Reavivados por Sua Palavra


I REIS 19 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
18 de agosto de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Tem pessoas que sem estudarem determinado assunto distribuem arrogantemente opiniões como convicções a ponto de discordarem até dos especialistas da área. Quando a ignorância emite opinião, não adianta esbanjar sabedoria confrontando-a, ela nunca admite seu erro! Jezabel matava quem lhe confrontava; nunca cedia.

Um tema polêmico é “depressão”. Sobre o capítulo de hoje, o teólogo Charles R. Swindoll declarou que Elias “ficou desmotivado, sentiu desânimo e teve depressão”.
Após detalhar o esgotamento físico, mental, emocional e espiritual de Elias, o teólogo Gene Getz, tendo aval do Dr. Paul Meier, atestou: “Fica claro que Elias havia perdido a perspectiva correta dos fatos e caído em um estado de profunda depressão”. Sua depressão “era tão severa que ele queria morrer. Na verdade, chegou a pedir para si a morte”.
O psicólogo William de Oliveira observou que “a crise depressiva de Elias se revela na sua fuga (v. 4), no desejo de morte (v. 4), no sono profundo (v. 5), no isolamento (v. 9), e no senso de que seu esforço era inútil, de que era injustiçado (v. 10), e que estava só (v. 11)”.

Depressão não é fraqueza mental. Nem “frescura”, ou falta de fé. É doença que não escolhe idade, sexo, níveis de espiritualidade ou religião.
Elias enfrentara sozinho uma multidão de indecisos e confrontou ousadamente 450 profetas falsos. Estava exausto, depressivo! Deus agora iria restaurá-lo.

O segredo da recuperação de Elias é que ele recorreu a Deus, não ao suicídio. Elias pediu que Deus lhe tirasse a vida. Misericordiosamente, Deus não o atendeu. Pelo contrário, além de curá-lo da depressão, preservou-o com vida até hoje.

A receita divina para restaurar a depressão de Elias está na Bíblia para ajudar depressivos de hoje:
1. Alimentação correta, natural e fibrosa (v. 5);
2. Ingestão de água (v. 6);
3. Descanso/sonoterapia (v. 6);
4. Toque motivador (v. 7);
5. Exercício físico (v. 8);
6. Reflexão sobre a vida (vs. 9, 13);
7. Desabafo (vs. 10, 14);
8. Compreensão correta de Quem/como é Deus (vs. 11-12);
9. Valorização oriunda da obediência à missão (vs. 15-17);
10. Mudança de perspectiva (v. 18);
11. Envolvimento no discipulado (vs. 19-21).

O Médico dos médicos entende e atende qualquer problema de saúde! Entregue-Lhe teu caso e siga Sua receita médica! – Heber Toth Armí


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Bom dia! Obrigado pelo comentário!
Mas peço que façam uma correção no texto:
Não é “gênero” (construção social) e sim “sexo”.
“É doença que não escolhe idade, gênero, níveis de espiritualidade ou religião.”

Comentário por Silvio Fernandes

Bem observado. Retificado

Comentário por jquimelli




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: