Reavivados por Sua Palavra


ESDRAS 10 by Jeferson Quimelli
29 de novembro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/ed/10

Se existe algo a sublinhar no capítulo 10, seria no versículo 2: “. . . agora agora há esperança em Israel.” Embora Israel tenha pecado muito, eles serviam a um Deus misericordioso. Nisto podemos nos alegrar: “Se confessarmos nossos pecados, Ele é fiel e justo para perdoar nossos pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 João 1:9). Mas o que se seguiu é mais desafiador.

A triste confissão de Esdras abriu os corações das pessoas. Eles choraram lágrimas amargas. Lágrimas, não apenas pelo reconhecimento do pecado, mas por encontrar uma solução. Isso é doloroso. Mais de 100 homens se divorciaram de suas esposas – algumas delas com filhos. Que triste.

Mas pecado e tristeza andam de mãos dadas. Algo pode parecer inofensivo. Mas cresce. Mais pessoas se envolvem. Logo, o que antes estava errado, não é mais – é comum. Então um dia a convicção chega. Existe a necessidade de confessar a Deus. Mas a confissão geralmente requer mudanças. Desculpas.Correção. Consequências.

Sim, regozije-se por Deus ser misericordioso e perdoador. Mas não esqueça de ouvir e seguir as advertências do Espírito Santo. . . não importa o quão doloroso isso possa ser.

Merle Poirier
Gerente de Operações
Revistas Adventist Review / Adventist World

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=659
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: