Reavivados por Sua Palavra


OSEIAS 4 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
23 de novembro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria

Ouvi a palavra. Parece evidente, a partir de seu conteúdo, que as mensagens dos cap. 4 a 14 ocorreram muito mais tarde que o tempo de Jeroboão II (ver Os 1:1). CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 988.

O Senhor tem uma contenda. Oseias apresenta o caso contra Israel, vindicando a justiça divina ao lidar com a nação. CBASD, vol. 4, p. 988.

3 Com os animais do campo. Devido ao seu pecado, o homem trouxe sofrimento ao mundo animal. CBASD, vol. 4, p. 989.

4-10 Esta seção mostra a profundidade do problema que Deus abordou por meio do profeta Oseias. As instituições que ele havia estabelecido em meio a seu povo com o objetivo de mediar sua liderança careciam do componente essencial que justificava sua existência: o conhecimento de Deus. Bíblia de Estudo Andrews.

4 Como os sacerdotes. Aqueles que se recusam a obedecer e reverenciar os verdadeiros sacerdotes de Deus merecem a severa condenação de Oseias. CBASD, vol. 4, p. 989.

Destruirei a tua mãe. Ou seja, a nação de Israel. CBASD, vol. 4, p. 989.

Porque lhe falta o entendimento. O conhecimento específico que lhes faltava era o de Deus, o mais essencial de todos os saberes. Isaías atribuiu o cativeiro a essa falta (ver com. de Is 5:13). Embora Deus possa relevar certos tipos de ignorância (ver At 17:30), Ele não tolera em Seu povo eleito a ignorância das coisas espirituais (ver com de Êx 4:21). … Os homens são responsáveis não só pelo que eles sabem (Jo 9:41; 15:22, 24; Tg 4:17), mas também por aquilo que poderiam ter conhecido se tivessem se aplicado a conhecer os conhecimentos essenciais (cf. 2Pe 3:5). Muitos temem um investigação mais profunda da verdade porque isso pode exigir uma mudança de conduta, algo que o coração amante do pecado não está disposto a realizar. … Deus não pode desculpar essa ignorância voluntária. CBASD, vol. 4, p. 989.

Não sejas sacerdote. Isso indica que, possivelmente, a causa principal dessa ignorância por parte das pessoas estava na porta dos sacerdotes infiéis, que rejeitaram o conhecimento do verdadeiro Deus e de Sua lei, que deveriam ter ensinado ao povo (Dt 33:10; Ml 2:1-9, ver com. de 2Cr 15:3). CBASD, vol. 4, p. 989.

Diante de Mim. Ou seja, para Deus. Os sacerdotes que Jeroboão nomeou quando ele separou o reino de Israel de Judá (ver 1Rs 12:25-33) não eram servos do Senhor, mas dos bezerros de ouro. CBASD, vol. 4, p. 989.

Pecado. Esta passagem descreve provavelmente os sacerdotes gananciosos que incentivavam o pecado, exortando o povo a fazer mais e mais ofertas pelo pecado, já que comiam a carne desses sacrifícios (Lv 6:26) e, sem dúvida, montaram um esquema de tráfico de carnes (ver com. de 1Sm 2:12). Mais pecados, mais sacrifícios e, assim, mais lucro e prazer. CBASD, vol. 4, p. 990.

Assim é o povo, assim é o sacerdote. O povo e seus sacerdotes se uniram em pecado. Os sacerdotes apóstatas se envolveram nas próprias iniquidades que deveriam ter repreendido. Por sua vez, o povo, observando o mundanismo e a autoindulgência dos sacerdotes, se escondeu atrás de seu exemplo. CBASD, vol. 4, p. 990.

10 Não se multiplicarão. Apesar da adoração à deusa da fertilidade, a população não iria aumentar, pois a bênção do Céu havia sido removida de Israel. CBASD, vol. 4, p. 990.

12, 13 Estes versículos especificam ritos idólatras. O espírito de prostituição fizera o povo se voltar para adivinhação e sacrifícios nos altos. Bíblia de Estudo Andrews.

12 Pedaço de madeira. isto é, imagens de madeira. CBASD, vol. 4, p. 990.

A sua vara lhe dá resposta. Provavelmente, uma haste empregada para adivinhação. CBASD, vol. 4, p. 990.

Espírito de prostituição. Oseias compara ao adultério espiritual esse irreprimível e enfeitiçante desejo de adorar ídolos. CBASD, vol. 4, p. 990.

13 A sua sombra. Nesses locais, as vítimas de sacrifício eram mortas e o incenso era queimado em honra aos deuses (ver com. de Jr 7:31). CBASD, vol. 4, p. 991.

14 Meretrizes. Isto é, prostitutas cultuais. Eram mulheres que se dedicavam à prática de sexo no culto aos deuses. CBASD, vol. 4, p. 991.

15 Não se faça culpado Judá. Oseias, como que sem esperança por mudança na atitude ímpia de Israel, faz apelos de advertência ao reino de Judá, no sul (v. 15-17). CBASD, vol. 4, p. 991.

Nem venhais. Aqui temos uma acusação específica proibindo peregrinações aos centros de idolatria, como Gilgal e Bete-Áven. CBASD, vol. 4, p. 991.

Nem jureis. A confissão hipócrita de adoração ao Senhor não deve ser feita por aqueles envolvidos em idolatria (ver 1Rs 12:28). CBASD, vol. 4, p. 991.

17 Efraim. Efraim era a principal tribo do reino do norte, e seu nome era frequentemente aplicado a todo o reino (ver com. de Jr 7:15). Da mesma forma, o nome de Judá era aplicado ao reino do sul. CBASD, vol. 4, p. 991.

É deixá-lo. As dez tribos [do norte] foram tão longe na idolatria que não lhes foi feita nenhuma promessa de restauração completa (ver PR, 298). Evidentemente apenas alguns membros dispersos das dez tribos no exílio, mais tarde, se juntaram a Judá para voltar à Palestina depois do cativeiro. CBASD, vol. 4, p. 992.

19 O vento os envolveu. Talvez uma metáfora, referindo-se à tempestade do juízo divino que dispersaria Efraim, varrendo-o para o cativeiro. CBASD, vol. 4, p. 992.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: