Reavivados por Sua Palavra


Êxodo 18:16 – “E lhes declare os estatutos e as leis” by jquimelli
19 de dezembro de 2018, 11:40
Filed under: Sem categoria

“Deus não deixou Seu povo por milhares de anos sem a lei moral. Caim sabia que assassinato era pecado (Gn 4:8-13), Sem e Jafé demonstraram ter conhecimento da lei desviando-se da indecência (Gn 9:23), Abraão observou os mandamentos de Deus (Gn 26:5) e até o rei filisteu Abimeleque sabia que adultério era um grande pecado (Gn 20:9). Portanto, a menção de “os Meus mandamentos, os Meus preceitos, os Meus estatutos e as Minhas leis” (Gn 26:5) no tempo dos patriarcas não é anacrônica; mostra, porém, com clareza que antes do Sinai a raça humana tinha conhecimento dessas leis divinas. Moisés, que durante os 40 anos de sua permanência no deserto registrou a história do relacionamento de Deus com os patriarcas, devia ter um bom conhecimento dos princípios morais apresentados no livro de Gênesis”. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 1, p. 633.



ÊXODO 18 by jquimelli
19 de dezembro de 2018, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/exodo/ex-capitulo-18/

O diálogo entre sogro e genro revelou o amor que os envolvia; Jetro muito se alegrou “de todo o bem que o Senhor fizera a Israel” (v. 9). Como é maravilhoso ter pessoas que nos amam e se preocupam conosco! Esta é uma característica especial de quem é guiado pelo Espírito Santo: alegrar com os que se alegram e chorar com os que choram (Rm 12:15).

O conselho de Jetro frente ao fardo “pesado demais” (v. 18) é um dos maiores ensinos sobre liderança. Muitos há que têm assumido posições de grande responsabilidade e carregado um peso além de suas forças. É propósito de Deus que o Seu povo se una em auxílio mútuo e que, antes de qualquer coisa, levem suas causas a Ele.

Alguns líderes se esquecem que a mais sagrada obra está em trabalhar pela salvação de seu lar. O Senhor jamais exigirá de alguém um serviço que ponha em risco a salvação da família. O Senhor necessita de: “homens capazes, tementes a Deus, homens de verdade, que aborreçam a avareza” (v.21). Homens que assumam o seu papel como sacerdotes do lar e que sejam sábios no uso do tempo. Aceitas o chamado?

Rosana Garcia Barros
Dona de casa e mãe
Maceió, Alagoas, Brasil

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/exo/18
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli

Ouça em áudio (Voz: Valesca Conty):



ÊXODO 18 – VÍDEO COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
19 de dezembro de 2018, 0:55
Filed under: Sem categoria



ÊXODO 18 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
19 de dezembro de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

Alguns dizem que, “se conselhos fossem bons não seriam de graça, seriam cobrados/vendidos”. Talvez o que realmente está por trás desta frase seja a incapacidade natural de aceitar conselhos. Nosso orgulho não admite que alguém saiba mais que nós quando cremos “ter experiência”.

De um lado Jetro, um não hebreu, pastor de ovelhas, não presenciou os grandes eventos providos por Deus desde a chegada de Moisés ao Egito até sua saída com os israelitas. De outro lado Moisés, um grande e fantástico líder, exausto de tanto trabalhar, cheio de experiências de liderança de um povo difícil, e, agente dos propósitos divinos.

Quem deveria dar conselhos a quem? Pode alguém sem filhos aconselhar pais? Como pode solteiro dar conselhos a casais? Certamente você já ouviu tais questionamentos…

Jetro aconselhou Moisés! É preciso humildade para aceitar conselhos. Arrisco dizer que os melhores conselhos podem vir de quem menos esperamos. O sábio ouve conselhos, pondera; reflete nas observações de quem está de fora, aplica-os; e, então, percebe a importância de seguir os bons conselhos (vs. 17-27).

Você aceita conselhos? Eu já aceitei; valeu a pena! Observe estes:

1. Pais devem promover o casamento de seus filhos, não conspirar contra ele. Sogros que esforçam para aproximar-se do genro preza pela família de seus netos. Jetro tomou sua filha Zípora (que, embora casada com Moisés, não esteve com ele no duelo com o Faraó), e a levou ao deserto (com os filhos) junto ao marido (vs. 1-6);

2. Genros educados e atenciosos com o sogro possuem amizade e respeito da família de sua esposa. Com tal espírito familiar é possível testemunhar sobre Deus de forma impactante. Moisés narrou o que Deus fizera através dele; consequentemente, Jetro alegrou-se e bendisse ao Senhor, reconhecendo a superioridade do Deus de Israel sobre todos os outros deuses; então, rendeu-se ao Senhor (vs. 7-12);

3. Afinidade entre genros e sogros resulta em momentos incríveis. Preocupado com a sobrecarga de Moisés frente a tantos problemas para resolver, Jetro sugeriu treinar líderes que o auxiliassem; aliviando, assim, sua carga. Moisés aplicou o conselho e teve mais tempo para sua família (vs. 13-27).

Se conselhos humanos podem ser bons, quanto mais conselhos divinos. Aplique-os a tua vida e verás quão bom será!

Reaviva-te pela Palavra! – Heber Toth Armí



ÊXODO 18 – VÍDEO COMENTÁRIO PR RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
19 de dezembro de 2018, 0:05
Filed under: Sem categoria



ÊXODO 18 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
19 de dezembro de 2018, 0:05
Filed under: Sem categoria

686 palavras

1-27 Antes de narrar os eventos no Sinai, Moisés fez uma pausa para relatar a visita que recebeu de Jetro, o sacerdote de Midiã e seu sogro. O âmago do conselho de Jetro foi a organização governamental de Israel. Bíblia de Genebra.

1 Este capítulo provê uma chave para o entendimento do relacionamentos dos israelitas e não israelitas com Deus e espelha o ideal de Deus para estes relacionamentos. Midiã é um descendente de Abraão e Quetura, esposa de Abraão depois da morte de Sara (Gn 25:1, 4). Andrews Study Bible.

3 Gérson. Quer dizer “um estranho ali”. Bíblia Shedd.

4 Eliézer. Quer dizer: “meu Deus é socorro”. Bíblia Shedd.

2-4 Os nomes dos filhos de Moisés (2:22) reforçam a experiência de Israel. Eles eram continuamente lembrados de sua condição como estrangeiros (22:21; 23:9) e de seu livramento do Egito (20:2). Andrews Study Bible.

11 agora sei. Essa fórmula pode indicar ou o começo da fé em Jetro (2Rs 5.15) ou o fortalecimento dessa fé (1Rs 17.24). Seja como for, Jetro ofereceu sacrifício e participou da refeição de comunhão como um líder, e não como um suplicante. Bíblia de Genebra.

9-11 Ao ouvir da experiência de Israel, Jetro (ver nota* em 2:18), um não israelita, é levado a um melhor entendimento de Deus. Conhecer envolve mais do que estar ciente dos fatos e envolve intimidade e comprometimento (1:8). Através de seus tratos com Israel, Deus queria trazer o mundo todo a Ele. Este foco em missão se tornará um importante tema no restante do Antigo e do Novo Testamentos. Andrews Study Bible.

[*Nota em Êxodo 2:18: “É possível que Reuel fosse o nome pessoal e Jetro algum tipo de título”]

11 Agora sei. Jetro era sacerdote de Deus, mesmo sem ter recebido a revelação específica que Deus confiou aos israelitas no Egito. Bíblia Shedd.

12 A expressão final de fé envolve um sacrifício e uma refeição comunal [pública]. Aqui os anciãos e Arão representam a comunidade. Andrews Study Bible.

holocausto. O holocausto, como sacrifício de dedicação, vinha em primeiro. Sacrifícios pacíficos, compartilhados pelos adoradores, se seguiram. Bíblia de Genebra.

13 julgar. Fazer as decisões em todas as questões e contendas que surgissem no decurso da vida diária.Bíblia Shedd.

14 vendo. Às vezes um estranho pode observar com mais calma as nossas tradições e ver até que ponto caem no ridículo. Bíblia Shedd.

16 E lhes declare os estatutos e as leis. Deus não deixou Seu povo por milhares de anos sem a lei moral. Caim sabia que assassinato era pecado (Gn 4:8-13), Sem e Jafé demonstraram ter conhecimento da lei desviando-se da indecência (Gn 9:23), Abraão observou os mandamentos de Deus (Gn 26:5) e até o rei filisteu Abimeleque sabia que adultério era um grande pecado (Gn 20:9). Portanto, a menção de “os Meus mandamentos, os Meus preceitos, os Meus estatutos e as Minhas leis” (Gn 26:5) no tempo dos patriarcas não é anacrônica; mostra, porém, com clareza que antes do Sinai a raça humana tinha conhecimento dessas leis divinas. Moisés, que durante os 40 anos de sua permanência no deserto registrou a história do relacionamento de Deus com os patriarcas, devia ter um bom conhecimento dos princípios morais apresentados no livro de Gênesis. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 1, p. 633.

17-18 A lei de Deus deve ser acompanhada de um bom sistema administrativo. Andrews Study Bible.

19-22 Jetro propõe quatro níveis administrativos [“chefes de mil, de cem, de cinquenta e de dez”, v. 21]. Com esta proposta, Moisés seria o advogado perante Deus … assumiria o papel do ensino geral, um sistema de cortes de apelação seria estabelecido e, finalmente, Moisés funcionaria como julgamento de suprema corte em casos complexos ou difíceis (18.26). Andrews Study Bible.

21 Procurahomens capazes. Delegar é, com frequência, difícil para um líder capaz. Homens foram aqui escolhidos sobre bases morais, e não intelectuais, para cuidar de questões simples. Casos difíceis, talvez até sem precedentes, eram trazidos a Moisés. Assim é que funcionaria mais tarde o sistema jurídico. Nenhuma diferença foi estabelecida entre questões sagradas e questões seculares. A lei inteira era um dom de Deus, e a obediência à mesma equivalia à obediência a Deus. Bíblia de Genebra.

23 Note que o sistema administrativo e as leis não se originaram de dentro da comunidade. Jetro, como forasteiro, é usado por Deus para os apresentar. Andrews Study Bible.




%d blogueiros gostam disto: