Reavivados por Sua Palavra


II CRÔNICAS 34 by jquimelli
15 de agosto de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Josias, motivado por uma devoção total a Deus, colocou um firme propósito em mente. Ele destruiu os lugares altos, os altares de Baal, os ídolos, as imagens de metal e tudo em Israel que não agradava ao Senhor.

O rei tomou a sua decisão e “não se desviou para a direita ou para a esquerda” (v. 2). E a reforma que se seguiu foi tão bem sucedida, que está registrado que “todos quantos se acharam em Israel” serviram ao Senhor, seu Deus, e enquanto viveu Josias, eles “não se desviaram de seguir o Senhor” (v. 33).

Uma nação inteira foi restaurada a um relacionamento correto com Deus simplesmente porque um líder, apesar de sua juventude e inexperiência, decidiu obedecer a Deus a qualquer custo.

Em nenhum outro momento da história a destemida coragem de Josias tem sido mais necessária do que em nossos dias, quando falsos sistemas de adoração ameaçam continuamente a igreja de Deus. Assim como Deus operou através de Josias, ele trabalhará com todos, jovens, velhos, homens ou mulheres, que colocarem em seu coração servir a Deus sem o menor comprometimento com as coisas mundanas.

 

Thando Malambo
Geração Juventude para Cristo

 

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/2ch/34 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra/
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/2ch/34
Publicação anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/05/21/
Tradução Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Jobson Santos/Cindy Tutsch
Texto bíblico: II Crônicas 34
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas:
http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/sop/pp/45-46 e https://credeemseusprofetas.org/



II CRÔNICAS 34 – Comentários Selecionados [expandidos] by jquimelli
15 de agosto de 2016, 0:50
Filed under: Sem categoria

Josias. O nome significa “O SENHOR salva”. Andrews Study Bible.

Fez o que era reto. É possível que, tendo apenas seis anos quando seu avô morreu, só tenha conhecido Manassés arrependido e convertido, nunca tendo recebido sua má influência da fase quando foi o pior rei de Judá. Bíblia Shedd.

3 no duodécimo ano. Nos dias de Josias, os rapazes eram considerados homens à idade de 12 anos. Aos 16, Josias entendeu a responsabilidade de seu trabalho. Mesmo nesta idade ele mostrou sabedoria maior do que muitos reis muito mais velhos que vieram antes dele porque ele decidiu buscar ao Senhor Deus e Sua sabedoria. Não deixe que sua idade desqualifique você de servir a Deus. Life Application Study Bible Kingsway NIV.

O relato não coloca toda a reforma no duodécimo ano, mas apenas seu início. A primeira campanha resultou na destruição de objetos idolátricos por todo o país, mas a reforma não foi completa. No 18º ano a idolatria ainda estava firmemente entrincheirada na mente do povo. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 3, p. 329.

começou a purificar. A remoção da idolatria por Josias foi narrada mais completamente em 2Rs 23.4-20. Bíblia Shedd.

repararem e restaurarem a casa. Evidentemente o templo perdeu muito com a negligência. CBASD, vol. 3, p. 330.

14 o Livro da lei. Apesar de alguns acreditarem que este documento se limitava ao livro de Deuteronômio, é mais provável que se refira aos cinco livros de Moisés. Andrews Study Bible.

17 Contaram o dinheiro. Literalmente “despejaram”. Eles despejaram o dinheiro que foi encontrado nos cofres. CBASD, vol. 3, p. 330.

19 o rei … rasgou as suas vestes. Josias ficou profundamente comovido enquanto ouvia a palavra do Senhor. A lei salientava que as bênçãos seriam encontradas apenas no caminho da obediência, e que a desobediência traria desolação e ruína. Ele bem sabia que a nação, por causa de suas transgressões, se encontrava em face da destruição. CBASD, vol. 3, p. 330.

28 em paz. Esta profecia era condicional. Mas, uma vez que Josias não deu ouvidos às advertências proferidas e imprudentemente insistiu numa guerra contra o rei do Egito, ele veio a morrer, não em paz, mas devido a ferimentos de batalha (2Cr 35:20-24). CBASD, vol. 3, p. 330.

30 todas as palavras. Não se declaram exatamente quais das partes da lei foram lidas, mas nota-se que a narrativa da aliança feita entre Deus e o povo concentra-se nos cap 19 e 24 do livro de Êxodo. Não haveria tempo para se ler o Pentateuco num único dia. Bíblia Shedd.

31 Quando Josias leu o livro que Hilquias encontrou (34:14), ele respondeu com arrependimento e humildade e prometeu seguir os mandamentos de Deus como escritos no livro. A Bíblia é a Palavra de Deus para nós, “viva e eficaz” (Heb 4:12), mas não poderemos saber o que Deus quer que façamos se não a lermos. E mesmo somente ler a Palavra de Deus não é suficiente; nós devemos estar desejosos em fazer o que ela diz. Não existe muita diferença entre um livro perdido no Templo e uma Bíblia abandonada na prateleira. Uma Bíblia sem uso é tão inútil quanto uma perdida. Life Application Study Bible Kingsway NIV.

33 Enquanto ele viveu. Josias fez muito bem através de sua reforma. Durante sua vida, seu fiel exemplo e sua liderança inspiradora e enérgica fizeram com que o povo, exteriormente, andasse nos caminhos do Senhor. Na realidade, porém, não houve uma reforma profunda. O mal estava tão arraigado que o povo se absteve da apostasia completa somente enquanto o próprio rei esteve presente para lhe dar o exemplo. No 13º ano de Josias (Jr 1:2), Jeremias começou o seu ministério, conclamando-os a seguir o Senhor, mas eles não quiseram ouvir. Não se voltaram para o Senhor “de todo o coração [..] mas fingidamente” (Jr 3:10). CBASD – Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 3, p. 331.



II CRÔNICAS 34 – Comentário Pr Heber Toth Armí  by Ivan Barros
15 de agosto de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

II CRÔNICAS 34 – Amigos… Inquestionavelmente o pecado deforma a vida; porém, o Espírito divino, indubitavelmente, reforma a vida. O diabo arruína o estilo de vida para destruir-nos; Deus, por outro lado, promove um estilo de vida que vivifica até as almas mais moribundas.
O adulto amadurecerá mais na fé se sua dedicação à fé teve início na infância. Josias aos…
• …8 anos, já era rei (vs. 1-2).

• …16 anos buscou a Deus e fez mudanças no estilo de vida (vs. 3-7).

• …26 anos fez uma reforma radical em toda sua nação (vs. 8-33).
A adolescência é difícil para quem não andou com Deus na infância – ou, O tenha ignorado. Há poucos adolescentes focados nas coisas espirituais, mas eles existem. Contudo, há muitos adolescentes ávidos por tudo o que o desagrada a Deus e tira palmas dos demônios.
Muitos pais são contra batizar seus filhos juvenis; entretanto, não são contra comprar, para eles, jogos que estimulam à violência, à feitiçaria, ao ateísmo ou às religiões falsas; sem contar que muitos desses pais também aprovam que eles assistam desenhos dragônicos, de bruxaria, magia, encharcados de palavrões, sensualidade e blasfêmias.
Os juvenis precisam ser atendidos quando revelam sua decisão de entregar-se a Jesus; pois, o futuro deles dependerá de todas as decisões que fizerem durante seu desenvolvimento físico, intelectual e espiritual.
Neste capítulo fenomenal, nota-se que “a vida de Josias foi marcada por uma das reformas espirituais mais abrangentes em Judá” a qual, “expandiu-se para pontos mais distantes, em meio às tribos do norte” (Bíblia Andrews). Portanto, caso queiramos reavivar-nos e reformar-nos necessitamos assimilar os ensinamentos desse capítulo.
Precisamos encontrar mais vezes a Palavra de Deus!
• O jovem deve aprender que a coisa mais importante na vida em qualquer situação e circunstância, é buscar a Deus acima de tudo;

• O ato de andar com Deus deve ser tão íntimo a tal ponto de refletir o caráter de Deus em toda e qualquer posição que se encontre;

• Aquele que se dispuser a viver integralmente um compromisso intenso com Deus certamente será conduzido para liderar a limpeza moral e espiritual em muitos lugares;

• Quem vive em plena e constante dependência de Deus terá poder para, quando escutar Sua Palavra ou ler a Bíblia, impactar a sociedade.
Reavivemo-nos urgentissimamente! – Heber Toth Armí.



II CRÔNICAS 34 – #RPSP – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
15 de agosto de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“… Enquanto ele viveu, não se desviaram de seguir o SENHOR, Deus de seus pais” (v. 33).

Meu filho mais novo, Felipe, tem um temperamento bem diferente do irmão mais velho, Yuri. Mas cada um tem uma forma especial de cativar as pessoas. Yuri é mais comedido, já Felipe é daqueles que já vai falando o que pensa sem nem se importar com a reação alheia. Outro dia um amiguinho de Yuri veio fazer um trabalho da escola aqui em casa. Foi só eu dar as costas um pouco e me deparei com a cena de Felipe pedindo ao colega de Yuri para ler o estudo bíblico sobre os dez mandamentos. Contive o riso e em silêncio agradeci a Deus por ter filhos tão diferentes um do outro, cada um com sua importância na obra do SENHOR. Mas porque iniciei falando de meus filhos? Porque o rei do capítulo de hoje começou a reinar quando ainda era como meus filhos, apenas uma criança (v. 1). E, “sendo ainda moço, começou a buscar o Deus de Davi, seu pai” (v. 3). A Bíblia não relata mais que Josias foi filho de Amom, nem tampouco de seu avô, Manassés. As Escrituras escavam a genealogia e retrocedem até Davi, o homem segundo o coração de Deus. Pois bem, Josias, filho de Davi, foi tão fiel ao SENHOR que “não se desviou nem para a direita nem para a esquerda” (v. 2). Há um só caminho traçado para a humanidade, e este caminho é Cristo. E como saber se estou na direção correta? 

Prestem bastante atenção na lógica deste relato:

  1. Ainda na infância todo ser humano é convidado a fazer parte da obra de Deus (v. 1): “e que, desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus” (II Timóteo 3:15);
  2. Ainda na mocidade, precisamos buscar a Deus e a Sua purificação: “Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: Não tenho neles prazer” (Eclesiastes 12:1);
  3. A nossa conversão precisa ser seguida de missão, levando outros a seguir pelo mesmo caminho utilizando o único meio eficaz que existe: o exemplo: “que também Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguires os Seus passos” (I Pedro 2:21);
  4. Após o reavivamento, segue-se a reforma, a reparação de tudo o que antes eram ruínas (v. 8-13): “andemos em novidade de vida” (Romanos 6:4);
  5. Precisamos de um manual de instruções para sabermos manusear certos aparelhos eletrônicos, do contrário corremos o risco de danificar o aparelho. Continuaremos com o aparelho, mas sem funcionalidade. O que nos faz pensar que podemos ser fiéis a Deus sem examinar o Manual que Ele nos deixou? Quem se entrega ao SENHOR de todo o coração e de toda a alma, busca em Sua Palavra as orientações que o levarão a andar como Josias andou, ignorando os desvios: “Guardo no coração as Tuas palavras, para não pecar contra Ti” (Salmo 119:11);
  6. A verdade contida na Bíblia começa a ser revelada com clareza, e também com clareza passamos a enxergar nossos muitos pecados, e é justamente isto que nos faz reconhecer a nossa indignidade diante da infinita graça de Deus. Só “rasgamos nossas vestes” quando o poder da Palavra rasga o nosso coração. A cada descoberta percebemos o quanto estávamos envoltos em escuridão, e o quanto Deus nos ama. E ao experimentarmos a luz, a luz que vai crescendo a cada dia de comunhão com a Palavra, nem se passa pela nossa cabeça voltar às trevas espirituais: “Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito” (Provérbios 4:18);
  7. E fechando com perfeição, a Palavra de Deus está à disposição de TODOS, “desde o menor até ao maior” (v. 30). E não é apenas para ser estudada, mas também praticada: “Tornai-vos, pois, praticantes da Palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos” (Tiago 1:22).

Josias praticou a Palavra enquanto viveu (v. 33). E o seu exemplo foi tão forte que todo o povo não se desviou “de seguir o SENHOR” (v. 33). Josias sabia em Quem acreditava. Não estava condicionado a ninguém neste mundo. Mas o povo esteve condicionado à obediência enquanto Josias tinha vida. 

Meus amados, a sua salvação não depende dos outros, mas de suas escolhas. Se você, jovem, é obediente porque seus pais estão por perto, sua obediência é condicionada. Se você faz seu trabalho direito só quando está sob as vistas de seu chefe, o seu bom rendimento é condicionado. O SENHOR nos convida a anuir à Sua aliança (v. 32) de forma pessoal e por inteiro. Cada um de nós temos um papel a desempenhar no serviço do SENHOR, e, cada dia, precisamos renovar para poder avançar. Os registros da história de Josias o indicam como um homem que sabia para onde queria ir. E você? E eu? Para onde estamos indo? Estamos no caminho certo, ou estamos nos desviando para algum lado? Como saber? Prosseguindo em estudar o “Assim diz o SENHOR” (v. 24), sem pressa, com zelo e com inteireza de coração. Então Deus nos tornará retos e nos conduzirá pela mão até o nosso verdadeiro e perfeito Lar edênico.

Bom dia, guiados pelo SENHOR!

Desafio do dia: orar em busca de reavivamento e reforma.

*Leiam #2Crônicas34

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: