Reavivados por Sua Palavra


II CRÔNICAS 26 by jquimelli
9 de novembro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/2cr/26

Com a ascensão de Uzias ao trono, Judá renovou sua esperança de ter um bom rei. A Bíblia diz que Uzias não somente fez o que era reto aos olhos do Senhor, como seu pai; ele também buscou ao Senhor (vs. 4, 5). Enquanto Uzias se dispôs a buscar o Senhor Deus, seu reinado foi próspero (vs. 1-5). Sua fama se espalhou para além das fronteiras de Judá porque ele fora maravilhosamente ajudado (v. 15). O verbo ajudar aparece apenas três vezes nesse capítulo (vs. 7, 13, 15). Os soldados ajudaram Uzias (v. 13), mas a fonte última/principal/verdadeira da prosperidade do rei é anunciada no v. 7: “o Senhor o ajudou.”

Infelizmente, Uzias passou a pensar que podia fazer o que quisesse, mesmo que isso fosse contra a vontade de Deus. As bênçãos que recebeu não o tornaram humilde e grato a Deus; elas o ensoberbeceram. Ele perdeu o discernimento entre o santo e o profano e acabou sendo punido com a lepra (v. 16-21). Que o Senhor nos ajude também hoje. Mas que não permitamos que Seu cuidado não torne orgulhosos e sem percepção espiritual; ao contrário, que Suas bênçãos nos tornem mais e mais sensíveis à Sua presença e amor.

Clacir Virmes Junior
Professor do Seminário Latino Americano de Teologia, Bahia, Brasil

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=639
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: