Reavivados por Sua Palavra


COMENTÁRIO ECLESIASTES 8 – PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
8 de maio de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

ECLESIASTES 8 – Olhe ao redor. Analise o comportamento humano. Compare com a revelação deste capítulo. Note: Parece que Salomão escreveu em nossos dias; ou melhor, o ser humano não melhorou nestes 3000 anos – de Salomão até os dias atuais.

• Observamos em nossa sociedade pessoas que se agridem mutuamente, onde uma quer dominar a outra, e praticamente todas querem explorar e arruinar o próximo para beneficiar-se.

• Os desonestos, imorais, caloteiros, corruptos e mentirosos parecem morrer com maior honra que piedosos crentes dedicados, que fazem seu melhor pelo próximo e pela sociedade perversa.

• Julgamentos que deveriam ser rápidos, justos e imparciais objetivando impedir o avanço do crime são adiados, criminosos são superprotegidos (ainda recebem salários) incentivando assim a criminalidade e o desprezo às leis; assim, ladrões e corruptos percebem que podem sair ilesos de suas malandragens.

• Os bons cidadãos geralmente parecem sofrer punição como se fossem corrutos e criminosos; por outro lado, os corruptos são, geralmente, tratados como cidadãos dignos de receberem grandes recompensas.

Que vida miserável! Tais coisas dão um nó em nossa cabeça! Que nojo de uma sociedade desse tipo! Será que foi assim somente no passado, porém, atualmente com estudos mais acessíveis, as pessoas se tornaram mais cultas, e, consequentemente melhores?

Se fizermos como Salomão, determinarmos a estudar antropologia, sociologia, psicologia, filosofia, teologia, etc. visando interpretar a essência das ações humanas, concluiremos que não lograremos obter sucesso, ainda teremos mais perguntas do que respostas. O ser humano é complicado. As pessoas são extremamente complexas.

Aprofunde-se mais neste capítulo, certamente cada um dos seus 17 versículos te será muito útil. Tremper Longman III, os sintetizou em 4 tópicos:

1. Ninguém é como o sábio! (v. 1);
2. A palavra do rei/governo é soberana (vs. 2-9);
3. Os perversos são castigados realmente? (vs. 10-15);
4. Nem sequer o sábio sabe (vs. 16-17).

“O sábio sabe como se comportar com discrição e tato diante daqueles que estão no poder (8.2-6), mas as incertezas da vida tornam difícil a permanência no caminho certo (8.7-8). Muitos dos que têm poder usam-no sem piedade para obter vantagens pessoais. O fato de parecer que eles com frequência ficam impunes agrava a situação (8.9-15). Talvez seja esse o problema mais sério da vida (8.16-17)” (Duane A. Garrett).

Avance nos próximos capítulos! – Heber Toth Armí.


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Brilhante explanação do capítulo de hoje. Parece que estava escrevendo especialmente para este momento que estamos vivendo em nosso país.

Comentário por Paulo Roberto de Oliveira




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: