Reavivados por Sua Palavra


DIA 8 -10 DIAS DE ORAÇÃO – O RESGATE DOS AUTOCONFIANTES by Maria Eduarda
13 de fevereiro de 2020, 11:22
Filed under: Sem categoria



SALMO 11 by Jeferson Quimelli
13 de fevereiro de 2020, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/11

Um amado familiar meu foi investigado devido a falsas acusações feitas contra ele. Isso causou um grande transtorno em nossas vidas e nos trouxe enorme dor. O que as pessoas diziam em suas tentativas de confortar-nos, algumas vezes tornava-se um aborrecimento a mais.

Este salmo aborda essa preocupação. No meio de uma crise, ter a certeza de que Deus é justo e sabe todas as coisas pode ser o único conforto que temos. Há poucos lugares reais de refúgio neste mundo. Saber que Deus é soberano, às vezes, pode ser o nosso único conforto.

O mundo julga de uma maneira rápida e superficial. Deus julga levando em conta tudo o que está envolvido. Ele dará a justa recompensa a cada um. Os justos verão o Seu rosto, um rosto cheio de amor e compaixão. Que maravilhosa promessa!

Lisa Clark Diller
Diretora Depto História e Ciências Políticas
Southern Adventist University – EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=735
Tradução: Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



SALMO 11 – COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda



SALMO 11 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
13 de fevereiro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 11 – Dias críticos… Situações complicadas… Momentos difíceis… O que fazer? A quem recorrer? Em quem confiar?

• Quando os fundamentos morais estão ruindo, quando os princípios de um lar feliz, amoroso e harmonioso estão desaparecendo, quando a verdadeira religião não é base para as maiores e principais de decisões… Como proceder?

• Quando fazer o certo é opor-se à maioria, quando ser honesto é raridade, quando ser fiel é estar na contramão deste século da traição e da corrupção, quando responsáveis pelo cumprimento das leis favorecem aos injustos e desprezam aos justos… como reagir?

Neste mundo onde reina alta periculosidade, onde vai alta a maré da imoralidade, onde multiplicam-se as maldades, não há lugar para refugiar-se senão no Deus de toda santidade. Portanto, nossas cidades e inclusive igrejas, precisam tomar mais atitude e buscar mais a Deus com mais seriedade.

Confiar em Deus significa refugiar-se nEle; e refugiar-se nEle significa ser protegido das atrocidades que acontecem nesse planeta que vai de mal a pior, despencando ladeira abaixo dos princípios divinos às práticas diabólicas.

O fato de o Senhor estar em Seu Santo Templo é a garantia de que Ele – não os ímpios – está no controle. O Santo Templo é o Quartel General de comando do Universo, o lugar que Lúcifer intentou conquistar; como não logrou, intentou colocar seu trono aqui na Terra, mas Jesus morreu na cruz e obteve novamente todo o poder no Céu e na Terra sem deixar nada para Satanás (Mateus 28:18).

Agora, Satanás só tenta fazer estragos no reino de Deus, porém, já está com os dias contados com todos os seus aliados (Mateus 25:41; Apocalipse 12:12).

O ímpio ama a violência, consequentemente terá de lidar com fogo, enxofre e vento abrasador; em contrapartida, aquele que ama a justiça contemplará a radiante face do Deus Salvador.

Portanto, como Davi, quando fugia de Saul, devemos aprender a confiar…

• …unicamente em Deus (vs. 1-3);
• …que Deus vê, examina e prova antes de sentenciar (vs. 4-6);
• …que Deus é justo e salvará os retos de coração (v. 7).

Ao provar a humanidade, Deus sonda com profundidade: Aqueles que vivem em iniquidade são condenados e banidos de Sua presença; porém, quem viver em santidade será protegido, absolvido e conduzido a Sua presença por toda eternidade! – Heber Toth Armí.



SALMO 11 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
13 de fevereiro de 2020, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Porque o Senhor é justo, Ele ama a justiça; os retos Lhe contemplarão a face” (v.7).

O Salmo onze tem sete versículos. Perfeito! Ainda mais perfeita, porém, é a mensagem deste Salmo. “No Senhor me refugio” (v.1), inicia o salmista Davi. Pois para quem tem a Deus como refúgio, não tem de temê-Lo como Juiz. Do “Seu santo templo” (v.4), o Senhor contempla tudo o que acontece no mundo, e também em nosso coração. As provas não são para reprovação, mas para fortalecer o justo e resgatar o ímpio (v.5). Mas chegará o dia em que a graça dará lugar ao juízo (v.6, Ap.20:9) e todos aqueles que não largaram o pecado, receberão o que não foi preparado para ser humano algum, mas “para o diabo e seus anjos” (Mt.25:41).

O amor de Deus não faz acepção de pessoas, Ele ama a todo o mundo (Jo.3:16). Mas a justiça de Deus deve fazer diferença entre a maldição e a bênção, entre a vida e a morte. E esta mesma escolha, o Senhor também nos propõe: “te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência” (Dt.30:19). Como, então, escolher a vida e a bênção? “Amando o Senhor, teu Deus, dando ouvidos à Sua voz e apegando-te a Ele; pois disto depende a tua vida e a tua longevidade” (Dt.30:20). Isto é, amados, precisamos:

1° Amar a Deus;

2° Dar-Lhe ouvidos, obedecê-Lo;

3° Apegar-nos a Ele, mantendo um relacionamento diário com o nosso Deus.

Resumindo: andar nos passos de Jesus.

Seguir pelo caminho reto não é fácil, e muitas vezes as provas o tornam nada convidativo. Mas quando conhecemos verdadeiramente Aquele que nos guia e que nos espera no final da estrada, olhamos para o caminho largo e atrativo deste mundo e ele já não nos encanta mais, porque o nosso maior desejo é ver a Cristo, o nosso Senhor e Salvador, face a face (v.7). Na prática de Sua amável justiça (v.7), Deus autorizou a maior injustiça que já houve neste mundo: a morte do Justo. O Inocente morreu pelos culpados. Somos justificados por meio dAquele que nos amou. Se permanecermos em Cristo, em breve, a Sua justiça abrirá nossos olhos para vê-Lo e estaremos para sempre no eterno refúgio. Prepara-te para ver o teu Salvador! Vigiemos e oremos!

Bom dia, imitadores de Cristo!

10 DIAS DE ORAÇÃO, 8° dia: Ore para encontrar novas oportunidades para testemunhar de sua fé a cada dia e por seus amigos de oração.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo11 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 11 – COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
13 de fevereiro de 2020, 0:10
Filed under: Sem categoria



SALMO 11 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
13 de fevereiro de 2020, 0:05
Filed under: Sem categoria

474 palavras

Como fugitivo no deserto de Zife, Davi foi encorajado por uma visita inesperada de Jônatas. Os dois conversaram e “fizeram aliança perante o SENHOR” (1Sm 23:16-18). Após a visita, Davi cantou o Salmo 11 (ver PP, 660, 661). Com este salmo, Davi expressou sua absoluta confiança na proteção divina numa hora qm que sua vida estava ameaçada e ele foi advertido a continuar fugindo. … O principal tema é a confiança do salmista no cuidado de Deus. … Diz-se que Maria, rainha da Escócia, recitou o Salmo 11 ao se ajoelhar na plataforma enquanto aguardava a execução. Na hora da dificuldade, esse salmo também pode expressar nossa confiança em Deus. CBASD, vol. 3, p. 740.

Às vezes, quando os funamentos parecem prestes a ruir, o auxílio vem dos lugares menos prováveis. O poder todo-abrangente de Deus é tão certo hoje quanto nos dias de Davi. Deus revela Seu amor para pessoas tentadas a fazer movimentos inconsequentes, encorajando-as a confiar no cuidado divino e a restaurar os muros prestes a cair. Para estes, chegará o tempo no qual cavalgarão nos lugares altos da Terra. CBASD, vol. 3, p. 739.

1 Foge, como pássaro. Quem pode encontrar o passarinho que busca segurança na mata e nas frestas das rochas? Para os hebreus, que sem dúvida, algumas vezes, se refugiaram em cavernas, esta representação deve ter sido muito vívida. Davi vive com serenidade porque se refugia em Deus. Essa ideia é frequente nos Salmos. CBASD, vol. 3, p. 740.

às ocultas. Literalmente, “na escuridão”, portanto, secretamente, quando a vítima está despercebida. CBASD, vol. 3, p. 740.

os fundamentos. Estes podem ser considerados como os princípio sobre os quais se estabelece um bom governo: respeito pela verdade e justiça. … Se o rei e seus conselheiros desprezam o que deveriam exaltar, o colapso é inevitável. O justo só poderá estar seguro se fugir. CBASD, vol. 3, p. 740.

nos céus. Comparar com Hc 2:20. Visto que Deus está no Céu, o salmista não tem nada a temer. Os perseguidos têm um protetor a quem podem sempre apelar. CBASD, vol. 3, p. 740.

Suas pálpebras sondam. Embora Deus esteja no Céu, Ele conhece as ações de Seus filhos na Terra. CBASD, vol. 3, p. 740.

ao que ama a violência, a Sua alma o abomina. Devido à Sua natureza, Deus odeia o mal. A existência do mal no ser humano é ofensiva. A ideia é expressa na linguagem humana, na qual o pecado e o pecador são considerados idênticos (ver Is 1:14; ver com de Sl 2:4). CBASD, vol. 3, p. 740.

cálice. De forma figurada, Deus estende aos ímpios um cálice para beber. Na Grécia antiga, era costume ordenar aos condenados que bebessem de um cálice que continha veneno. Nas Escrituras, o cálice com frequência representa o destino do ímpio (ver Sl 75:8; Ap 14:10; 16:19). CBASD, vol. 3, p. 740.

os retos Lhe contemplarão a face. A confiança de que, finalmente, desfrutará comunhão com Deus no Céu sustentava a fé do salmista no cuidado diário de Deus. CBASD, vol. 3, p. 741.




%d blogueiros gostam disto: