Reavivados por Sua Palavra


I REIS 22 by jquimelli
21 de agosto de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/1rs/22

A mensagem de Micaías ergue-se em gritante contraste com as palavras agradáveis dos falsos profetas. Mais uma vez somos levados a apreciar o compromisso inabalável deste fiel homem de Deus, mesmo em face de perseguição e prisão.

A batalha começa, e como Micaías profetizara, Acabe morre em seu carro, numa poça de seu próprio sangue. É um triste final para um homem a quem Deus havia oferecido a salvação tantas e tantas vezes. E assim, a sua vida permanece como uma lembrança para todos nós. Nenhum de nós terá a quem culpar, a não ser a si mesmo, se estivermos perdidos.

Hoje, exatamente agora, nós temos uma escolha. Podemos escolher entre a vida ou a morte. Podemos escolher entre a nossa própria vontade ou a do Salvador. A escolha é sempre nossa e o que escolhermos afetará o nosso destino eterno.

Ao encerrar este comentário sobre o livro de 1 Reis, notamos repetidas referências bíblicas sobre filhos seguindo as pegadas dos pais (v. 43 e 53). Como pais, nossa responsabilidade é grande – grande demais para que a carreguemos sozinhos. Que seja sempre o nosso desejo levar nossos filhos a amar e conhecer a Jesus, enquanto seguramos firme na mão de Deus. Nossas crianças estão sempre nos observando, e eles nos imitarão um dia. Que possamos sempre, portanto, procurar imitar a Cristo. Amém.

Charissa Fong
Sydney, Austrália

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=559
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I REIS 22 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
21 de agosto de 2019, 0:55
Filed under: Sem categoria



I REIS 22 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
21 de agosto de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Ainda que reis deste mundo reinam e governadores perversos, imorais e exploradores administrem politicamente, Deus está soberanamente acima deles sem perder o controle da história.

O primeiro livro dos Reis encerra com este capítulo. Sua conclusão deixa claro que, embora os reis reinassem em Israel, seja no norte ou no sul, Deus esteve sempre no trono. Mesmo quando parecia que Acabe e Jezabel mandavam sobre tudo e sobre todos perversamente, Deus estava no trono do Universo e no controle do Planeta azul e de Seu povo.

Destaco, o que para mim é a cereja do bolo deste livro e deste último capítulo. Com palavras inspiradas Micaías ergueu-se destemidamente e proclamou:

“Vi o Eterno em Seu trono,
E todos os anjos do exército celestial
Ao seu redor,
À direita e à esquerda”.

Deus rege o mundo assim como um maestro rege um grande coral. Deus tem as rédeas da história mundial. Deus tem o controle de tudo, mesmo quando tudo parece ter saído do controle. Ele está conduzindo a história a um clímax indescritível. É como um cirurgião que sabe o mal que deve tirar de um corpo, e corta tudo o que não presta para que a pessoa fique saudável.

• Deus reina mesmo quando pessoas como Acabe assumem governos terrestres negligenciando todos os princípios do reino dos Céus (vs. 5-28);
• Deus reina mesmo quando se intenta com planos bem estratégicos desviar-se das profecias de profetas verdadeiros (vs. 1-4, 29-34);
• Deus reina mantendo a Sua Palavra de que preservaria os descendentes de Davi no trono da nação de Seu povo (vs. 41-50);
• Deus reina até mesmo quando se levantam pessoas piores que Acabe e Jezabel para reinar após o trono ficar desocupado devido à morte do pai (vs. 51-53).
• Deus reina retirando a verdade das pessoas, assim falarão mentiras como se fossem verdades por ignorarem e desprezarem completamente a verdade revelada (vs. 6-22);
• Deus reina mesmo quando Seu profeta é esbofeteado e encarcerado por falar a verdade, quando a maioria está contra Sua revelação e despreza Sua mensagem (vs. 24-28);
• Deus reina ao cumprir ao pé da letra as claras profecias enviadas através de Seus profetas (vs. 37-38).

Sejamos súditos do reino de Deus hoje e sempre. Seu reino será eterno! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



1REIS 22 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
21 de agosto de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Respondeu Micaías: Tão certo como vive o Senhor, o que o Senhor me disser, isso falarei” (v.14).

Todos nós gostamos de ouvir o que nos agrada. A natureza humana não tem prazer na repreensão e, muitas vezes, perdemos de vista a chance de acertar. Acabe e Josafá resolveram unir forças para pelejar contra o rei da Síria a fim de reconquistar para Israel a terra de Ramote-Gileade. E como um só povo, Israel e Judá lutariam juntos. Mas, assim como foi com Elias, hoje vemos uma outra disputa entre profetas. Aqueles 400 homens faziam diante de Acabe e de Josafá uma verdadeira apresentação teatral. Mas aquele que conhece bem o verdadeiro, logo sabe identificar o falso.

Ainda havia restado um profeta do Senhor chamado Micaías. Até então, Acabe não tinha cogitado a possibilidade de chamá-lo, mas Josafá sabia reconhecer um profeta de Deus, pois era temente a Deus e “fez o que era reto perante o Senhor” (v.43), e aqueles homens patéticos, liderados por Zedequias “chifres de ferro” (v.11), definitivamente, não eram profetas de Deus. Micaías foi chamado à contra gosto de Acabe, pois dizia: “…eu o aborreço, porque nunca profetiza de mim o que é bom, mas somente o que é mau” (v.8).

Já na presença de Acabe, Micaías disse ao rei exatamente o que os falsos profetas haviam dito. Mas até Acabe reconheceu que ele estava escondendo a verdade de fato. Só então, o homem de Deus manifestou as palavras do Senhor de uma forma grandiosa. Sua fala inclui uma visão do trono de Deus e uma espécie de parábola acerca de um “espírito mentiroso” enviado por Deus para falar através dos 400 profetas. Uma ilustração de que o Senhor permite que a mentira siga o seu curso e produza os seus resultados, pois assim a verdade pode brilhar. Micaías foi usado por Deus para dar uma última oportunidade a Acabe, mas o rei não deu o braço a torcer. Agarrou-se com a “paz” profetizada por seus profetas fajutos, e morreu debaixo de seu inútil disfarce.

Meus amados, hoje existem mais de quarenta mil denominações cristãs, todas afirmando que seguem a Jesus. Mas será que todas elas falam a verdade? Mas o que é a verdade, tão temida por Acabe? Ela realmente é para ser temida? Vejamos o que o próprio Jesus afirmou: “e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo.8:32). Ora, se a verdade liberta, porque então tem sido tão negligenciada? Porque a verdade confronta com os nossos desejos carnais. Porque a verdade diz que eu não posso odiar meu irmão, nem desejar alguém que não seja o meu cônjuge, nem fazer o que eu bem quiser. Compreendem? A verdade revela o nosso caráter pecaminoso e exige de nós uma firme decisão.

Mas o que é a verdade? A Bíblia diz que a verdade possui cinco colunas:

  1. Deus é a verdade (Jr.10:10);
  2. Jesus é a verdade (Jo.14:6);
  3. O Espírito Santo é a verdade (1Jo.5:6);
  4. A Bíblia é a verdade (Jo.17:17);
  5. Os mandamentos de Deus são a verdade (Sl.119:151).

Estas são as colunas da liberdade! Muitos podem até afirmar que seguem a Deus à sua própria maneira, mas, como Acabe, lá no fundo, sabem que estão errados e que estão longe da verdade. A conclusão da fala de Micaías a Acabe me fez estremecer. Não lhe causou impacto também? Ele encerrou suas palavras, dizendo: “Se voltares em paz, não falou o Senhor, na verdade, por mim”… Agora prestem bastante atenção nesta última frase dita por ele: “Disse mais: Ouvi isto, vós, todos os povos!” (v.28). Não era uma mensagem apenas para Acabe, ou para Israel, mas é uma mensagem para todos nós!

O fim da vida de Acabe revela o resultado da desobediência e da teimosia. Eis o apelo que o Senhor nos faz hoje: “Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-O enquanto está perto” (Is.55:6). Aceite agora o convite de Deus e continue buscando na Bíblia as verdadeiras respostas, porque chegará o tempo, e não está longe, em que os homens “correrão por toda parte, procurando a Palavra do Senhor, e não a acharão” (Am.8:12); “quando vier, porém, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade” (Jo.16:13).  “Ouvi isto, vós, todos os povos!” (v.28). Vigiemos e oremos!

Bom dia, libertos pela verdade!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #1Reis22 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



I REIS 22 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
21 de agosto de 2019, 0:10
Filed under: Sem categoria



I REIS 22 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
21 de agosto de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

765 palavras

para avistar-se. Uma visita oficial; o filho de Josafá já se casara com a filha de Acabe (2Rs 8.18 e 26). Bíblia Shedd.

6 os profetas. É provável que estes não fossem profetas de Baal, visto que seria pouco provável que Acabe insultasse Josafá, que tinha claramente pedido para para se consultar com um profeta de Yahweh, convocando os supostos profetas de um deus pagão. Eles afirmavam falar em nome de Yahweh, mas eram falsos profetas. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 924.

11 chifres de ferro. Símbolo de poder (v. Dt 33.17). Bíblia de Estudo NVI Vida.

14 Tão certo como vive o SENHOR, o que o SENHOR me disser, isso falarei (ARA; NVI: “Juro pelo nome do SENHOR que direi o que o SENHOR me mandar”).

15 Sobe e triunfarás. Micaías surgiu e, com ironia, zombou da declaração dos falsos profetas. “Sobe e triunfarás” – é isso que os profetas estão te dizendo – e “o SENHOR a entregará nas mãos do rei.” Experimente e veja o que vai acontecer. Pode-se ouvir o desprezo e o escárnio na voz de Micaías. CBASD, vol. 2, p. 925.

18 Não te disse eu? Quando um procedimento é mau, um verdadeiro profeta o descreve como tal. A solução não estava na mudança da mensagem por parte do profeta, mas na mudança de conduta por parte do rei. CBASD, vol. 2, p. 926.

22 espírito mentiroso. Na Bíblia, às vezes, Deus é apresentado fazendo o que Ele não impede. O relato é uma parábola. Acabe escolheu ser guiado por falsos profetas, e Deus simplesmente permitiu que fosse guiado por eles para sua ruína. CBASD, vol. 2, p. 926.

24 bofetada em Micaías. O espírito do mal sempre se revela como é. Ele não é gentil, mas duro, cruel e sem misericórdia. CBASD, vol. 2, p. 926.

Por onde saiu de mim o Espírito do SENHOR para falar a Ti? (ARA; BV: “Quando foi que o Espírito do meu Senhor me deixou e falou a você?”). Com essa pergunta irônica, Zedequias dá a entender que um profeta pode ser mentiroso tanto quanto outro. Bíblia de Estudo NVI Vida.

27 até que eu volte em paz. Acabe queria que Israel pensasse que ele não acreditava no profeta e que tinha certeza de que voltaria em segurança. Porém, sua conduta subsequente (v. 30) mostrou que talvez tivesse sérias dúvidas do resultado daquilo com que estava se comprometendo. CBASD, vol. 2, p. 926.

28 Ouvi isto, vós, todos os povos! (ARA; NVI: “Ouçam o que estou dizendo, todos vocês!”).

29 Subiram. Por estar disposto a acompanhar Acabe, Josafá o encorajou a buscar o desastre. Por isso, Josafá recebeu uma reprovação severa do Senhor por ter participado dessa expedição (2Cr 19:2). CBASD, vol. 2, p. 926.

31 Não pelejareis. Esta ordem viera do homem cuja vida Acabe tinha poupado [Ben-Hadade], e, em resultado disso, tinha recebido a reprovação do profeta (1Rs 20:42). CBASD, vol. 2, p. 927.

34 ao acaso. às vezes, as maiores vitórias e derrotas da vida dependem de causas que parecem pequenas. O arqueiro siro, ao disparar seu arco ao acaso, matou um rei e ganhou a batalha. … Porém, conforta saber que nenhuma flecha do destino pode ser lançada sem o conhecimento dAquele que a tudo governa. CBASD, vol. 2, p. 927.

seu cocheiro (ARA; NVI: “condutor do seu carro”). O carro de guerra normalmente levava dois homens – um guerreiro e um condutor. Bíblia de Estudo NVI Vida.

40 descansou Acabe. Depois de tantas obras de construção (39), a glória deste rei se findou quando o sangue real se confundira com as águas do esgoto. Assim é a obra daquele que não constrói segundo o plano divino (Sl 127.1; 1Co 3.10-15). Bíblia Shedd.

43 em todos os caminhos de Asa. Josafá parece ter sido um rei melhor do que seu pai, pois não se diz que ele se desviou de Deus na velhice, como no caso de Asa  (2Cr 16:2-12). CBASD, vol. 2, p. 927.

48 em Edom … reinava um governador. Edom ainda sob o domínio de Judá; visto ter Davi conquistado aquele país, sua tribo ficou com esta província. Só no tempo do filho de Josafá foi que houve rebelião contra Judá (2Rs 8.20). Bíblia Shedd.

49 os navios se quebraram em Eziom-Geber. Eziom-Geber [hoje, Eilat] era o porto marítimo de Salomão (1Rs 9:26; 2Cr 8:17), no território edomita, governado por um vice-rei. Um relato mais completo, em 2Cr 20:35 a 37, deixa claro que Acazias, de Israel, uniu-se em princípio a Josafá nesse empreendimento. Essa aliança, porém, foi condenada pelo profeta Eliézer, e o Senhor destruiu os navios em Eziom-Geber, onde foram construídos. CBASD, vol. 2, p. 928.

51 Jeorão, seu filho [de Josafá], reinou em seu lugar. Este rei tinha por esposa a filha de Acabe com Jezabel; consequentemente, a idolatria dominante contaminara o reino de Israel, começando a imiscuir-se também no reino de Judá (2Rs 8.18). Bíblia Shedd.




%d blogueiros gostam disto: