Reavivados por Sua Palavra


II CRÔNICAS 29 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ  by Maria Eduarda
12 de novembro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Antes de um reavivamento geral, é fundamental que haja individual reavivamento espiritual.
A vida e atos de Ezequias servem para despertar-nos para a necessidade de reavivamento pessoal a fim de alcançar um reavivamento coletivo… – Por que não universal?

1. Reconhecer a necessidade de reavivamento é o primeiro passo individual a ser dado. Ezequias notou muitas práticas sagradas negligenciadas; então, tomou a iniciativa de restaurá-las entre seu povo (vs. 1-4).

2. A santificação deve ser tema relevante, elementar mas importante para que haja reavivamento individual e se torne mundial. Ezequias reconheceu os erros e os expôs com categoria chamando o povo à santificação/consagração (vs. 5-9).

3. Alguém deve começar com determinação e ousadia a fazer o que realmente a Bíblia orienta; e então, pelo exemplo e palavras, influenciar outros a fazerem o mesmo. Ezequias liderou com sua influência e chamou o povo à reconciliação com Deus (vs. 10-11).

Dar um fim a práticas anti-bíblicas é essencial para que se desperte um reavivamento total. Isso jamais será possível sem um investimento intenso no estudo sistemático da Bíblia. Também é indispensável o papel do Espírito Santo no coração de quem lidera um reavivamento espiritual (v. 15).

4. A santificação recomendada deve ser ativa e prática. É preciso tomar atitude radical para que não predomine um avivamento superficial. Ao entender o recado do Céu, é urgente partir para a ação assim como fizeram os pastores da época de Ezequias – levitas, sacerdotes (vs. 12-19).

5. O plano da redenção, o sacrifício de Cristo, o perdão e a libertação dos pecados devem ser temas essenciais no processo de reavivamento e reforma espirituais. Estes temas estão ilustrados aqui pelos sacrifícios e ofertas no templo (vs. 20-24).

6. Instrumentos musicais devem fazer parte do fervor diante do Senhor. A alegria, a emoção e os sentimentos farão parte de um culto de adoração orientado pela Palavra de Deus, os quais perdurarão mesmo após o término dos serviços cúlticos (vs. 25-36).

Sem consagração não há reavivamento. Sem abandono das práticas espúrias não é possível experimentar a profusão da alegria da presença divina. O reavivamento virá quando tomarmos a atitude correta em relação a tudo na vida, e priorizarmos a vontade de Deus acima de tudo! Aceitas?

Avancemos no reavivamento pela Palavra! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: