Reavivados por Sua Palavra


Dia 05 -10 DIAS DE ORAÇÃO – O resgate dos perdidos by Maria Eduarda
10 de fevereiro de 2020, 9:11
Filed under: Sem categoria



SALMO 8 by Jeferson Quimelli
10 de fevereiro de 2020, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/8

James Limburg chamou este capítulo de “um salmo para observadores de estrelas”. Dê uma olhada lá fora em uma noite clara e tente contar as estrelas. Quando olho para a vastidão do espaço, começo a perceber como sou pequeno. Quem sou eu? Por que estou aqui? Eu tenho importância neste grande universo? Todos temos uma necessidade inerente de nos sentirmos importantes e validados.

“Que é o homem, para que com ele te importes? (v.4 NVI). A criação nos ensina que somos importantes. Deus nos coroou com glória e honra.

A maioria dos jovens de hoje só aprendeu sobre a evolução e nunca lhes foi mostrado seu verdadeiro propósito em existir. A ocorrência de ansiedade, depressão e suicídio alcança níveis epidêmicos. E se as pessoas soubessem que há uma razão para a vida?

Quando comparada à vastidão do espaço, posso me sentir insignificante. Mas Deus me criou à Sua imagem. Meu Abba que numera e chama cada estrela pelo nome também sabe o meu nome. Nada mais na criação foi criado para se parecer com Ele! Nós somos Sua obra-prima. Seu amor e misericórdia estão por toda a parte se levarmos apenas um momento para considerar o trabalho de Seus dedos.

“Senhor, Senhor nosso, como é majestoso o teu nome em toda a terra! (v.9 NVI)”.

Cheri Holmes
Enfermeira
Lynden, Washington EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=732
Tradução: Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



SALMO 8 – COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
10 de fevereiro de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria



SALMO 8 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
10 de fevereiro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 8 – Nesta vida agitada, corrida e estressante, tire tempo para observar demoradamente o céu durante uma noite sem nuvens. Se possível, vá a um lugar sem luz para que nada ofusque o maravilhoso brilho dos astros siderais.

Ali reflita: Qual é o tamanho do universo? Quão organizado é o espaço sideral? Quem fez tudo isso? Francis Bacon disse que “um pouco de filosofia leva a mente humana ao ateísmo, mas a profundidade da filosofia leva-a para a religião”.

Davi, certa vez olhou ao céu estrelado, refletiu… e, então, concluiu com uma frase que abre e fecha seu Salmo: “Eterno, majestoso Senhor, teu nome é famoso em toda a terra!” (vs. 1, 9).

Entre esses dois versículos iguais, o poeta considerou três temas:

1. As crianças de peito que abafam a fala dos inimigos e silenciam “a conversa fiada dos ateus” (v. 2);
2. Os céus que revelam a grandiosidade de Deus e Sua preocupação com criaturas insignificantes como os seres humanos (vs. 3-4);
3. Os seres humanos criados com grandes capacidades que superam aos animais, com tantas habilidades que quase se equiparam a Deus (vs. 5-8).

“Lida propriamente, a Bíblia é a força mais potente para o ateísmo jamais concebida”, declarou Isaac Asimov. O problema é que, muitos que a leem, o fazem superficialmente.

Outro problema é a leitura equivocada que muitos fazem da natureza, isso quando a observam. Pois, quantos tiram tempo para observar a beleza da natureza? Quantos meditam profunda e sinceramente na sabedoria por trás de cada detalhe natural? “O grande livro divino da natureza acha-se aberto ao nosso estudo, e dele temos de tirar ideias mais elevadas de Sua [de Deus] grandeza e Seu inexcedível amor e glória”, alerta-nos Ellen G. White.

Ao contemplar o espaço infindo o ser humano sente-se minúsculo e insignificante; contudo, ao atentar à revelação escrita, é possível concluir que Deus, sendo maior que o espaço infindo, Se importa com cada pessoa deste planeta. Isso é admirável!

O milagre da vida de um bebê que cresce, aprende falar e cantar; as inúmeras maravilhas no espaço sideral; e, a fantástica “maquinaria” do corpo humano revela que o Inventor/Criador é fantástico, ainda mais por dar atenção a pecadores como nós!

Deus é maravilhoso! Reavivemo-nos! Alegremo-nos! – Heber Toth Armí.



SALMO 8 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
10 de fevereiro de 2020, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Quando contemplo os Teus céus, obra dos Teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, que dele Te lembres? E o filho do homem que o visites?” (v.3-4).

“Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança” (Gn.1:26) foi a Palavra de Deus que deu origem ao primeiro ser humano: Adão. E tudo o que foi criado, foi dado à humanidade para que sejamos Seus administradores. Deus nos concedeu o domínio de tudo o que Ele criou pelo poder de Sua Palavra. Por meio de Sua criação podemos contemplar a majestade do Senhor e perceber a nossa pequenez diante de tão grandes feitos.

Que é o homem para que Deus se preocupe com ele? Quem somos nós diante da Majestade dos Céus? Mas Ele escolheu nos amar, pois “Ele nos amou primeiro” (1Jo.4:19). E por isso nos coroou “de glória e de honra” (v.5). O Senhor mesmo diz que nos criou para a Sua glória (Is.43:7). Fomos criados para glorificar o nome de Deus desde o nosso nascimento. E é “da boca de pequeninos” (v.2) que Deus é louvado com perfeição.

Quando Cristo esteve entre nós, foram as crianças e não os doutores da lei que O reconheceram como digno de louvor (Mt.21:15-16). Quando perdemos o contato direto com o Invisível, quando perdemos a capacidade de olhar para o céu e pensar em “quão magnífico em toda a terra” (v.1) é o nome do Senhor, quando permitimos que coisas sejam mais importantes do que pessoas, corremos o sério risco de, mesmo sendo testemunhas oculares das maravilhas de Deus, nos indignar com aqueles que, de coração contrito, e com toda a vida, louvam o nome do Senhor (Mt.21:15).

O verso dois tem um contexto profético, mas também nos traz uma grande lição espiritual. Não basta ser conhecedor da Bíblia, é preciso andar de forma que a nossa vida seja um perfeito louvor a Deus, fazendo “emudecer o inimigo e o vingador” (v.2). Quando procuraram algo para acusar Daniel, “ele era fiel, e não se achava nele nenhum erro nem culpa” (Dn.6:4). Onde Jesus chegava, a luz dos Céus O acompanhava. Quando Estevão foi levado ao Sinédrio, o seu rosto brilhava como a face de um anjo (At.6:15). Quando Pedro e os demais discípulos falavam, os líderes judeus não tinham como negar o poder de Deus na vida deles (At.4:16).

Assim como o mundo deve olhar para os céus e glorificar a Deus, assim como deve olhar para os astros e glorificar Aquele que os criou, assim como toda a natureza deve ser uma revelação da magnificência do Senhor, a vida do cristão deve ser a luz do mundo, “para que vejam as suas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus” (Mt.5:16). Seja a nossa vida uma constante declaração: “Ó Senhor, Senhor nosso, quão magnífico em toda a terra é o Teu nome!” (v.9). Vigiemos e oremos!

Bom dia, luz do mundo!

10 DIAS DE ORAÇÃO, 5° dia: Ore para que Deus lhe dê disposição para estudar Sua Palavra a cada dia e por seus amigos de oração.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo8 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 8 – COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda



SALMO 8 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
10 de fevereiro de 2020, 0:05
Filed under: Sem categoria

437 palavras

Este “Cântico da noite estrelada”, como foi chamado o poema, testemunha o fato de o poeta hebreu não ver a natureza como um fim em si mesma, mas sempre como uma revelação do Criador. O salmo  também foi chamado de “Um salmo em louvor da dignidade do homem”. Nele, o poeta sob o céu estrelado e a luz da lua, contempla, admirado, as obras de Deus na natureza. Diante da vastidão, percebe a insignificância do ser humano. Contudo, assim que se apercebe disso, reconhece a verdadeira dignidade do ser humano, que é o representante de Deus na Terra. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 729.

Neste hino de louvor, Davi exalta o Senhor por Sua criação dos Céus e especificamente pela criação do homem, dando a ele o domínio sobre as criaturas da terra. Aponta, em última instância, para o Messias (vv. 6-8). Andrews Study Bible.

Porções deste salmo são citadas no Novo Testamento e aplicadas a Cristo (1Co 15:27; Hb 2:6-8). Jesus Se tornou homem, somente um pouco inferior aos seres celestiais (8:5) e Ele elevará todos os que creem nEle acima dos seres celestiais quando Ele vier para reinar sobre o novo Céu e a nova Terra. Jesus é a única Pessoa que reflete perfeitamente a imagem de Deus (Gl 2:20; Cl 1:15). Life Application Study Bible Kingsway.

2 As crianças são capazes de crer e louvar a Deus sem dúvidas ou reservas. Quando ficamos mais velhos, muitos de nós encontramos mais e mais dificuldades para isso. Peça a Deus que lhe dê a fé de uma criança, removendo qualquer barreira que lhe impeça de andar junto a Ele.  Life Application Study Bible Kingsway.

3,4 Ao contemplar o céu com toda a sua majestade, Davi sente-se forçado a perguntar por que Deus escolheria algo tão pequeno e insignificante como é o homem, para ser objeto do Seu especial amor, revelando-se até ás crianças, que passam a louvá-Lo (v. 2). Bíblia Shedd.

Para respeitar a majestade de Deus, devemos comparar nós mesmos com a Sua grandeza. … Sentir-se pequeno é uma maneira saudável de voltar à realidade, mas Deus não quer que nos fixemos em nossa pequenez. Humildade significa o adequado respeito por Deus, não autodepreciação. … Deus criou você  somente … um pouco inferior aos anjos! Na próxima vez que você questionar seu valor como pessoa, lembre-se que Deus considera você de alto valor.  Life Application Study Bible Kingsway.

4-6 Hb 2.6-8, citando a Septuaginta (a tradução do AT em grego), aplica esses versículos a Jesus que, como o Filho encarnado de Deus, é tanto o representante do homem quanto aquele em que o destino determinado para o homem será plenamente realizado. Bíblia de Estudo NVI Vida.




%d blogueiros gostam disto: