Reavivados por Sua Palavra


II SAMUEL 10 by jquimelli
16 de julho de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/1-samuel/2sm-capitulo-10/

Vamos tentar esclarecer o que houve: Um exército foi contratado. E milhares e milhares de homens morreram porque o novo rei amonita, Hanum, confundiu a bondade de Davi com … espionagem?!?!

Isso é uma tempestade de paranóia. O que torna isso ainda pior é que Davi estava retribuindo a bondade mostrada a ele pelo rei recentemente falecido, o pai de Hanum, oferecendo a seu filho suas condolências. Os enviados de Davi são abordados e enviados de volta de maneira humilhante, com os rabos entre as pernas.

Que isso seja uma lição para não tirarmos conclusões precipitadas. Sim, nos machucamos no passado, mas nem todos intencionam nos ferir. Eu entendo como nossos mecanismos de defesa funcionam, especialmente em um mundo penosamente imprevisível e cheio de pecado. No entanto, a nossa maior dificuldade é que nossas defesas costumam possuir o lado bom e o mau.

Mantenha seu coração e mente abertos. Seja mais rápido para ver o bem nas pessoas, em vez de sua maldade. Sim, você provavelmente vai se machucar, mas vai doer muito mais se vivermos uma vida excessiva e insalubremente protegida. Para experimentar verdadeiramente amor, bondade, perdão e alegria, é preciso arriscar-se a ser aberto e vulnerável.

Jonathan Henderson, Pastor
Vallejo, Califórnia, EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=523
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



II SAMUEL 10 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
16 de julho de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

A bondade pode facilmente ser confundida com maldade, dependendo do que o indivíduo, alvo dessa bondade, tem na cabeça. A falta de percepção espiritual, discernimento moral, e sabedoria celestial pode causar destruição total diante de graciosas cortesias.

Davi vivia momentos de prosperidades e bênçãos. Logo, retribuía aos outros o bem que Deus havia-lhe concedido:

• Deus graciosamente dá a Davi muitas vitórias sobre nações inimigas (8:1-18);
• Davi graciosamente demonstra bondade a Mefibosete (9:1-13);
• Agora, graciosamente Davi mostra bondade a Hanum (10:1-19).

A boa intenção de Davi estava bem nítida no tratamento ao neto aleijado de Saul, o qual não tinha como retribuir-lhe em nada o bem recebido. Desta forma, não havia segundas intenções de Davi para com Hanum, o qual vivia a dor da morte de seu pai: Davi mandou-lhe condolências.

1. Os amonitas descendiam de Ló com a filha caçula (Gênesis 19:30-38); Naás, o pai de Hanum, rei amonita, incomodara aos israelitas, que, temendo propuseram aliança. Naás aceitou, porém, exigiu furar os olhos de homens e mulheres do município de Jabes-Gileade. Consequentemente, Saul os derrotou (I Samuel 11:1-11). Contudo, quando Davi refugiou-se em Gate, próximo ao povoado amonita na transjordânia, Naás auxiliou-o. Por isso, Davi queria retribuir-lhe o favor (II Samuel 10:1-2).

2. Porém, o enlutado Hanum, motivado por conselheiros medrosos, humilha aos enviados de Davi, rapando-lhes a cabeça, tirando metade da barba, rasgando suas roupas até às nádegas, e mandando-os embora (vs. 4-5);

3. O que poderia ter gerado resultados positivos, virou guerra; os amonitas reforçaram seu exército convocando os sírios para atacar Davi por sua bondade. Foi como se eles tivessem virado as armas contra si mesmos na companhia de outros povos que também se uniram contra Davi (vs. 6-19).

Lições de vida:

• O comportamento daqueles que não servem a Deus é imprevisível, absurdo.

• Decisões e reações baseadas no medo geralmente são desprovidas de sabedoria.

• Conselheiros desprovidos da percepção e discernimento espirituais interpretam “caridade” como “periculosidade”.

• Ímpios tratam mal àqueles que lhes desejam o bem.

• Hostes se levantam tentando a destruição daqueles que promovem o bem.

• Nem sempre fazer o bem será positivo!

• Isso explica o desprezo a Cristo por inúmeros ignorantes do mundo!

Certamente o bem vencerá, pois Cristo venceu o mal. Portanto, hoje vivamos com sabedoria!

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



2SAMUEL 10 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
16 de julho de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Sê forte, pois; pelejemos varonilmente pelo nosso povo e pelas cidades de nosso Deus; e faça o Senhor o que bem Lhe parecer” (v.12).

A cada mudança de dinastia, havia um momento de incerteza entre as nações. Os acordos que dantes eram de paz podiam ser revogados, e conflitos intermitentes podiam chegar ao fim. Até então, Davi mantinha uma convivência pacífica com os amonitas, e procurou assegurar ao rei sucessor de Amom que continuaria assim.

“Mas os príncipes dos filhos de Amom” (v.3) convenceram Hanum de que os consoladores não passavam de impostores que estavam buscando espiar a terra para destruí-la. E diante daquela ameaça, o rei amonita submeteu os embaixadores de Davi ao vexame de terem parte de seu rosto e nádegas descobertos, o que era uma grave ofensa. A não ser por questões de saúde ou de cerimônia de purificação, os homens de Israel conservavam suas barbas crescidas e bem asseadas.

Quando Davi soube do ocorrido, acendeu-se-lhe a ira, enviando “contra eles a Joabe com todo o exército de valentes” (v.7). Mesmo que cercados pelos inimigos, Joabe e seu irmão avançaram estrategicamente com base em dois fundamentos: confiança em Deus, “faça o Senhor o que bem Lhe parecer” (v.12); e, cooperação, “Se os siros forem mais fortes do que eu, tu me virás em socorro; e, se os filhos de Amom forem mais fortes do que tu, eu irei ao teu socorro” (v.11).

Nas palavras do Senhor a Moisés encontramos um princípio divino ativo e recorrente em todos os tempos: “como, pois, não temestes falar contra o Meu servo, contra Moisés?” (Nm.12:8). Se falar mal de um servo de Deus já Lhe provoca a ira, que dirá submetê-lo à vexame? O Senhor diz aos Seus servos: “O mau, é evidente, não ficará sem castigo” (Pv.11:21); e, “A Mim Me pertence a vingança; Eu é que retribuirei, diz o Senhor” (Rm.12:19).

Os amonitas e os siros representam “os dominadores deste mundo tenebroso… as forças espirituais do mal” (Ef.6:12), que covarde e constantemente nos expõem a nossa condição vexatória como sendo imutável. Mas assim como a barba cresce e as vestes podem ser restauradas, podemos crescer em graça e ser restaurados por nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Há uma obra de confiança e cooperação a ser realizada todos os dias. É um trabalho unido a Deus e ao próximo que nos levará à vitória final.

De mãos dadas com o Senhor, nossas mãos estarão estendidas para os nossos irmãos e, assim, iremos juntos para Casa. Vigiemos e oremos!

Bom dia, cooperadores de Deus!

Desafio da semana: Mantenha com você uma folha de papel em branco ou um caderninho, e, todas as vezes que for tentado a pensar ou falar mal de alguém, escreva uma qualidade desta pessoa. Você ficará surpreso com os resultados deste simples exercício.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #2Samuel10 #RPSP

Comentário em áudio:
youtube.com/user/nanayuri100



II SAMUEL 10 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
16 de julho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

1484 palavras

A guerras contra os amonitas e sírios (arameus) não foram iniciadas por Davi, mas a vitória levou à supremacia de Israel na região. Andrews Study Bible.

Usarei de bondade para com Hanum, filho de Naás. A frase hebraica traduzida por “usarei de bondade” sugere que havia uma aliança entre Davi e Naás… O relacionamento de amizade entre Davi e Naás pode ter sido firmado durante o período em que Davi vivia fugindo de Saul. Bíblia de Genebra.

Naás nunca foi verdadeiramente amigo de Davi. Deve ter mostrado bondade para com ele simplesmente porque ele também era inimigo de Saul. Os amonitas odiavam os hebreus e desprezavam a adoração ao verdadeiro Deus. Por isso, não conseguiram entender o verdadeiro espírito de bondade que levou Davi a enviar seus emissários. As melhores intenções foram mal entendidas e os motivos foram desfigurados. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 699.

a cidade. Rabá, a capital (11.1; 12.26). Biblia de Estudo NVI Vida.

Os “maus conselheiros”, frequentemente, levam as pessoas a sofrerem consequências funestas: 1) Interpretaram mal os sentimentos de Davi (3); 2) Ofenderam os mensageiros (4-5) e ganharam a inimizade de Davi (6); 3) Provocaram uma guerra inútil (7); 4) Gastaram muito dinheiro em assalariar os siros (6); 5) Perderam a guerra (14). Bíblia Shedd. [Nota: Outro “mau aconselhamento” famoso é registrado em 1Rs 12:1-15 e 2Cr 10:8-19. De dimensões também  funestas: causou a divisão de Israel e facilitou a completa e aberta apostasia no reino do norte. Você já imaginou quantas milhares de pessoas no reino do norte foram induzidas – apesar da escolha final ser deles mesmo – a perder a eternidade por conta deste mau conselho inicial? Busque boas fontes de conselho. Seja um bom conselheiro.]

Muitas vezes respondemos de forma irada e defensiva em vez de admitir nossos erros e enganos e difundimos nossa ira com outras pessoas ao redor. Em vez de lutar, devemos buscar paz. Life Application Study Bible Kingsway.

e lhes rapou a metade da barba. A barba, símbolo de dignidade, rapada, era uma grande vergonha; mas mutilada constituía-se em gravíssima ofensa. Bíblia Shedd.

A barba era raspada somente como sinal do mais profundo luto (v. Is 15.2; Jr 41.5; Ez 5.1). Bíblia de Estudo NVI Vida.

cortou metade das vestes. Para fazê-los parecer como escravos ou cativos [ver Is 20.4]. Tendo em vista que estes homens eram embaixadores do rei, o próprio Davi foi envergonhado. Andrews Study Bible.

O corte das roupas os expunha ao ridículo. Life Application Study Bible Kingsway.

Jericó. A primeira localidade a oeste do rio Jordão por onde passaria a delegação que retornava de Rabá. Bíblia de Genebra.

tomar a soldo. Hanum pagou mil talentos de prata para alugar cavaleiros e carros (1Cr 19:6). O gasto de uma quantia monetária tão grande para conseguir tropas que auxiliassem Amom indica a gravidade da crise. Amom queria guerra total contra Israel, numa tentativa de esmagar as tropas de Davi e remover, de uma vez por todas, a ameaça da dominação israelita. CBASD, vol. 2, p. 699.

O que ouvindo Davi. Davi não esperou seu país ser invadido, mas enviou Joabe para enfrentar as hostes a caminho. CBASD, vol. 2, p. 700.

o que havia de melhor em Israel… contra os siros. Os melhores soldados das forças israelitas foram escolhidos para o ataque contra os siros, que, com seus carros e com a cavalaria, constituíam a parte mais forte do exército inimigo. O próprio Joabe encabeçou essa tropa. CBASD, vol. 2, p. 700.

12 Sê forte e faça o Senhor o que bem lhe parecer. A situação exigia coragem. A existência do reino de Israel estava em jogo. Um inimigo determinado e poderoso estava arregimentado contra eles. Foi necessária grande ousadia para que Joabe conduzisse seus homens por entre os dois exércitos inimigos, onde poderia ser facilmente cercado, e então, simultaneamente, fizesse dois ataques. CBASD, vol. 2, p. 700.

Achando-se na difícil posição militar de ter de lutar em duas frentes de combate, Joabe exortou seus homens a terem coragem, mas reconheceu que o resultado dependia, em última análise, do Senhor (cf. as palavras de Davi em 15.26). Bíblia de Genebra.

Deve haver equilíbrio entre nossas ações e nossa fé em Deus. Joabe disse: “lutemos com bravura” (NVI). Em outras palavras, eles deveriam fazer tudo o que pudessem, buscando em suas mentes a melhor técnica e utilizando seus melhores recursos.Mas ele também disse: “…que o Senhor faça o que for de Sua vontade” (NVI). Ele sabia que o resultado estava nas mãos de Deus. Nós também devemos usar nossas mentes e nossos recursos para obedecer a Deus, enquanto confiamos em Deus pelo resultado. Life Application Study Bible Kingsway.

Aquela era a terra que Deus tinha prometido dar a eles. Israel travaria a batalha do Senhor. CBASD, vol. 2, p. 700.

13, 14 Joabe, estrategicamente, ataca em primeiro lugar os famosos siros; estes, ao serem desbaratados, amedrontariam Amom, que se tornaria presa fácil, depois. Bíblia Shedd. [Joabe agiu inteligentemente – não havia como Hanum, o rei amonita, saber que as forças restantes de Israel, destacadas para lhe enfrentar eram inferiores. Ao enfrentar os siros com as melhores tropas, fez Hanum entender que sofreria os mesmo revés. Lição: não torne públicas suas fraquezas].

14 também eles fugiram. A coragem de Amom não era maior que a força de seus aliados. Se os siros fossem vitoriosos, então os amonitas teriam avançado contra Abisai [irmão de Joabe, comandante do outra metade das tropas israelitas]. entretanto, quando os siros fugiram, a coragem dos amonitas também se foi e, com ela, suas esperanças de vitória. CBASD, vol. 2, p. 700, 701.

entraram na cidade. A razão para acamparem à porta da cidade foi, provavelmente, que pudessem ter esse lugar à disposição para uma retirada em caso de revés. Nessas condições e com esse espírito, não podiam esperar fazer o seu melhor. CBASD, vol. 2, p. 701.

voltou Joabe. Ao que parece, ele não capturou a cidade de Rabá nessa oportunidade (11.1; 12.26-29). Bíblia de Genebra.

Não foi possível Joabe concluir a vitória. Os siros, com seus cavaleiros e carros, podiam escapar prontamente, enquanto os amonitas podiam encontrar refúgio dentro dos muros da cidade. Só um longo e custoso cerco poderia fazer com que se rendessem. CBASD, vol. 2, p. 701.

15 tornaram a refazer-se. A retirada das forças de Israel para jerusalém deu oportunidade ao inimigo de recomeçar a guerra. CBASD, vol. 2, p. 701.

16 do rio. O Eufrates. O rei siro ficou insatisfeito com a derrota que suas tropas sofreram, e então se engajou na luta por conta própria. Anteriormente, os siros entraram no conflito apenas como auxiliares contratados, mas num segundo momento estavam determinados a lutar para restaurar o prestígio perdido. A influência de Hadadezer [rei dos siros] se estendia até além do Eufrates, a um território que mais tarde pertenceria distintamente à Assíria, e dessa região ele conseguiu reforços. CBASD, vol. 2, p. 701.

17 ajuntou [Davi] a todo o Israel. Esta foi a crise mais séria do reinado de Davi. Israel estava ameaçado de destruição. Satanás queria levar as nações a atacar Israel a fim de destruí-lo. Para enfrentar a situação, Davi assumiu pessoalmente o comando de suas tropas e reuniu toda a força danação. CBASD, vol. 2, p. 701.

18 fugiram. Foi uma derrota esmagadora esmagadora, da qual os inimigos de Davi não conseguiram se recuperar durante todo o resto de seu reinado, nem durante o reinado de Salomão. CBASD, vol. 2, p. 701.

feriu a Sobaque. Naquele tempo, os comandantes lutavam junto com seus homens, expondo-se aos mesmos perigos, e frequentemente partilhando da mesma sorte. assim, Acabe foi morto em batalha contra os siros (1Rs 22:34-37) e Josias foi morto em Megido, por Neco, do Egito (2Rs 23:29). CBASD, vol. 2, p. 701.

19 servos de HadadezerCBASD, vol. 2, p. 701. Através desta declaração pode-se ter uma ideia do grande poder de Hadadezer. Os reis vassalos, que pagavam impostos a Hadadezer, passariam a ser leais a Davi e a pagar tributos a ele. Deus havia predito, por meio de Abraão (Gn 15:18) e de Moisés (Dt 11:24), que o domínio de Israel se estenderia até o Eufrates, e essas profecias foram então cumpridas. Israel se tornara uma grande potência, reconhecida como tal pelas nações ao redor. Os países que se arregimentaram contra Israel foram humilhados, e os esforços para esmagar Davi serviram apenas para aumentar seu poder e prestígio. Nenhuma arma dirigida contra Deus ou contra o Seu povo pode prosperar. Pode haver períodos de provação e dificuldade, mas a causa de Deus emergirá vitoriosa de todas as provações. CBASD, vol. 2, p. 701.

temeram os siros. Davi foi bem-sucedido porque confiou num poder mais que humano. Amom buscou a ajuda da Síria, mas Davi buscou a ajuda de Deus. os membros do povo de Deus podem pensar, ás vezes, que precisam confiar no poder e na influência mundanas para realizar suas tarefas com êxito. Contudo, muitas vezes prejudicam seus próprios objetivos por meio de alianças profanas. Quando Israel enfrentou pela primeira vez a grande coalizão de potências contra si, muitos corações se encheram de temor, mas quando o conflito terminou, foram os inimigos de Israel que tiveram razão para temer. Os siros descobriram que, ao se esforçarem para ajudar Amom contra Israel, entraram numa batalha perdida, pois estavam lutando contra Deus. CBASD, vol. 2, p. 701, 702.



II SAMUEL 9 by jquimelli
15 de julho de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/1-samuel/2sm-capitulo-9/

Davi tinha um coração bondoso e desejava mostrar a alguém a “bondade de Deus” que ele mesmo havia recebido. Quando fomos abençoados pelo Senhor, queremos compartilhar esse amor com os outros! Davi realmente amara Jônatas e desejava encontrar alguém de sua linhagem para lhe fazer o bem. Ziba, um servo da casa de Saul, sabia que Jônatas tinha um filho vivo que era aleijado.

Mefibosete esteve escondido todos esses anos na casa de Maquir. Esse potencial herdeiro do trono vivia um estilo de vida humilde na casa de outro homem. Mefibosete foi trazido diante de Davi, onde ele prostrou-se de rosto no chão em reverência diante do rei e se descreveu como um cão morto. Mas Davi mostrou misericórdia e amor para com o filho de seu amado Jônatas e chamou Mefibosete de seu filho. Ele lhe restaurou as terras de Saul e indicou Ziba e sua família para serem seus servos. Davi então insistiu que Mefibosete comesse todas as suas refeições à mesa do rei.

O amor que Davi deu a esse aleijado desprezado é um reflexo do amor que Jesus dá a cada um de nós. Somos todos aleijados pelo pecado, mas Deus nos chama de filhos e filhas e nos convida a comer pão à sua mesa. Nós fomos adotados por nosso Rei Celestial.

Cheri Holmes
Enfermeira
Lynden, Washington USA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=522
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



II SAMUEL 9 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
15 de julho de 2019, 0:54
Filed under: Sem categoria



II SAMUEL 9 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
15 de julho de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

A graça divina imbuída na alma humana age na desgraça alheia! “Onde há alguém para que eu pratique o bem?”

Davi, neste capítulo, anseia por algum remanescente familiar de Saul para demonstrar amor prático. O único era um neto aleijado: Mefibosete! O qual, sentindo-se extremamente insignificante, questionou Davi e suas graciosas intenções:

– “Quem sou eu para merecer sua atenção: um cão morto como eu?”.

Mas Davi não fez questão de responder, apenas deixou que seu amor, bondade, graça e misericórdia falassem mais alto que suas palavras. Portanto, “Mefibosete viveu em Jerusalém, participando todos os dias da mesa do rei. Ele era aleijado de ambos os pés” (v. 13).

Esses treze versículos em apreço nos revelam o amor de Deus agindo miraculosamente em Davi para com alguém que não poderia oferecer-lhe benefício. No mundo hodierno existem muitos Mefibosetes porque nos faltam pessoas como Davi!

Ore por transformação. Medite:

1. Quando líderes políticos governam no Espírito do Rei do Universo, necessitados do mundo crerão no governo; do contrário, ninguém acredita que deles poderão surgir bondade, amizade e amor altruísta.

2. Muitos vivem em lugares como Lo-Debar: Insalubres, esquecidos, deprimentes, inseguros e sem futuro. Quando pessoas que reconhecem a bondade de Deus – como Davi – compartilham suas bênçãos, tornando-se esperança, alegria e restauração aos pobres coitados.

3. Comer à mesa era um costume cultural que implicava intimidade. Davi levou à mesa real o neto aleijado de seu perseguidor: Isso é incrível! Nos dias atuais, até amigos se visitam pouco… quanto mais filhos de inimigos!

4. O amor altruísta está desaparecendo de nossa sociedade, pois está sendo sufocada pelo amor egoísta, interesseiro – falso! Nem mesmo a igreja cristã está livre dessa fatídica ameaça.

O antídoto contra o amor egoísta é viver o amor altruísta. Todo miserável pecador que aceita a misericórdia do Salvador oferece o amor prático aos miseráveis sofredores.

QUEM…

• …experimenta a graça divina tem o suficiente para compartilhá-la aos que vivem na desgraça.
• …reconhece sua necessidade e experimenta o amor e o perdão de Deus, oferece favor até aos familiares de quem o prejudicou.
• …aceita a salvação, torna-se agente do evangelho aos inválidos, imprestáveis e desprezíveis da sociedade.

Façamos a diferença a quem sofre pela indiferença! “Senhor, torna cada crente num agente de amor!” – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: