Reavivados por Sua Palavra


SALMO 79 – BUSQUE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
21 de abril de 2020, 1:10
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO SALMO 79 – Leia a Bíblia antes

SALMO 79 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO PR. HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUAREZ (link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO (link externo)

COM. VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA(link externo)

COM. VÍDEO PR MICHELSON BORGES (link externo)

COM. VÍDEO PR WEVERTON E EQUIPE (link externo)

COM. VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)



SALMO 79 by Jeferson Quimelli
21 de abril de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/79

Este Salmo foi escrito por um descendente da tribo de Asafe após os babilônios destruírem Jerusalém. Era um momento terrível para o povo de Judá. O templo de Salomão havia sido demolido e queimado e a cidade estava em escombros e cinzas. Os sobreviventes estavam cansados da guerra, tristes e com o coração partido. Muitos viram seus entes queridos serem mortos e seus corpos ficarem insepultos, o que aumentava ainda mais sua dor.

Em meio a tudo isso, o salmista clama a Deus por um alívio do seu sofrimento. Ao recordarem sua história, os israelitas lembram-se dos muitos momentos de angústia causados por sua apostasia e rebelião e do amor infalível de Deus que sempre via quando se arrependiam e lhes concedia misericórdia. É por essa misericórdia que o salmista está suplicando.

Talvez você também tenha chegado a uma situação desesperadora, seja por um pecado próprio ou apenas por viver num mundo imperfeito. Independente da causa, Deus se compadece do seu sofrimento e com amor e misericórdia vem ao seu socorro concedendo-lhe conforto e cura.

Kimberly Harris
It is Written (Está Escrito)

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=803
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli



SALMO 79 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
21 de abril de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

495 palavras

O Salmo 79 é uma elegia sobre a desolação de Jerusalém na época do cativeiro babilônico (ver Sl 74). Começa com  a descrição de Jerusalém em ruínas e de seus habitantes mortos à espada, segue com a oração por livramento e para que os invasores sejam punidos. Finalmente, termina com uma canção de louvor e promessa de gratidão eterna. Embora tenha estrofes de métrica irregular, este salmo tem muita fluidez de pensamento. Era um dos favoritos dos huguenotes franceses e dos puritanos ingleses. CBASD, vol. 3, p. 919.

Profanaram. Ao entrar no templo, roubar suas sagradas mobílias, demolir seus adornos e atear fogo, os babilônios profanaram o templo (ver 2Cr 36:17, 18; Jr 52:17-23; cf.Sl 74:4-7). CBASD, vol. 3, p. 919.

cibo (ARA; NVI: “alimento”).

Cadáveres. Este versículo descreve a horrível mortandade quando Jerusalém foi tomada pelos caldeus. Os mortos insepultos serviram de alimento para animais selvagens e abutres (ver 2Cr 36:17; cf. Dt 28:26; Jr 7:33; 8:2; 9:22; etc.). CBASD, vol. 3, p. 920.

Derrama. Ver a notável semelhança entre os v. 6 e 7 e Jeremias 10:25. CBASD, vol. 3, p. 920.

De acordo com o Antigo Testamento, a ira e o juízo de Deus muitas vezes caíam sobre nações inteiras por causa dos pecados das pessoas dessas nações. Aqui Asafe pediu juízo sobre reinos que se recusavam a reconhecer a autoridade de Deus. Ironicamente, a própria nação de Judá, de Asafe, estava sendo julgada por Deus por se recusar a fazer isso mesmo (2Cr 36: 14-20). Essas eram pessoas que haviam jurado lealdade a Deus, mas agora o estavam rejeitando. Isso tornou seu julgamento ainda pior. Life Application Study Bible Kingsway.

Glória do Teu nome. Pede-se a Deus que ajude Israel, não por amor deste, pois não é digno, mas pela glória divina (ver Êx 32:12). CBASD, vol. 3, p. 920.

10 Por que diriam as nações: Onde está o seu Deus? Na antiguidade, a vitória sobre uma nação estrangeira era considerada triunfo sobre seus deuses. O salmista clama pela vindicação do poder de Deus. Moisés fez uma súplica similar pelo menos em duas ocasiões (Êx 32:12; Nm 14:13-19). CBASD, vol. 3, p. 920.

No final, a glória de Deus será evidente para todas as pessoas, mas, enquanto isso, devemos suportar o sofrimento com paciência e permitir que através dele Deus fortaleça o nosso caráter . Por razões que desconhecemos, as pessoas pagãs são freqüentemente permitidas a zombar dos crentes. Devemos estar preparados para críticas, piadas e comentários indecentes, porque Deus não nos coloca além dos ataques dos escarnecedores. Life Application Study Bible Kingsway.

12 Retribui, SENHOR, aos nossos vizinhos, sete vezes mais o opróbrio com que Te vituperaram (ARA; NVI: “Retribui sete vezes mais aos nossos vizinhos as afrontas com que Te insultaram, Senhor!”).

Vizinhos. As nações vizinhas a Israel, que se alegraram com sua desgraça em vez de tentar ajudá-lo contra o invasor (ver com. do v. 4; cf. Sl 44:13; Dn 9:16). CBASD, vol. 3, p. 920.

13 Proclamaremos. Por sua localização geográfica privilegiada, Israel devia ser a luz do mundo (ver Is 43:21). CBASD, vol. 3, p. 920.

De geração em geração. Num hino de louvor, o poeta promete transmitir às gerações futuras o relato da misericórdia divina. CBASD, vol. 3, p. 920.



SALMO 79 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
21 de abril de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Assiste-nos, ó Deus e Salvador nosso, pela glória do Teu nome; livra-nos e perdoa-nos os pecados, por amor do Teu nome” (v.9).

Existem lugares em que a perseguição religiosa tem sido a causa de muitas mortes e injustiças. As igrejas são invadidas e os membros agredidos. Ordens de prisão são dadas sem que haja um fundamento convincente ou qualquer direito de defesa. Cristãos são obrigados a reunir-se secretamente e muitos têm de esconder-se até mesmo da própria família. São situações que desafiam a fé, mas que não conseguem abater o fiel servo de Cristo.

O clamor por justiça e a ansiedade por vê-la em ação, revelam o desejo do salmista de ter de volta o que lhe foi violentamente tirado. Destruídos a cidade e o templo, o povo passou por um momento muito difícil, mas necessário. Diferente de tantos que são perseguidos sem causa, há também os que provocam o próprio infortúnio. A corrupção nacional havia tomado conta daqueles que deveriam corresponder ao chamado do Senhor com temor e tremor. Asafe sabia que era só uma questão de tempo para o Senhor agir. Em seu anelo, porém, o coração desabafou: “Até quando, Senhor?” (v.5).

De igual forma, em um mundo manchado pelo pecado e destituído da glória de Deus, sabemos que é só uma questão de tempo para que o Senhor manifeste o Seu juízo. Mas como Asafe, o nosso coração desfalece de saudades e pergunta: “Até quando, Senhor?”. “Muitos serão purificados, embranquecidos e provados” (Dn.12:10), através das perseguições e das aflições. Desprovidos até mesmo das necessidades mais básicas e “sobremodo abatidos” (v.8), há neste instante milhares de vozes a clamar: “Assiste-nos, ó Deus e Salvador nosso”!

Conta-se que, após um ataque violento a uma igreja em determinado país, um missionário voluntário foi enviado para levar conforto e auxílio às vítimas. Apenas alguns dias depois, sua vida foi impactada ao ver os irmãos, mesmo feridos, reunidos novamente na igreja. Contagiado pela fé viva e sólida daquelas pessoas, o missionário declarou: “Não importa o tamanho da destruição, Deus nunca pode ser destruído. Ele sempre deixa espaço para um raio de luz e um fio de esperança. Então, como podemos nos desesperar, quando há sempre luz e esperança em Cristo? Temos a garantia da vida eterna”.

Não sabemos quanto tempo falta para a nossa redenção. Mas precisamos andar aqui confiantes na fiel promessa: “Certamente, venho sem demora” (Ap.22:20). Ainda que perseguidos, feridos e abatidos, do alto virá o nosso Salvador, então, “para sempre [Lhe] daremos graças” (v.13). Vigiemos e oremos!

Bom dia, fiéis servos do Senhor!

Desafio da semana: Oremos por nossos irmãos que têm sido perseguidos e ameaçados por causa de sua fé.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo79 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 79 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
21 de abril de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

SALMO 79 – Atenção: sofremos por causa de nossas atitudes e também por causa das atitudes dos outros. Causamos problemas a nós mesmos e aos outros, e outros também causam problemas para nós. Assim, mesmo que você se esforce pelo que é certo, sempre terá alguém tentando prejudicar-te.

A nossa fuga diante de toda esta triste fatalidade é buscar orientação, consolo e perdão através da oração ao Deus ricamente misericordioso e generoso. Podemos clamar a Ele quando perversos incomodam a Seu povo ou quando pessoas cruéis chacinam aos representantes de Deus neste mundo.

1. Neste mundo injusto e corrupto existem invasores que surgem de todos os lugares, em diversas ocasiões. Invadem a vida das pessoas, saqueiam a paz e roubam a alegria. Escarnecedores blasfemam de Deus e de Seus representantes no mundo tenebroso (vs. 1-4).
2. Deus não esquece Seu povo, ainda que Seu povo se esqueça dEle. Deus não despreza Seu povo; por isso, nos momentos de dificuldades é só orar que Deus ouve e dá atenção aos feridos. Asafe nos deixa esse legado inspirado permeado de intercessão pelo povo em aflição:

É preciso…
a) …reconhecer os pecados, pedir pela misericórdia de Deus e depender genuinamente de Sua graça (vs. 5, 8).
b) …clamar por ajuda a Deus para libertar e salvar de tudo aquilo que assola ao povo em suas debilidades (vs. 6-7, 9).
c) …buscar a intervenção de Deus para lidar com os opositores e detratores do povo de Deus (vs. 10-12).
d) …depender de Deus como ovelhas para então dar-Lhe graças para todo o sempre (v. 13).

Ao aproximar-se de Deus, muitas coisas mudam em nosso coração. Alguém disse que “onde há mansidão, as tendências naturais estão sob o controle do Espírito Santo. A mansidão não é uma espécie de covardia. É o espírito que Cristo manifestou ao sofrer injúria, ao tolerar ofensas e insultos. Ser manso não é abrir mão de nossos direitos, mas nos manter sob controle diante da provocação de cedermos à raiva ou ao espírito de vingança. A mansidão não permitirá que a paixão tome a dianteira”.

Jesus foi além de Asafe, deixando-nos um legado maior e mais nobre (ver Lucas 6:22-23, 27-36). Vamos elevar nosso padrão de vida? Vamos ser mais cristãos em nossas atitudes?

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico




%d blogueiros gostam disto: