Reavivados por Sua Palavra


CANTARES 8 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
20 de maio de 2017, 0:50
Filed under: Sem categoria

1 Como meu irmāo. A noiva parece recordar do tempo anterior à remoção dos obstáculos de sua união. Como nāo podia se declarar a ele como uma mulher apaixonada, ela desejava que seu relacionamento fosse como de irmão e irmā. CBASD – Comentário Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 1271.

Desprezariam. Isto é, a família e os amigos dela nāo a reprovariam. CBASD, vol. 3, p. 1271.

2 E tu me ensinarias. Conforme a tradução, a instrutora é a māe. … As māes dāo sensatos conselhos às filhas sobre o casamento. CBASD, vol. 3, p. 1271.

5 Debaixo da macieira de despertei. Salomāo sugere que eles devem voltar ao local onde ele conquistou o amor de sua noiva. CBASD, vol. 3, p. 1271.

Tua māe. Eles retornaram à casa em que a noiva nasceu. CBASD, vol. 3, p. 1271.

6 Põe-me como selo. No hebraico, … fica evidente que é a noiva quem fala. A palavra hebraica para “selo”, chotham, significa sinete (ver Êxodo 28:11, 21; Jó 38:14; 41:15; Jr 22:24). Algumas vezes, os hebreus usavam o sinete pendurado sobre o peito. A noiva de Salomāo desejava que seu esposo a visse como um sinete. CBASD, vol. 3, p. 1271.

7 Nāo poderiam apagar o amor. O amor puro é de tal natureza que nada pode destruí-lo. Nāo pode ser comprado. A proposta mais alta seria totalmente desprezada. Esta passagem, que fala da regularidade, durabilidade e invencibilidade do poder do amor nāo possui paralelo na literatura devido à força da expressão. CBASD, vol. 3, p. 1271.

8 Irmāzinha. Esta declaração parece ter sido feita pelos irmãos da Sulamita, ao recordar a infância dela. É possível que estivessem preocupados quanto à maneira de tratar sua irmãzinha quando fosse feita uma oferta de casamento a ela. CBASD, vol. 3, p. 1271.

12 A vinha. A noiva renova seus votos para com seu esposo. Ela fala de si mesma como a proprietária de sua própria vinha, mas ela transfere esses direitos e privilégios a seu esposo. CBASD, vol. 3, p. 1271.

13 Faze-me, pois, também ouvi-la. Ao cair das cortinas, Salomāo pede para ouvir uma vez mais a voz de sua amada, talvez um refrão que ele a ouviu repetir no namoro. CBASD, vol. 3, p. 1272.

14 Vem depressa, amado meu. Assim termina o poema, com dois versos curtos que compactam em si tudo que foi repetido várias vezes sob diferentes imagens: o namoro e o casamento de duas pessoas felizes. CBASD, vol. 3, p. 1271.


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Comentário Selecionado é ótimo! Tem me ajudado muito na compreensão da Bíblia.
Quero receber todos os dias esse comentário.

Comentário por Nilton Sarruf




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: