Reavivados por Sua Palavra


NEEMIAS 3 – Comentários selecionados by jquimelli
30 de agosto de 2016, 0:50
Filed under: Sem categoria

Resumo do capítulo: Os sacerdotes reconstroem a porta das Ovelhas. Jedaías faz reparos em frente da sua casa. A contribuição de cada um para a reconstrução dos muros é registrada. Os ourives e os comerciantes fazem os reparos no último trecho, entre a sala acima da esquina e a porta das Ovelhas.

1-32 Este capítulo sublinha um importante tema nos livros de Esdras e Neemias: o povo de Deus como um todo, e não somente os líderes, são vitais para a realização do propósito divino da redenção. O povo de Deus inteiro trabalhou em conjunto na reconstrução dos muros: clero e corpo laico, artífices e negociantes, aldeias e famílias, cada grupo contribuiu para a conclusão do todo (cf Ef 4.16) (Bíblia de Genebra).

Todos os cidadãos de Jerusalém fizeram sua parte no enorme trabalho de reconstrução dos muros da cidade. De igual modo, o trabalho da igreja requer o esforço de cada membro para que o corpo de Cristo venha a funcionar efetivamente. (1Cor 12:12-17). O corpo precisa de você! Você está fazendo a sua parte? Encontre um lugar para servir a Deus e comece a contribuir, onde quer que tempo, talento e dinheiro sejam necessários (Life Study Application Bible Kingsway NIV).

O propósito especial deste capítulo parece ser honrar a quem de direito: registrar os nomes das pessoas que tomaram a dianteira nessa importante ocasião, que sacrificaram a vontade ao dever e se expuseram à ameaça de ataque hostil (Ne 4:18-20) (CBASD-Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 3, p. 439).

Essa descrição, juntamente com 2.13-15 e 12.27-40, é a principal fonte de informação arqueológica contemporânea sobre a topografia de Jerusalém antes do cativeiro(Bíblia Shedd).Um dos capítulos mais importantes do AT para determinar a topografia de Jerusalém. A narrativa começa na porta das Ovelhas (canto nordeste da cidade) e percorre o muro em sentido anti horário. Uns 40 homens são citados como participantes da reconstrução de cerca de 45 trechos. […] O relato dá a entender que a maior parte da obra de reconstrução limitava-se às portas, onde sempre se concentravam os ataques inimigos. Nem todos os trechos dos mutos ou das construções estavam nas mesmas condições de dilapidação. 2Rs 25.9 parece revelar um plano de destruição [pelos babilônios] de lugares especificamente escolhidos (Bíblia de Estudo NVI Vida).

1 Eliasibe. Neto de Jeua, o sumo sacerdote nos dias de Zorobabel (Bíblia de Genebra). Mais tarde, ele se tornou “da mesma família” de Tobias por meio de casamento (ver Ne 13:4) e foi culpado de profanar o templo (13:5) (CBASD, vol. 3, p. 438).

o sumo sacerdote. Nada mais acertado que o sumo sacerdote desse o exemplo. Entre os antigos sumérios, o próprio rei carregaria tijolos para a construção de um templo (Bíblia de Estudo NVI Vida).

porta das Ovelhas. A entrada dos rebanhos para o culto. consagraram-na. Por ser a primeira parte da obra e por ser vinculada aos sacrifícios. A dedicação só veio depois de tudo terminado (Bíblia Shedd).
Esse portão ficava no canbto nordeste da cidade (cf. Jo 5.2). A descrição dos versículos se move no sentido horário até que a Porta das Ovelhas é mencionada de novo no v. 2 (Bíblia de Genebra).

3 porta do Peixe. Ver 12.39. Na época do primeiro templo, era uma das principais entradas de Jerusalém (2Cr 33.14; Sf 1.10). Mercadores traziam peixe de Tiro ou do mar da Galiléia para o mercado do peixe (13.16) através dessa entrada, que devia localizar-se perto da porta de Damasco atual (Bíblia de Estudo NVI Vida).

4 Mesulão. Fazia reparos num segundo trecho (v. 30). Neemias queixou-se porque Mesulão dera a filha em casamento a u filho de Tobias (6.17,18) (Bíblia de Estudo NVI Vida).

5 Tecoa. Cidade pequena a quase 10 km ao sul de Melém e 17 km de Jerusalém. Era a cidade natal do profeta Amós.

os nobres dessa cidade.Esses aristocratas desdenhavam o trabalho braçal.

não quiseram…rejeitando. O original implica recusa de “submeter o pescoço”, como os bois que não aceitam o jugo (Jr 27.12) (Bíblia de Estudo NVI Vida).

Embora o texto apresente um notável quadro de unanimidade, também se observa, realisticamente, que nem todo o povo de Deus estava em harmonia com a ação do Senhor através de Neemias (Bíblia de Genebra).

7 além do Eufrates. Judeus da satrapia inteira (2.7) além da jurisdição local de Neemias (a comarca chamada Yehud – Jerusalém e circunvizinhança), tomaram parte da obra (Bíblia Shedd).

10 Jedaías … fez os reparos em frente da sua casa. Cf. v. 23, 28-30. Fazia sentido que ele e todos os outros fizessem reparos em trechos do muro mais próximos das respectivas casas (Bíblia de Estudo NVI Vida).

11 torre dos Fornos. Ficava no muro ocidental [mais a oeste], talvez na mesma localização da que foi edificada por Uzias (2Cr 26.9). Os fornos talvez fosse os situados na “rua dos padeiros” (Jr 37.21) (Bíblia de Estudo NVI Vida).

12 filhas. A única referência a mulheres trabalhando nos muros (Bíblia de Estudo NVI Vida).
Até mulheres ajudaram na obra. Na igreja, segundo o propósito de Deus, cada membro tem a sua função (1Co 12; Rm12.4-8) (Bíblia Shedd).

14 porta do Monturo. Era a porta através da qual as pessoas levavam o seu lixo para ser queimado no vale de Hinom [NT: O que gerou a imagem do fogo perpétuo da destruição final, queimando enquanto durar o que está queimando] (Life Application Study Bible Kingsway NIV).

16 túmulos de Davi. Cf. 2.5. Davi foi sepultado na área da cidade (2Rs 2.10; 2Cr 21.20; 32.33; At 2.29). O chamado Túmulo de Davi, no monte Sião, venerado hoje pelos peregrinos judeus, está no edifício do Cenáculo, construído no séc. XIV d.C. Essa localização do túmulo de Davi não é mencionada antes do séc. IX d.C.

casa dos soldados. Talvez a casa dos valentes de Davi (v. 2Sm 23.8-39), possivelmente servindo depois de quartel ou de arsenal (Bíblia de Estudo NVI Vida).

17 Queila. Sua cidade foi salva por Davi (1Sm 23.1-3) (Bíblia Shedd).

20, 21 As residências do sumo sacedote e dos demais sacerdotes estavam localizadas no interior da cidade, ao longo do muro leste (Bíblia de Estudo NVI Vida).

26 porta das Águas. Assim chamada porque conduzia ao principal reservatório de água em Jerusalém, a fonte de Giom. Por certo, abria-se para uma área ampla, pois a leitura da lei fora realizada ali (8.1, 3, 16; 12.37) (Bíblia de Estudo NVI Vida).

28 porta dos Cavalos. Onde foi morta Atalia (2Cr 23.15) (Bíblia de Estudo NVI Vida).

29 porta Oriental. Talvez a antecessora da atual porta Dourada (Bíblia de Estudo NVI Vida).

32 porta das Ovelhas. O ponto de partida (v.1) é também o ponto final. O círculo está completo. O trabalho está feito. Contudo, o que parecia no papel ser um projeto muito bem acabado era, na verdade, um empreendimento perigoso e desafiador, como logo se fará evidente no cap. 4 (Andrews Study Bible).


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: