Reavivados por Sua Palavra


2REIS 1 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
22 de agosto de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Mas o Anjo do Senhor disse a Elias, o tesbita: Dispõe-te, e sobe para te encontrares com os mensageiros do rei de Samaria, e dize-lhes: Porventura, não há Deus em Israel, para irdes consultar Baal-Zebube, deus de Ecrom?” (v.3).

O segundo livro dos Reis já inicia com mais um reinado fadado ao fracasso. O filho de Acabe havia adquirido uma doença após uma queda e não descansaria enquanto não soubesse o que lhe sucederia. Mas ao invés de consultar ao Deus de Israel, mandou seus mensageiros consultarem ao deus de Ecrom, cujo nome significa “senhor das moscas”. Que troca insana! Desde que o pecado entrou no mundo, a humanidade tem feito a mesma coisa. Não foi sem razão que só entrou na arca, Noé e sua família. A insanidade era tanta que o homem deu as costas ao Criador de todas as coisas, para adorar a todas as coisas criadas.

O “senhor das moscas” representa tudo aquilo no qual depositamos a nossa confiança que só deveria pertencer a Deus. Mas todo aquele que guarda o “assim diz o Senhor”, como Elias, recebe as características de um verdadeiro filho do Reino. A descrição exterior de Elias não foi o real motivo de Acazias reconhecê-lo, mas uma confirmação de alguém que o rei já sabia quem era: “É Elias, o tesbita” (v.8). Contudo, a profecia de Elias trouxe desassossego ao coração do enfermo rei, que logo mandou buscar o profeta. E por mais duas vezes, Deus manifestou o Seu poder fazendo descer fogo do céu para consumir os soldados de Acazias.

O título de homem de Deus havia sido desqualificado pelos falsos profetas do reino, mas Elias deixou bem claro que ele era, de fato, um homem de Deus. Títulos não dizem nada quando quem os representa não vive conforme o seu chamado. Somos portadores de uma mensagem solene e urgente, meus irmãos, que, se vivida, o mundo reconhecerá em nossas palavras e ações: “É Elias!” O nosso nome, aparência e atitudes têm sido uma inconfundível declaração de que só o Senhor é Deus?

A missão do profeta era transmitir a Palavra do Senhor e conduzir o povo ao arrependimento. Foi o que Elias fez em todo o seu ministério, sendo zeloso em cumprir a vontade de Deus e indo exatamente para onde Deus o mandava. Aquela chuva de fogo atingiu apenas alguns, porém, chegará o tempo em que será uma execução em massa do juízo de Deus sobre os ímpios (Ap.20:9). Se assumirmos, porém, a atitude do terceiro capitão de Israel, nos humilhando diante do Senhor, não teremos o que temer naquele grande Dia. Toda vida é preciosa aos olhos de Deus, porém, o valor dado por Deus não nos impede de rebaixar este grande valor a um montão de cinzas, pelas nossas más escolhas.

A justiça de Deus não deve nos causar medo, mas ela é salvação. “Sendo justificados gratuitamente, por Sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus” (Rm.3:24). Muitas vezes Deus nos reprova aqui para que não sejamos reprovados para a eternidade. Acazias não se deu por satisfeito até ouvir da boca do próprio Elias as mesmas palavras condenatórias ditas antes. Meus irmãos, fomos criados para a felicidade eterna, não para condenação. Pois o castigo final não foi preparado para nós, mas “para o diabo e seus anjos” (Mt.25:41).

Muitos podem até ignorar a Palavra de Deus, mas não podem evitar que ela se cumpra: “Assim, pois, morreu [Acazias], segundo a palavra do Senhor” (v.17). Chegará o tempo em que descer fogo do céu também não será mais um sinal evidente do poder do Senhor, mas astúcia de Satanás para enganar a humanidade, “de maneira que até fogo do céu faz descer à terra, diante dos homens” (Ap.13:13). E o que nos ajudará a discernir o fogo do Senhor do fogo da maldição? A nossa caminhada com Deus. Temos andado em conformidade com a vocação que recebemos do Alto? Deus dizia a Elias: Suba. E ele subia. Deus dizia: Desça. E ele descia. Deus dizia: Vai. E ele ia. Deus dizia: Fica. E ele ali permanecia. Que o Espírito Santo faça de nossa vida uma inconfundível revelação de que somos, por preceito e por exemplo, homens e mulheres de Deus. Vigiemos e oremos!

Bom dia, homens e mulheres do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #2Reis1 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Uma meditação poderosa. Uma luz muito grande sobre o tema adoração verdadeira. Um sermão poderoso a ser extraído. Que a Graça continue a usar a irmã a fim de alimentar o rebanho e glorificar a Deus

Comentário por Paulo Roberto de Oliveira

Deus abençoe rica e poderosamente vosso ministério.
Vós não sabeis o quanto tem sido bastante edificante a meditação dos vossos comentários.
Continuem trabalhando pois hão de ver na eternidade almas cuja fonte de entrada foram vocês.
Vamos em frente.

Comentário por Jesus Kyssueia




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: