Reavivados por Sua Palavra


Dia 7 -10 DIAS DE ORAÇÃO – O RESGATE DOS ARREPENDIDOS by Maria Eduarda
12 de fevereiro de 2020, 12:13
Filed under: Sem categoria



SALMO 10 by jquimelli
12 de fevereiro de 2020, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/10

Por que as pessoas que parecem se preocupar somente consigo mesmas se saem tão bem neste mundo? Isso parece ir contra os princípios de prosperidade estipulados no concerto do Antigo Testamento.

Este Salmo não nos diz qual é o plano específico de Deus com relação a justiça. Sempre há o perigo de que em nossas orações, pedirmos a Deus para fazer algo que viola o seu imenso amor para com todos os seus filhos. Nós muitas vezes o vemos como estando do “nosso” lado e contra “eles”, quando só Deus sabe toda a história daqueles que vemos como nossos inimigos.

Sabemos que o amor e a justiça de Deus triunfarão. Mas não sabemos exatamente de que maneira Deus irá manifestar o seu amor e a sua justiça.

Quando em nossa dor clamamos a Deus, podemos ter certeza de que seremos ouvidos. Ele nos ouve e a seu tempo irá nos atender e consertar o que está errado.

Lisa Clark Diller
Diretora Depto História e Ciências Políticas
Southern Adventist University – EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=734
Tradução: Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



SALMO 10 – COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda



SALMO 10 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
12 de fevereiro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 10 – Quem vive distante de Deus certamente não terá prazer em estudar a Bíblia. Uma sociedade desprovida de Deus é uma sociedade repleta de características que destroem a paz, a felicidade e a vida.

Além disso, Vivemos dias críticos não só pela incredulidade das pessoas. Martin Luther King destacou que…

“O mais perigoso tipo de ateísmo não é a ateísmo teórico, mas o ateísmo prático. Este é o mais perigoso tipo. E o mundo, e mesmo a igreja, está repleta de pessoas que prestam culto com os lábios em lugar de um culto com a vida”.

Viver divorciado de Deus significa ter casos com o diabo. Não há meio termo, nem ausência de compromissos: Ou estamos comprometidos com Deus ou estamos disponíveis para o diabo. O aumento da periculosidade e a proliferação da imoralidade e corrupção na sociedade revelam o distanciamento de Deus e Sua Palavra.

Neste Salmo, que é uma oração, três lições saltam a nossa mente:

1. Os servos de Deus sentem-se desamparados e incomodados neste mundo pela iniquidade prolongada dos perversos pecadores, dos injustos exploradores, dos indiferentes a Deus e dos gananciosos corruptos que prosperam mais que os honestos e piedosos (vs. 1-11).

2. Deus, embora soberano, está a favor do pobre, dos indefesos e injustiçados que O buscam; por atender ao clamor destes, Deus está contra os cruéis, e castigará o pecado em todas as suas formas: Atos, palavras e atitudes contra Deus e Seus filhos (vs. 12-16).

3. A oração dos justos proferida com sinceridade move a mão onipotente para frear a maré de maldade e pôr limite à enxurrada de perversidades que se praticam na sociedade (vs. 17-18).

Os justos lamentam as práticas injustas praticadas dentro e fora da igreja. Os honestos e morais gemem pela podridão colossal na sociedade e no governo. Os servos de Deus são intolerantes a toda sorte de práticas contrárias aos princípios da Palavra de Deus; consequentemente, clamam a Deus por intervenção (ver Ezequiel 9:4; Salmo 119:134-136). Tais petições serão devidamente atendidas pelo Deus de toda justiça (Ezequiel 9:5-6; Apocalipse 20:4).

Seja crente de verdade! Anseie pela justiça! – Heber Toth Armí.



SALMO 10 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
12 de fevereiro de 2020, 0:30
Filed under: Sem categoria

“O perverso, na sua soberba, não investiga; que não há Deus são todas as suas cogitações” (v.4).

Neste Salmo, cuja autoria não é designada a Davi, é suscitada a justiça de Deus para com os pobres, os desamparados e os órfãos. Por mais que o perverso os aflija, há um Deus que os defende (v.14), que lhes fortalece o coração (v.17) e que lhes fará justiça (v.18).

O verso quatro traz realidades tristes e completamente atuais:

1. A soberba humana. Quando o homem deposita a sua confiança em si mesmo, considerando-se autossuficiente;

2. A falta de interesse em conhecer a Deus. Em que o estudo da Palavra é negligenciado, dando lugar a filosofias e vãs sutilezas (Cl.2:8);

3. Então, o resultado torna-se inevitável: Deus não tem mais lugar na vida de quem não O busca. O engano arrebata o coração e suas ações tornam-se opressoras e cruéis.

Quando Paulo escreveu a sua primeira carta a Timóteo, deixou-lhe um conselho que todo crente em Cristo deve tomar para si: “guarda o que te foi confiado, evitando os falatórios inúteis e profanos e as contradições do saber, como falsamente lhe chamam, pois alguns, professando-o, se desviaram da fé” (1Tm.6:20-21). Precisamos ter muito cuidado com o que andamos ouvindo e ocupando a nossa mente. Lembrem-se que a Bíblia não chama de ímpio e de perverso apenas os homicidas, ladrões e blasfemadores, mas ímpio é todo aquele que, mesmo professando conhecê-Lo, não anda de acordo com a vontade de Deus (Tt.1:16).

Os judeus da época de Cristo estudavam as Escrituras a fim de encontrar ocasião para condenar os outros e não para conhecer Aquele que veio salvá-los. Suas ações manifestavam grande zelo pela lei, mas nenhuma misericórdia pelo próximo. O salmista clamou: “Levanta-Te, Senhor! Ó Deus, ergue a mão! Não te esqueças dos pobres” (v.12). E quando Cristo esteve aqui, Ele mesmo Se fez pobre, andando entre os necessitados e rejeitados de Israel. Sua vida foi o perfeito exemplo de como devemos proceder e de como Deus nos ama sem fazer “acepção de pessoas” (Rm.2:11).

Meus irmãos, temos em mãos a santa Palavra de Deus e devemos examiná-la, investigá-la, deixando de lado qualquer soberba, para que todas as nossas cogitações sejam para declarar: “O Senhor é Rei eterno”! (v.16). Estamos vivendo no limiar dos tempos, quando há fome e sede da Palavra de Deus, mas ao mesmo tempo há cegueira espiritual e hipocrisia entre muitos que professam o nome do Senhor. As igrejas estão lotadas, mas poucos têm buscado a Deus de todo o coração e procurado conhecê-Lo. E será sobre estes poucos que sobrevirá incomparável poder e confiança inabalável. Suas vozes ecoarão e lugares e pessoas que nunca tinham ouvido a mensagem de salvação serão alcançados. Muitos ocuparão o lugar daqueles que viviam um cristianismo sem esforço (Lc.13:24). A colheita atingirá o seu ponto máximo (Ap.14:17-20) e todos verão “a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não O serve” (Ml.3:18).

Então, Cristo dará a ordem: “Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se” (Ap.22:11). Ainda que o povo de Deus seja fustigado pela “vara” de Babilônia nestes últimos dias, não receberá sobre si nenhum dos males que Deus fará cair sobre ela (Leia Ap.16). O ai começou (Ap.11:14), e com ele a certeza da vitória daqueles que amam a Deus, “os que venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram” (Ap.12:11). Dentre em pouco, o que disse o salmista se cumprirá (v.15) e ninguém mais poderá infundir terror aos pequeninos do Senhor (v.18). A longanimidade de Deus (1Pe.3:9) dará lugar ao Seu juízo, e Cristo virá buscar os que são Seus.

Portanto, amados, sigamos a ordem do nosso Mestre: “Vigiai, pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que têm de suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem” (Lc.21:36). Vigiemos e oremos!

Bom dia, filhos do Rei Eterno!

10 DIAS DE ORAÇÃO: Ore para Deus lhe dar vitória diante das tentações e por seus amigos de oração.
* Deixe nos comentários o seu pedido de oração. #EuOroPorVocê

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo10 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 10 – COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda



SALMO 10 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
12 de fevereiro de 2020, 0:05
Filed under: Sem categoria

616 palavras

Em quatro manuscritos hebraicos, na LXX [tradução do AT para o grego] e na Vulgata [tradução para o latim do AT e NT], os Salmos 9 e 10 são um só, que é enumerado Salmo 9. … Os dois salmos se assemelham quanto à descrição dos inimigos de Deus, mas no Salmo 10 os inimigos oprimem o irmão mais fraco da nação de Israel. Enquanto o Salmo 9 tem muito louvor e gratidão, o 10 é um apelo para que Deus vingue o oprimido e destrua seus opressores. … Há dez estrofes, as primeiras seis caracterizam os inimigos, as últimas quatro apelam a Deus por livramento. CABSD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 736.

longe. O salmo começa com  relato dramático da aparente indiferença de Deus para com a tribulação do salmista no momento preciso em que mais se espera a intervenção divina. CABSD, vol. 3, p. 736.

arrogância. Os v. 2-11 apresentam uma impressionante enumeração das características dos inimigos. CABSD, vol. 3, p. 736.

avarento. Avareza é idolatria. CABSD, vol. 3, p. 736.

4-6 A riqueza é temporária. Não é necessariamente um sinal da aprovação de Deus na vida de uma pessoa; nem sua ausência é um sinal da desaprovação de Deus. Não deixe a riqueza ou a falta dela se tornar sua obsessão. Veja em Provérbios 30:7, 8 uma oração que você pode fazer. Life Application Study Bible Kingsway.

que não há Deus são todas as suas cogitações. A ideia expressa nesta passagem não é necessariamente que o ímpio negue a existência de Deus, mas que ele não si importa com esse fato. … A constante repetição da ideia o torna praticamente um ateu, embora se duvide de que seja possível alguém se tornar um ateu absoluto. CABSD, vol. 3, p. 737.

São prósperos os seus caminhos. Devido ao êxito em praticar o mal, o ímpio imagina que isso continuará e que ele pode seguir impune com sua obra perversa.Com frequência os que o observam pensam o mesmo (ver Jó 12:6; Jr 12:1). Esse é um dos grandes problemas discutidos no AT. CABSD, vol. 3, p. 737.

vilas. Pode ser uma referência a vilarejos sem muros, com casas e construções em lugar aberto … O ímpio se aproxima furtivamente desses lugares para roubar e atacar a pessoa que entra e sai. CABSD, vol. 3, p. 737.

11 Diz ele. O ímpio age como se Deus não o visse (ver com. do v. 4). A convicção de que Deus observa tudo deveria ser um dos maiores freios contra o mal. CABSD, vol. 3, p. 737.

Existe uma incompatibilidade entre arrogância cega e a presença de Deus em nossos corações. Isto causa a retirada da influência de Deus de nossas vidas.Quando a presença de Deus é bem recebida, não há espaço para o orgulho porque ela nos torna conscientes de nossa verdadeira condição. Life Application Study Bible Kingsway.

13 Deus não se importa. A crença de que não haverá ajuste final de contas explica em parte a existência de tanta maldade no mundo. A convicção de que o dia do juízo virá, no qual Deus será o juiz, é em si um grande freio para o mal. CABSD, vol. 3, p. 737.

14 porém, o tens visto. A crença arrogante do ímpio, de que Deus não observa a má conduta do ser humano, é negada de forma veemente pelo salmista. Portanto, o necessitado pode, com segurança, deixar sua causa nas mãos de Deus, com toda a certeza de que a justiça será feita. CABSD, vol. 3, p. 737.

órfão. Símbolo dos que são presa fácil para o voraz e, por isso, precisam da ajuda de Deus. CABSD, vol. 3, p. 737.

17 o desejo dos humildes. O desejo dos humildes é se libertar da opressão. CABSD, vol. 3, p. 738.

18  fazeres justiça. O salmo se encerra com uma nota de confiança absoluta de que Deus vingará o oprimido. Pela fé isso é considerado fato consumado. CABSD, vol. 3, p. 738.




%d blogueiros gostam disto: