Reavivados por Sua Palavra


SALMO 71 – BUSQUE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
13 de abril de 2020, 6:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO SALMO 71 – Leia a Bíblia antes

SALMO 71 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO PR. HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUAREZ (link externo)

COM. VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA(link externo)

COM. VÍDEO PR WEVERTON E EQUIPE (link externo)

COM. VÍDEO PR MICHELSON BORGES (link externo)

COM. VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)



SALMO 71 by Jeferson Quimelli
13 de abril de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/71

Onde você tem se refugiado em sua vida diária? Onde você se sente mais seguro?

O Salmo 71 provavelmente foi escrito por Davi (nem todos os Salmos o foram, como você provavelmente deve saber). Ao ler este capítulo em particular, você provavelmente pode pensar várias vezes na vida de Davi, onde ele se voltou para Deus em busca de proteção. Tenho certeza de que cada um de nós tem pelo menos uma ou duas histórias favoritas na vida de Davi que achamos emocionantes, como ele escapa de seu inimigo, seja humano ou animal.

Acho que encontro refúgio em encher minha mente com música cristã. Com uma canção em meu coração, eu posso cantar todos os tipos de louvores a Deus. Eu posso pensar em coisas para conversar com Ele. Sei que Deus não me esqueceu, sei que ainda posso pedir que Ele esteja comigo, em tempos difíceis e felizes, exatamente como Davi compartilha neste capítulo. Sei de muitas vezes quando Deus cuidou em especial de mim, e sei que muitas vezes não estou ciente de Sua proteção, mas sei que Ele continua a me proteger – como Ele protege você.Louve-O!

Kirsten Machado
Professora da Escola Adventista Americana de Taipei,
Taiwan

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=795 e https://reavivadosporsuapalavra.org/2017/01/08/salmo-69-2/
Tradução: Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



SALMO 71 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
13 de abril de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

438 palavras

O salmo 71 traz conselhos aos idosos. Davi proferiu a oração deste salmo ao perceber que a velhice trazia infelicidade, devido, em parte, à intensificação de maus traços de caráter. … “Davi sentia-se profundamente abalado; ficou aflito ao pensar nos anos futuros, quando estivesse velho. … Davi sentia a necessidade de guardar-se contra os males que acompanham a velhice”(MCP2, 749, 750). CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 896.

1 Em Ti, SENHOR. Comparar com o Salmo 31:1 a 3, que é quase idêntico ao Salmo 71:1 a 3. CBASD, vol. 3, p. 897.

6 Em Ti me tenho apoiado. Assim como o filho se apoia no pai, Davi encontrava apoio constante em Deus (ver Sl 22:9, 10; Is 46:3, 4). CBASD, vol. 3, p. 897.

8 Teu louvor. O louvor se une à oração na primeira parte do salmo. CBASD, vol. 3, p. 897.

9 Velhice. Ao rever seu passado, Davi olha também para o futuro, principalmente ao tempo da velhice. Ao contemplar as vicissitudes da velhice, ele sente a necessidade de graça especial (ver T1, 422-424). CBASD, vol. 3, p. 897.

Quando me faltarem as forças. Se Deus era a “rocha”e a “fortaleza”de Davi quando ele gozava de plena força, Ele seria um apoio ainda maior ao chegar a velhice com as consequentes debilidades físicas e mentais (sobre a glória da velhice, ver Pv 16:31). CBASD, vol. 3, p. 897.

14 E Te louvarei mais e mais. O salmista passa a agradecer, confiante que sua súplica é ouvida. CBASD, vol. 3, p. 897.

15 A minha boca relatará a Tua justiça e de contínuo os feitos da Tua salvação, ainda que eu não saiba o seu número. Ver Is 45:24, 25; Fl 3:9.  A justiça e a salvação que vem de Deus são incalculáveis (ver com. do Sl 40:5; cf. Sl 139:17, 18. CBASD, vol. 3, p. 897.

20 Tu, que me tens feito ver muitas angústias e males, me restaurarás ainda a vida. A esperança no futuro se baseia nas lembranças do passado. CBASD, vol. 3, p. 897.

Abismos da terra. Metáfora que indica os extremos do sofrimento e da depressão (ver Sl 88:6, 130:1). Davi expressa uma certeza positiva de que Deus o resgatará das profundidades da angústia e o colocará num lugar seguro. CBASD, vol. 3, p. 897.

22 Te louvo com a lira … cantar-Te-ei salmos na harpa. A menção da lira e da harpa indica adoração pública, na qual estes instrumentos eram usados com mais frequência. CBASD, vol. 3, p. 897.

24 Tua justiça. Ver os v. 15, 16 e 19. Caso se falasse mais da justiça de Deus, menos se exaltaria a humana (ver Is 64:6). CBASD, vol. 3, p. 897.

Estão envergonhados e confundidos. Davi está tão seguro da derrota dos ímpios que fala disso como se já tivesse acontecido. Como muitos dos salmos, o 71 termina com nota de triunfo (ver Sl 3:7, 8; 7:17; 26:12; etc.). Deus conduz Seus filhos da escuridão para a luz. CBASD, vol. 3, p. 897.



SALMO 71 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
13 de abril de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Não me desampares, pois, ó Deus, até à minha velhice e às cãs; até que eu tenha declarado à presente geração a Tua força e às vindouras o Teu poder” (v.18).

A vida do homem é composta por três fases: a infância, a fase adulta e a velhice. Em cada uma delas passamos por experiências diferentes, mas a última sempre corresponde a como vivemos nas primeiras duas fases. O nosso estilo de vida hoje é o que vai definir a nossa velhice amanhã. O idoso salmista atingiu o ápice da vida com esperança, usando sua experiência e sabedoria para instruir os mais jovens. Sua oração corresponde ao resultado de uma vida que, desde a mocidade (v.5), confiou em Deus.

É certo que os reveses da idade avançada o estavam afligindo, a ponto de clamar: “Não me rejeites na minha velhice” (v.9). Temores pessoais e inimigos declarados o angustiavam, mas a sua confiança permanecia em Deus, a sua “rocha habitável” (v.3). Talvez você já esteja experimentando esta fase da vida. Alguns com mais tranquilidade, outros com muitas dificuldades. Talvez as outras fases tenham lhe causado feridas difíceis de cicatrizar ou consequências que, hoje, são difíceis de suportar. Mas uma coisa é certa, e o salmista a escolheu: a sua experiência pode ser um instrumento de ensino “à presente geração”, e um legado “às vindouras” (v.18).

Não tive muito contato com meus avós. Quando nasci, meu avô materno já havia morrido e meus outros avós moravam distante. Mas quando o meu avô paterno adoeceu, ele passou um tempo em minha casa. Ele era um homem de pouca instrução e com modos um tanto rudes, mas foi na velhice que ele teve contato com o evangelho e se converteu. Com seu jeito peculiar e sinceridade cômica, vô Dudé, como era chamado carinhosamente pelos netos, levou muita alegria à nossa casa.

Nesse tempo em que a vida de muitos idosos têm sido ceifadas e onde muitos têm sido privados da companhia da família, lembremos de seus sábios conselhos e oremos por seu bem-estar. Ainda que na velhice lhe faltem “as forças” (v.9), ou inimigos lhe assediem, como o salmista, que o seu coração esteja firme em Deus: “Quanto a mim, esperarei sempre e Te louvarei mais e mais” (v.14). E mesmo em face da morte, repousarás na segurança de que “nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Rm.8:38-39). Porque Ele vive, nós também viveremos (Jo.14:19). Vigiemos e oremos!

Bom dia, testemunhas do cuidado de Deus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo71 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 71 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
13 de abril de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

SALMO 71 – O sofrimento é uma experiência que entrou após o pecado, a dor não combina com a vida. A dor sempre será uma experiência intrusa.

Aqueles que aprendem a lidar com fé cada um ou cada fase dos sofrimentos que enfrentam, se prepararão melhor para receber o que Deus tem para oferecer. Com a fé testada, a vida se torna mais ampliada. O salmista é um exemplo de como lidar com o sofrimento. Com palavras inspiradas, ele nos deixa um tremendo legado espiritual.

Este Salmo foi escrito por um ancião em meio a sua impotência e

ameaça de perseguidores; então, ele clama a Deus confiantemente em busca…
• Socorro (v. 4);
• Segurança (v. 5);
• Vindicação (v. 13).

Ele sabe que somente Deus existe o que a alma humana tanto almeja:
• Lugar seguro (vs. 3-7);
• Segurança e esperança (v. 5).

Contudo, o futuro glorioso se concentra na primeira e na segunda vinda do Messias, que garante a restauração e a ressurreição dos que nEle confiam (v. 20-21).

O salmista, embora vivendo no Antigo Testamento, não era nada legalista. Ele não confiava em sua obediência para buscar favor do Senhor. A salvação nunca foi baseada na justiça própria.

Após dirigir-se a Deus diretamente (v. 1), o salmista clamou: “Livra-me por tua justiça e resgata-me; inclina-me os ouvidos e salva-me” (v. 2).

Após refletir sobre os efeitos da atuação de Deus, e expressar sua vontade de exaltar e glorificar pelo que Deus fez (vs. 22-23), o salmista declara: “Igualmente a minha língua celebra a tua justiça todo o dia; pois estão envergonhados e confundidos os que procuram o mal contra mim” (v. 24).

Deus ensina aos que humildemente querem aprender. A justiça de Deus é enfatizada em detrimento da vergonha humana. Deus ampara e fortalece ao limitado e fraco. Deus salva o perdido e absolve o condenado. Quem faz o que Deus faz? Quem se iguala a Ele? Quem além de Deus merece ser tão aclamado?

Encha teus lábios de louvor. Encha teu coração de gratidão. Encha tua vida de adoração ao Deus da salvação. Exalte Seu poder. Celebre Suas obras! Cubra-se com Sua justiça! – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: