Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 59 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
18 de julho de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria

A mão do SENHOR não está encolhida. Muitos em Israel atribuiam as dificuldades da nacao à incapacidade de Deus de liberta-los. … Nesta passagem, o Senhor responde a essas objecoes. A culpa nao esta nEle, mas com eles. CBASD – Comentario Biblico Adventista do Setimo Dia, vol. 4, p. 329.

Vossas iniquidades fazem separacao. Se os ceus parecem distantes da Terra, é porque o pecado colocou um veu de separacao entre o homem e Deus. CBASD, vol. 4, p. 329.

Vossas maos.Embora os judeus professassem de forma vigorosa a religiao, suas palavras e obras eram continuamente mas. CBASD, vol. 4, p. 329.

Ninguem ha que clame pela justica. A ideia é que, quando vai ao tribunal contra alguem, a pessoa o faz nao para alcancar justica, mas para assegurar a sancao dos tribunais para a injustica e a opressao. CBASD, vol. 4, p. 329.

Tecem teias de aranha. Teciam teias de engano para seduzir o proximo. … instrumento de morte. CBASD, vol. 4, p. 329.

6 As suas teias nao se prestam para vestes. Os que se ocupam em tecer teias de aranha perdem tempoproduzindo o que nao só é inutil, mas prejudicial. CBASD, vol. 4, p. 329.

Seus pes correm para o mal. Depois de cometer um ato perverso, ficavam impacientes para cometer o seguinte (comoarar com Pv 1:16; 6:17, 18; Mq 7:3). CBASD, vol. 4, p. 329.

Pensamento de iniquidade. Pensamentos maus dao origem a atos impios. Tentativas para frustrar o mal quando este alcanca o estagio de acao geralmente sao inuteis. A unica maneira de se prevenir acoes mas é transformar os pensamentos (ver com. de Mt 5:17-22). CBASD, vol. 4, p. 329, 330.

O caminho da paz. O povo de Deus desfruta paz (Is 32:18) porque tem paz no coracao. CBASD, vol. 4, p. 330.

10 Apalpamos. Quando os seres humanos se recusam a andar no caminho da retidao e da justica, Deus permite que a escuridao lhes sobrevenha (Is 6:10; cf Rm 11:25). CBASD, vol. 4, p. 330.

12 Nossas transgressoes. Representando o povo de Juda, Isaias reconhece com sinceridade suas transgressoes. CBASD, vol. 4, p. 330.

13 Retirarmo-nos do nosso Deus. O pecado afasta as pessoas de Deus, nunca as aproxima. CBASD, vol. 4, p. 330.

14  O direito de retirou. Isaias descreve a triste situacao que revalecia nos tribunais e nos negocios particulares dos judeus. Personifica-se a justica, que é descrita como fugindo para sua propria seguranca. Ela temia se aventurar em publico. CBASD, vol. 4, p. 330.

15 O SENHOR viu isso. Estas palavras dao inicio  uma nova secao. Concluiu-se a acusacao divina dirigida a Juda (v. 9-15). O Senhor entao estuda a condicao desesperada de Juda e Se oferece como salvador e intercessor. CBASD, vol. 4, p. 331.

16 Sua propria justica o susteve. É a misericordia divina que faz com que o Onipotente intervenha em favor de Seu povo sitiado. … Sem a intervencao divina, o ser humano nao tem esperanca. CBASD, vol. 4, p. 331.

17 Couraca. Isaias descreve Cristo como um guerreiro armado que entra na batalha pela salvacao do ser humano (ver Ef 6:14, 17). CBASD, vol. 4, p. 331.

18 Segundo as obras deles. Quando Cristo retornar, será “para retribuir a cada um segundo as suas obras (Ap 22:12). CBASD, vol. 4, p. 331.

Às terras do mar. Isto é, nacoes distantes que oprimiriam o povo de Deus. CBASD, vol. 4, p. 331.

19 Temerao, pois, o nome de Deus. A manifestacao final do poder de Deus em favor de Seu povo fara com que todos O reconhecam, de uma extremidade à outra da Terra (Sl 50:1-6; Ml 1:11; Ap 5:13; 15:3, 4). CBASD, vol. 4, p. 331.

Virá como torrente. Uma traducao literal da frase seria: “Ele virá como um rio de angústia”. CBASD, vol. 4, p. 332.

20 Virá o Redentor. Esta profecia se cumprirá na segunda vinda de Cristo. O Senhor voltará para salvar Seu povo: os que abandonaram a transgressao e O aceitaram como salvador. CBASD, vol. 4, p. 331.


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Estudo maravilhoso, glória à Deus.

Comentário por iracema lima jesus




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: