batalha difícil e solitária. Quando o profeta Elias se sentiu muito sozinho, ele desejou morrer. Mas Deus disse a ele que ainda haviam 7.000 servos fiéis (1Rs 19:4, 14, 18). Não estamos sozinhos  em nossa batalha contra o mal. Quando você se sentir solitário, busque outros que creem em Deus para força e apoio. Life Application Study Bible Kingsway.

2-4 Podemos ser tentados a acreditar que mentiras são relativamente inocentes, mesmo úteis às vezes. Mas Deus não releva mentiras, bajulação, enganos ou ostentação. Cada um desses sinais de originam de uma má atitude que é eventualmente expressa em nossa fala. A língua pode ser nosso maior inimigo porque, apesar de pequena, pode causar grande dano (Tiago 3:5). Seja cuidadoso em como você usa a sua. Life Application Study Bible Kingsway.

2 coração fingido. Alguém que pensa em uma coisa e diz outra. CBASD, vol. 3, p. 741.

corte. Terminar com (a mutilação física não está em vista). Bíblia de Estudo NVI Vida.

língua. Os ímpios usam a palavra para atingir seus propósitos malignos e se armam com mentiras e enganos. Em vez de usar abertamente a violência, eles confiam em seu poder de persuasão e usam para propósitos desprezíveis o dom que Deus designou para trazer bênçãos à humanidade. … O ser humano deveria reconhecer que esse dom é uma de suas maiores responsabilidades. CBASD, vol. 3, p. 742.

quem é senhor sobre nós? Muitos que admitem a responsabilidade por suas ações não estão dispostos a assumir qualquer responsabilidade por suas palavras. Esses deveriam considerar a advertência do Salvador (Mt 12:37). CBASD, vol. 3, p. 742.

Eu Me levantarei. Quando chegar o tempo de Deus intervir, depois de os opressores terem tido oportunidade suficiente para revelar suas intenções malignas, Deus trará Seu juízo (ver Êx 2:24). É frequente nos salmos o uso do verbo “levantar” para indicar a intervenção divina em favor de Seus filhos oprimidos (v. Sl 3:7; 9:19; 10:12). CBASD, vol. 3, p. 742.

As palavras do SENHOR são palavras puras. Em contraste com as mentiras dos ímpios mencionadas nos v. 2 a 4, as palavras de Deus são ditas sem qualquer falsidade. CBASD, vol. 3, p. 742.

7 depurada sete vezes. Como ocorre com seu emprego em outras línguas orientais, “sete” é símbolo de perfeição, de plenitude. CBASD, vol. 3, p. 742.

Metáfora da depuração de metais preciosos para remover qualquer impureza … O número sete simboliza perfeição e complitude. As palavras de Deus não tem mistura de falsidade (ver 19:10). Andrews Study Bible.

entre os filhos dos homens a vileza é exaltada. Quando os governantes são corruptos, abundam os malfeitores. A corrupção passa dos governantes para os governados. Apesar deste final realista, o tom geral do salmo é de confiança  de que Deus defenderá o inocente. CBASD, vol. 3, p. 742.

Davi está confiante, embora os ímpios pensem, no momento presenta, que exercem o domínio (cf. v. 1-4). Bíblia de Estudo NVI Vida.




%d blogueiros gostam disto: