Reavivados por Sua Palavra


ÊXODO 18 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
19 de dezembro de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

Alguns dizem que, “se conselhos fossem bons não seriam de graça, seriam cobrados/vendidos”. Talvez o que realmente está por trás desta frase seja a incapacidade natural de aceitar conselhos. Nosso orgulho não admite que alguém saiba mais que nós quando cremos “ter experiência”.

De um lado Jetro, um não hebreu, pastor de ovelhas, não presenciou os grandes eventos providos por Deus desde a chegada de Moisés ao Egito até sua saída com os israelitas. De outro lado Moisés, um grande e fantástico líder, exausto de tanto trabalhar, cheio de experiências de liderança de um povo difícil, e, agente dos propósitos divinos.

Quem deveria dar conselhos a quem? Pode alguém sem filhos aconselhar pais? Como pode solteiro dar conselhos a casais? Certamente você já ouviu tais questionamentos…

Jetro aconselhou Moisés! É preciso humildade para aceitar conselhos. Arrisco dizer que os melhores conselhos podem vir de quem menos esperamos. O sábio ouve conselhos, pondera; reflete nas observações de quem está de fora, aplica-os; e, então, percebe a importância de seguir os bons conselhos (vs. 17-27).

Você aceita conselhos? Eu já aceitei; valeu a pena! Observe estes:

1. Pais devem promover o casamento de seus filhos, não conspirar contra ele. Sogros que esforçam para aproximar-se do genro preza pela família de seus netos. Jetro tomou sua filha Zípora (que, embora casada com Moisés, não esteve com ele no duelo com o Faraó), e a levou ao deserto (com os filhos) junto ao marido (vs. 1-6);

2. Genros educados e atenciosos com o sogro possuem amizade e respeito da família de sua esposa. Com tal espírito familiar é possível testemunhar sobre Deus de forma impactante. Moisés narrou o que Deus fizera através dele; consequentemente, Jetro alegrou-se e bendisse ao Senhor, reconhecendo a superioridade do Deus de Israel sobre todos os outros deuses; então, rendeu-se ao Senhor (vs. 7-12);

3. Afinidade entre genros e sogros resulta em momentos incríveis. Preocupado com a sobrecarga de Moisés frente a tantos problemas para resolver, Jetro sugeriu treinar líderes que o auxiliassem; aliviando, assim, sua carga. Moisés aplicou o conselho e teve mais tempo para sua família (vs. 13-27).

Se conselhos humanos podem ser bons, quanto mais conselhos divinos. Aplique-os a tua vida e verás quão bom será!

Reaviva-te pela Palavra! – Heber Toth Armí


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: