Reavivados por Sua Palavra


JÓ 33 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jefersonquimelli
24 de janeiro de 2020, 0:05
Filed under: Sem categoria

599 palavras

Ouve, pois, Jó. O discurso deste capítulo é dirigido a Jó. O principal propósito é convencer Jó de que ele errou em seus pontos de vista sobre o sofrimento. Os amigos de Jó consideram a aflição como um castigo. Jó discordou; ele parece considerar o sofrimento simplesmente como uma expressão da soberania divina. Eliú crê que Jó e seus amigos não têm a resposta correta. Ele acredita que o verdadeiro objetivo da aflição é purificar, fortalecer, melhorar, provar, esclarecer, desenvolver a fé e salvar. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 661.

preste atenção a tudo que eu vou dizer. Está totalmente convicto da importância e da sabedoria dos conselhos que está para transmitir (cf.v. 31, 33). Bíblia de Estudo NVI Vida.

contesta-me. Eliú promete que o debate entre ele e Jó será realizado em termos justos. Promete não tentar sobrecarregar Jó de repreensões e reconhece que Jó tem o direito de lhe responder e de discordar dele. CBASD, vol. 3, p. 661.

Estou limpo. Isto é um exagero. Jó não havia reivindicado perfeição absoluta (ver Jó 7:20, 21; 9:28; 13:26; 14:4, 17). CBASD, vol. 3, p. 661.

12 você não está certo. Eliú acha que Jó precisa ser corrigido. Certamente Jó erra ao considerar Deus um inimigo (cf v.10; 13.24; 19.11), mas Eliú também está ofendido com o que lhe parece ser uma alegação de Jó a favor da própria pureza (cf v.9). Jó, no entanto, nunca alegara estar “limpo e sem pecado”, embora algumas de suas palavras tivessem sido entendidas dessa forma por Elifaz (15.14-16). Jó reconhece-se pecador (7.21; 13.26), mas nega ter cometido os pecados brutais por que pensa estar sendo castigado. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Deus é maior. Poder não significa justiça, e dizer que Deus pode fazer o que Lhe agrada porque é todo-poderoso é um argumento incoerente para defendê-Lo. CBASD, vol. 3, p. 661.

13 O maior teste de Jó não era o sofrimento, mas que ele não sabia porque estava sofrendo. Nosso maior teste pode ser que devemos confiar na bondade de Deus mesmo quando não entendemos por que nossas vidas seguem certo caminho. Devemos aprender a confiar em Deus, que é bom, e não na bondade da vida. Life Application Study Bible Kingsway.

14 Deus fala de um modo, sim, de dois modos. Deus tem mais de um modo de falar ao homem, mas o homem nem sempre reconhece Sua voz. CBASD, vol. 3, p. 661.

19 castigado com dores. Eliú se aproxima progressivamente do problema de Jó Ele expressa sua própria compreensão do ministério da dor. Para ele, Deus é bom e amoroso ao infligir a dor, não como punição, mas como disciplina. Parece haver certa progressão no discurso de Eliú. Primeiramente, ele menciona sonhos, depois, advertências e, então, a dor. CBASD, vol. 3, p. 661.

20 sua vida abomina o pão. O sofrimento de Jó o havia levado a uma situação tal que coisas que comumente trariam prazer, como guloseimas, haviam perdido todo o atrativo. CBASD, vol. 3, p. 662.

23 o que lhe convém. Isto é, o caminho que ele deve seguir. CBASD, vol. 3, p. 662.

25 a sua carne se renova … como a de uma criança.  Linguagem semelhante é empregada em 2Rs 5.14, em referência a alguém curado de lepra. Bíblia de Estudo NVI Vida.

29 duas e três vezes. Sua inferência é a de que as aflições de Jó são disciplinares e, dessa forma, podem atuar para seu benefício. CBASD, vol. 3, p. 662.

30 para recuperar sua alma da cova. Eliú ensina que o que parece crueldade de Deus quando castiga os seres humanos é, na realidade, gesto de amor, já que o homem nunca recebe nesta vida todos os castigos que de fato merece (cf. v. 27). Bíblia de Estudo NVI Vida.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: