Reavivados por Sua Palavra


EZEQUIEL 17, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
7 de outubro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Portanto, assim diz o SENHOR Deus: Tão certo como Eu vivo, o Meu juramento que desprezou e a Minha aliança que violou, isto farei recair sobre a sua cabeça” (v. 19).


Após a primeira leva de cativos judeus para a Babilônia, Nabucodonosor estabeleceu a Zedequias como rei em Jerusalém (2Rs 24:17). Apesar da aliança feita entre eles, Zedequias “se rebelou contra o rei da Babilônia, enviando os seus mensageiros ao Egito” (v.15). Este era o significado da parábola ou enigma apresentado ao profeta.

Por algum motivo plausível, o SENHOR aprecia falar ao homem através de parábolas. Na verdade, por pelo menos dois motivos. Observe que a maioria das parábolas é representada através do uso das coisas criadas. Ou seja, a natureza está repleta de ricas lições espirituais e, em contemplá-la como uma segunda revelação do Criador, há grande sabedoria. O outro motivo é o de provar o ser humano com respeito à sensibilidade para discernir as coisas espirituais. Não foi sem razão que os discípulos questionaram a Jesus acerca disto: “Por que lhes falas por parábolas?” (Mt 13:10). E a resposta foi praticamente outro enigma: “Por isso, lhes falo por parábolas; porque, vendo, não veem; e, ouvindo, não ouvem, nem entendem” (Mt 13:13).

Jesus não queria com isso confundir ainda mais os Seus discípulos, mas simplesmente repetiu as palavras que Ele, seu Pai e a pessoa do Espírito Santo proferiram a Seu profeta Isaías: “Porque o coração deste povo está endurecido, de mau grado ouviram com os ouvidos e fecharam os olhos” (Mt 13:15; Is 6:9-10; At 28:25-27; Jo 12:40-41). E encerrou dizendo: “Bem-aventurados, porém, os vossos olhos, porque veem; e os vossos ouvidos, porque ouvem” (Mt 13:16). O SENHOR não pode atuar em um coração que decide permanecer petrificado. Ele nunca vai desrespeitar o nosso livre arbítrio. A essência do Seu governo é o amor, jamais a tirania. Portanto, a única barreira que pode nos impedir de sermos beneficiados pela bem-aventurança é “o eu não consagrado” (Ellen G. White, The Review and Herald, 5 de Março de 1908).

É certo que é a bondade de Deus que nos conduz ao arrependimento (Rm 2:4), mas só obtemos os resultados quando aceitamos a ação divina. Satanás tem trabalhado arduamente para garantir que o homem continue buscando a satisfação de seus próprios interesses e ignore por completo a aliança eterna que o SENHOR estabeleceu com a humanidade. Infelizmente, os apelos do Espírito Santo têm sido desprezados e os convites satânicos aceitos como entretenimentos inocentes quando, na verdade, são passaportes para a morte.

Deus não selou Seu compromisso conosco com um simples “aperto de mão” (v.18), mas com o sangue de Seu Unigênito (Jo 3:16). Foi a transgressão da lei do SENHOR que pendurou no madeiro o nosso Salvador. Se o “pecado é a transgressão da lei” (1Jo 3:4) e “o salário da pecado é a morte” (Rm 6:23), a pergunta é: “Violará a aliança e escapará?” (v.15). Assim como um dia Deus fez nascer um renovo (v.22), enviando Jesus a este mundo, a segunda vinda de Cristo é certa e tudo tem apontado para a Sua brevidade. E todo aquele que insistir em fazer parte da terrível turba do mal dos últimos dias (2Tm 3:1-5), dividirá com o diabo e seus anjos o salário do pecado.

Quantas chacinas, crimes hediondos e cenas de destruição precisarão acontecer para que o homem entenda que o mundo está em contagem regressiva? Erguei-vos, homens e mulheres de Deus! Já é chegada a hora do sonido do Alto Clamor, “antes que venha o grande e terrível Dia do SENHOR” (Jl 2:31). “Buscai ao SENHOR e vivei… Buscai o bem e não o mal, para que vivais; e, assim, o SENHOR, o Deus dos Exércitos, estará convosco, como dizeis” (Am 5:6 e 14). Porque “está perto o grande Dia do SENHOR; está perto e muito se apressa. Atenção!” (Sf 1:14). Mas, “se tardar, espera-o, porque, certamente, virá, NÃO TARDARÁ” (Hc 2:3).

Feliz sábado, povo da aliança!

Desafio do dia: Jornada espiritual “O Último Chamado de Deus“, 4° dia: Hoje, a Associação Geral da Igreja Adventista convoca todo o exército do Deus vivo a unir-se em um dia especial de jejum e oração “Lutando pelo Mundo”. Revestidos da armadura de Deus, cumpramos o que está escrito em Efésios 6:18: “com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos”.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Ezequiel17
#RPSP

Deixe seu comentário:


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: